quinta-feira, 19 de março de 2015

Sobre a manifestação de 15 de março

Por E.

Bom dia,

Eu tava pensando em escrever sobre a manifestação... mas confesso que não assisti nem procurei saber muito... Mesmo assim não é impossível ter alguma opinião sobre o assunto. A história mais ou menos se repete... Quando tiveram aquelas manifestações por causa do aumento de 20 centavos da passagem e que foi agregando mais gente... e aí falaram que não era só pelos 20 centavos, e começaram a ser manifestações sobre tudo e nada ao mesmo tempo... Tudo pois falavam de reforma política, acabar com a corrupção, educação, saúde, etc... E nada pois não tinha um foco, não tinha objetivos claros. Acabou virando modinha para muitos, outros aproveitaram a oportunidade para aparecer (partidos, etc)... Mas assim como toda modinha uma hora esfriou e acabou. E tudo continuou como antes. Inclusive esse ano a passagem aumentou 50 centavos e ninguém fez nada...
Já a manifestação do dia 15 ano não nasceu de forma tão desinteressada... Inclusive a data foi escolhida a dedo e de muito mal gosto, por sinal. As pessoas estão confundindo, só pode... Visivelmente não fazem ideia do que querem. Querer melhorias, reforma política, menos corrupção, ok... Agora, achar que isso vai ser conquistado fazendo impeachment? Não vai ser Michel Temer, muito menos Aécio Neves que vai salvar a pátria... É trocar 6 por meia dúzia... Afinal, não foi o PT que inventou corrupção... E seja o que for, foi eleito democraticamente... Outros estão tão perdidos que vem falar até de intervenção militar. Esses acredito que não sabem nada de história do Brasil... Só pode!
Achei muito interessante um texto que encontrei no facebook, vou postá-lo aqui, resume tudo que penso sobre isso:

15 coisas que aprendi vendo a manifestação de 15 de março
1 - Que o povo está indignado com a corrupção, e talvez esteja até disposto a não sonegar mais valores da Declaração do Imposto de Renda (será?) Isso particularmente duvido... rs
2 - Que o PT é o partido mais desgastado e nunca antes "na história deste país" um partido conseguiu tanta antipatia popular quanto agora.
3 - O povo continua povo. Quer alguma coisa, mas não sabe direito o que é. Tanto que alguns evocaram intervenção militar para abrilhantar o regime democrático.
4 - Quem protestou foi a "elite branca" mas não só, foi também: gente cansada da corrupção, gente despeitada pela derrota tucana nas urnas, gente mal amada que foi para flertar, gente que queria um cenário bonito para tirar fotos, ou seja: qualquer classificação com relação aos manifestantes é simplista. Foi povo povo mesmo. E pronto.
5 - Fiquei nauseada por ver suástica e frases de baixo calão em meio aos cartazes.
6 - Achei bonito o pessoal aclamando intervenção militar ser imobilizado pela PM. Quer coisa mais linda e democrática que isso? Isso é Brasil, meu amigo.
7 - Acho que quem nunca leu Paulo Freire deveria ter ao menos o brio de não pronunciar o seu nome em vão protesto contra a histórica situação caótica do ensino público no Brasil. Ele merece respeito.
8 - Acho que quem manda Presidentes ir tomar em (na) Cuba deveria primeiro descobrir onde foi parar a educação que a sua mãe lhe deu. Afinal, acho que isso não é xingamento (Dilma adora Cuba), é mera lembrança de orifícios que não deveriam figurar em discussões sobre a política nacional. 9 - Dizer que é contra a estreita relação entre o Governo brasileiro e alguns outros governos (ainda mais temerários) da América Latina, tudo bem. Agora, dizer que querem implementar comunismo no Brasil é sinal de que as pessoas nunca leram nem orelha de livro sobre a temática marxista.
10 - A data foi muito infeliz e a gente sabe que não foi sem propósito (1964 que o diga).
11 - Ainda estou esperando que as pessoas entendam que pode e DEVE ocorrer uma reforma política, e que essa podridão não vai cessar se tirarmos uma Dilma e colocarmos um Temer, afinal, o buraco da corrupção brasileira é bem mais embaixo e nos faz descer ao eleitor que se deixa comprar ou ao político que "vende" o seu curral eleitoral.
12 - Será que alguém acredita que a roda da corrupção foi inventada pelo PT? Eu não acredito. Mas creio sinceramente que o PT melhorou a sua engenharia e a fez rodar mais macio.
13 - O Brasil não é mais o país do futuro. É o país do agora e a população necessita entender a sua responsabilidade social, saber que ela vai além do grito de ordem. É preciso repensar o Brasil, repensando-nos enquanto brasileiros. Não é gigante acordando e gigante hibernando, é manter a alma alerta e a dialética pronta para as mais sérias discussões.
14 - Nenhum partido pode ser maior do que o Brasil. A nossa bandeira deve ser a dignidade do povo brasileiro. Defender o indefensável ou não ponderar nas acusações ao grupo político divergente é atirar no próprio pé. 15 - Não. Não misturem Geraldo Vandré com pedidos de intervenção militar. Com gritos de ordem contra a Democracia... Isso, não. Para que você hoje possa "falar de flores", muita gente derramou sangue e suor e, não sei se você sabe, é bom respeitar todas as nuances e cores. Afinal, o sangue derramado foi de fato vermelho.
16-03-15
Nara Rúbia Ribeiro

3 comentários:

  1. ATENÇÃO. A INTERVENÇÃO MILITAR (prevista no artigo 142 da Constituição Federal) é a única forma de garantir a democracia, a única forma de defender os brasileiros contra o comunismo. NÃO SIGNIFICA DITADURA MILITAR.

    ResponderExcluir
  2. Kkkkkkkkk... vai nessa... Que comunismo gente??? Tá muito longe disso... Tá mal informada...

    ResponderExcluir
  3. Foi assim que começou a DITADURA MILITAR... exatamente com os mesmos argumentos... aff

    ResponderExcluir