quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Mágoas




Bom dia...

Como saber se realmente nos libertamos de algumas magoas que acumulamos pela vida?

Eu acreditava que tinha uma facilidade enorme em perdoar e me libertar das magoas, mas na verdade percebi que tenho uma facilidade enorme de esquecer o que passou, o que necessariamente não significa perdoar ou se libertar das magoas.

Afinal perdoar não é esquecer isso é amnésia.....rs

Acredito que perdoamos quando nos lembramos de fatos que aconteceram e esses fatos não nos causam raiva da pessoa que nos feriu

Acredito que nos libertamos das magoas, quando lembramos o que nos fez acumular essa magoa e não sentimos nada, vemos apenas a cicatriz e não sentimos mais dor.

Então pude perceber que eu esqueci, perdoei, mais não me libertei dessas magoas e são elas que me fazem "cair" vez ou outra.

Como me libertar delas? Só o tempo e o cuidado pra não arrancar as cascas dessas feridas que ainda vez ou outra doem.

Essas feridas habitam na alma, e só conseguimos nos curar cuidando de nossa alma, a alimentando de boas energias e não permitindo mais nos machucar desse jeito.

Engraçado como as vezes temos a certeza de nos conhecer, mais na verdade sabemos muito pouco de nós mesmos, apenas a casca, o interior, quem somos em nossa essência, frequentemente está disfarçado por nós mesmos, por inúmeros motivos, aos poucos conseguimos tirar mais uma camada dessa fantasia que usamos para viver no mundo.

Um ótimo dia com muita paz, muita luz e muito amor a vocês.

4 comentários:

  1. A nossa visão de perdão é bastante pessoal, cada um tem a sua, a minha é de que não é esquecer, e nem mesmo de que é lembrar sem doer...pq não tem como não doer....então eu vejo como ter perdoado conseguir seguir a vida ao lado da pessoa, apesar do que doeu, claro desde que tenham acontecido mudanças e as coisas tenham ficado realmente no passado. Doeu, não vai mais acontecer e eu consigo viver ao seu lado apesar disso, consigo sorrir, consigo não ficar pensando naquilo o tempo todo, consigo acreditar que será diferente. Porque se não for assim, não perdoei e não tem como continuar perto. Se eu ficar remoendo, se eu viver com medo, se eu não conseguir confiar mais, é porque não consegui perdoar e isso não é pecado, é proteção....meu coração não consegue mais.

    Janete

    ResponderExcluir
  2. É madrinha..eu não sinto raiva pelo que passou...mas eu não consigo confiar, até mesmo porque não aconteceram mudanças pra que eu consiga confiar de novo...kkkk....e quando eu vejo ameaças de algo parecido tornar a acontecer...dói e eu reajo...

    ResponderExcluir
  3. Kel, perdoar não é esquecer...
    Cada um tem sua forma de perdoar...
    Um dia ouvi um pastor pregando sobre perdão, ele ele dizia que quem diz - tudo bem, perdoei, na verdade desculpou, que o perdão vai além.
    Quando alguém faz algo muito grave que magoa, fere demais e vc gosta da pessoa, seja qual for o tipo de afeto, vc perdoa várias e várias vezes ela pelo mesmo motivo.
    Ou seja, cada vez que vc lembrar com dor do que foi feito, ou dito, vc lembra do motivo pelo qual vc deve perdá-la, vc fala pra si mesmo que perdoa e sente o amor que o perdão traz no seu coração! Isso deve ser feito a cada vez que vc lembra.
    E porque disso? Porque todos os dias estamos com humores diferentes, nem sempre estamos serenos, calmos e quando lembramos num momento de tristeza, por exemplo, o ódio e o rancor invadem a alma e vindo a tona sentimentos passados que não fazem bem, fazendo com que o perdão passado não seja feito em sua totalidade e sim momentâneo.
    Eu particularmente sou extremamente rancorosa e tenho dificuldade enorme em perdoar, tento de todo meu coração, mas oque passou me marcou demais, são marcar que jamais serão esquecidas, doem demais e vão doer a cada lembrança e a cada lembrança o ódio invade meu coração! Nessas horas peço apenas perdão a Deus por ser assim e melhoro meu estado, mas o perdão não vem!
    Cada um com suas loucuras né... mais ta ai, que sirvam essas palavras para alguém!
    TMJ
    bjs meninas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é verdade Sharon...só com o tempo vamos nos libertamos...eu já senti muita raiva também...mais cansei de sentir raiva...porque só machucava mais ainda...desisti de sentir raiva...isso ao menos superei...mas a tristeza ainda está lá marcada....e só Deus e o tempo pra curar...bjaum e obrigada linda

      Excluir