terça-feira, 4 de agosto de 2015

Replay..

Por Kel.

Chega ser triste enxergar as pessoas presas em suas gaiolas...e eu sei bem como é estar lá dentro, não enxergamos nada além das amarras que nos prendem ao sofrimento.

Hoje eu não consigo visualizar apenas as drogas ou a codependência como formas de aprisionamento, são inúmeras as formas de manter a mente das pessoas presas e rodando o replay sem parar nas mesmas cenas, alimentando ilusões e colhendo sofrimentos.

E não existe jeito de arrancar a pessoa de dentro da gaiola, só é possível estender a mão quando em um lapso de consciência essa pessoa estender.


A grande maioria está exatamente assim



Você já é, basta acreditar que é


Vamos sair do replay e avançar a diante?


Fiquem com Deus

3 comentários:

  1. Ótimo texto também já me aprisionado muito nas minhas emoções.

    ResponderExcluir
  2. Exatamente! Na carta que escrevi pra você sabe quem (rs) contei um pouco da minha história e no final disse que agora vendo de fora sei que era meio ridículo tudo isso porque, foi barra o que passei? Foi, mas tem gente com tanta coisa pior e não se abala, e por tão pouco fui pro fundo... Mas não me culpo nem me envergonho de nada porque eu só tenho essa visão agora, na época eu tava cega, presa por minhas próprias amarras na minha própria gaiola, mas totalmente presa e incapaz de sair do lugar... Por isso sou grata a tudo, até ao sofrimento, pois foi ele que me impulsionou a sair dali...

    ResponderExcluir