terça-feira, 25 de novembro de 2014

Não lute contra sua essência, aprenda a deixar fluir equilibradamente...



Ontem li um texto não lembro onde, acredito que já até escrevi sobre isso aqui no blog, mas se veio esse tema de novo, vamos aborda-lo novamente.

A paz não é ausência de sentimentos, dor, alegria, tristeza, raiva, amor, mas o equilíbrio de todos esses sentimentos que são de nossa natureza.

É impossível não sentir, dor, alegria, tristeza, raiva, amor fazem parte de nossa essência, e toda vez que tentamos nega-los na verdade estamos sufocando esses sentimentos, engolindo, estamos vestindo máscaras sociais para sermos aceitos, não estamos sendo quem somos de fato.

Estou falando pra alguém sair abraçando todo mundo, árvore, declarando amor a tudo e todos?
Estou falando pra se afundar na tristeza quando ela aparecer?
Estou falando pra agredir sempre que tiver vontade?

Quase isso, sim você DEVE demonstrar seus sentimentos, DEVE deixar fluir mas com EQUILÍBRIO...eis o desafio....pra conseguirmos essa façanha sem culpas, sem cobranças, sem precisar usar máscaras, precisamos mergulhar dentro de nós mesmos.

Admitir nossas qualidades, nossas imperfeições, precisamos tentar, errar, cair, levantar e continuar.

Precisamos praticar pra aprender a viver com equilíbrio, e não da pra seguir o exemplo de ninguém, podemos sim usar algumas dicas, algumas técnicas

Mas você é único e só você irá conseguir aprender como equilibrar os SEUS sentimentos, como deixar fluir o SEU ser.

Nunca se esqueça que existe algo muito maior que nós que sim nos ajuda, não importa seu nome, de verdade, não importa se os outros acreditam da mesma forma que você ou se chamam pelo mesmo nome.

Afinal "Deus" mora dentro de nós, como disse Jesus e outros mestres que passaram pela terra, Vós sois Deus..Vós é Buda...O todo está em tudo e você faz parte do todo.

Não importa nome ou religião o que importa é que VOCÊ TAMBÉM É LUZ

Faça sua LUZ brilhar e encontre a paz no caminhar.

Uma excelente semana e que essa força maior do mundo preencha todo o seu ser.

Namastê


Nenhum comentário:

Postar um comentário