segunda-feira, 23 de março de 2015

...mergulhe

Qual o caminho do equilíbrio?

Não tem haver com santidade ou perfeição, equilíbrio é viver de acordo com o que se é, com o que diz, com o que pensa.

Não existe a perfeição, se você se esconde, ou usa máscaras o maior prejudicado é você mesmo, pois perderá a oportunidade de se conhecer, de se modificar....

Haaa...quanto tempo perdemos cuidando da vida do outro....

Quanto tempo perdemos fugindo de nós mesmos, alimentando nossos sentimentos com ilusões passageiras...

Não conseguimos nos olhar no espelho...

"A sua visão se tornará clara quando puder olhar para o seu próprio coração. Quem olha pra fora sonha; quem olha pra dentro acorda"

Carl Jung

6 comentários:

  1. Eu estou mal hoje. Encontrei um rapaz com que namorei por um ano. Ele é dependente químico e eu terminei com ele ano passado, pois não aguentei a pressão. Já escrevi a minha história nesse blog. Encontrei-o na saída do meu condomínio (triste coincidência). Abracei-o e ele me falou que está 6 meses em uma fazenda. Ele estava com o o monitor, estava de visita, ia almoçar lá.
    Fiquei mal mesmo!!!! Vi o quanto ainda tenho sentimentos. E quanta mágoa ainda existe. No fim do dia, pude falar com esse monitor (descobri que ele mora no mesmo condomínio). Soube que, mesmo após tanto tempo, é bem complicada a recuperação dele ( pois usa drogas há mais de 20 anos, morou na rua, etc).

    ResponderExcluir
  2. É brabo, é praticamente impossível ter um relacionamento com uma pessoa assim. É muito sofrimento. Nesse um ano, foram várias vezes em clínicas, internações, para recair em dois dias.
    Eles têm todo o apoio nas internações, pude ver nos locais que conheci que são super bem tratados. E nós, sofremos, temos que tirar força não sei de onde, e eles não estão juntos para nos apoiar. Sem contar que é muito desgastante quando a pessoa fica toda hora internada. Ontem mesmo, que reencontrei aquele rapaz que namorei, tive muita vontade de conversar com ele e não pude. Quantas e quantas vezes nas outras internações tive que conversar com monitores, terapeutas, psicólogos... Nada contra as pessoas, mas tem horas que parece que o relacionamento não é a dois.

    ResponderExcluir
  3. É um saco isso tudo!!! Ontem mesmo eu chorei muito!i E eu não tinha ele ao meu lado sequer para uma conversa amigável. Coisas simples, coisas normais, que podemos fazer com pessoas que não são dependentes químicos, com eles não dá!!!!! Eu não via esse rapaz há tempos... quantas vezes chorei de saudade... não podia ligar, pois ele não tinha telefone (vendia os celulares). Não acessava a internet. Estava nas ruas, não tem família. É terrível a sensação de saber que ele sabia onde me encontrar, mas que eu não sabia onde encontrá-lo. Minha ficha está caindo em muitos aspectos. Ontem e hoje chorei muito. E rezei. Rezei mesmo. Sinceramente, se é para eu ter alguma coisa com ele de novo, que seja com ele modificado, firme na recuperação de verdade ( e abstinente há muito tempo). Se não for, que Deus me ajude a tirar esse sentimento de dentro do meu coração. Eu estou cansada de sofrer. Com isso, pude ver o quanto eu estou no fundo do poço. Eu vou cuidar de mim, vou buscar um tratamento espiritual, apoio na fé. Vou fazer coisas que gosto. Vou cuidar de mim.

    ResponderExcluir
  4. Isso! Cuide de você!

    ResponderExcluir
  5. sim....é dificil vc vai conseguir ficar bem...acredite...como já disseram cuide de vc...jamais desista de si mesma

    ResponderExcluir
  6. Obrigada pelo apoio queridas. A cada dia tem sido difícil. Ainda me sinto muito abalada. Mas hoje mesmo vou ao centro espírita, vou orar muito, e dessa vez será por mim mesma!

    ResponderExcluir