segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Coração apertado

Por Kel.

Hoje meu coração ta apertado, não tem nada haver com o homi e nem com codependencia...rs..apenas fases do autoconhecimento...rs

Parece que estou fazendo terapia, andam aparecendo cenas da minha infância que respondem muito das minhas reações depois de adulta...e pra transformar esse sentimento a dor precisa ser colocada pra fora, precisa ser modificada.

Vocês não fazem ideia do que trazem dentro do seu subconsciente e como isso dirige a vida de vocês hoje, acreditem uma frase dita pelos seus pais quando você era pequenino pode determinar traços de sua personalidade durante a sua vida e só será modificado quando você tomar consciência disso.

Culpar os pais? Não adianta...eles deram o que eles sabiam dar, assim como nós também iremos errar com nossos filhos, não se esqueçam que não existe a perfeição aqui.

Por isso que o caminho pra se libertar é se conhecer.

Um ótimo dia a todos

Namastê

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Moça, se ache!

Por E.
Oi gente!
Hoje quero compartilhar o texto de uma amiga, que fala algo que serve para todas nós mulheres... Para as codas então rsrs... Brincadeira! =) Ela não é coda, nem nada... É uma jovem mulher incrível, que aos 18 já sabe algo que custei a aprender e outras mais velhas que eu nem aprenderam ainda... Mas nunca é tarde! Ainda há tempo! Vamo ser feliz!!!

Moça, se ache!
Se gasta muito tempo e grana, com o objetivo de fazer mulheres pensarem que existem mil coisas erradas com a gente. a insegurança feminina é imposta por ser um comércio, e o que podemos esperar, então, é o de sempre:
que nos ensinem a nos comparar com outras mulheres e olhar no espelho com dúvidas, pudores e cobranças. se por acaso, reconhecermos nossa beleza, talentos e valor, nos dirão o quão prepotentes, convencidas e arrogantes somos. blé.
passamos uma vida sendo ensinadas que, ironicamente, nem nosso amor próprio nos pertence. por isso, precisamos agir de 'N' formas, para que sejamos merecedoras do que, essencialmente, é nosso SIM. eis aí, a importância da descoberta que o amor próprio tá dentro de cada uma, só esperando que cê seja um pouco prepotente, e deixe ele aflorar
que você se ache incrível MESMO por ter feito um ótimo trabalho. que aceite elogios sem se diminuir. que se olhe com carinho e se respeite. se ame. se toque. se abrace. que desaprenda mentiras que te oprimem. que você se ache linda, talentosa, maravilhosa. que se ache. e dane-se.
mulheres NÃO são ensinadas a serem confiantes, mas quer saber?
podemos ser autodidatas.
Nayra Lays

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Atualizando

Por Kel.

Faz tempo que não conto como andam as coisas, faz tempo que não escrevo como escrevia no inicio do blog, relatando o dia a dia de conviver com um dependente químico, bora atualizar vocês.

Ele está limpo acho q desde novembro, acho que deu o tal do clique ou despertar, quando conversamos a respeito, ele fala que ta fazendo isso principalmente por ele, pq se ele se ferrar a minha vida vai continuar, a de todos vai continuar, que eu vou casar de novo e arrumar outro pai pras crianças (ainda bem que ele sabe disso) e que ele não quer aquele final de vida pra ele, como ele diz, se ainda eu morresse e pronto, mais não fica por ai jogado, sendo humilhado, antes de morrer a adicção te tira toda a dignidade que ainda resta, te transforma em um monstro. (é ainda bem que ele entendeu).

Mas isso não quer dizer que ele tenha se tornado um príncipe encantado...fazendo piada lembro que no Amor Exigente falavam...sapo é sapo, não é príncipe....não adianta beijar e esperar virar príncipe é sapo..

Ainda bem que ele não é nenhum nem outro, é só mais uma pessoa perdida nesse CAOS chamado planeta terra, e que acabou trilhando um caminho a seu modo pra sobreviver aqui.

Continuamos morando separados, primeiramente por que eu ainda não quero voltar a morar junto antes de poder sentir o mínimo de confiança nele, e não adianta a confiança vem com novas atitudes e não somente promessas, segundo porque atualmente tenho outros planos, terminar a faculdade e de pagar meus empréstimos "intermináveis"...rs...ta acabandoooo...lembro que quando fiz os tais empréstimos eu pensava caraca 5 anos...o tempo passou faltam só 2 anos...uhuuu...enquanto isso fui aprendendo a viver minha vida... e aprendi :).... óiaaa..hehehe

Ele ainda tem as crises de rei bebe...sim semanas atrás ele tava contrariado com a atual situação da vida dele...ai começam as reclamações...que a vida é injusta..que a família dele é injusta que eu sou injusta.... e que ele preferia morrer...ou voltar a se anestesiar porque ele não aguentava mais..eu ouço...as vezes desligo o celular...e quando ele insiste pela milésima vez eu faço questão de lembra-lo de algumas coisas:

1- Sua vida está assim porque você usava drogas, eu avisei que isso ia acontecer, você não acreditou, continuou a usar e aconteceu...SE FUDEU

2- Durante 6 anos você teve tudo o que vc reclama que agora não tem e o que você fez? Não ligou, continuou a usar drogas porque na sua forma de ver, não dava nada...pois bem mais uma vez não reclama SE FUDEU porque quis, falta de aviso não foi.

3- Não faz nem um ano que você resolveu mudar suas escolhas, existe um tempo pra reconstruir o que você destruiu usando drogas, não adianta chorar...ACEITA.

4- Se você quiser se matar ou voltar a se anestesiar a única coisa que posso te dizer é tchau!! VAI SE FUDER SOZINHO...porque eu não vou junto, e se você acha que eu não vou dar uma de louca, há vou, deixa você resolver voltar pra merda e querer jogar a merda em mim...ai tu vai ver a louca.

E ele tem melhorado muito também no que pode ser relacionado a responsabilidade, além da pensão me ajuda com outros gastos e sem eu pedir, coisa que antes era uma briga tremenda, está juntando uma grana pra realizar alguns sonhos, está trabalhando em 3 empregos, está virando "hominho" como costumo brincar...rs...está mais bem humorado da risada das minhas piadas sarcásticas e não fica mais ofendidinho, até espiritualmente ele anda abrindo a mente, esses dias ouvi dele uma frase que me deixou assim :O

Ele disse: Sabe a religião só existe pra trazer discórdia, eu vou na igreja, pra ouvir a palavra de Deus porque foi lá que eu aprendi a falar com Ele, mais Ele não tem nada haver com religião, hoje em dia estão usando a religião pra falar que o meu Deus é melhor que o seu...e que o meu Deus irá arrancar sua cabeça se você não segui-lo, religião virou guerra aqui na terra.

Muitas mudanças acontecendo, longe da perfeição, porque nem eu, nem você, nem ele e ninguém somos perfeitos, mais fico imensamente feliz por ele estar buscando a felicidade ao invés da ilusão.

É isso galera, que todos vocês possam encontrar a felicidade que acreditem não é desse mundo...é do nosso mundo interior.

Um enorme abraço...paz...luz...amor...fiquem com Deus


quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Você não se ama

Por Kel.

Sempre que me diziam isso, você vive assim ou faz isso porque não se ama, eu ficava revoltada, sim hoje enxergo que muitas coisas que eu vivi era falta de amor próprio, mas ainda assim essa abordagem me incomoda, talvez eu tenha dito isso algumas vezes a outras pessoas até peço desculpas, porque é muito fácil resumir todos os obstáculos a uma simples resposta "você não se ama", assim você culpa a própria vitima a colocando em um beco sem saída e muito conveniente para a manutenção do status quo.

Ninguém que eu conheça, eu mesma, jamais vivi uma situação pensando dessa forma: Há!! Eu não me amo mesmo então quero sofrer...ou Há!! eu gosto mesmo de sofrer...ou Há...não quero que ninguém me trate bem...

Ninguém se quer tem o cuidado de tentar entender onde se originou certos comportamentos e sentimentos...as vezes dizem que é baixa autoestima...desculpa mais eu nunca tive baixa autoestima...não mesmo...talvez no inicio da adolescência o que é normal.

Hoje enxergo diferente, na verdade vivemos em um mundo totalmente condicionado, onde as pessoas desde crianças são condicionadas a seguir "padrões", ninguém tem sua liberdade respeitada.

Não esperamos uma criança crescer para que ela escolha sua religião, para que ela escolha qual estilo de vida vai querer levar, se irá casar, ficar solteira, ter filhos ou não.

Você só é Cristão, porque nasceu em uma comunidade Cristã, você só é Budista, porque nasceu em uma comunidade Budista, você só é Muçulmano porque nasceu em uma comunidade Muçulmana e assim sucessivamente, claro que existem exceções.

Mais na grande e esmagadora maioria é assim, afinal quem somos hoje tem muito haver com o meio onde vivemos e esse é o mal da humanidade.

Eu não estou dizendo que não deveriam existir regras, sim os humanos precisam de regras, leis e tudo mais, mas que essas regras tivessem como base apenas o RESPEITO E AMOR AO PRÓXIMO.

O resto é tudo CONDICIONAMENTO, pra que você seja APRISIONADO em um determinado PADRÃO  de comportamento que CONVÉM aos demais.

É histórico que as mulheres sempre foram oprimidas, afinal somos "culpadas" pelo LIVRO SAGRADO de ser responsável pela HUMANIDADE cair em pecado.

Pronto...quer cabresto maior que esse?

Talvez agora consigam entender porque muitas mulheres deixam de ser LIVRES...e se AMAR..porque foi assim que fomos tratadas desde que o mundo é mundo.

E nem precisa ir lá no GENESIS, pra ver como eramos tratadas, é só da uma voltinha no mundo, vamos dar uma espiada?







Bem, somos tratadas dessa forma porque alguém por CONVENIÊNCIA, um dia resolveu contar uma historinha onde a mulher caiu em tentação colocando assim toda humanidade em pecado.

CHEGA DE CONDICIONAMENTO...

MAIS RESPEITO E AMOR POR FAVOR

Essa deve ser a base da educação de nossas crianças...

Vamos cantar juntos!!!


segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Convite aos leitores.

Por Kel.

Você que acompanha o blog, caso queira ter sua história publicada de forma anônima ou não, se quiser compartilhar suas dúvidas, seus medos, sua esperança, escreva pra nós, não se preocupe em escrever textos bonitos, simplesmente coloque pra fora o que sente, nós ajudaremos a compartilhar seu grito.

Abaixo deixo os endereços:

Kel: netrak_r@hotmail.com

E: ellenblog123321@gmail.com 

Sinta a vibe....sinta o abraço......amamos vocês... (..............--...............) 

Curtam esse som é DEMAISSSSSSSS



Recuperação ao vivo

Por Kel.

Galera deixo abaixo, um canal que divulga informações sobre a dependência química, gratuito, eu recebi o convite pra participar do canal mais ainda não tive a oportunidade, as coisas andam bem corridas por aqui.

Seguem as informações para quem se interessar:


A cada programa ao vivo convidamos um palestrante diferente que traz o seu conhecimento sobre a Recuperação da Dependência Química onde nós conseguimos interagir ao vivo por comentários.

Além disso, trazemos sempre novidades importantes para a recuperação em nossos encontros às Terças-Feiras pelo Site.

terça-feira, 18 de agosto de 2015

Pesquisa



Por Kel.

Bom dia galera!!

Quem acompanha o blog, deve ter percebido que atualmente os temas das postagem tem variado bastante.

Eu recebo em média de 100 á 200 visitas diárias, e poucos comentários, por esse motivo resolvi fazer uma pesquisa.

O que vocês acham a respeito das postagens que estamos escrevendo aqui no blog?

Agradeço a todos que puderem perder um minutinho do seu tempo e dar um clique nas opções na lateral do blog.

Agradeço a participação de vocês

Um grande abraço a todos

Namastê

Poesia II

Um homem na estrada

Um homem na estrada recomeça sua vida
Sua finalidade: a sua liberdade
Que foi perdida, subtraída
E quer provar a si mesmo que realmente mudou
Que se recuperou e quer viver em paz
Não olhar para trás, dizer ao crime: nunca mais!
Pois sua infância não foi um mar de rosas, não
Na FEBEM, lembranças dolorosas, então
Sim, ganhar dinheiro, ficar rico, enfim
Muitos morreram sim, sonhando alto assim
Me digam quem é feliz, quem não se desespera
Vendo nascer seu filho no berço da miséria.
Um lugar onde só tinham como atração
o bar e o candomblé pra se tomar a benção
Esse é o palco da história que por mim será contada
Um homem na estrada
Equilibrado num barranco, um cômodo mal acabado e sujo
Porém, seu único lar, seu bem e seu refúgio
Um cheiro horrível de esgoto no quintal
Por cima ou por baixo, se chover será fatal
Um pedaço do inferno, aqui é onde eu estou
Até o IBGE passou aqui e nunca mais voltou
Numerou os barracos, fez uma pá de perguntas
Logo depois esqueceram, filha da puta!
Acharam uma mina morta e estuprada
deviam estar com muita raiva
"Mano, quanta paulada!"
Estava irreconhecível, o rosto desfigurado
Deu meia noite e o corpo ainda estava lá
coberto com lençol, ressecado pelo sol, jogado
O IML estava só dez horas atrasado
Sim, ganhar dinheiro, ficar rico, enfim
Quero que meu filho nem se lembre daqui
Tenha uma vida segura.
Não quero que ele cresça com um "oitão" na cintura
e uma "PT" na cabeça.
E o resto da madrugada sem dormir, ele pensa
o que fazer para sair dessa situação
Desempregado então
Com má reputação
Viveu na detenção
Ninguém confia não
E a vida desse homem para sempre foi danificada
Um homem na estrada
Um homem na estrada
Amanhece mais um dia e tudo é exatamente igual
Calor insuportável, 28 graus
Faltou água, já é rotina, monotonia
Não tem prazo pra voltar, hã! Já fazem cinco dias
São dez horas, a rua está agitada
uma ambulância foi chamada com extrema urgência
Loucura, violência, exagerado
Estourou a própria mãe, estava embriagado
Mas bem antes da ressaca ele foi julgado
Arrastado pela rua o pobre do elemento
o inevitável linchamento, imaginem só!
Ele ficou bem feio, não tiveram dó
Os ricos fazem campanha contra as drogas
E falam sobre o poder destrutivo dela
Por outro lado promovem e ganham muito dinheiro
Com o álcool que é vendido na favela
Empapuçado ele sai, vai dar um rolê
Não acredita no que vê, não daquela maneira
crianças, gatos, cachorros disputam palmo a palmo
seu café da manhã na lateral da feira
Molecada sem futuro, eu já consigo ver
Só vão na escola pra comer, apenas nada mais
Como é que vão aprender sem incentivo de alguém
Sem orgulho e sem respeito
Sem saúde e sem paz
Um mano meu tava ganhando um dinheiro
Tinha comprado um carro
Até Rolex tinha!
Foi fuzilado a queima roupa no colégio
Abastecendo a playboyzada de farinha
Ficou famoso, virou notícia
Rendeu dinheiro aos jornais, ham!, cartaz à policia
Vinte anos de idade, alcançou os primeiros lugares
Superstar do notícias populares!
Uma semana depois chegou o crack
Gente rica por trás, diretoria
Aqui, periferia, miséria de sobra
Um salário por dia garante a mão-de-obra
A clientela tem grana e compra bem
Tudo em casa, costa quente de sócio
A playboyzada muito louca até os ossos
Vender droga por aqui, grande negócio.
Sim, ganhar dinheiro ficar rico enfim
Quero um futuro melhor, não quero morrer assim,
num necrotério qualquer, um indigente sem nome e sem nada
O homem na estrada
Assaltos na redondeza levantaram suspeitas
logo acusaram favela para variar
E o boato que corre é que esse homem está
Com o seu nome lá na lista dos suspeitos, pregada na parede do bar.
A noite chega e o clima estranho no ar
e ele sem desconfiar de nada, vai dormir tranquilamente
mas na calada caguetaram seus antecedentes
como se fosse uma doença incurável
No seu braço a tatuagem, DVC, uma passagem, 157 na lei
No seu lado não tem mais ninguém
A Justiça Criminal é implacável
Tiram sua liberdade, família e moral
Mesmo longe do sistema carcerário
Te chamarão para sempre de ex presidiário
Não confio na polícia, raça do caralho.
Se eles me acham baleado na calçada
Chutam minha cara e cospem em mim é
Eu sangraria até a morte
Já era, um abraço!.
Por isso a minha segurança eu mesmo faço
É madrugada, parece estar tudo normal.
Mas esse homem desperta, pressentindo o mal
muito cachorro latindo
Ele acorda ouvindo barulho de carro e passos no quintal
A vizinhança está calada e insegura
Premeditando o final que já conhecem bem
Na madrugada da favela não existem leis
Talvez a lei do silêncio, a lei do cão talvez
Vão invadir o seu barraco, é a polícia!
Vieram pra arregaçar, cheios de ódio e malícia
Filhos da puta, comedores de carniça!
Já deram minha sentença e eu nem tava na "treta"
Não são poucos e já vieram muito loucos
Matar na crocodilagem, não vão perder viagem
Quinze caras lá fora, diversos calibres, e eu apenas
Com uma "treze tiros" automática
Sou eu mesmo e eu, meu Deus e o meu orixá
No primeiro barulho, eu vou atirar.
Se eles me pegam, meu filho fica sem ninguém
E o que eles querem: mais um "pretinho" na FEBEM.
Sim, ganhar dinheiro ficar rico enfim
A gente sonha a vida inteira e só acorda no fim
Minha verdade foi outra, não dá mais tempo pra nada
Bang! Bang! Bang!
"Homem mulato aparentando
Entre vinte e cinco e trinta anos
É encontrado morto na estrada do
M'Boi Mirim sem número
Tudo indica ter sido acerto de contas entre quadrilhas rivais.
Segundo a polícia, a vitima tinha vasta ficha criminal."

Compositor: Mano Brown

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Pensar x Sentir

Por E.

Quando pensamos devemos nos questionar: "esse pensamento é meu? Ou veio do mental coletivo e eu absorvi?" Ou ainda: "Isso é uma verdade minha ou só estou repetindo o que ouvi a vida todo 'dozoto'?" A mente muitas vezes nos prega peças, nos sabota... Muitas vezes representa tudo aquilo que não somos, apenas espelha uma forma de tentativa em ser aceito pelos outros... Inconscientemente...
Quando absorvemos um pensamento que não era nosso ele automaticamente passa a ser. Daí ele se transforma em sentimento. Mas não é desse sentir que eu me refiro.
Falo do sentir genuíno, que não é antecedido por nenhum pensar. O verdadeiro sentir só é percebido quando estamos conectados com nossa própria essência, é a voz do eu interior... Que só podemos ouvir se silenciarmos a mente... A mente doente, que absorve tudo que passa (parece um aspirador de coisa ruim), nos impede de ouvir nosso verdadeiro eu, pois ao contrário dela que grita, ele fala educadamente, e só ouvimos se estivermos na mesma frequência, a frequência do amor... Não existe piloto automático, se não marcar presença a mente domina, e ela só sintoniza com baixa frequência, afinal é do que o mental coletivo está cheio... Mas se tivermos domínio e ficarmos presentes conseguimos ouvir  o deus que há dentro de nós, que somos nós mesmos... centelhas divinas de uma fonte de vida...
A voz interior nunca mente, nunca nos leva a coisas ruins ou a arrependimentos... Quando confiamos nela a alegria é garantida.Quantas vezes você sentiu algo verdadeiro e sua mente tentou racionalizar para o lado do medo, da desconfiança, da raiva, do julgamento? Quantas oportunidades perdemos por não ouvirmos nossa voz interior? Em quantas furadas nos metemos por duvidar do (ou teimar contra o) "pressentimento"?
Quantas pessoas você pode dizer que tem um sorriso sincero? Quantos sorrisos são capazes de transmitir a pureza da alma? Quantas pessoas são de verdade?
Sentir é mais importante que pensar. Sentir é ser.



Poesia

A vida é desafio

É necessário sempre acreditar que o sonho é possível
Que o céu é o limite e você, truta, é imbatível
Que o tempo ruim vai passar, é só uma fase
E o sofrimento alimenta mais a sua coragem
Que a sua família precisa de você
Lado a lado se ganhar pra te apoiar se perder
Falo do amor entre homem, filho e mulher
A única verdade universal que mantém a fé
Olhe as crianças que é o futuro e a esperança
Que ainda não conhece, não sente o que é ódio e ganância
Eu vejo o rico que teme perder a fortuna
Enquanto o mano desempregado, viciado, se afunda
Falo do enfermo irmão, falo do são então,
Falo da rua que pra esse louco mundão
Que o caminho da cura pode ser a doença
Que o caminho do perdão às vezes é a sentença
Desavença, treta e falsa união
A ambição é como um véu que cega os irmãos
Que nem um carro guiado na estrada da vida
Sem farol no deserto das trevas perdidas
Eu fui orgia, ébrio, louco, mas hoje ando sóbrio
Guardo o revolver enquanto você me fala em ódio
Eu vejo o corpo, a mente, a alma, o espírito
Ouço o repente e o que diz lá no canto lírico
Falo do cérebro e do coração
Vejo egoísmo, preconceito de irmão para irmão
A vida não é o problema, é batalha, desafio
Cada obstáculo é uma lição, eu anuncio

É isso aí voce não pode parar
Esperar o tempo ruim vir te abraçar
Acreditar que sonhar sempre é preciso
É o que mantém os irmãos vivos

Várias famílias, vários barracos
uma mina grávida
E o mano tá lá trancafiado
Ele sonha na direta com a liberdade
Ele sonha em um dia voltar pra rua longe da maldade
Na cidade grande é assim
Você espera tempo bom e o que vem é só tempo ruim
No esporte no boxe ou no futebol
Alguém sonhando com uma medalha o seu lugar ao sol
Porém fazer o quê se o maluco não estudou
500 anos de Brasil e o Brasil aqui nada mudou
"Desespero ali, cena do louco,
invadiu o mercado farinhado, armado e mais um pouco"
Isso é reflexo da nossa atualidade
Esse é o espelho derradeiro da realidade
Não é areia, conversa, chaveco
Porque o sonho de vários na quebrada é abrir um boteco
Ser empresário não dá, estudar nem pensar
Tem que trampar ou ripar para os irmãos sustentar
Ser criminoso aqui é bem mais prático
Rápido, sádico, ou simplesmente esquema tático
Será instinto ou consciência
Viver entre o sonho e a merda da sobrevivência

"O aprendizado foi duro e mesmo diante desse
revés não pareio de sonhar, fui persistente
porque o fraco não alcança a meta
Através do rap corri atrás do preju
e pude realizar o meu sonho
por isso que eu afro X nunca deixo de sonhar"

Conheci o paraíso e eu conheço o inferno
Vi Jesus de calça bege e o diabo vestido de terno
No Mundo moderno, as pessoas não se falam
Ao contrário se calam, se pisam, se traem e se matam
Embaralho as cartas da inveja e da traição
Copa, ouro e uma espada na mão
O que é bom pra si e o que sobra é do outro
Que nem o sol que aquece, mas também apodrece o esgoto
É muito louco olhar as pessoas
A atitude do mal influencia a minoria boa
Morrer à toa e que mais, matar à toa e que mais
Ir preso à toa, sonhando com uma fita boa
A vida voa e o futuro pega
Quem se firmou, falo
Quem não ganhou, o jogo entrega
Mais uma queda em 15 milhões
Na mais rica metrópole, suas várias contradições
É incontável, inaceitável, implacável, inevitável
Ver o lado miserável se sujeitando com migalhas, favores
Se esquivando entre noite de medo e horrores
Qual é a fita, treta, cena
A gente reza, foge, e continua sempre os mesmos problemas
Mulher e dinheiro tá sempre envolvido
Vaidade, ambição munição pra criar inimigo
Desde o povo antigo foi sempre assim
Quem não se lembra que Abel foi morto por Caim
Enfim quero vencer sem pilantrar com ninguém
Quero dinheiro sem pisar na cabeça de alguém
O certo é certo na guerra ou na paz
Se for um sonho, não me acorde nunca mais
Roleta russa quanto custa engatilhar
Eu pago o dobro pra você em mim acreditar

"É isso aí, você não pode parar
Esperar o tempo ruim vir te abraçar
Acreditar que sonhar sempre é preciso
É o que mantém os irmãos vivos"

Geralmente quando os problemas aparecem
A gente tá desprevenido né não?
Errado
É você que perdeu o controle da situação
Perdeu a capacidade de controlar os desafios
Principalmente quando a gente foge das lições
Que a vida coloca na nossa frente ta ligado?
Você se acha sempre incapaz de resolver
Se acovarda moro
O pensamento é a força criadora
O amanhã é ilusório
Porque ainda não existe
O hoje é real
É a realidade que você pode interferir
As oportunidades de mudança
Tá no presente
Não espere o futuro mudar sua vida
Porque o futuro será a consequência do presente
Parasita hoje
Um coitado amanhã
Corrida hoje
Vitória amanhã
Nunca esqueça disso, irmão.

Autor:  Afro-x 509

domingo, 16 de agosto de 2015

Onde você coloca seu "É"? E o seu "NÃO"?

Por E.

Gente, ontem realizei um sonho muito grande: tive o prazer de conhecer o autor das músicas que ultimamente tocam meu coração no seu ponto mais profundo e que ajudaram a mudar minha vida: o Criolo!
Não é novidade que sou super fã dele, vivo postando músicas dele aqui... Mas, porque? Não é só porque ele é foda e fala umas verdades com uma sensibilidade incrível... É mais que isso...
Antes do blogs, antes da Kel, antes de tudo, quando eu era só, afundada na codependência... Alguém me falou sobre o problema das drogas. Alguém me alertou e minha cabeça deu um clique: "Ei, não tô sozinha nessa, não posso estar!". E aí fui atrás de ajuda, até porque não aguentava mais... Mas até lá minha única companhia muitas vezes era um celular ou notebook com umas músicas que falavam da minha realidade e me confortavam com seu amor...

"Não quero ver você triste assim não, que a minha música possa te levar amor" Criolo - Ainda há tempo

Eu poderia escrever páginas e mais páginas para tentar explicar o meu sentimento por ele ou minha emoção ao conhecê-lo, mas seria em vão... Algumas coisas apenas um olhar é capaz de traduzir... E aquele olhar, aquele abraço... valeram mais que mil palavras. Aquele choro que tava entalado, aquele "sentimento sem sentido" finalmente justificando sua razão de existir dentro do meu peito... E tanta coisa se confirmou dentro de mim... Ah...
Mas eu queria falar sobre o poder que você tem sobre as coisas que você atrai. Onde você coloca o seu É? Eu cismei, determinei e acreditei que ia conhecer o Criolo. Não foi sorte ou puro acaso não! Eu já tava vendo essa parada aí a um tempinho já... Escrevi pra ele, fui atrás, enfim... Mas sempre acreditando e sentindo que ia dar certo. Cheguei a sonhar várias vezes, liguei a televisão do nada e ele tava lá... Enfim, várias fitas, pressentimentos... Apesar de parecer um sonho distante, não duvidei que ia conseguir, até porque algo dentro de mim dizia que tava perto, e eu acreditei... Até que aconteceu. Não é a primeira vez que tive experiência com esse lance de atração, mas dessa vez foi realmente incrível! Foi como eu imaginava, cada detalhe... E como o universo é perfeito em tudo que faz, pelo caminho até chegar a ele fui conhecendo outras pessoas tão incríveis quanto... Amizades para a vida toda...
Pense naquilo que você quer, acredite e vá a luta... Não fique duvidando e olhando pra trás pra ver se vem... Entrega. E N T R E G A ! E enquanto não vem, vai tratar de ser feliz!
Tem uma música dele que foi muito especial pra mim... Foi como um mantra que eu ficava repetindo, repetindo... E enquanto ouvia ela ia me curando por dentro. Mara! Falei isso pra ele, e ele, com aquele jeitinho dele (quem conhece sabe do que tô falando), olhou pra mim sério e disse:

 "Uma hora a gente tem que aprender a dizer não, né? (...) Se ame, se cuide, seja cada dia mais linda..." Own... ^^

Essa sou eu, para quem tinha curiosidade rs... Não reparem na minha cara, costumo ser mais bonitinha mas é que nessa hora tinha chorado horrores kkkk...


Aprendiz
Criolo
  
Eu quero algo de bom pra você e pra mim
E pra você que seja com outra pessoa
Porque eu já aprendi a dizer não

Quantas vezes uma solidão a dois
A gente é deixado pra depois
Eu não quero fazer isso com ninguém, não
Quantas vezes uma solidão a dois
A gente deixa a pessoa pra depois
Como isso é chato
Sem recado, sem recado
Deixou claro a secretaria eletrônica ao lado
Tem mais coração que você
E eu as vezes também
Por que hoje eu não tô zen
Mas no fim do dia eu pretendo estar
Eu vi o sol de jah nascer do teu peito, céu amor

Eu quero algo de bom pra você e pra mim
E pra você que seja com outra pessoa
Porque eu já aprendi a dizer não

Nossa historia é legal, porque no fim o mocinho se da mal
E quantas vezes a mulher não quer ser o mocinho, meu bem
Você não é de ninguém, e quando tava comigo era de quem?
Isso pode ser coisa da minha cabeça, ou não
Você não é de ninguém
Você não é de ninguém
Você não é de ninguém
Se voltar pra mim, vai me fazer sofrer

Eu quero algo de bom pra você e pra mim
E pra você que seja com outra pessoa
Porque eu já aprendi a dizer não

Se eu pudesse voltar no tempo
Pra te desviar de mim
Quantas vezes na minha mente eu te xinguei
Por coisa tola que você fez
Coisa boba que você disse
Eu tive medo de dor de estômago e tive
O homem não tem força pro revide
Eu sofri
Mas hoje eu sei que
Você não é de ninguém
Você não é de ninguém
Você não é de ninguém
Se voltar pra mim, vai me fazer sofrer


Eu quero algo de bom pra você e pra mim
E pra você que seja com outra pessoa
Porque eu já aprendi a dizer não
"Depois que o passarinho chegou"



sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Influências....essa palavra se aplica a quem?

Por Kel.

Uns dias atrás eu estava conversando com uma colega sobre a educação pública, e contei uma situação que uma professora conhecida relatou, em uma sala de 3º série que ela da aula, tem um aluno que falta muito, fica de 3 a 4 dias sem aparecer na aula, então a professora perguntou a ele: Fulano por que vocês está faltando, está tudo bem?
O aluno respondeu: Sabe o que é professora, minha mãe saiu pra comprar pão e só voltou 3 dias depois, eu precisei ficar com meus irmãos.

Então essa minha colega a qual eu contava tal história, me disse o seguinte:

- Ta vendo Kel, não é por preconceito, mas como eu posso deixar meu filho estudar na rede pública, olha só as pessoas, as influências, infelizmente se quisermos preservarmos nossas crianças pra que andem em melhor companhia temos que pagar um colégio particular.

Pergunto: E quem protege essas crianças dessas tais influências?
                 O que fazemos com essas crianças que se tornam adolescentes, posteriormente adultos e que foram criados por essas tais influências?

Bem atualmente as soluções são:

1- Ou essa criança deu um jeito de sozinha contornar essas tais influências e não se tornar o que o meio esperava que ela se tornasse
2- Ou essa criança seguiu o fluxo dessas influências e passou a agir de acordo com o meio, e no final trancamos elas em um presídio junto com pessoas ainda mais "influentes" no meio ao qual ela cresceu para que ela por si só entenda que tais atitudes não sejam as mais inteligentes a serem tomadas.

Entendam, não estou passando a mão na cabeça de ninguém e justificando a violência, quero falar aqui de responsabilidades.

Essa criança, e adolescente, por mais influências negativas que recebeu ela teve escolhas a fazer, porém sabemos como essa fase é complicada, ninguém nasce feito, cabeça boa e ajuizado, adquirimos isso durante a vida, então as exceções dessa realidade  "os cabeça feita" não devem ser considerados REGRA, são exceções.

Nós como cidadãos, temos sim a responsabilidade de cobrar do governo atitudes adequadas, que possam propiciar um ambiente adequado dentro do possível a todos os cidadãos.

Nós como cidadãos precisamos saber que as favelas existem não porque aquelas pessoas são acomodadas ou vagabundas, mais porque elas tiveram sua oportunidade roubada há 400 anos atrás, quando foram escravizadas e ao serem libertos não tiveram sua oportunidade devolvida, foram jogados a própria sorte para sobreviver como desse.

Então de alguma forma todos somos responsáveis e precisamos ter consciência disso na hora de manifestarmos nossas opiniões.

Não resolve nada ficarmos trocando acusações, opressores x oprimidos, os verdadeiros opressores estão no governo, os magnatas donos da fortuna desse país que PODEM E TEM CONDIÇÕES de mudar nossa realidade e não fazem porque não querem...claro que como toda regra há a exceção e acredito que uma minoria entre estes tem boas intenções com o próximo.

Então vocês que fazem parte das classes B, C ,D e E....parem de brigar entre si....assim vocês só continuam a alimentar o sistema.

E colaborar para que tais influências perpetuem e continuem a moldar a nossa sociedade.



quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Ser Feliz

Por E.

Essa música é pra você, minha madrinha Kel...
=)

https://www.youtube.com/watch?v=br03-fkaokg



Ser Feliz
Rael da Rima

Hoje acordei decidido a mudar
Não tem nada nem ninguém pra me desmotivar
Eu vou pedir a conta lá no trampo
Que não tá rendendo tanto
E eu vou buscar a minha melhor em outro lugar
Mas antes desse fato acontecer
Eu sempre tive sonho de dizer
Esse sonho já deve ter passado por você
De olhar pro seu patrão, dizer
Cuzão, vai ser fuder!

Falar pra aquela mina lá, que eu sempre quis
Dizer que eu gosto dela, vai saber o que ela diz
Da um rolê no shopping só pra ver o tanto de coisa que existe
E que eu não preciso para ser feliz
A bênção minha mãe, a bênção o meu pai
A luta de vocês que te me fez um samurai
Perceber que o amor é forte, sempre sobressai
E que somente que pensa fora da caixinha vai!

Vai buscar
Um lugar
Que possa
Ser feliz
(Peace)

Sociedade, os padrões que ainda insiste
Que a felicidade se consiste
Em ser o que tem, porém fato triste
Os moleque vem
Querem puma disk, whisky
Camisa dudalina
Uma moto muito loca vira o kit, pega a mina
Desviam seus olhares pelo ouro, prata
Os que não tem dinheiro vende só baguiu pirata
É chapa, a forte no estilo alma fraca
E esse consumismo sem freio é o quem nos mata

Vai buscar
Um lugar
Que possa
Ser feliz

Só se entregar por inteiro
E o resto pode fluir
Só se entregar por inteiro
E o resto

Vai buscar
Um lugar
Que possa
Ser feliz

terça-feira, 11 de agosto de 2015

Ciclos de um dependente quimico

Por Kel.

Não sou especialista formada em dependência quimica, não sou psiquiatra, psicóloga nem terapeuta, o que vou dizer abaixo é baseado nas minhas vivências e na observação de outras histórias de várias companheiras codependentes.

Normalmente imaginamos que um dependente químico é aquela pessoa que não vive sem usar drogas, nunca, que suas crises de abstinência são quase que diárias e eles não fazem outra coisa da vida a não ser pensar em usar drogas.

Acredito que essa visão está um tanto quanto equivocada, pelo que vocês podem observar, nos relatos das blogueiras, constantemente seus companheiros, ficam grandes períodos limpos, que variam de 3 meses há uns 7 meses.

O homi, também enquanto morávamos juntos em média ficava 3 meses limpos, até que recaia, quando se segurava bem chegava há quase 6 meses, porém daquele jeito como dizem "mordendo corrente" (irritadíssimo), não a toa, nós com frequência acreditamos que daquela vez seria diferente.

Se avaliarmos um relacionamento de 5 anos, onde as recaídas aconteciam a cada 3 meses, temos o número de 20 recaídas, ou seja 20 dias usando drogas em um período de 1825 dias.

Entendem como é fácil se manter a esperança e se enganar?

Afinal de contas, nos mostram que os dependentes químicos que estão adoecidos são apenas aqueles que já perderam o controle da própria vida.


O que não é verdade.

Eu já presenciei uma psiquiatra dizendo ao meu marido que ele não era viciado, que o caso dele era considerado apenas um uso de drogas recreativo, porque ele ainda não estava no estado acima.

Imagina um dependente químico ouvindo isso de um "especialista", se ele já acha que não tem problema algum ....pra não dizer outra coisa...ferrou...rs

O que tenho observado é que cada dependente químico tem um ciclo de abstinência, que vária de pessoa pra pessoa.

Existem dependentes químicos que podem passar o resto da vida usando drogas com períodos espaçados, o que da a ele a impressão que tem o controle e que não está doente.

O escritor Içami Itiba em seu livro Anjos Caídos diz que o grande problema do cocainômano, é que fora dos períodos de crise ele funciona perfeitamente, então fica muito dificil dele perceber o problema que ocorre em sua vida.

Entendem agora como é fácil se iludir e permanecer nessa vida?

A vida de um dependente químico em sua maioria passa longe da cena avistada acima, isso repito é apenas a PONTA DO ICEBERG.

Acreditem ou não, existem pessoas famosas, não somente artistas, mas pessoas que tem muito dinheiro, cujo familiares chegam a fechar o andar de um hospital para trata-lo,  para que não vaze pra mídia o problema de uso de drogas.

Falo isso não porque eu ouvi falar, mas porque conheço pessoas que trabalham em hospital e já relataram tal caso.

Portando você que vive junto a um dependente químico, preste atenção nesses períodos pra não entrar no autoengano junto com seu ente querido.

A recuperação acontece quando o dependente químico por si só toma as atitudes necessárias para se manter longe das drogas, ele não se subestima e tem medo de voltar a usar, ele muda seus hábitos sem muitas reclamações, pois sabe que se recair quem vai se ferrar é ele mesmo.

Cabe a nós, não ficarmos pegando pela mão e levando onde ele mesmo tem que ir com as próprias pernas.

Cabe a nós somente ama-lo e permitir que façam suas escolhas e nos preservarmos, deixando bem claro, mas bem claro mesmo...que eu te amo...eu te aceito, mas não concordo e nem aceito o uso de drogas, portanto se quiser escolher essa vida, terá de vive-la longe de mim.

Fiquem com Deus...

Força galera...nada está sobre o nosso controle...quanto mais a vida alheia!


domingo, 9 de agosto de 2015

Insight

Por E.

Todo dependente químico e codependente que hoje está bem teve um momento de sua caminhada em que tomou uma decisão. E para tomar essa decisão que mudou sua vida, a pessoa teve um momento de lucidez, um insight, uma inspiração divina, chamem como quiserem... 
No meu caso isso ocorreu com a aceitação da minha impotência perante o outro. É fácil falar, mas entender verdadeiramente o que isso significa e aceitar de coração... 
Eu era totalmente contra essa ideia de impotência, vivia tentando salvar o outro, sempre que possível tentava reduzir os danos causados pelos seus atos, achando assim que estava ajudando, quando na verdade só alimentava o problema... Ficava assoprando o fogo pensando que estava aos poucos apagando o incêndio, mas só estava o alimentando, fornecendo oxigênio para que ele queimasse por mais tempo...
"Vai Planeta!" ¬¬ Só que não...


Não foi fácil derrubar meu ego que se achava salvador da pátria... Nem tampouco o fiz por livre e espontânea vontade. Pelo contrário... Ele tava tão grande e enraizado que pra derrubá-lo só com uma pancada bem grande, daquelas que neguinho sai catando cavaco... 

Ego estilo baobá...

E olha que não foi por falta de aviso... Eu já tinha levado uns chacoalhões, uns tapas na cara da vida que ardiam pra valer... Mas eu não tinha vergonha... Logo mais a dor passava e eu já tava lá de novo, metendo o dedo, a mão, o braço, o corpo inteiro, mente e alma, onde não era chamada... E lá vinha outro tapa, mas eu já tava igual mulher de malandro, acostumada a apanhar da vida. Até que veio o porradão, o atropelamento por um caminhão... Foi pedaço de coda pra todo lado... Ou eu ia lá catar meus pedaços, ou ia! Não tinha outra opção, porque ninguém ia catar por mim! Aí entendi que eu também não podia catar por ele...


O que a gente pode fazer pelo dependente é muito pouco, e mesmo esse pouco depende dele. Não adianta nada eu acreditar na recuperação dele se ele mesmo não acredita. Não adianta nada pagar tratamentos caros se ele não quer se tratar. Não adianta nada internar à força se ele não se conscientizar. Aliás, nada à força funciona, pelo contrário... Interrompe um processo que poderia culminar (ou não) na vontade da pessoa de parar. Todos os casos de dependentes que pararam de usar foi porque chegaram a um ponto em que ninguém mais limpava as cagadas deles e sofreram sozinhos as consequências dos próprios atos. Por que a família deles era mais bem preparada? Provavelmente não... Na maior parte dos casos é porque a família já tinha tentado de tudo e por fim desistiu, largou mão por não aguentar mais sofrer...
Notem um fato interessante: a família para de atrapalhar a recuperação do adicto quando cansa de sofrer (não tem mais condições psicológicas e/ou financeiras) e para de tentar ajudá-lo à força. O adicto, por sua vez, só sente vontade de parar (quando sente) quando passa a assumir todas as consequências dos seus atos... Quando sofre o suficiente.


Só termos forças para sair do sofrimento quando esse se torna insuportável. Enquanto estamos acostumados com a dor deixamos que ela vá ficando, vai se tornando uma velha conhecida e até nos apegamos emocionalmente a ela. Nos identificamos, ela passa a fazer parte de nós e pensamos: "se um dia ela for embora o que vai sobrar?" A dor e o sofrimento passam a ser nossa zona de conforto. E como toda zona de conforto, só saímos se ele se tornar desconfortável por demais... A nossa resistência é grande, e quanto mais a gente se recusa a enxergar, maior ela fica... Até que um dia a gente sofre um golpe muito mais forte, que te deixa estatelado no chão, aí não tem mais como fingir que não viu... aí é hora de acordar e fazer algo pela sua vida.
Foi assim comigo, precisei pagar pra ver até as últimas consequências... Tive que ver ele tomar ibogaína, se livrar do vício químico e mesmo assim escolher voltar pras drogas. Só assim caiu a ficha no meu cabeção duro que ele NÃO queria parar. Caraca, precisei de quase 4 anos para enxergar o óbvio!!! Pois é...
Se você tá aí apanhando da vida, sofrendo mais que suvaco de aleijado, talvez seja a hora de se perguntar por que? Será que deus é um sádico e gosta de te ver sofrendo? Será que a vida é ruim e o mundo é cruel? Será que o universo tá contra você? NÃO!!! Ele só tá tentando te mostrar: "para de fazer assim que vai continuar dando errado!" Se quer resultados diferentes, aja diferente. Não espere que a diferença venha do outro... Tem que vir de você! Se não quer mais apanhar da vida para de se meter onde não deve. Para de querer ajudar quem já provou com diversas atitudes que não quer sua ajuda. Para de dar murro em ponta de faca... Use toda essa sua bondade para ajudar quem realmente precisa de você: Você mesmo!



sexta-feira, 7 de agosto de 2015

Um olhar adiante



Por Kel.

Eu só acredito no que posso vivenciar.

Eu só acredito no que posso sentir.

Eu só acredito no que não é mistério.

Eu só acredito no que me liberta.

Eu só acredito na felicidade e no amor.

Eu só acredito no que realmente é justo.

E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará. (João 8:32)

Todo o resto são ilusões, criadas pra nos cegar, pra nos amedrontar, pra nos aprisionar.

O único inferno e céu que existem, é aquele que habita dentro de você.

Paz, luz e amor é o que sinceramente desejo ao mundo.

terça-feira, 4 de agosto de 2015

Replay..

Por Kel.

Chega ser triste enxergar as pessoas presas em suas gaiolas...e eu sei bem como é estar lá dentro, não enxergamos nada além das amarras que nos prendem ao sofrimento.

Hoje eu não consigo visualizar apenas as drogas ou a codependência como formas de aprisionamento, são inúmeras as formas de manter a mente das pessoas presas e rodando o replay sem parar nas mesmas cenas, alimentando ilusões e colhendo sofrimentos.

E não existe jeito de arrancar a pessoa de dentro da gaiola, só é possível estender a mão quando em um lapso de consciência essa pessoa estender.


A grande maioria está exatamente assim



Você já é, basta acreditar que é


Vamos sair do replay e avançar a diante?


Fiquem com Deus