terça-feira, 31 de março de 2015

(.........--..........)

Por |Kel.

Olá galera, não sei se repararam mas mudamos a descrição do blog...rs...aquela que dizia Há 7 anos eu...blablablá...foi substituída por essa ai em cima....afinal atualmente isso faz mais sentido já que somos duas escritoras né...rs.

Estou vivendo uma fase mágica em minha vida, conhecendo o poder que tenho dentro de mim, algo surpreendente...empolgante....fascinante...e que me enche de energia pra ir cada vez mas além...

No mais vamos vivendo....deixo a vocês está reflexão:

Não se aborreça.
As vezes o outro não entente.
Apesar de você ter explicado mil vezes, ele não enxerga.
Não é tonto.
Não é mau.
Não é indiferente.
É outro

(Psiconlinebrasil)

Namastê

Para refletir






segunda-feira, 30 de março de 2015

Existem mundos onde...

Por Kel.

Me lembro quando eu vivia presa em um mundo

Um mundo de êxtases, de fé...de amor...de desespero...de fúria...de tristeza e de esperança, era assim minha vida quando eu estava no olho do furacão segurando o adicto pra que não se esborrachasse no chão.

Tudo era muito, tudo era intenso, as vitórias as derrotas, era impossível sair do carrinho da montanha russa, me sentia presa e não tinha forças ou coragem pra pular.

Pulei....ainda eu o vejo em seu carrinho, mas hoje eu só olho, não embarco junto...

De fora as emoções ainda povoam meu coração, mas é de leve, sem aquela intensidade, sem aquela necessidade de controlar para que tudo saia como eu gostaria.

Hoje não são meus pensamentos que me controlam, eu controlo eles...e escolho.

Existe um mundo tão cheio de segredos a ser desvendado fora desse redemoinho....existe paz....existe amor...existe felicidade....e não é preciso escolher lutar ou desistir de alguém.

É preciso somente olhar pra si mesma e se dar o direito de ser feliz....

A meditação não é um esforço, não é uma atividade. Pelo contrário, é uma profunda pratica de rendição...Apenas ser é meditação - não fazer nada, não desejando nada, nem com vontade de ir a algum lugar, apenas estar aqui e agora, simplesmente estar aqui e agora, isso é o que eu chamo de meditação.

Osho 

Namastê (O Deus que habita em mim saúda o Deus que habita em você)


quinta-feira, 26 de março de 2015

Transforme sua princesa numa engenheira! (para quem tem filhA principalmente, LEIA)

Por E.

Oi gente!
Não sei se lembram mas a um tempinho atrás postei um texto falando da origem do amor doentio. Do porque as mulheres idealizam tanto (e se decepcionam tanto com) os relacionamentos... lembram do negócios das princesas? Enfim, se quiserem reler o texto clique AQUI.
Aí ontem li esse texto que posto abaixo... Me encantei *-* Me identifiquei...
Para quem não sabe, sou engenheira :)

http://rescola.com.br/transforme-sua-princesa-numa-engenheira/
 
Feche os olhos. Imagine a figura de um engenheiro trabalhando. Agora seja criativo e imagine sua filha no lugar do engenheiro. Imaginou? Já sei a resposta, seu cérebro não faz essa conexão. Mas se por um instante fizer, você vai imaginar a sua menina praticamente um menino, e depois conseguirá formar a imagem. Concordo com você, fica difícil ser feminina nesse contexto.
A engenheira Debbie Sterling nos ensina de um jeito descomplicado e totalmente espontâneo como podemos mudar esse paradigma. Ela é fundadora da empresa Goldie Blox, que produz brinquedos construtivos para meninas. Sua ideia inovadora surgiu da sua própria trajetória.
Era uma vez uma menina. Ela brincava de bonecas e tudo deveria ser rosa, caso contrário ela não se encaixaria. Debbie brincou muito e quando chegou à fase adulta escolheu engenharia. Teve aulas de desenho em Stanford e sua vida mais parecia um Lego sem conexões. Os meninos não a entendiam e ela precisou correr atrás para acreditar no seu potencial. No meio dessa luta interna e nadando contra a correnteza caiu uma ficha que encaixou tudo: “Nós meninas, em nossa infância, somos levadas a acreditar que seremos princesas!”.


Assista o comercial da Goldie Blox (em inglês)
(O vídeo é em inglês mas dá pra entender bem, é simples e curtinho. Basicamente a menininha fala: "esse é seu cérebro como princesa". Depois: "esse é seu cérebro como engenheira". E no final: "alguma pergunta?" rsrs)


Debbie tem razão. Passamos horas e horas vestindo roupas de princesas, enquanto os meninos, em vantagem absoluta, brincam de Lego e todos aqueles brinquedos construtivos. Nada contra o rosa. Muito pelo contrário, mas será que podemos pensar além da cor? Nesse momento, ficou claro que a dificuldade ou apenas o não interesse precoce por matérias como matemática e ciências são comuns no gênero feminino. Mas essa tendência não é biológica e sim totalmente cultural.
Quando os tons de rosa começaram a clarear, nossa engenheira queria encontrar um jeito de desenvolver habilidades espaciais nas meninas e acabar definitivamente com o padrão estabelecido. Criou, testou, e enfim encaixou. Depois de algumas tentativas notou que as pequenas tinham mais interesse por livros e assim resolveu unir o útil ao agradável. Criou uma história lúdica, contada através de uma personagem que resolve seus problemas construindo máquinas. Com recurso próprio produziu alguns itens e foi sucesso imediato. Certamente o mundo estava esperando por isso.
Esse pequeno conto de fadas nos mostra que a empresa Goldie Blox proporciona o desenvolvimento intelectual não somente em matérias como matemática e ciências, mas principalmente em áreas como criatividade e arte. O casulo se abriu, nossas crianças são sementinhas ávidas por inovação. A voracidade da energia infantil nos impulsiona, nos move e cada vez mais, fará com que muitas Debbies venham compartilhar suas histórias.
Agora feche os olhos novamente. Respire fundo e imagine aquela figura do engenheiro. Conseguiu? Tudo bem, pode ficar tranquilo, eu também imaginei ele vestido de cor de rosa. O cérebro é plástico, mas precisa de uns minutos para absorver e compreender algumas novidades. Então retomando: desconstruir padrões, construir sonhos e ser feliz. E lembre-se sempre: sua filha será sempre mais que uma princesa! #disruptingthepinkaisle

Sentir

Se concentrem no sentir...esse é o segredo....quando aprenderem o por que sentem? O que sentem saberão direcionar essa energia e transformarão a sua própria vida....

Somos crianças aprendendo a usar esse "sexto sentido" que a maioria das pessoas não imagina a utilidade e o poder que tem....

Só nunca se esqueçam que existe uma lei implacável...a lei do retorno..usem a energia dos seus sentimentos com sabedoria.

Compartilho com vocês esse sentimento que vivo agora...o AMOR..a COMPAIXÃO...a FÉ


quarta-feira, 25 de março de 2015

Rede Globo

Bom dia pessoas...

Ando vendo nas redes sociais as pessoas protestando contra a "rede esgoto", por causa do beijo gay com declarações do tipo  podridão moral ou patrocinadora do homossexualismo...

Gente...peraí...vamos sair da casinha e pensar por si próprio?

Sim pensar com NOSSO CÉREBRO e CORAÇÃO, e não com opinião dozotro.

Eu não assisto as novelas da globo, não assisto porque as histórias são sempre as mesmas,  não me acho melhor e nem pior do que quem assiste....apenas hoje tenho interesse em outros assuntos...e entra novela e sai novela os assuntos são geralmente os mesmos.

Quanto a abordagem do beijo gay de duas senhoras, eu achei fantástica a idéia, pelo menos sai da mesmice e está tirando muita gente da zona de conforto, ta incomodando, gerando debates e só assim temos a oportunidade de aprender, mas para que o aprendizado ocorra, não vá pelas idéias de outras pessoas consulte ao seu coração e a sua razão para isso, não jogue a responsabilidade pra Deus por você ser contra e nem no Diabo por ser a favor...apenas olhe para esse tema e raciocine por si só.

Amar ao próximo como a ti mesmo = respeito, querer bem
Não julgueis = respeito, não deseje o mal

Esses ensinamentos são alguns dos que eu escolhi pra minha vida, então analiso a situação dessa forma


1º Os gays que eu conheço, nasceram assim, sim desde crianças já tinham gostos diferentes dos considerados normais para ele, na 1º série aos 7 anos eu tinha um amiguinho que amava brincar de boneca comigo, e nós dois arrasávamos nos bailinhos de aniversário dançando, ele tinha um jeito de menina, ele nasceu assim....ele foi feito assim...ele É ASSIM...como posso achar que uma pessoa escolhe ser gay em uma sociedade onde ser gay é considerado um pecado mortal? Ela simplesmente É, não vira por influência de nada.

2º Esse beijo foi dado por um casal que se ama e tem um relacionamento estável de anos, um relacionamento de amor, carinho e respeito.

Me digam faz diferença se esse beijo é dado por:

Ele+Ela ou Ele=Ele ou Ela+Ela

O que vale não é o que trazemos por fora e sim por dentro, não tenha medo de dizer: Eu não acho nada demais, mesmo que você tenha crescido ouvindo que isso era um pecado mortal, pense por si mesmo, o mundo seria muito melhor se nós conseguíssemos colocar em prática tais ensinamentos:

Amar ao próximo como a ti mesmo e Não julgar

Então o que realmente importa?

O AMOR



AMEM...POIS É ISSO QUE IMPORTA

terça-feira, 24 de março de 2015

Começa hoje, vai, muda sua rotina Dê um pouco mais de valor a sua vida!

Por E.

Bom dia a todos!

Hoje também pensei em postar uma música rs... Antes de ler a postagem da Kel...
Mas hoje a música é para ELES.
Eu a mostrei para o meu adicto e ele adorou, escuta direto agora...
Eu achei bacana, passa uma mensagem de incentivo, que as vezes a pessoa pode estar precisando.
Mostre essa música ao seu dependente químico... Se ele não gostar do estilo, mostre pelo menos a letra...


Morto Vivo

Criolo

Morto vivo
Cafungue quer mais
Não vai roubar minha brisa
Dê um passo pra trás
Todo mundo é amigo
Até certo ponto
Eu não vou te deixar na mão
Mas me dá um desconto
Porque hoje
Não quero ouvir sofrimentos
Então hoje
Vai buscar o seu sustento
Começa hoje, vai, muda sua rotina
Dê um pouco mais de valor a sua vida

Ninguém, eu sei
Vai te passar o pano
Louco, largado na rua e desengano
Acabado
Essa é a verdade
Você próprio cheirou sua dignidade
Então
Qual, qual, qual é o objetivo?
Se acabar com o nariz vai cheirar pelo ouvido
A ajuda vem de onde menos se espera
E dentro de você há um poder que não enxerga

Eu sei
São coisas da vida
Mas com a lamentação não se ganha uma partida
Cheira tudo
E acaba no escuro
Deus não fez o homem pra viver nesse absurdo
É só um toque pra sair desse mundo
Porque se o pó é de primeira, de primeira você vai pro fundo


Eu devia ter
Falado pra você
Das coisas que passei
E o quanto eu sofri
Só não sabia
Que iria acabar assim
Só não sabia que iria se acabar

A vida é bela
A gente é quem fode ela
Se acabar no pó, não vira, é sem comédia
Os irmãos
Que estão procurando ajuda
Não sou do sindicato, mas a luta continua
E vai seguindo
No passo do elefantinho
Se estruturar de novo leva tempo, meu amigo
Vai ter que vencer
A força da química

Driblar o preconceito e o respeito da família
Ter de volta
Todo esse carinho

O homem não é nada sem o amor dos seus filhos
Da mãe, do pai
Nossa, até me arrepia
Não vá abrir mão disso tudo na sua vida

É simples
E começa com uma frase
Pedir ajuda não é um ato covarde
Mais tarde
Colher novos frutos
Quem plantou coragem vai voar, ganhar um mundo
Na recuperação
Porque todo mundo erra
E quem não erra que atire a primeira pedra

Isso é tudo o que eu sempre quis
Ter de volta os irmãos fisgado pelo nariz
Isso é tudo o que eu sempre quis
Ter de volta os irmãos fisgado pelo nariz


Eu devia ter
Falado pra você
Das coisas que passei
E o quanto eu sofri
Só não sabia
Que iria acabar assim
Só não sabia que iria se acabar


Quando estiver triste...lembre-se aqui é apenas uma passagem

Pensem em Deus...ligue o som e ouça

Amor igual ao teu
Eu nunca mais terei
Amor que eu nunca vi igual
Que eu nunca mais verei

Amor que não se pede
Amor que não se mede
Que não se repete
Amor que não se pede
Amor que não se mede
Que não se repete

Você vai chegar em casa
Eu quero abrir a porta
Aonde você mora
Aonde você foi morar
Aonde foi

Não quero estar de fora
Aonde esta você
Eu tive que ir embora

Mesmo querendo ficar
Agora eu sei
Eu sei que eu fui embora
Agora eu quero você
De volta pra mim

Amor igual ao teu
Eu nunca mais terei

Amor que eu nunca vi igual
Que eu nunca mais verei

Amor que não se pede
Amor que não se mede
Que não se repete
Amor que não se pede
Amor que não se mede
Que não se repete
Amor igual ao teu
Eu nunca mais terei

Amor que eu nunca vi igual
Que eu nunca mais verei

Você não sabe....

Estou meio sem assunto...rs...na verdade virou um hábito ao chegar no trabalho e sentar no computador, antes de qualquer coisa, tirar uns dez minutinhos pra deixar uma palavrinha aqui...rs...esse blog faz parte de mim de quem sou.

Gritei, chorei, ri, desabafei, desafiei, agi de tantas formas através dessa telinha...rs...e os meus leitores, sim acredito que tenho fiéis leitores pelo menos os 150 que acessam todos os dias, número que dificilmente diminui vocês também fazem parte da minha vida.

E hoje eu quero deixar algo especial a vocês uma mensagem de força...fé...esperança e amor...rs

Já disponibilizei essa música aqui mas alguém me fez lembrar dela ontem e me fez sorrir ao ouvi-la, deixo a todos vocês que me acompanham e que vocês cantem comigo em seus corações.

Um enorme abraço


Você não sabe o quanto eu caminhei
Pra chegar até aqui
Percorri milhas e milhas antes de dormir
Eu nem cochilei
Os mais belos montes escalei
Nas noites escuras de frio chorei, ei, ei, ei
Ei, ei, ei, ei, ei, ei, ei

Você não sabe o quanto eu caminhei
Pra chegar até aqui
Percorri milhas e milhas antes de dormir
Eu nem cochilei
Os mais belos montes escalei
Nas noites escuras de frio chorei, ei, ei, ei
Ei, ei, ei, ei, ei, ei, ei

A vida ensina e o tempo traz o tom
Pra nascer uma canção
Com a fé do dia a dia encontro a solução
Encontro a solução

Quando bate a saudade eu vou pro mar
Fecho os meus olhos e sinto você chegar
Você chegar

Psicon! Psicon! Psicon!
Quero acordar de manhã do teu lado
E aturar qualquer babado
Vou ficar apaixonado
No teu seio aconchegado
Ver você dormindo e sorrindo
É tudo que eu quero pra mim
Tudo que eu quero pra mim

Quero!
Quero acordar de manhã do teu lado
E aturar qualquer babado
Vou ficar apaixonado
No teu seio aconchegado
Ver você dormindo é tão lindo
É tudo que eu quero pra mim
Tudo que eu quero pra mim

Você não sabe o quanto eu caminhei
Pra chegar até aqui
Percorri milhas e milhas antes de dormir
Eu nem cochilei
Os mais belos montes escalei
Nas noites escuras de frio chorei, ei, ei, ei
Ei, ei, ei, ei, ei, ei, ei

Together, Together
Meu caminho só meu pai pode mudar
Meu caminho só meu pai
Meu caminho só meu pai

Together, Together
Meu caminho só meu pai pode mudar
Meu caminho só meu pai
Meu caminho só meu pai

Together, Together


Namastê

segunda-feira, 23 de março de 2015

...mergulhe

Qual o caminho do equilíbrio?

Não tem haver com santidade ou perfeição, equilíbrio é viver de acordo com o que se é, com o que diz, com o que pensa.

Não existe a perfeição, se você se esconde, ou usa máscaras o maior prejudicado é você mesmo, pois perderá a oportunidade de se conhecer, de se modificar....

Haaa...quanto tempo perdemos cuidando da vida do outro....

Quanto tempo perdemos fugindo de nós mesmos, alimentando nossos sentimentos com ilusões passageiras...

Não conseguimos nos olhar no espelho...

"A sua visão se tornará clara quando puder olhar para o seu próprio coração. Quem olha pra fora sonha; quem olha pra dentro acorda"

Carl Jung

sexta-feira, 20 de março de 2015

Então a ibogaína ajuda ou não??

Bom dia pessoas

No final do ano passado, após a ibogaína ter aparecido em todos noticiários como um remédio promissor contra a dependência química, resolvi voltar a falar dela.

Pois bem, pude observar que entre 6 pessoas que conheço que realizaram o tratamento, dessas 6 apenas 2 se mantiveram firmes até o momento  que da um índice de 33% de sucesso, todas essas pessoas já haviam passado por internação e recaído, já haviam tentado tratamentos em grupos mas não se engajaram de verdade, abandonaram e também voltaram a recair.

A ibogaína ajuda sim e bastante, ela limpa literalmente o cérebro, organiza todos os hormônios, mas a responsabilidade pela manutenção é da própria pessoa.

Penso que acontece mais ou menos assim, durante uma internação ou o tratamento de um grupo a própria pessoa precisa aprender a "modificar os caminhos" que seus neurotransmissores estão acostumados para aprender a lidar com as emoções, a diferença da ibogaína é que ela zera, deixa tudo em ordem e agora cabe a pessoa manter organizada.

Tentando explicar de uma forma mais simples, a cabeça do adicto é como um quarto bagunçado, com tudo fora do lugar, durante a internação eles são obrigados a arrumar (principalmente as involuntárias), e quando saem muitos de birra começam a jogar tudo no chão de volta...rs...

As voluntárias e os grupos ensinam como colocar a bagunça no lugar, então o próprio adicto aos poucos vai se organizando, por isso quando de fato se rendem não precisa forçar, eles mesmo vão devagar arrumando seu quarto e aprendendo a manter, até depois de anos conseguirem observar o quarto limpo e arrumado.

A ibogaína faz o trabalho da faxineira, limpa, e organiza o quarto, e mostra ao adicto olha como é bom viver em harmonia em um lugar limpo e arrumado então alguns cansados de viver na bagunça, no lixo, cansados das tentativas frustradas de tentar organizar o quarto sem nunca ter sucesso vão tomar o maior cuidado do mundo pra manter o quarto arrumado, alguns tentam e se cansam pois da trabalho e acabam ligando o botãozinho da preguiça e acabam pensando: quer saber vou largar a roupa em cima da cama, ai quando percebem ta uma zona tudo de novo...

E tem os que ainda gostam de viver na bagunça e mesmo que vc obrigue a arrumar, mesmo que você ensine a arrumar ou mesmo que vc contrate uma faxineira eles ainda vão preferir viver na bagunça.

Então a ibogaína é mais uma ferramenta, a principio parece milagrosa, mas não é, a ibogaína pode ser considerada como uma oportunidade de recomeço...tu ganhou na mega sena resolveu sua vida agora é só tocar...maaaasss...se continuar a fazer as mesmas coisas os resultados serão os mesmos.

Eu não me arrependo e acho que valeu a pena, talvez fosse isso que o homi precisasse, e a recuperação é individual, cada um traça um caminho...

E só terá sucesso se a vontade de viver em um quarto arrumado for maior do que bagunçar tudo de novo...

É isso galera...recuperação, arrumação...organização da trabalho....mais fala se não vale a pena...viver em uma "casa" limpa, organizada e cheirosa...rs..

Cuide bem da sua casa, do seu templo da sua VIDA.

Ótimo final de semana a vocês






quinta-feira, 19 de março de 2015

Sobre a manifestação de 15 de março

Por E.

Bom dia,

Eu tava pensando em escrever sobre a manifestação... mas confesso que não assisti nem procurei saber muito... Mesmo assim não é impossível ter alguma opinião sobre o assunto. A história mais ou menos se repete... Quando tiveram aquelas manifestações por causa do aumento de 20 centavos da passagem e que foi agregando mais gente... e aí falaram que não era só pelos 20 centavos, e começaram a ser manifestações sobre tudo e nada ao mesmo tempo... Tudo pois falavam de reforma política, acabar com a corrupção, educação, saúde, etc... E nada pois não tinha um foco, não tinha objetivos claros. Acabou virando modinha para muitos, outros aproveitaram a oportunidade para aparecer (partidos, etc)... Mas assim como toda modinha uma hora esfriou e acabou. E tudo continuou como antes. Inclusive esse ano a passagem aumentou 50 centavos e ninguém fez nada...
Já a manifestação do dia 15 ano não nasceu de forma tão desinteressada... Inclusive a data foi escolhida a dedo e de muito mal gosto, por sinal. As pessoas estão confundindo, só pode... Visivelmente não fazem ideia do que querem. Querer melhorias, reforma política, menos corrupção, ok... Agora, achar que isso vai ser conquistado fazendo impeachment? Não vai ser Michel Temer, muito menos Aécio Neves que vai salvar a pátria... É trocar 6 por meia dúzia... Afinal, não foi o PT que inventou corrupção... E seja o que for, foi eleito democraticamente... Outros estão tão perdidos que vem falar até de intervenção militar. Esses acredito que não sabem nada de história do Brasil... Só pode!
Achei muito interessante um texto que encontrei no facebook, vou postá-lo aqui, resume tudo que penso sobre isso:

15 coisas que aprendi vendo a manifestação de 15 de março
1 - Que o povo está indignado com a corrupção, e talvez esteja até disposto a não sonegar mais valores da Declaração do Imposto de Renda (será?) Isso particularmente duvido... rs
2 - Que o PT é o partido mais desgastado e nunca antes "na história deste país" um partido conseguiu tanta antipatia popular quanto agora.
3 - O povo continua povo. Quer alguma coisa, mas não sabe direito o que é. Tanto que alguns evocaram intervenção militar para abrilhantar o regime democrático.
4 - Quem protestou foi a "elite branca" mas não só, foi também: gente cansada da corrupção, gente despeitada pela derrota tucana nas urnas, gente mal amada que foi para flertar, gente que queria um cenário bonito para tirar fotos, ou seja: qualquer classificação com relação aos manifestantes é simplista. Foi povo povo mesmo. E pronto.
5 - Fiquei nauseada por ver suástica e frases de baixo calão em meio aos cartazes.
6 - Achei bonito o pessoal aclamando intervenção militar ser imobilizado pela PM. Quer coisa mais linda e democrática que isso? Isso é Brasil, meu amigo.
7 - Acho que quem nunca leu Paulo Freire deveria ter ao menos o brio de não pronunciar o seu nome em vão protesto contra a histórica situação caótica do ensino público no Brasil. Ele merece respeito.
8 - Acho que quem manda Presidentes ir tomar em (na) Cuba deveria primeiro descobrir onde foi parar a educação que a sua mãe lhe deu. Afinal, acho que isso não é xingamento (Dilma adora Cuba), é mera lembrança de orifícios que não deveriam figurar em discussões sobre a política nacional. 9 - Dizer que é contra a estreita relação entre o Governo brasileiro e alguns outros governos (ainda mais temerários) da América Latina, tudo bem. Agora, dizer que querem implementar comunismo no Brasil é sinal de que as pessoas nunca leram nem orelha de livro sobre a temática marxista.
10 - A data foi muito infeliz e a gente sabe que não foi sem propósito (1964 que o diga).
11 - Ainda estou esperando que as pessoas entendam que pode e DEVE ocorrer uma reforma política, e que essa podridão não vai cessar se tirarmos uma Dilma e colocarmos um Temer, afinal, o buraco da corrupção brasileira é bem mais embaixo e nos faz descer ao eleitor que se deixa comprar ou ao político que "vende" o seu curral eleitoral.
12 - Será que alguém acredita que a roda da corrupção foi inventada pelo PT? Eu não acredito. Mas creio sinceramente que o PT melhorou a sua engenharia e a fez rodar mais macio.
13 - O Brasil não é mais o país do futuro. É o país do agora e a população necessita entender a sua responsabilidade social, saber que ela vai além do grito de ordem. É preciso repensar o Brasil, repensando-nos enquanto brasileiros. Não é gigante acordando e gigante hibernando, é manter a alma alerta e a dialética pronta para as mais sérias discussões.
14 - Nenhum partido pode ser maior do que o Brasil. A nossa bandeira deve ser a dignidade do povo brasileiro. Defender o indefensável ou não ponderar nas acusações ao grupo político divergente é atirar no próprio pé. 15 - Não. Não misturem Geraldo Vandré com pedidos de intervenção militar. Com gritos de ordem contra a Democracia... Isso, não. Para que você hoje possa "falar de flores", muita gente derramou sangue e suor e, não sei se você sabe, é bom respeitar todas as nuances e cores. Afinal, o sangue derramado foi de fato vermelho.
16-03-15
Nara Rúbia Ribeiro

Mais estudo...

Essa palestra também gostei bastante....quem tiver interesse...mais duas horinhas de desligamento emocional do adicto...hehehehe

As coisas por aqui estão em paz, tudo caminhando...o homi limpo há uns 4 meses quase 5...acho eu...tomando o composto e enfrentando seu maior inimigo...ELE MESMO...rs...

Um grande abraço...

Rachel

quarta-feira, 18 de março de 2015

Imagine

Por E.
 
Bom dia!
Ontem a Kel me mandou um vídeo do Jiddu Krishnamurti. Ele foi um filósofo, escritor, e educador indiano. Proferiu discursos que envolveram temas como revolução psicológica, meditação, conhecimento, liberdade, relações humanas, a natureza da mente, a origem do pensamento e a realização de mudanças positivas na sociedade global. Constantemente ressaltou a necessidade de uma revolução na psique de cada ser humano e enfatizou que tal revolução não poderia ser levada a cabo por nenhuma entidade externa seja religiosa, política ou social. Uma revolução que só poderia ocorrer através do autoconhecimento, liberto de toda e qualquer forma de autoridade psicológica. 
Eu gostei e assisti outro vídeo. Esse:


Os seus ensinamentos me fizeram lembrar de uma música que certamente todos conhecem...

Imagine

John Lennon

 

Imagine que não há paraíso
É fácil se você tentar
Nenhum inferno abaixo de nós
Acima de nós apenas o céu
Imagine todas as pessoas
Vivendo para o hoje

Imagine não existir países
Não é difícil de fazer
Nada pelo que matar ou morrer
E nenhuma religião também
Imagine todas as pessoas
Vivendo a vida em paz

Você pode dizer
Que sou um sonhador
Mas não sou o único
Tenho a esperança de que um dia
Você se juntará a nós
E o mundo será como um só

Imagine não existir posses
Me pergunto se você consegue
Sem necessidade de ganância ou fome
Uma irmandade do Homem
Imagine todas as pessoas
Compartilhando todo o mundo

Você pode dizer
Que sou um sonhador
Mas não sou o único
Tenho a esperança de que um dia
Você se juntará a nós
E o mundo viverá como um só

;)



Material de estudo


Desligamento emocional, pra quem está no poço junto com o adicto, quer distrair a mente?

Ai em cima tem uma palestra muito interessante que pode lhe ajudar no desligamento.

Bons estudos

terça-feira, 17 de março de 2015

Muda o foco

Por E.

Bom dia =)

Ontem eu estava refletindo sobre o que escrever aqui. Me veio a cabeça que minha relação com o "homi" nunca (ou quase nunca) esteve tão bem, apesar da distância. Eu aqui, ele lá a umas 6h de distância (de ônibus, porque não temos carro) dá saudade, dá trabalho, dá gasto ir e voltar... Mas por incrível que pareça tem dado certo...
E tudo só começou a melhorar quando finalmente mudei o foco. Enquanto era obcecada pelo relacionamento e em fazer ele dar certo, tudo dava errado. Quando comecei a me colocar em primeiro lugar, a fazer as coisas que eu queria e gostava independente dele aprovar ou não, a cuidar de mim, a voltar a fazer coisas que eu sempre gostei mas deixei de lado, a dedicar um tempo ao auto conhecimento e estudar a espiritualidade e como o universo funciona, quando voltei a escrever, quando permiti que ele tivesse livre arbítrio... As mudanças começaram a acontecer.
No início cheguei a pensar que iríamos nos afastarr mesmo, pois estávamos muito distantes. Mas depois o sentimento falou mais auto, aconteceu uma reviravolta, nos abrimos mais um para o outro, ele me surpreendeu me mostrando que não estava tão resistente quanto eu imaginava, eu falei sobre coisas que venho aprendendo e ele absorveu muita coisa... A ayahuasca ajudou muito nesse sentido, ela ajuda a abrir a mente, a pessoa se encontra com ela mesma, resolve algumas questões mal resolvidas, passa a ter noção do que veio fazer aqui, o porque da sua existência, aprende com os erros, etc... Estamos até fazendo planos futuros de unir o útil ao agradável e trabalhar com o que nos dá satisfação: ajudar. Mas isso só daqui a um tempo pois para investir numa ideia precisa ter dinheiro, e pra isso tem que trabalhar, estudar, trabalhar mais um pouco, etc rs...
Estamos felizes, vivendo um dia de cada vez. Pretendemos voltar a morar juntos mas vamos ter que esperar. Ele começou a fazer acompanhamento com psicóloga pela prefeitura de lá, é gratuito. Aqui teríamos que achar outro psicólogo, pagar (pois aqui acompanhamento gratuito só no NAPS AD, e é só em grupo)...
Sinto falta, ainda mais porque moro sozinha aqui (lá ele tá com a mãe), minha família tá mais longe do que ele ainda e eu não conheço praticamente ninguém na cidade...
Mas preencho meus dias e vou vivendo, é até bom ter tempo pra mim, fazer as coisas na minha hora. Tem minha cachorrinha que me faz companhia também, apesar que ela é um teste de paciência, as vezes me faz raiva demais... Como ontem, eu cheguei cansada da viagem, ela entrou em casa e fez xixi. Depois que eu limpei o xixi e passei pano na casa ela fez cocô, e invés de fazer num lugar só fez espalhado pelo quarto e sala... kkkk... Ela sempre faz essas coisas...
Também voltei a fazer academia e a me alimentar melhor. Botei na cabeça agora que quero ficar definida e quero conseguir rs
Bom, é isso... Bjos...


Amor X Ego

Dentro de nós habita dois seres o ego e o amor, o bem e o mal, o céu e o inferno, qualidades e defeitos, Deus e o Diabo...

Essa dualidade só existe dentro de nós, dentro de cada ser que habita o universo, portanto o mal não existe, não foi criado pelo divino, nós o criamos.

O divido, Deus, o criador fez o universo e nele só há amor, a força criativa que é capaz de fazer surgir um mundo do vazio.

Entendem porque um dia nos ensinaram, não julgueis...amar ao próximo como a ti mesmo.

Conseguem visualizar o que significa aceitar a Deus, se fundir com o todo?

Se Deus, o todo, o divino é só amor, se unir a ele significa vencer nosso ego (destrutivo) e fazer o amor sublimar.

Tarefa dificil...rs...pra nós humanos...hehehe

O que tem falado mais alto em você seu amor ou seu ego?

Namastê

segunda-feira, 16 de março de 2015

Tudo bem tudo Zen

Bom dia galera!!

Final de semana em paz....sábado eu estava meio estranha...peso no peito e uma raiva que insistia em pairar sobre a minha cabeça, já aprendi a olhar pra dentro...ao invés de procurar o motivo fora...enfim localizei o motivo da tal raiva e consegui dissipa-la....

Um tempo atrás minha prima me perguntou como eu estava, respondi que estava bem, feliz, em paz, ela me olhou e com um sorriso no rosto disse você já está conformada né?

Eu fiquei meio arredia e disse não, claro que não, não estou conformada, estou feliz de verdade e crescendo graças a Deus.

Então me coloco a pensar, sempre que não nos enquadramos nos padrões de "felicidade" impostos pelo sistema...ter casa, carro, apartamento, a família margarina, o cargo plus advanced...significa que fracassamos e por isso nos conformamos pra realidade não ser dura e jogar na sua cara que você é um fracassado e por isso o máximo que consegue para ser feliz é ser alguém conformado??

Não sou mesmo alguém conformada, e digo mais que se a felicidade pra mim significasse isso eu com certeza conquistaria tudo isso, porém nunca foi, nunca esse tipo de felicidade me fez sentido, era capaz de gastar R$1.000,00 (exemplo) em passeios, viagens ou baladas do que em roupas, salão de beleza entre outras coisas....

Sempre priorizei muito mais o sentimento do que o material...sei lá não to dizendo que isso é bom ou ruim, certo ou errado, esse é apenas meu jeito de viver e me sentir feliz.

Então não sou uma pessoa conformada, sou uma pessoa sonhadora, que ama e seu maior sonho (sem demagogia) é ter a oportunidade de amar a todas as pessoas que passarem pela minha vida, não aquele amor fraterno pela humanidade, mas amar o humano que convivi nem que por um pequeno período, e aprender a não julgar apenas estender a mão. (Codependentes não interpretem errado, hoje sei aonde começa minha vida e sei que só posso ajudar se eu me cuidar)

Sim esse é meu sonho...poder amar individualmente cada ser com o qual eu tiver a oportunidade de conviver, e já tenho um puta intensivão dentro de casa...rs...

E digo esse é um grande desafio, porque para amar verdadeiramente o próximo é preciso se olhar no espelho e aprender a lidar com a vaidade, com o orgulho, com a ira...unf...essas coisas eu ainda tenho de sobra, mas estou aprendendo com elas....

Hoje posso dizer que sou grata por tudo que vivi até hoje, por entender o que é o amor e estar disposta a finalmente aprender a amar.

Fiquem com Deus, um bom dia a todos

sexta-feira, 13 de março de 2015

Qual a sua capacidade de amar?

Consegue ter idéia do amor puro e incondicional?

Amar sem realmente esperar nada em troca, nem a presença do outro, nem um sorriso, nada...

Só seremos capazes de alcançar esse amor quando soubermos nos amar assim, sem culpas sem cobranças...amar nossa imperfeição, nossos erros e ser grato por errar e reconhecer que errou.

Essa é uma grande dádiva a humildade, reconhecer o próprio erro é o primeiro sinal de que está disposto a mudar, a cuidar mais de si, a se amar mais.

Tudo que está fora desse contexto, não é amor, é uma idéia romantizada do amor (ao meu ver).

O amor nunca morre, é fonte de vida do ser, do universo de Deus

quinta-feira, 12 de março de 2015

Depois que o passarinho chegou...

Por E.

Hoje eu queria dividir com vocês uma música que me fez pensar e refletir... Ela é tipo um mantra...
A parte do refrão você pode substituir por "mesmo que seja com outra pessoa", se for o caso. Na verdade isso não importa muito, seja com quem for... Mas a mensagem que ela passa é interessante e cai como uma luva...

Aprendiz

Criolo

Eu quero algo de bom pra você e pra mim
E pra você que seja com outra pessoa
Porque eu já aprendi a dizer não

Quantas vezes uma solidão a dois
A gente é deixado pra depois
Eu não quero fazer isso com ninguém, não
Quantas vezes uma solidão a dois
A gente deixa a pessoa pra depois
Como isso é chato

Sem recado, sem recado
Deixou claro a secretaria eletrônica ao lado
Tem mais coração que você
E eu as vezes também
Por que hoje eu não tô zen
Mas no fim do dia eu pretendo estar

Eu vi o sol de jah nascer do teu peito, céu amor

Eu quero algo de bom pra você e pra mim
E pra você que seja com outra pessoa
Porque eu já aprendi a dizer não

Nossa historia é legal, porque no fim o mocinho se da mal
E quantas vezes a mulher não quer ser o mocinho, meu bem

Você não é de ninguém, e quando tava comigo era de quem?
Isso pode ser coisa da minha cabeça, ou não

Você não é de ninguém
Você não é de ninguém
Você não é de ninguém
Se voltar pra mim, vai me fazer sofrer

Eu quero algo de bom pra você e pra mim
E pra você que seja com outra pessoa
Porque eu já aprendi a dizer não

Se eu pudesse voltar no tempo
Pra te desviar de mim
Quantas vezes na minha mente eu te xinguei
Por coisa tola que você fez
Coisa boba que você disse
Eu tive medo de dor de estômago e tive
O homem não tem força pro revide
Eu sofri
Mas hoje eu sei que
Você não é de ninguém
Você não é de ninguém
Você não é de ninguém

Se voltar pra mim, vai me fazer sofrer

Eu quero algo de bom pra você e pra mim
E pra você que seja com outra pessoa
Porque eu já aprendi a dizer não
"Depois que o passarinho chegou"

Limitações...

Tudo que nos limita é um problema, não sou contra a existência de religiões, mas sim sou contra a estacionar no tempo e achar que não se tem mais nada a aprender, isso infelizmente é o que vejo acontecendo, posso estar errada, porém algumas pessoas que convivo simplesmente tem medo de perguntas, porque tem medo de serem enganadas, mais e ai como fica?

A dúvida existe, é natural, e é sadia, pois duvidar significa que você não pensa, simplesmente aceita e se você aceita sem pensar na verdade não está aprendendo, está sendo manipulado...isso nunca é bom, mesmo que pro bem, acaba tirando a oportunidade de aprendizado, isso acontece na nossa educação desde o primórdios, alunos são tratados como depósitos de informações e não estimulados a pensar...assim fica muito, infinitamente mais fácil dominar a massa e fazer o que se quiser com ela, poderia citar vários exemplos de manipulação de massa, mas o intuito é falar sobre crenças religiosas.

O homi, está em crise, porque? Palavras dele

Eu já não estou entendendo mais nada, porque Deus permite que o inimigo me humilhe e sambe na minha cara, pra que e porque me testar dessa maneira, não entendo, não fui isso que aprendi, porque permitir isso, o que aprendi é que Deus guarda seus filhos e os ajuda a ter uma vida digna se buscarmos a ele, e olha pra minha vida, não posso ser pai e nem marido, porque não tenho nada, não tenho condições nem de me sustentar

Eu com as palavras que ele está acostumado a ouvir tento argumentar:

Infelizmente toda vez que buscamos a Deus o inimigo vem nos testar, e ele faz isso através de pessoas que estão próximas, agora vc precisa ter fé, e buscar força em Deus, vai pra igreja que lá vc se fortalece, infelizmente sua situação atual são apenas consequências de tudo que já viveu, Deus tem te levantado até aqui, não desiste, você não está sozinho.

Ele sabe que minhas crenças são diferentes da dele, então ele solta...o Deus que você acredita não é o mesmo Deus que eu acredito, eu aprendi diferente, esse Deus que você acredita permite o sofrimento dos seus filhos o Deus que eu acredito guarda os seus filhos.

A conversa continuou..enfim precisei aumentar o tom de voz, mas estava tranquila, pra que ele me ouvisse, então depois de mais algumas palavras consegui ao menos fazer ele parar de dar desculpas...

O que acontece, ele tem muitas dúvidas as quais ele não encontra respostas em seus ensinamentos, e porque ele não pergunta? Porque questionar como ele mesmo diz é influência do inimigo querendo lhe confundir...

Ok, pergunto aonde está a verdade, ele diz na bíblia.

Agora pergunto a todos, encontrar respostas na bíblia é fácil?
Está escrito  em metáforas e você precisa analisar o contexto pra chegar a uma conclusão, ou seja, não da pra levar ao pé da letra, a partir disso se fomos analisar cada um chega em uma conclusão certo? Tanto que temos muitas religiões com várias denominações só aqui no Brasil que seguem a bíblia...unf..

Não sou contra religiões, sou contra alienação e acho uma tremenda covardia, usar da ignorância e medo para alienar as pessoas....enfim...

A luz veio pra esclarecer e as trevas para confundir...pensem nisso

Namastê

quarta-feira, 11 de março de 2015

Origem do "amor" doentio

Por E.


Ontem foi falado aqui no blog sobre aquele tipo de sentimento que as pessoas comumente chamam de amor, mas que muitas vezes acaba se tornando uma doença. Quando deixamos de cuidar de nós mesmos e passamos a dar prioridade a outra pessoa. Quando nosso foco é o outro e achamos que sem ele nada faz sentido. Quando depositamos nossa felicidade única e exclusivamente no que o outro tem a nos oferecer. Ficamos assim escravos e a mercê do outro, pois se ele por acaso não nos amar, ou não quiser mais ficar junto, o que fazer agora? Já estava tão acostumado a viver a vida de outra pessoa que ao se deparar com a própria vida acha que ela é vazia, não faz sentido...

Para sair desse vazio existencial é preciso muita força. Mais que isso, é preciso mudar o paradigma. Tem que aprender a se amar. Perceber que também precisa de cuidados e que nem sempre pode esperar esse cuidado de outra pessoa. A primeira pessoa a cuidar de você tem que ser você mesmo. Só assim outros lhe darão valor, pois se nem a própria pessoa se ama e valoriza nenhum outro provavelmente o fará. 

Mas hoje vou falar mais sobre a origem desse sentimento doentio que as pessoas confundem com amor.

Em todos os lugares vemos relacionamentos dando errado e pessoas infelizes com isso. Não são apenas mulheres que se envolvem com dependentes químicos que acabam se tornando co dependentes. Quantas e quantas mulheres tem vidas profissionais estáveis, são bonitas mas não conseguem parar em um casamento? Se elas estivessem felizes e realizadas solteiras tudo bem, o problemas é que em geral o que vemos é o contrário: a grande angústia de muitas pessoas (na maioria mulheres) é não conseguir ter um relacionamento bacana.

Tudo que atraímos para nós é consequência do que emanamos por aí. Lei do retorno. Parece simples, mas não é. Muitas vezes nem entendemos o motivo para estarmos atraindo algo negativo pois o nosso inconsciente é influenciado a ser negativo... No mundo em que vivemos é mensagem subliminar o tempo todo e se não despertamos pra isso somos facilmente manipulados.

Por exemplo, no livro mais famoso do mundo, logo nas primeiras páginas está escrito que o homem e a mulher viviam em um paraíso mas foram expulsos de lá porque a mulher levou o homem a pecar. Com isso entende-se que a culpada de tudo é a mulher. Se não vivemos até hoje em um paraíso, se envelhecemos, adoecemos, sentimos dor, temos que sofrer, etc... tudo é culpa na mulher.

Nesse mesmo livro fala-se que o criador é uma figura masculina. É chamado de pai, senhor, sempre substantivos e adjetivos masculinos. Com isso entende-se que a mulher não pode ser sagrada. Que o homem é superior a mulher. Chegam-se até a conclusões que a mulher é suja, que merece sofrer, ser violentada, usada, decepada... E quando uma cultura cultua o sagrado feminino é chamada de bruxaria, coisa do diabo... Tem que matar na fogueira.

Nos dias atuais, como estão sendo educadas nossas meninas? Ao nascer já as enchemos de bonecas, para que aprendam desde cedo a ser mães. Também há outros brinquedos: casinha, panelinhas, fogãozinho, roupinhas, ferrinho de passar... E se o irmão quer brincar de casinha também logo vem a repressão, pois isso não é brincadeira de menino. Menino deve jogar bola, empinar pipa, brincar de carrinho, aviãozinho, barquinho... Ou seja: homem pode se divertir e ter profissão, mulher tem que cuidar das crianças e da casa.

Quem são os personagens favoritos das meninas? As princesas. E como são suas histórias? Elas passam por várias aventuras, sempre tem uma bruxa querendo atrapalhar, elas sofrem, sofrem, sofrem... Mas aí quase no fim da história aparece um príncipe encantado (que ninguém sabe de onde vem, nem o seu nome, mas isso não importa) e as salva daquela vida ruim, e num passe de mágica eles vivem felizes para sempre. Imagine o que somos programadas a aprendemos com isso? Não há final feliz sem a chegada de um príncipe encantado. É responsabilidade dele nos salvar de todo mal e nos fazer feliz. A nós cabe esperar lá no alto da torre, ou dentro de um caixão de cristal, ou adormecida, que com sua bravura ele vença a bruxa, o dragão, todo mundo e me salve com um beijo...

Enquanto isso os meninos sonham em ser super heróis. São estimulados a desenvolverem super poderes, a superar os desafios da vida, a voar, a eles próprios vencerem os vilões.

Veem a diferença??? Não é de se admirar que as mulheres deem tanto mais importância a relacionamentos que os homens. Afinal, um homem solteirão é o garanhão, a mulher solteirona é a encalhada... O homem pode ser vitorioso solteiro ou casado, a mulher não. Pode ocupar o mais alto posto profissionalmente que se não é casada não é vista com bons olhos. Ela mesma não consegue ser feliz com isso e acha que tem algo de errada com ela. E de fato tem: essas crenças que ela foi adquirindo no decorrer da vida, isso é que está errado. É isso que a faz se sentir infeliz e incompleta sem um homem. 

Não sou contra os relacionamentos mas o ideal é que as pessoas entendessem que ninguém pode depositar sua própria felicidade nos outros. Até porque o outro não é nenhum príncipe encantado nem princesa. É apenas outro ser humano como nós, tentando crescer, caminhando. Deveríamos nos unir para compartilhar aprendizados, experiências, alegrias, carinho, amizade, afeto... E admirar essas coisas um no outro. 

Se achamos que somos seres incompletos e que precisamos do outro para nos completar, a cada decepção amorosa é como se um pedaço fosse arrancado e precisássemos urgentemente encontrar alguém que preencha esse vazio. Ou então de tanto se decepcionar a pessoa desiste e acaba virando alguém amargurado, fechado, que não deixa mais ninguém entrar... Não que isso a torne feliz, ela apenas o faz pois acredita que assim está se protegendo, quando na verdade ela sofre pois se sente incapaz de amar e ser amada. Se culpa e culpa toda humanidade (ninguém presta!). Assim seu sofrimento tá ali doendo dia a dia, mas está mascarado atrás de alguém que vive na balada, que não gosta de compromisso, ou de alguém que gosta de ficar sozinho, que coloca o profissional acima da vida pessoal etc...

Não estou dizendo que não se possa ser feliz solteiro. É claro que pode, mas quando isso é realmente uma opção da pessoa. Não quando ela está assim por medo de se envolver, medo de sofrer, por consequência de decepções do passado.

Mulheres, libertem-se! Não esperem a felicidade vir montada em um belo cavalo branco. Vão a luta e encontrem sua felicidade. Ela está dentro de você. Beijar um sapo não vai fazê-lo virar príncipe! Na verdade, príncipes não existem. O que existem são seres humanos com qualidades e defeitos. Cabe a cada um descobrir quais qualidades procura e quais defeitos é capaz de suportar. A pessoa que você atrairá é consequência da energia que você emana ao universo. Então se você acha que não merece um relacionamento bacana só vai atrair tranqueira. Se você quer desesperadamente alguém o universo entende que qualquer coisa serve. Se você morre de medo de se envolver com outra tranqueira, imagina o que vem? Rsrs... Você cria a própria realidade, querendo ou não. Que tal começar a fazer isso a seu favor?








Criticas X Elogio

Bom dia...

O que ando reparando em relação a pessoas próximas, amigos, parentes, marido..enfim pessoas de minha convivência...posso dizer com propriedade a respeito.

Infelizmente mal conseguimos de fato nos amar em família, quem dirá o próximo que não conhecemos...as vezes o próximo parece mais fácil pois não temos desavenças, não recebemos críticas, não temos convivência...amar quem me é indiferente se torna mais fácil...pelo menos da boca pra fora...e amar quem me irrita, como é que faz, as vezes sinto raiva...raiva mesmo sem tirar nem por dos meus filhos quando estão desobedientes e me deixam maluca...

Temos o hábito de criticar, não por mal, muitas vezes pelo bem da pessoa...pensamos assim pelo menos...e será que conseguimos elogiar com a mesma facilidade com que se critica...sim elogiar...uma qualidade...

Será que conseguimos pensar nossa que legal, você é uma pessoa educada, ou simplesmente pensamos que ela não faz mais do que a obrigação?

Um obrigado por ter lavado a louça, obrigado por estar aqui no jantar...isso dificilmente acontece (pelo menos entre as pessoas que tenho convivência) o que se houve são mais reclamações e criticas...

Veja bem, não é mimar...não é carregar no colo...apenas da mesma forma e facilidade com que se critica, porque não elogiar também?

Um ótimo dia a vocês

Namastê

terça-feira, 10 de março de 2015

Pra chocar...há quem ache que sabe de tudo...desafio lançado..será que sabe

A história da escravidão no Brasil


é tanto amor que dói!!

Com certeza já ouvimos e vivemos essa frase, quando sentimos algo muito forte por alguém e tudo que queremos é ver aquela pessoa feliz, acredito que talvez se aplique mais aos filhos talvez, mas também existem paixões, amores que é tão intenso que dói...sim dói literalmente.

Uma dor que dilacera o peito e tira sua vontade de viver, faz vc esquecer de tudo, de si mesma, pra lutar em nome desse amor....tão...tão romântico...tão tão e foram felizes para sempre....sim encanta...envolve..emociona e aprisiona.

Pra quem está de fora parece loucura, pra quem está dentro, quem acha loucura na verdade é que não conhece o amor.

Eu vivi os dois lados, o de fora e o de dentro...e hoje enxergo que é maravilhoso sonhar....e viver intensamente esses momentos, porém o preço a se pagar é muito alto...e não vale a pena, perder a propria vida por esses momentos que sim são loucura quando ultrapassa o limite da razão.

E pra ultrapassar o limite da razão quando digo...não é surtar ou delirar...é sim deixar de cuidar da pessoa mais importante de sua vida...VOCÊ MESMO.

Sem cuidar de si, não pode ajudar a mais ninguém

Por isso pra quem vive esse mundo do conto de fadas...é sério galera...cuidado pra não mergulharem fundo de mais...a volta é dificil e infelizmente muitos não conseguem encontrar forças pra voltar

SE CUIDEM

Fiquem com Deus

Namastê

segunda-feira, 9 de março de 2015

em qual realidade vivemos?

Nesse final de semana, fiz passeios diferentes dos quais estou acostumada a fazer, na noite de sábado um encontro com os primos pra um pastel, no domingo um almoço no shopping com colegas de trabalho das antigas (só nós mulheres), foi um final de semana diferente que me fez enxergar "o mundo" do lado de fora...pela visão das outras pessoas...

Eu amei os dois encontros, mas me entristeci ao ver como "o mundo" tem sido vivido....não sei se eu que estou com uma visão muito diferente, sei lá, mas no encontro com os primos o assunto que prevalecia era a preocupação com emprego, crise hídrica, preocupações...com as colegas de trabalho além das "fofocas" básicas o que via eram histórias de pessoas que só pensam em puxar o tapete, uma das outras, conquistar seu lugar ao sol custe o que custar...não elas mais sobre como elas falavam de coisas que acontecem nas empresas...o dono preocupado apenas em ganhar dinheiro as custas dos funcionários que se matam pra deixa-lo rico.

Então relembramos da época que trabalhávamos juntas e comentamos: "aquilo sim era uma equipe, nunca vi tanta mulher junta dar certo"...é e realmente dava mas como ninguém la de cima tinha interesse no funcionário como ser humano, as pessoas foram se cansando e cada uma seguiu um rumo....

Podem chamar de utopia, mais tem algo dentro de mim que me faz acreditar que é possível sim ser diferente, é possível sim fazer a diferença, é possível sim como dizem prosperar sem ter que passar por cima de ninguém, é possível crescer e ainda assim não olhar pras pessoas como números...e sim como o que são SERES HUMANOS

Eu não aceito essa realidade da dita selva de pedra em minha vida, e também não vou me isolar pra fugir dela...eu vou muda-la, como eu puder...sim irei mudar essa triste realidade, onde se esquecem o que realmente importa nessa passagem: O amor

Obs: Sobre o homi, tudo na santa paz...rs...ta indo a igreja, tomando o composto e vivendo...

Fiquem com Deus

sexta-feira, 6 de março de 2015

o velhinho do Porrete!!

Copiando um palestrante " HAJA TABU E HAJA PRECONCEITO A SER QUEBRADO"

Como aceitar, se entregar e confiar ao velhinho do porrete?

Quem é esse velhinho? O Deus que muitos acreditam

Aquele Deus que dizimou uma população em um diluvio inclusive criancinhas que morreram afogadas desesperadas (quem assistiu ao filme Noé sabe que se isso aconteceu aquelas cenas podem mesmo ter acontecido)

Aquele Deus que por uma vida de em média 80 anos, te condena a eternidade ao INFERNO, porque vc é gay, ou porque você perdeu a virgindade antes do casamento, por isso vc ta fudido, condenado a eternidade e sem direito a revogação na pena.

Aquele Deus que mesmo após uma pessoa ter matado, esquartejado, estuprado, se antes da morte ele se arrepende e aceita Jesus (na hora do aperto nego qualquer um se arrepende de verdade, quer mais aperto que a hora da morte) será aceito no paraíso e será feliz pra sempre...e um gay que morreu gay sem aceitar  as leis do velhinho do porrete, não importa se o gay foi uma pessoa integra, correta, amorosa, que só fez o bem...esse vai pro inferno com certeza...pq está escrito em um livro que muitos acreditam ser a palavra do velhinho do porrete que diz...que a homossexualidade é abominável e que varão não deve deitar com varão e varoa com varoa...etc etc

Haja tabu e haja preconceito a ser quebrado pra entender o que é o amor.

Já ouviram dizer que, para fazer uma mentira virar verdade é só juntar essas mentiras há algumas verdades e repetir...repetir e repetir essa história por gerações e gerações...ta ai um exemplo a biblia...que apresenta um ensinamento como amar ao próximo como a ti mesmo e não julgais

E traz como criador o velhinho do porrete...a faça me o favor

Vamos acordar pessoal!!

Bom dia

quinta-feira, 5 de março de 2015

Resumo do que me aconteceu enquanto estive sumida...

Por E.

Olás... Tanto tempo sem postar, resolvi aparecer para contar o que aconteceu nesse tempo sumida... Apesar que ninguém sentiu a minha falta... rsrs... Brincadeira...

Bom, no carnaval o homi foi pra clínica tomar a 2ª dose de ibogaína, mas não sem antes a mãe dele vir e levá-lo pela mão... Não sem antes também me pedir, praticamente implorar que eu fosse com ele. Eu não fui pois já estava de passagem comprada para o dia seguinte ir para a casa dos meus pais, viagem essa que eu já estava adiando a 6 meses... Ele insistiu muito, disse que não estávamos mais juntos mas que eu poderia ao menos fazer essa última coisa por ele. Eu disse que não poderia, que não adiaria novamente, até porque quando eu me dispus a ir com ele na clínica ele me enrolou e falou que não precisava, depois saiu pra rua e foi usar novamente. 
Fui pra casa dos meus pais, foi muito bom, mas passou rápido. Quando voltei e cheguei na rodoviária ele tava lá me esperando. Tinha falado com ele no face no dia anterior e ele disse que me esperaria lá pra me contar como foi a experiência (principalmente com a ayahuasca, pois dessa vez ele se permitiu isso) e que não desistiria de mim. Também estaria voltando da clínica no mesmo dia, e tinha que vir resolver as questões de demissão do trabalho dele. Quando nos vimos balancei. No começo falamos em manter do jeito que tava, sem nenhuma relação, para ver o que ia dar. Mas depois isso foi ficando difícil de aceitar com ele ali na minha frente (e vice versa), e acabamos concordando em namorar a distância. Ele ficou de quinta até segunda comigo, resolvendo suas pendências. Nesse tempo eu meio que regredi... Assimilei culpas que não eram minhas, ele falando coisas como "tenho medo de ficar com você, você não está me passando confiança, tenho que saber se você quer isso mesmo pra você, se algo ruim acontecer, se você vai me ajudar", etc. Ele se assustou com minha mudança de postura, por não ter ido atrás dele na rua e inclusive por algumas vezes não ter deixado ele entrar em casa (quando estava ameaçando minha segurança). Eu fiquei oscilando, tinha horas que me sentia mal e chorava e só queria ele por perto, de qualquer jeito, e em outras eu ficava firme e falava: "não, eu não sou culpada pela sua recaída, não, eu não poderia ter evitado"...
Mesmo assim, antes dele ir embora ficou combinado entre nós que ele voltaria a morar aqui comigo. Que só ia na casa da mãe passar uns dias mas no fim de semana nos veríamos e ele voltaria. Na segunda pós carnaval, quando ele realmente foi, parecia que parte de mim tinha ido junto, foi horrível, adoeci (de verdade!). Tive dor de garganta, febre, dor de cabeça, mal estar...
No decorrer da semana os sintomas foram diminuindo, mas não passaram... No decorrer da semana também fui falando o que estava travado: que eu queria ficar com ele mas tinha dúvidas sim, tinha medos sim, que eu não posso dar uma garantia como ele queria, que eu podia até colocá-lo de pé mas quem tinha que andar era ele... etc. No começo ele aceitou isso numa boa, depois começou a remoer o assunto, a por empecilhos, a falar que já que tô cheia de dúvida que isso deixava ele inseguro, e que assim não dava...
No fim das contas, ele disse que não era mais pra eu ir lá na casa dele no fim de semana. Eu tentei fazer ele enxergar que aquilo não fazia sentido, que desse uma chance pra gente conversar, enfim... Mas eu era como um cachorro latindo... Cansei de latir e dei livre arbítrio. Não quer que eu vou? Tá bom, não vou. E fiquei bem com isso!
Só que aí, adivinhem o que aconteceu? Na sexta a noite ele recaiu... No sábado bem cedo, umas 6h, ele me liga, diz que recaiu, parece desesperado, diz que a mãe dele falou que não quer mais ele lá... etc... Pede pra eu ir, mas só se eu quiser. Eu digo que vou dormir um pouco primeiro, mas aí tento e não consigo dormir... Aí me levanto, tomo café, lavo a louça da semana que tava acumulada e resolvo ir. Eu senti vontade mesmo de ir, não fui só porque ele pediu...
Enquanto eu esperava o ônibus na rodoviária, ele tava lá tomando ayahuasca e me ligou pra contar, disse que sentiu como se Deus desse vários sinais a ele através das pessoas mas ele não estava vendo... E depois disse que viu uma luz branca muito forte, como se o teto do quarto não existisse e ele só visse essa luz divina...
Chegando lá, ele tava muito empolgado com o que viu com a ayahuasca. Eu não estava feliz com a recaída, claro, mas também não estava triste, eu tava bem... E fiquei feliz com as coisas que ele disse que viu com a ayahuasca, por ter tido uma experiência mais espiritual, mas também não estava iludida...
Foi bom estar com ele, mas senti que sei lá... não faz mais tanta falta como antes... Nem a atração física é tão forte mais como era (e como é a dele por mim). Cheguei em casa e fiquei tranquila de estar sozinha, sem drama... Não senti vontade de ligar toda hora, não tem nem assunto...
No domingo eu falei alguma coisa do tipo que aprendi alguma coisa por não estar comendo carne (nem lembro o que era), aí ele falou assim que estou muito aprendiz de tudo, mas pra eu tomar cuidado com isso, pra não ficar demais, que tudo que é demais fica chato... rs... Eu nem liguei...
Mas vejo que ele é daqueles que não quer expandir sabe, só quer ir até certo ponto. No caso dele só quer "curar" a dependência química... Eu mandei vídeos pra ele, textos, para ver se abre a mente, se se interessa por algo extremamente interessante, mas ele não vê nada...
Não tem nem interesse de abrir...

Vê coisas maravilhosas com a ayahuasca, fica maravilhado, mas aí passa o efeito do chá e cadê a felicidade? Ela some a medida que retorna a realidade... Não adianta falar: "a felicidade tá dentro de você". Não desperta, não enxerga...
Esses dias estávamos muito assim sei lá... estamos ficando mais distantes, sem assunto... Por vezes ficamos mudos no telefone, sem ter o que falar... As coisas que me interessam não interessam a ele, e as coisas que ele se interessa... quais são elas? Não sei, nem sei se ele sabe... Ultimamente passa o dia vendo tv e filmes, e nem daí surge assunto pra falar comigo... Então tá difícil...
 Ante ontem ele veio todo romântico, disse coisas melosas do tipo quer ficar comigo pra sempre, quer ter filho comigo. Eu fui meio ríspida, pois na hora me subiu o sinal de alerta. Opa, peraí! Quer ter filho, então tem que mudar. Não vou ter filho se não tiver segurança, senão depois vou ter que criar a criança sozinha... Se filho fizesse alguém tomar juízo como ele diz (eu já pensei isso, mas já vi provas suficientes que não funciona!)... Depois disso ele passou a ficar mais e mais distante, se eu não ligava ele não ligava... Tava descontando a "patada"...
Em outros tempos eu ia amar ouvir tal "declaração", mas hoje entendo que ela não tem nada de inocente. Ele faz "juras de amor" para eu cair na dele, ficar bem empolgada com a ideia de que "ele me ama" e assim fico submissa, faço qualquer coisa para que nada ameace ou mude o fato de que "ele me ama". Só que esse "amor" é inconsistente, é passageiro, depende do humor dele no dia, do que ele quer no dia, etc... Se ele quer atenção, carinho, "amor", ele me dá um pouquinho disso e eu logo retribuo com um montão... Aí quando estou bem na dele, ele chuta. Aí eu começo a correr atrás para ter de volta aquela certeza que "ele me ama", mas quanto mais eu dou menos recebo. E o ego dele lá em cima né... Só que isso tem mudado, meu jeito de agir mudou, ele percebe isso e não aceita...
Ele não aceita o fato de que eu me basto, de que ele não é mais o centro da minha vida, que eu passei a ter outros interesses...Que não dependo dele, nem do seu "amor", nem de nada pra ser feliz. Inclusive ele rejeita tanto isso que qualquer assunto que eu vá falar com ele sobre despertar, coisas assim, ele enxerga como negativo e se nega a assimilar a ideia... Mais fácil achar que eu tô bitolada, que eu tô exagerando... Do que reconhecer que eu tô feliz assim e querer embarcar comigo nessa nova visão de mundo, nesse novo paradigma. Não! Deixa eu espernear e fazer pirraça no meu velho paradigma, quem sabe a E. antiga volte e me faça "feliz" como antes?
Rsrs... sinto muito meu bem, isso não vai acontecer... 


"A mente que se abre a uma nova ideia jamais voltará ao seu tamanho original." Albert Einstein


Se quiser se juntar a mim, continuar crescendo junto comigo ok, seja bem vindo. Se não, também não me prenda junto com você. Quer ir? Vamo! Não quer? Fica aí esperneando então.... Não vou te pegar no colo.
Por fim ele falou: "Ou volta como estava antes (eu, a relação) ou não quero mais, a gente termina, pois não é disso que tô precisando agora, isso tá me fazendo mal."
Eu disse: "Não sou robô pra programar direitinho como vou ser e quando... Por que você pode ser todo "atrapalhado", agir hoje de um jeito amanhã de outro, falar o que quiser, etc, etc... e eu tenho que ser uma coisa imutável, parada, perfeita (a seu modo), estática... ?"
Resultado: estamos terminados de novo...
Não vou garantir que foi a última vez, pois já falei tanto isso e depois voltou... Mas vou respeitar o livre arbítrio dele e ver no que dá...
Hoje tentei ligar, chamou até cair e não me atendeu. Depois ele entrou no face e não falou comigo. Beleza, não quer não queira, não procuro mais também. Acha que na pirraça vai me vencer... Mas não é mais assim que funciona. Quem dá as cartas da minha vida agora sou eu. Se quiser é assim, se não quiser, paciência... Cair no jogo dele não, chega...

Falei (na conversa de ontem): você quer uma codependente de novo? Alguém que viva e morra por você, que não tenha vida própria? Vai acabar arrumando outra namorada, ela vai ficar doente, você vai continuar na sua doença e ela na dela... Mas não adianta, não cai a ficha do ser rs...

 Não vou mais insistir nesse relacionamento, se há necessidade de insistir é porque a coisa não tá bem... Se tiver que ser vai se consertar sozinho, se não tiver vai se desfazer... Ok universo, eu quero o que for melhor pra mim. Tô cansada de implorar amor, implorar compreensão... Esperar dos outros não tá com nada! Estou me sentindo muito bem!

E que venham os 24 anos (amanhã é meu niver!) com muita alegria!

Obrigada vida, por tudo até aqui!

=)

 
 

quer ajuda ou um burro de carga?

Bom dia pessoas...

Acho engraçado como as pessoas acham que temos a obrigação de ajudar, e não é uma ajuda qualquer tem que ser como essa pessoa quer senão não rola...bom meu papel burro de carga ficou lá atrás, quer ajuda eu ajudo como posso não como quer.

Chega a ser ridículo as histórias que contam a si mesmo para tentarem se convencer que não são totalmente responsáveis pelas suas escolhas, ok abro parenteses pra quando se está em crise de abstinência, porém passando esse período, por mais dificil que seja a escolha É DA PROPRIA PESSOA....em usar ou não usar.

Ontem ouvi uma histórinha assim: meus amigos me chamaram pra ir em um barzinho, é aniversário de um, despedida de outro eu provavelmente não vá....minha resposta: quer ir vai, só se cuida não vai beber...
Ele: mas o que eu vou dizer...Eu: uai que você não está bebendo mais....Ele: mais todo mundo sabe que eu bebo, me viram bebendo na festa da empresa ano passado....Eu: uai parou de beber...Ele: eu não vou ir não, no final da tarde eu acabo pegando um trampo e ai fica ruim voltar ai eu não vou...Eu: você quem sabe...ele: Você mudou seu semblante só de eu falar em sair...Eu:  Não por isso, mais sim fico preocupada se você realmente vai se segurar...Ele: eu to ferrado se eu beber, nem tanto por correr risco de recair mais pq vc vai fazer da minha vida um inferno...Eu: Ainda bem que vc sabe...na verdade eu não vou fazer inferno só vou cair fora...Ele: Ta vendo vai fazer da minha vida um inferno ficar me me mandando embora, falando que não quer mais...então eu fico construindo castelo de areia, acreditando que um dia a gente vai ficar junto, já pensou voltamos a morar junto e eu sou um ser humano imperfeito, ai bebo uma cerveja e vc me manda embora...Eu: Primeiro que não estou te enganando, isso eu deixei bem claro desde q vc fez o tratamento da ibogaina, sim vc é imperfeito, vc pode errar, mais não pode beber e nem usar droga, essa possibilidade é zero, nula, não existe o se, é nunca mais...alias poder vc pode fazer o que quiser, eu só não volto pro buraco junto...tu vai sozinho...Ele: uma cerveja não é voltar pro buraco...Eu: 99% dos adictos que eu conheço quando voltam a beber recaem, então na minha avaliação de risco é, e tu quer que eu pague pra ver? Não nem ferrando...

Ai veio o discurso de que ele é imperfeito...que pode errar...eu tornei a dizer...se quiser continuar comigo não pode errar não nesse sentido de voltar a se drogar...as pessoas são imperfeitas e se descumprem regras pagam por elas...se roubam são presas...ninguém é obrigado a nada e nem você a aceitar isso...do mesmo jeito que EU NÃO SOU OBRIGADA....são escolhas me respeita, não tente me convencer porque não vai conseguir.
Você pode estar tentando convencer a si mesmo que tudo bem...azar o seu..melhor BURRICE sua...mais enfim a vida é de cada um.

Um dia ouvi dele: Que amor é esse que se eu for embora vc não liga? Respondi ligar eu ligo, mais não vou morrer por isso...

Então me coloco a pensar: Que amor é esse que prefere ver alguém desesperada... chorando... implorando do que feliz e vivendo a sua vida em paz?

E quando mais uma vez ele disse que ir na casa dos meus pais pra ele era o fim, que estavamos acabando com ele...respondi vc devia ser grato e estar feliz em ver que estou reconstruindo a minha vida...se não fosse pelos meus pais eu estaria como? Não morreria de fome, mais não conseguiria progredir...como tenho progredido...se vc realmente me ama deveria ficar feliz por isso...

Afinal as dividas que eu adquiri ninguém está ajudando a pagar...

Porra quer ajuda ou quer um burro de carga?

A vai cata coquinho e caçar outra que queira ser a salvadora, aqui NEGO NÃO

quarta-feira, 4 de março de 2015

E assim caminha a humanidade

Não adianta, enquanto não entendermos de onde viemos, pra que viemos e pra onde vamos, não adianta o mundo continuará a ser assim e sonhos como:

Um mundo, sem drogas, sem guerras, sem violência, sem doenças, não passará de utopia.

As pessoas se acomodam, só se meche quem está no fundo do poço, quem sofre, porém ao sair do poço elas simplesmente se acomodam e imaginam que ter uma vida estável é o patamar mais alto a se alcançar nesse planeta.

Algumas querem mais poder, mas querem porque? Pra ajudar? Não é o que vemos, normalmente querem pra satisfazer seu próprio ego.

É muito comodo achar que Deus virá pro juízo final e simplesmente resgatará seus filhos, assim fica fácil, como dizem a obediência a Deus o levará ao paraíso, bem não sei se sabem mas não fazer o bem já é um mal.

Portanto não contribuir pra mudança do planeta com ações, já é algo que pra quem acredita (eu não acredito) deveria ser condenado ao inferno...

É realmente falta tempo, mais porque falta tempo já se perguntou?

Será que ao invés de nos dedicarmos a causas, em todas as áreas, não precisa ser a dependentes quimicos e familiares, mais será que quando corremos atrás somente da estabilidade sobra tempo pra mais alguma coisa?

Use seus conhecimentos não apenas para lhe garantir uma vida tranquila, use seus conhecimentos para mudar o mundo, você pode acredite esse é nosso papel, fazer algo pelo planeta, pelos nossos irmãos, e não se conformar com a realidade e fechar os olhos para as atrocidades que existem no mundo....

Não se feche na sua caixinha abra a janela e enxergue além, não do dizendo para apenas dar o peixe, mas ensine a pescar e busque formas de chegar ao poder sim, somente com pessoas de luz no poder, podemos mudar o mundo.

Tudo que existe pode ser usado pro bem e pro mal, se é ambicioso, sonhe alto e conquiste a oportunidade de mudar pra melhor a vida de milhares de pessoas....

Cresça, faça, brilhe e transforme

Namastê

terça-feira, 3 de março de 2015

lutas....derrotas e Vitórias

Bom dia a todos....

Ando postando assuntos não tão ligados a dependência quimica e codependência exclusivamente...

Hoje resolvi voltar o tema especificamente para quem convive com a dependência quimica.

Olho pra trás e me lembro de como me sentia perdida naquele universo, como minha vida acabava acontecendo somente dentro da caixinha, tudo girava em torno do adicto, meus planos, minhas emoções, minhas expectativas...a dor era insuportável, a dor de não conseguir evitar, a dor do medo da perda, a dor de não conseguir enfrentar a realidade....então a negava, fingia as vezes que aquela realidade não existia....me iludia...me iludia....me iludia...e me iludia...até que foi inevitável não enxergar a realidade....doeu...(engraçado que todas as vezes que enxergamos a realidade ela dói pra caraca..seja sobre qualquer aspecto da vida..rs)...doeu...e muuuuuiiiiiitoooo...muito...mesmo.

Quando enxergamos a realidade dificilmente nos sentimos confortável quando voltamos a nos iludir...até tentamos, mais não conseguimos...pq a sensação de trair a si mesmo supera a dor de olhar a verdade....é ai que ganhamos coragem "pra sair da matrix" e com força nos erguemos e gritamos a nós mesmos: EU EXISTO...ESTOU AQUI E VOU LUTAR ATÉ O FIM.

Pra mim pelo menos depois que tomei essa atitude, foi como se a força da vida tivesse me dado um impulso e nunca mais me deixado ficar estatelada no chão...eu descobri aonde tem vida....e por mais que quem amo esteja abrindo mão dela, eu tenho um motivo muito, infinitamente maior pra lutar...sem jamais desistir...POR MIM.

Eu sei como dói....embora faça alguns anos eu ainda me lembro daquela dor de acordar e não ve-lo em casa....sim ainda lembro....e penso na quantidade de pessoas que se sentem assim ainda...imaginando onde ele deve estar...

Sei também que essas palavras talvez não façam sentido, mais peço ao Divino que um dia se lembre delas....existe sim um motivo pra sorrir, pra lutar, pra viver...esse motivo é VOCÊ.

Se ame....se ame com toda a força do criador...ame a vida...ame ...simplesmente ame...o mundo é feito do que enxergamos nele...enxergue LUZ e afaste as trevas de sua vida...

ACREDITE

VOCÊ NÃO ESTÁ SOZINHO


segunda-feira, 2 de março de 2015

O pior escravo é aquele que pensa ser livre

Bom dia, pessoas...

Está frase não sei de quem é, mas pra mim resume bem o nosso mundo, vamos há alguns exemplos...

Adicção: Quem usa, usa com o propósito de se sentir livre, quando na verdade se torna um escravo, a palavra adicto significa exatamente isso adicto=escravo de....

Codependência: Pessoas que convivem com adicção e passam a colocar sua vida em segundo plano para salvar outro da destruição, esquece de se salvar, pensa estar salvando quando está afundando.

Seres humanos: Vivemos em um mundo que nos diz o que precisamos, e compramos a idéia, não questionamos o que realmente nos é necessário, simplesmente nos é colocado e abraçamos, trabalhamos como escravos para comprar tudo o que nos dizem ser necessário para sermos felizes.

O que será de fato que você precisa?

Você sabe o porque você faz isso ou aquilo?

Você sabe quem você realmente é de verdade?

Desconfio que você acredite em histórias escritas em livros e jamais mergulhou dentro de si mesmo e sem ouvir as histórias dos livros ou as vozes de lideres que dizem sermos isso ou aquilo....

Abram a mente...mergulhem dentro de si e se conheçam somente assim serão de verdade LIVRES.