segunda-feira, 6 de abril de 2015

Big Girls Don't Cry

Por E.

Oi gente...
Esse fim de semana fui para a casa dos meus pais (pra quem não sabe, eu moro sozinha). Tive um momento nostalgia revendo uma de minhas agendas de quando eu tinha 15 pra 16 anos... Eu sempre gostei de escrever, ler... Relendo coisas que escrevi quando era mais nova as vezes dá até arrepio... Coisas que eu sabia intuitivamente e que vim a "descobrir" só agora, depois de "véia" rsrs... e também coisas que mudaram muito rsrs... Me divirto... Minha agenda era linda, cheia de recortes, desenhos, fotos, recados de amigos, poesias, letras de músicas que me marcaram na época... E uma dessas músicas eu coloco aqui agora (a tradução), pois apesar de ter estourado na época eu não tinha reparado na profundidade da letra até então... Tem tudo a ver com minha fase atual, com o que estou vivendo agora. Na época acho que só me identificava com o título mesmo, pois sempre fui chorona mas não queria ser rs...

Grandes Garotas Não Choram

Fergie

La, ra, ra, ra
O cheiro da sua pele
Persiste em mim agora
Você provavelmente
Está no seu voo
Voltando pra sua cidade natal
Eu preciso de algum abrigo
Para minha própria proteção, querido
Estar comigo mesma
Claridade, paz, serenidade


Espero que você saiba
Espero que você saiba
Que isso não tem nada a ver com você
Isso é pessoal, eu mesma e eu
Nós sempre temos algo a ajeitar
E eu sentirei sua falta
Como uma criança
Sente de seu cobertor
Mas eu tenho
Que seguir em frente

Com minha vida
Chegou a hora de ser
Uma garota grande

E garotas grandes não choram
Não choram
Não choram
Não choram

O caminho que estou trilhando
Eu devo seguir sozinha
Devo engatinhar
Até eu ser adulta
Adulta
Contos de fada nem sempre
Têm finais felizes, têm?
E eu vejo
A escuridão a frente se eu ficar


Espero que você saiba
Espero que você saiba
Que isso não tem nada a ver com você
Isso é pessoal, eu mesma e eu
Nós sempre temos algo
A ajeitar
E eu sentirei sua falta
Como uma criança sente de seu cobertor
Mas eu tenho
Que seguir em frente com minha vida
Chegou a hora de ser uma garota grande
E garotas grandes não choram

Como colegas
No pátio da escola
Nós brincaremos de cartas de uno
Eu vou ser sua melhor amiga
E você vai ser meu namorado
Sim, você pode segurar minha mão
Se você quiser
Porque eu quero segurar a sua também

Nós seremos parceiros e amantes
E compartilharemos nossos mundos secretos
Mas é hora de eu
Ir para casa
Está ficando tarde
Escuro lá fora
Eu preciso estar
Comigo mesma no centro
Clareza, paz, serenidade


Espero que você saiba
Espero que você saiba
Que isso
Não tem nada a ver com você
Isso é pessoal, eu mesma e eu
Nós sempre
Temos algo
A ajeitar
E eu sentirei sua falta
Como uma criança sente de seu cobertor
Mas eu tenho
Que seguir em frente
Com minha vida
Chegou a hora de ser
Uma garota grande
E garotas grandes não choram
Não choram
Não choram
Não choram

La, ra, ra
Ra, ra, ra

2 comentários:

  1. a menina cresceu....rs...parabéns nega pela força...sempre em frente...bjus <3 <3

    ResponderExcluir