quinta-feira, 5 de março de 2015

quer ajuda ou um burro de carga?

Bom dia pessoas...

Acho engraçado como as pessoas acham que temos a obrigação de ajudar, e não é uma ajuda qualquer tem que ser como essa pessoa quer senão não rola...bom meu papel burro de carga ficou lá atrás, quer ajuda eu ajudo como posso não como quer.

Chega a ser ridículo as histórias que contam a si mesmo para tentarem se convencer que não são totalmente responsáveis pelas suas escolhas, ok abro parenteses pra quando se está em crise de abstinência, porém passando esse período, por mais dificil que seja a escolha É DA PROPRIA PESSOA....em usar ou não usar.

Ontem ouvi uma histórinha assim: meus amigos me chamaram pra ir em um barzinho, é aniversário de um, despedida de outro eu provavelmente não vá....minha resposta: quer ir vai, só se cuida não vai beber...
Ele: mas o que eu vou dizer...Eu: uai que você não está bebendo mais....Ele: mais todo mundo sabe que eu bebo, me viram bebendo na festa da empresa ano passado....Eu: uai parou de beber...Ele: eu não vou ir não, no final da tarde eu acabo pegando um trampo e ai fica ruim voltar ai eu não vou...Eu: você quem sabe...ele: Você mudou seu semblante só de eu falar em sair...Eu:  Não por isso, mais sim fico preocupada se você realmente vai se segurar...Ele: eu to ferrado se eu beber, nem tanto por correr risco de recair mais pq vc vai fazer da minha vida um inferno...Eu: Ainda bem que vc sabe...na verdade eu não vou fazer inferno só vou cair fora...Ele: Ta vendo vai fazer da minha vida um inferno ficar me me mandando embora, falando que não quer mais...então eu fico construindo castelo de areia, acreditando que um dia a gente vai ficar junto, já pensou voltamos a morar junto e eu sou um ser humano imperfeito, ai bebo uma cerveja e vc me manda embora...Eu: Primeiro que não estou te enganando, isso eu deixei bem claro desde q vc fez o tratamento da ibogaina, sim vc é imperfeito, vc pode errar, mais não pode beber e nem usar droga, essa possibilidade é zero, nula, não existe o se, é nunca mais...alias poder vc pode fazer o que quiser, eu só não volto pro buraco junto...tu vai sozinho...Ele: uma cerveja não é voltar pro buraco...Eu: 99% dos adictos que eu conheço quando voltam a beber recaem, então na minha avaliação de risco é, e tu quer que eu pague pra ver? Não nem ferrando...

Ai veio o discurso de que ele é imperfeito...que pode errar...eu tornei a dizer...se quiser continuar comigo não pode errar não nesse sentido de voltar a se drogar...as pessoas são imperfeitas e se descumprem regras pagam por elas...se roubam são presas...ninguém é obrigado a nada e nem você a aceitar isso...do mesmo jeito que EU NÃO SOU OBRIGADA....são escolhas me respeita, não tente me convencer porque não vai conseguir.
Você pode estar tentando convencer a si mesmo que tudo bem...azar o seu..melhor BURRICE sua...mais enfim a vida é de cada um.

Um dia ouvi dele: Que amor é esse que se eu for embora vc não liga? Respondi ligar eu ligo, mais não vou morrer por isso...

Então me coloco a pensar: Que amor é esse que prefere ver alguém desesperada... chorando... implorando do que feliz e vivendo a sua vida em paz?

E quando mais uma vez ele disse que ir na casa dos meus pais pra ele era o fim, que estavamos acabando com ele...respondi vc devia ser grato e estar feliz em ver que estou reconstruindo a minha vida...se não fosse pelos meus pais eu estaria como? Não morreria de fome, mais não conseguiria progredir...como tenho progredido...se vc realmente me ama deveria ficar feliz por isso...

Afinal as dividas que eu adquiri ninguém está ajudando a pagar...

Porra quer ajuda ou quer um burro de carga?

A vai cata coquinho e caçar outra que queira ser a salvadora, aqui NEGO NÃO

15 comentários:

  1. Acende a luz vermelha do autoengano, rsrsrsrs e pior, tenta enganar vc tb, rsrsrs não consegue e fica puto da vida. Eita.....ô vida cruel. Esse coitadinho tem que carregar os problemas sozinho, kkkkk.

    Janete

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. são insistentes..a gente que não fique esperta pra ver...dão nó até em pingo d'agua...fala sério

      Excluir
  2. to vivendo o dilema de como ajudar...acredito estou sendo testada...hahaha..sim lhe dou amor...lhe dou apoio...seguro na sua mão e lhe digo vc não está sozinho...é isso que eu posso fazer...tudo que for ligado a ações...não tem como ser diferente tem que partir DELE.....a vida é dele...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre o auto engano batendo na porta e sempre (ou na maioria das vezes) a porta de entrada do auto engano é a bebida... Tudo por causa da "historinha", do "mapa"... A sociedade fala que o álcool é bom, a família fala que o álcool é bom, os amigos falam que o álcool é bom, então porque eu não posso beber? Se não posso sou um infeliz, sou pior que os outros, sou um coitado pois não posso desfrutar da "felicidade" que o álcool proporciona... Coitadinho de mim...

      Excluir
    2. e sempre o tal pensamento mentiroso: por quê VOCE é tão malvada comigo que não me permite beber??? Nunca é o pensamento de recuperando: não devo e sei por que não devo, e por que não quero e qual será a consequencia e quais seriam as perdas.
      Daí a engrenagem já começa a virar ao contrário né....isso que dá meeeedooooo.

      Janete

      Excluir
  3. Que dilema mesmo. kkkk Ele não pensam direito, acham que uma simples bebida não vai causar grandes estragos.
    Força Kel!!! você está no caminho certo, não aceite o minimo quando na verdade você merece o máximo!!! e aos poucos ele vai entendendo que você está com a razão.

    ResponderExcluir
  4. Fico feliz por estar firme e forte na sua postura.
    Meu marido esta bem ao meu ver.. 90 dias limpo se medicando indo a igreja.. Um belo dia se revoltou e disse vou parar ser quem vcs querem q eu seja... Vou fimar e beber uma cerveja como todo mundo! Eu disse vc nao pode vc sabe mas a vida e sua so nao me peca nada! Nao vou mais pro buraco junto! A vida e tua e tu q sabe oq faz dela...
    Eu vou continuar a minha caminhada te amando respeitando so nao vou mais enlouquecer quando vc ir pra farra...
    Vou dormir descansar se nao for possivel pq vc vai fazer briga e perturbar minha paz eu ligo p minha tia ou meu irmao e vou dormir la... E bem simples!
    Dias depois recaiu e esta na ativa...
    Vendeu celular som do carro...
    Pede dinheiro p cigarro p gasolina... So a familia dele nao ve... Pq nao querem... Alguem q nao ganha mal so paga o carro nao tem. Nunca um puto no bolso...
    Nao tenho eu q pago aluguel agua luz internet comida... Eu sim controlo e tem mes q to zerada...
    Como falei nas postagens anteriores usou do falecimento dos meus parentes p curar a ressaca...
    Ontem me pediu dinheiro p ir ver o jogo...
    Eu disse nao! Como uma crianca se emburrou... Ai eu disse nossa q mudanca por causa de um nao... Ate agora feliz me agradando nao dei dinheiro p bebedeira ficou bravinho... Nao dou e nao conta comigo! Mais um mes q arco c todas as contas da casa e mais dividas tuas... E ainda quer dinheiro... Nao! Agora estou desempregada nao tenho quem me ajude e nao dou! Nao chegasse em casa e perguntasse se eu queria alguma coisa... Eu estava c vontade de comer um x salada beber uma UMA cervejinha ( q de vez em quando e bom... Mas 1 ou 2 no max... Sendo q nunca mais fiz isso por causa dele)
    Nao chega cheio de si... Quero ir no jogo me da dinheiro... Nao sou tua mae p te sustentar e dar dinheiro p saindinha c os amigos... Ficou puto! Mas conversando... Nao gritei nem me alterei... Estou conseguindo me manter no que me propuz! Calma e paz!
    Por fim veio disse q era melhor ta indo no x comigo e depois ir dormir q ir beber e usar droga...
    Eu disse q bom ta vendo isso...
    Ai fomos...
    Chegamos pesados e fomos dormir.
    Esta nas maos dele mudar... Que Deus ajude.
    Eu sigo na minha paz.
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. O auto engano é em relação a tudo, absolutamente... a bebida é só uma dessas coisas, talvez a porta de entrada de muitos... É difícil abrir mão dos paradigmas antigos... A bebida é um deles. Aí se se enganam sobre a bebida (pois no fundo sabem muito bem que não podem e porque não podem), se enganam sobre o resto todo... E por fim, se enganam sobre a droga, e aí recaem. É um ciclo, que eles mesmos montam... Vão moldando peça a peça, até tudo se encaixar... e depois ainda dizem que não sabem porque recaíram.. são cara de pau

    ResponderExcluir
  6. Eu vejo que na maioria dos casos a bebida é a porta de entrada para outras drogas.... mas meu ex não bebe (nem socialmente) e não fuma... Acho que pode ser tudo "psicológico"... e o que eles realmente precisam entender que isso ou aquilo faz mal e ponto... e se faz mal, me faz sair do eixo, eu NÃO DEVO USAR. Eles precisam aprender que não podem ser escravos de nada.

    ResponderExcluir
  7. A questão Carla é que eles sabem muito bem disso! Já cansaram de ouvir no NA, nas clínicas da vida, nos psicólogos, etc... Saber sabem. Mas fingem que não sabem, se fingem de tontos, por isso o nome: Auto engano!
    Eu quis dizer que a bebida é a porta de entrada para o auto engano, não só para as outras drogas..
    Com o auto engano eles invertem todos os valores, absolutamente tudo e o objetivo final é sempre o mesmo: recair.
    Uns usam a bebida pra isso, outros usam uma briga de casal, outros usam a briga com a mãe, etc...

    ResponderExcluir
  8. Se recusam a enxergar a realidade embora conheçam a realidade... e saibam que estão se iludindo! Não são só os dependentes químicos que se auto enganam, todo mundo as vezes faz isso...
    Mas no caso deles a diferença é que o auto engano culmina no uso...

    ResponderExcluir
  9. E, não tinha pensado nesse ângulo.... mas realmente o que você diz é verdade, pois no meu caso (no caso dele kkk) o auto engano começava com uma briga.... e no final ele usava dizendo que foi porque brigamos. kkk.. Ainda não sei nada mesmo sobre a adicção e a codependencia... kkk

    ResponderExcluir
  10. Tá aprendendo Carla, isso que importa...
    Eu também antes não sabia disso, me culpava quando brigávamos e ele ia usar, achava que eu podia ter evitado... Que nada, ia usar de qualquer jeito, já tava tudo "planejado"... Se não fosse nessa briga seria em outra... Eles dão um jeito, falam absurdos, irritam, ninguém é de ferro...

    E.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkk. É verdade.
      Também me sentia culpada quando brigávamos e ele ia usar, sempre pensei que se eu não tivesse brigado ele não teria ido usar.

      Excluir