terça-feira, 17 de março de 2015

Muda o foco

Por E.

Bom dia =)

Ontem eu estava refletindo sobre o que escrever aqui. Me veio a cabeça que minha relação com o "homi" nunca (ou quase nunca) esteve tão bem, apesar da distância. Eu aqui, ele lá a umas 6h de distância (de ônibus, porque não temos carro) dá saudade, dá trabalho, dá gasto ir e voltar... Mas por incrível que pareça tem dado certo...
E tudo só começou a melhorar quando finalmente mudei o foco. Enquanto era obcecada pelo relacionamento e em fazer ele dar certo, tudo dava errado. Quando comecei a me colocar em primeiro lugar, a fazer as coisas que eu queria e gostava independente dele aprovar ou não, a cuidar de mim, a voltar a fazer coisas que eu sempre gostei mas deixei de lado, a dedicar um tempo ao auto conhecimento e estudar a espiritualidade e como o universo funciona, quando voltei a escrever, quando permiti que ele tivesse livre arbítrio... As mudanças começaram a acontecer.
No início cheguei a pensar que iríamos nos afastarr mesmo, pois estávamos muito distantes. Mas depois o sentimento falou mais auto, aconteceu uma reviravolta, nos abrimos mais um para o outro, ele me surpreendeu me mostrando que não estava tão resistente quanto eu imaginava, eu falei sobre coisas que venho aprendendo e ele absorveu muita coisa... A ayahuasca ajudou muito nesse sentido, ela ajuda a abrir a mente, a pessoa se encontra com ela mesma, resolve algumas questões mal resolvidas, passa a ter noção do que veio fazer aqui, o porque da sua existência, aprende com os erros, etc... Estamos até fazendo planos futuros de unir o útil ao agradável e trabalhar com o que nos dá satisfação: ajudar. Mas isso só daqui a um tempo pois para investir numa ideia precisa ter dinheiro, e pra isso tem que trabalhar, estudar, trabalhar mais um pouco, etc rs...
Estamos felizes, vivendo um dia de cada vez. Pretendemos voltar a morar juntos mas vamos ter que esperar. Ele começou a fazer acompanhamento com psicóloga pela prefeitura de lá, é gratuito. Aqui teríamos que achar outro psicólogo, pagar (pois aqui acompanhamento gratuito só no NAPS AD, e é só em grupo)...
Sinto falta, ainda mais porque moro sozinha aqui (lá ele tá com a mãe), minha família tá mais longe do que ele ainda e eu não conheço praticamente ninguém na cidade...
Mas preencho meus dias e vou vivendo, é até bom ter tempo pra mim, fazer as coisas na minha hora. Tem minha cachorrinha que me faz companhia também, apesar que ela é um teste de paciência, as vezes me faz raiva demais... Como ontem, eu cheguei cansada da viagem, ela entrou em casa e fez xixi. Depois que eu limpei o xixi e passei pano na casa ela fez cocô, e invés de fazer num lugar só fez espalhado pelo quarto e sala... kkkk... Ela sempre faz essas coisas...
Também voltei a fazer academia e a me alimentar melhor. Botei na cabeça agora que quero ficar definida e quero conseguir rs
Bom, é isso... Bjos...


4 comentários:

  1. Se vc chegou de viagem a sua cachorrinha estava carente, querendo chamar atenção, mesmo que fosse da forma errada. Para eles, bronca ou carinho, tanto faz, conseguiu atenção. Igual DQ, rsrsrsrsrs. Nessa hora tem que ignorar. Atenção só qdo fizer coisa boa.

    Janete

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sei, mas ela faz isso todo dia se deixar, a qualquer oportunidade... Quando acordo de manhã se eu abro a porta ela entra e já vai fazendo xixi... e cocô... aff rsrs... Ela fica segurando, evita fazer lá fora, aí quando entra faz dentro de casa. Aí eu só abro a porta quando vou sair com ela ou então deixo ela passear sozinha. Ultimamente tenho deixado ela sair solta, como ela era de rua mesmo, sabe se virar. E tem ficado bem feliz com isso.

      Excluir
  2. Respostas
    1. grata por tudo, inclusive pelas boas vibrações... =)

      Excluir