segunda-feira, 18 de maio de 2015

Lembranças

Por Kel.

Esse final de semana, estive na casa da minha sogra, por um momento me vi ali parada no meio da sala, com meu filho no colo, ele não tinha ainda 15 dias de vida, aquela noite foi dolorosa.

Lembro que fomos levar minha sogra até a casa dela, e ao descermos do carro, o homi...simplesmente ligou o carro e foi usar drogas....isso faz uns 7 anos...como era só uma carona pra sogra...ida e volta pra casa, eu mãe de primeira viagem, não levei nada, mamadeira, leite, fralda, roupas...eu não amamentava.

Minha sogra saiu e comprou o que precisava, e eu passei a noite inteira acordada, com meu filho no colo chorando de cólica...tudo que eu queria era apagar, desaparecer...ou simplesmente dormir.

Mas eu precisei encarar aquela noite acordada e sozinha....era assim que eu me sentia...sozinha...

Minha sogra e cunhadas, agiam feito se nada acontecesse, meus pais não sabiam do que acontecia..e eu lá...uma menina...sim apesar dos meus 26 anos eu era uma menina...sem muito juízo que vivia na balada...que de repente se apaixonou, engravidou...e começou a ter grandes responsabilidades e que sentia medo, tristeza, dúvidas...

Naqueles segundos parada vivendo essas lembranças, algumas lágrimas escorreram pelo meu rosto....entendi quem me tornei hoje, as vezes isso parece egoísta demais...mas foi assim que aprendi a viver...a única pessoa que eu realmente confio é em Deus e em mim mesma....as demais pessoas eu realmente não espero mais nada, tudo que fizerem será sempre uma grande surpresa, jamais uma frustração para mim.

E pra finalizar quando o homi me disse: me assusta saber que se eu cair ficarei lá sozinho....

Respondi: É vai ficar...

E finalizo o post com uma música que hoje me traduz completamente..rs..

(substitui por 30 e poucos anos..hahaha)

Você já sabe
Me conhece muito bem
E eu sou capaz de ir e vou
Muito mais além
Do que você imagina

Eu não desisto assim tão fácil, meu amor
Das coisas que eu quero fazer
E ainda não fiz
Na vida tudo tem seu preço
Seu valor
E eu só quero dessa vida
É ser feliz
Eu não abro mão

Nem por você
Nem por ninguém
Eu me desfaço
Dos meus planos
Quero saber bem mais
Que os meus 20 e poucos anos

Nem por você
Nem por ninguém
Eu me desfaço
Dos meus planos
Quero saber bem mais
Que os meus 20 e poucos anos

Tem gente ainda me esperando pra contar
As novidades que eu já canso de saber
Eu sei também
Tem gente me enganando
Ah! Ah!
Mas que bobagem
Já é tempo de crescer
Eu não abro mão

Nem por você
Nem por ninguém
Eu me desfaço
Dos meus planos
Quero saber bem mais
Que os meus 20 e poucos anos

Nem por você
Nem por ninguém
Eu me desfaço
Dos meus planos
Quero saber bem mais
Que os meus 20 e poucos anos

Nem por você
Nem por ninguém
Eu me desfaço
Dos meus planos
Quero saber bem mais
Que os meus 20 e poucos anos

Nem por você
Nem por ninguém
Eu me desfaço
Dos meus planos
Quero saber bem mais
Que os meus 20 e poucos anos




5 comentários:

  1. Nossa... senti sua dor agora...
    É assim que ficamos quando nos apaixonamos por um dq... eles com a vida deles e nós ali apaixonadas, nos lançamos no amor, cegas... depois descobrimos o porque das ausências, das situações que acontecem sem pé nem cabeça... começamos um luta dura e desleal em resgatar um amor de um mundo de ilusão, padecemos... muitas vezes sozinhas, outras com um filho nos braços, ainda sim sozinhas, pois só nos resta contar consigo mesmo.
    Mas as pauladas são tantas, que um dia a gente vê que existe vida lá fora e decidimos ver a luz do dia... lutamos, batalhamos e recaimos, mas sempre querendo ir em frente em busca do melhor...
    Nessa caminhada, chegamos a um ponto mais seguro, com paz, com conhecimento... as vezes com nossos amores outras se perdem no caminho... mas seguimos e ficamos mais fortes, mais conscientes, mulheres! Passamos por uma metamorfose!
    Eu sigo nas minhas recaídas... mas seguindo... foco no hoje e na serenidade, ainda que esteja difícil alcançá-la!
    E vc... hoje consegue palpar seu crescimento e ver as mudanças não com dor, mas como um aprendizado necessário e bom, te fez ser quem vc é hoje!
    bjsss... tmj

    ResponderExcluir
  2. Sim, eles ficam com medo de ficarem sozinhos mas o quanto nós ficamos sozinhas por conta da loucura deles eles não lembram né?
    Isso mesmo amiga, não abra mão dos seus planos por ninguém nesse mundo... beijos

    ResponderExcluir
  3. Independente de Dependencia Qumica, tem coisa que é do "serumano". Minha mãe dizia: quem bate esquece mais rápido do que quem apanha. Há muitos anos meu marido fez uma coisa que me magoou profundamente, mas muito muito muito mesmo, daquelas que ficam guardadas no fundo do baú pra sempre. Um dia desses naquelas discussões que a gente remexe os guardados, soltei essa: e vc lembra aquela vez quando fez aquilo assim .......e falei. O lindo fez uma cara de espanto, me olhou com cara de inocencia e falou: você tá maluca? Eu nunca fiz isso, porque vc tá inventando uma coisa dessas???? E como não tem provas né, a unica testemunha sou eu mesma fiquei ali pensando, será que eu to louca????? kkkkkkk não to louca não e não to inventando, posso ter perdoado mas esquecer é outra conversa.

    Janete

    ResponderExcluir
  4. pois é madrinha sei bem como é..eu nem falo mais nada pq já sei o discurso...kkk que eu só vejo o que ele faz de ruim...que ele me leva pra sair...que ele da o melhor dele...que eu só reclamo...sei que meu ouvido vai virar pinico pelas próximas 5 horas...ai nem falo nada...cansa a beleza..kkkk

    ResponderExcluir