sexta-feira, 4 de setembro de 2015

Esse é o mundo



Qual seria a diferença do "menino do morro" para essas pessoas?

(Lembrem que os negócios que mais dão lucro no mundo são 1º armas / 2º drogas...deem uma pesquisada no Google)

Riqueza de 1% deve ultrapassar a dos outros 99% no mundo até 2016, diz ONG


A partir do ano que vem, os recursos acumulados pelo 1% mais rico do planeta ultrapassarão a riqueza do resto da população, segundo um estudo da organização não-governamental britânica Oxfam.

A riqueza desse 1% da população subiu de 44% do total de recursos mundiais em 2009 para 48% no ano passado, segundo o grupo. Em 2016, esse patamar pode superar 50% se o ritmo atual de crescimento for mantido.

O relatório, divulgado às vésperas da edição de 2015 do Fórum Econômico Mundial de Davos, sustenta que a "explosão da desigualdade" está dificultando a luta contra a pobreza global.

"A escala da desigualdade global é chocante", disse a diretora executiva da Oxfam Internacional, Winnie Byanyima.

"Apesar de o assunto ser tratado de forma cada vez mais frequente na agenda mundial, a lacuna entre os mais ricos e o resto da população continua crescendo a ritmo acelerado."

Desigualdade

A concentração de riqueza também se observa entre os 99% restantes da população mundial, disse a Oxfam. Essa parcela detém hoje 52% dos recursos mundiais.

Porém, destes, 46% estão nas mãos de cerca de um quinto da população.

Isso significa que a maior parte da população é dona de apenas 5,5% das riquezas mundiais. Em média, os membros desse segmento tiveram uma renda anual individual de US$ 3.851 (cerca de R$ 10.000) em 2014.

Já entre aqueles que integram o segmento 1% mais rico, a renda média anual é de US$ 2,7 milhões (R$ 7 milhões).

A Oxfam afirmou que é necessário tomar medidas urgentes para frear o "crescimento da desigualdade". A primeira delas deve ter como alvo a evasão fiscal praticada por grandes companhias.

O estudo foi divulgado um dia antes do aguardado discurso sobre o estado da União a ser proferido pelo presidente americano Barack Obama.

Espera-se que o mandatário da nação mais rica - e uma das mais desiguais - do planeta defenda aumento de impostos para os ricos com o objetivo de ajudar a classe média.

5 comentários:

  1. Pois é, e depois falam que comunismo é coisa de doido e que o capitalismo é que é o bom... Engraçado que quem fala isso nem tá no 1%...

    ResponderExcluir
  2. Tive um co-orientador alemão (ele é físico) que sempre dizia que riqueza temos o suficiente, tem dinheiro no mundo para resolver grande parte das questões socioambientais... e é verdade,dinheiro não falta MAS esta mau distribuído e utilizado. Bjs

    ResponderExcluir
  3. enquanto isso...o povo se mata pra quem ta lá em cima continuar lá em cima...tanta coisa pra se lutar...e se lutam por umas coisas cara...oia...haja...ignorância a ser vencida

    ResponderExcluir
  4. Gandhi falava isso dona barriga... é bem claro que "quem tem mais do que precisa ter quase sempre se convence que não tem o bastante"... não é falta de recursos, é divisão desigual mesmo...

    ResponderExcluir
  5. A propósito, falei de Gandhi mas citei uma frase do Renato Russo, para não acharem que tô doida rsrs

    ResponderExcluir