segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

O tratamento com a Ibogaína

Bom dia!!

Bom vamos ao que interessa, como citei no post anterior o "homi" fez o tratamento com a Ibogaína semana passada e hoje eu vou falar a respeito, abaixo deixo um vídeo referente a uma reunião do departamento de psiquiatria da UNIFESP, que divulga o estudo cientifico realizado com dependentes químicos que fizeram o tratamento com a Ibogaína.


Sobre a clínica que ele fez o tratamento, dessa vez fui pela propaganda boca a boca, uma pessoa conhecida, que fez o tratamento com seu familiar e gostou muito do atendimento dessa clínica me indicou, eu não liguei em outros lugares, não fiz questionamentos de onde era a Ibogaína ou isso ou aquilo, não fiz porque estou cansada de discursos bonitos, falar até papagaio fala quero ver é pedalar e andar de bicicleta, portanto deixo como dica a todos, procurem locais onde você pode ter referências concretas de que é um lugar sério, que além de visar lucros este local esteja de fato empenhado em realizar um bom tratamento no paciente.

Esse é o site da clínica o qual ele se tratou: Mentes Livres

Primeiro vou falar sobre as minhas impressões, referente a clinica, ao tratamento e ao resultado, depois resumo o que ouvi do "homi".

Bem, sobre a clínica, realmente era tudo o que me haviam falado, um lugar acolhedor, onde as pessoas parecem da sua família, quem vai pra lá não tem vontade de ir embora, com um preço acessível e um tratamento sério, eu só tenho a agradecer a todos envolvidos, muito obrigada pelo acolhimento, pelo amor, pela dedicação, que vocês possam continuar a ajudar mais e mais pessoas, que Deus os proteja de qualquer negatividade e que vocês continuem exatamente como são, pessoas raras de se conhecer hoje em dia, a clínica e a toda equipe tenho a deixar meus sinceros agradecimentos.

Sobre o "homi", ele foi por livre e espontânea vontade dessa vez,  ao invés de eu pressiona-lo, ele que me cobrava pra agendar logo o tratamento que inicialmente seria no dia 15/12, então ele pediu pra adiantar pro dia 05/12 e no final já estava meio que desesperado e acabou indo dia 30/11, ele estava muito preocupado de não dar certo e se decepcionar mais uma vez, bom ele sabe que não é a "cura", mais uma ferramenta a mais que irá ajuda-lo com a abstinência e a oportunidade de rever alguns aspectos de sua vida para que possa modificar.
O que percebo nele antes e depois da Ibogaina é uma grande mudança, não de personalidade mais de atitudes, antes uma pessoa insegura e estourada que me sugava, hoje alguém mais sereno e que está empenhado em levar a sério esse tratamento, pois não é somente tomar a Ibogaína e acabou, não, ele precisa praticar exercícios físicos, evitar bebidas com estimulantes, buscar o lado espiritual, pasmem que o "homi" está até ouvindo mantras...kkkkk...(essa parte realmente me surpreendeu...ele vivia me enchendo o saco por causa dessas músicas), enfim se mostrou disposto a levar uma vida saudável, fomos correr domingo no parque as 7:00hs da manhã, iniciativa dele...rs...está consciente que não pode beber, porém ontem em um aniversário mesmo ele afirmando que estava tranquilo e que não estava sentindo vontade alguma de beber, pelo que falou mostra que talvez abra essa possibilidade, ao dizer "que tomar a cerveja pode levar a recaída, mas que cada organismo age diferente", bom falei em tom de brincadeira, se vier com latinha de cerveja...tu pega a latinha e fica com ela ....pq ai já é de mais...rs...ele ainda tem muitas dificuldades a superar, a modificar, uma delas é aprender que a felicidade ta dentro dele e ele só pode mudar a ele.

Já o que ele achou do tratamento, vou tentar relatar os sentimentos dele, espero conseguir ser o mais fiel possível:

Olha o que posso dizer, se a pessoa não estiver disposta a parar, nem vai, vai gastar dinheiro, confesso que quando você me falou do tratamento de inicio eu pensei que bobeira, vou nada, vou é viajar no final do ano, não vou ficar gastando dinheiro com isso, mas eu comecei a perder o controle, quando pedi pra você marcar logo eu estava usando todo dia, trocando o dia pela noite, eu estava com medo, eu sabia que ia me ferrar e não queria mais viver assim e nas internações que eu passei eu vi até aonde as pessoas chegam, eu não queria isso pra mim.
Quando cheguei lá, estava apreensivo, com medo de não dar certo, mais estava disposto a tomar até veneno se me dissessem que funcionava, sobre o lugar não tenho nem o que falar, são pessoas maravilhosas, que marcaram a minha vida e com certeza mudou pra sempre, parece que você está em outro mundo, lá eles só querem te ver bem, é o tempo todo as pessoas te colocando pra cima...vai da certo sim...você vai voltar a ser feliz...acredita...eram palavras que eu ouvia diariamente, parecia que você não estava na terra...rs...isso não existe por aqui, muito difícil viver em um lugar com aquele clima, não tem como explicar.
Sobre a Ibogaína, primeiro eles dão um comprimido que na verdade é um composto, pra ver como seu organismo vai reagir, no segundo dia dão uma dose mais forte, que já faz algum efeito e confesso que assusta parece que está sendo feito uma varredura no seu corpo, é maluco não sei como explicar, no terceiro dia vem a pancada como eles dizem o tal do "reset", ai pronto você bate a nave, pensa que vai morrer e não vai voltar mais, seu corpo todo fica paralisado e só a mente funciona, só o cérebro, as vezes eu tinha a impressão de estar em pé me olhando na maca, os pensamentos parecem que se reproduzem igual filme 3D, não vou lhe dizer exatamente tudo que vi, são várias cenas, confusas, é muito loco o negócio, é forte você realmente acredita que vai morrer...então você vai voltando aos poucos....e de repente nossa...não da pra explicar, você volta a ser você, como você era antes...é inexplicável (ele chora), parece que eu nunca usei nada, parece que eu não vivi aquela vida (emocionado) você se ente livre, eu nunca me senti tão livre....e dessa vez vou fazer tudo direitinho, tudo que mandaram eu vou fazer, quero me sentir assim pra sempre.

Parece mágica né galera...rs...mais não é não...a vida o dia a dia continuam, ele irá enfrentar os mesmos problemas de antes, as mesmas dificuldades, porém sem abstinência, mas como a dependência quimica não é a causa principal e sim somente a consequência de um comportamento perante a vida, ele precisa ficar esperto pra não cair nas armadilhas que ele mesmo cria a si, se ele insistir em buscar a felicidade fora dele, ele corre um grande risco em não saber lidar com a vida e fugir, recaindo.

Sim isso da medo, da um aperto no coração pensar nisso, mais ai está nas mãos dele e de Deus.

Só por hoje ele está bem, a Ibogaína não cura, é apenas mais uma ferramenta de auxilio contra essa doença, e eu acho que ela deve sim ganhar seu espaço e respeito pelas outras entidades que combatem essa doença, como NA, religiões e demais grupos de apoio.

Agora não é hora de dividirmos força e colocar em cheque quem tem mais sucesso nessa luta, se é o grupo de Narcóticos Anônimos, se são os grupos de apoio aos familiares como Amor Exigente ou Naranon, se é o tratamento Terapêutico, o Caps, a igreja ou Jesus, agora é hora de UNIRMOS FORÇAS.

A Ibogaína é uma planta, e tudo que existe na natureza foi deixado pelo Criador, antes de tirar conclusões errôneas a respeito, conclusões preconceituosas, por que não abrirmos essa possibilidade e darmos as mãos para que JUNTOS possamos lutar, afinal o que aprendi todos esses anos é que JUNTOS SOMOS MAIS FORTES.

É assim que termino esse post afinal não é JUNTOS QUE SOMOS MAIS FORTES?

VAMOS NOS UNIR....

Obs: Aos espertinhos que andam explorando as famílias  e enriquecendo seja através de clinicas, falsificando a ibogaína, saibam que existe uma lei que rege o universo e dessa lei acredite ninguém há de escapar a lei de CAUSA E EFEITO.... pense bem como você gostaria de ser tratado se fosse o contrário, abra os olhos e creia em uma coisa, somos ignorantes nesse universo, há mais coisas entre o céu e a terra do que possamos imaginar...há nego...acredite há...

10 comentários:

  1. Perfeito, explicativo, adorei. Vamos em frente, eu acredito e sei que esse é sim um novo caminho que se abre no tratamento da dependencia quimica. Pode não ser A CURA para alguns, mas para quem quer, pode ser sim.

    Janete

    ResponderExcluir
  2. Adorei a explicação...Que esteja nos caminhos sejam eternamente abstinentes e felizes na Graça de Deus.

    ResponderExcluir
  3. Muito bom, Kel!!

    Estou aqui na torcida por vocês...

    Segunda-feira meu esposo iniciará o tratamento...

    Esperança! Fé! Ansiedade! Rs.

    Beijos! TMJ!

    ResponderExcluir
  4. Muito bom, obrigado por escrever coisas do bem, certamente ajudou muito

    ResponderExcluir
  5. Boa noite!!!
    Muito boa sorte,excelente explicação.
    Quanto pagou, dá direito a acompanhante??

    ResponderExcluir
  6. Gostaria de saber com sinceridade,se seu marido continua limpo até hoje?

    ResponderExcluir
  7. Gostaria de saber com sinceridade,se seu marido continua limpo até hoje?

    ResponderExcluir
  8. OlA gostaria muito de saber tambem se ele continua limpo ate hoje? Como ele se sente? Quanto vc pagou? Desculpa tantas perguntas mas eh que estou passando pela mesma situação. ..
    deus te abençoe por ajudar aos que passam por tal situação. ..
    obrigada e aguardo resposta

    ResponderExcluir
  9. Oi to no cel é ruim digitar...sim ele está bem...paguei na época 5 mil....ajudou bastante...mas não é milagre a luta continua e ele precisa continuar a dizer não

    ResponderExcluir
  10. Entendi...ai que bom que tem dado certo...adorei o seu blog...em 1 dia ja li ele quase inteiro rs
    eu quero fazer tbm esse tratramento para meu namorido...tenho medo de escolher o lugar errado só
    vc fez no Mentes Livres em Rio Preto?

    ResponderExcluir