quinta-feira, 14 de maio de 2015

Todos tem seu tempo

Por Kel.

Nossa vida é um caminho a ser percorrido, cada um na sua estrada, o crescimento é solitário e individual.

Parece triste e melancólica essa frase, porque nos transmite um certo isolamento, mas na verdade se observamos sem as crenças que trazemos conosco de que a felicidade está fora e não dentro veremos que essa frase não é melancólica, é verdadeira, é só mudarmos a nossa crença para a felicidade está dentro e não fora.

Trocamos apenas duas palavras de lugar...tudo que eu sou, faço e tenho vem de dentro, o fora é só a consequência.

Nascemos sozinhos no instante do primeiro suspiro de ar, ninguém faz isso por nós, quando partimos no último suspiro novamente quem vive esse momento é você e mais ninguém.

Toda a mudança que você pode fazer é em você e por você, aos outros podemos estender a mão, mas a escolha em segurar será dele.

O despertar de cada um, acontece em algum ponto dessa longa estrada, a seu tempo.

Tudo que tenho aprendido, se fosse há uns 10 anos atrás não me faria sentido, hoje faz porque hoje eu estava preparada pra entender esses significados.

Entendo que as pessoas que estão no início da estrada onde existe a doença da adicção, sentem medo, dor, tristeza e desespero...eu gostaria de tirar do meu coração todo conhecimento que adquiri e transferi-los a vocês...mas não posso...só posso contar minha história.

VOCÊS  MESMOS  terão que percorrer o caminho.....coragem amigos...coragem....força...nós só podemos AJUDAR  peçam ajuda à....Deus....grupos...psicólogos...amigos...livros...tudo o que puderem.

Não da pra encontrar a saída sem pistas.

Eu seguro minha mão na sua e uno meu coração ao seu, para que juntos possamos fazer aquilo que sozinho eu não consigo...

3 comentários:

  1. Verdade amiga... A uns anos atrás também nada disso me fazia sentido... Quando comecei a ouvir falar dos grupos e dessas lemas "não posso mudar o outro, só a mim mesmo", "primeiro eu, segundo eu, terceiro eu", "não devemos carregar nas costas", "o familiar também está doente", etc... Eu sentia uma raiva, achava tudo isso inútil rsrs... Mas depois de compreender tudo isso me salvou. É isso, cada um tem seu caminho individual. Nada é em vão, tudo é aprendizado... Isso vale para cada um de nós, dependentes, codependentes ou qualquer outra coisa... Porque no fundo são rótulos... mas todos tem questões a resolver, problemas a superar, etc... Ninguém nasce pronto, todos viemos com uma missão e a principal que é comum a todos com certeza é se amar, se conhecer e ser feliz. Pois como amar o próximo como a ti mesmo, se não se ama? Beijos... paz e luz a todos... amor e gratidão ^^

    ResponderExcluir
  2. É fácil entender o que é codependencia. Difícil mesmo é galgar o caminho da recuperação. Assim como o adicto, precisamos pensar em nós mesmos e seguir nele para nosso próprio bem estar, não pelo outro, ou para o outro. "Eu preciso estar bem, pra poder ajudar o outro". Essa é uma frase muito perigosa e pode confundir. Qual o real motivo? É pra você ou é para outro?? Como você disse, só quando estive pronta, consegui entender a diferença.

    ResponderExcluir
  3. Aaaaa... tudo isso foi pra mim??? se foi mesmo que "também" eu amei!!
    É isso mesmo Kel, pra mim há um ano não fazia sentido, não que hoje eu entenda tudo, mas estou mais habituada, entendo e tento pouco a pouco por em prática!
    Mas, há as recaídas... os sentimentos e hábitos tão conhecidos de nós code's...
    Mas, há tempo para tudo e tudo tem seu tempo.
    É preciso apenas querer mudar oque podemos, aceitar oq não podemos e sobretudo saber diferenciar... os métodos são muitos, basta procurar o melhor caminho e seguir!
    O "x" da questão é a trajetória, pra mim está sendo um verdadeiro kamikase, cheio de altos e baixos, cheio de curvas e retas... meus sentimentos oscilam constantemente.
    bjsss
    tmj

    ResponderExcluir