segunda-feira, 24 de novembro de 2014

...

Bom dia, pessoas!!

Pra quem teve um feriadão como eu e está retornando hoje ao trabalho, desejo um bom retorno depois dessa mini férias, e a todos que começam mais essa semana, última semana do penúltimo mês do ano, é está acabando.

Meu feriadão teve de tudo um pouco, paz, guerra, trégua...rs...vamos aos causos...hehehe

Quinta-feira, passeio com as crianças, marido e prima no SESC de interlagos, um dia muito agradável, em paz, deu pra andar descalça na grama, relaxar...ai que delicia...
Sexta-feira, tentando resolver umas coisas na rua, não resolvi nada...rs..só consegui levar meu pequeno pra cortar o cabelo
Sábado, faxina, estudar pra prova e a noite passeio com as crianças na paulista, comer pizza e batata-frita em uma lanchonete da rua Augusta, tirar foto na árvore de natal (a única montada na avenida paulista) e depois ir pra casa, ja era tarde mais de dez da noite, tudo tranquilo quando de repente a bomba (adicto) explode.
Me lembro que quem usava esse termo era um pai que era coordenador do Amor exigente que eu frequentava, ele dizia assim: é incrível, ta tudo bem quando de repente parece que caiu uma bomba e o adicto começa a brigar com todo mundo.
E foi assim do nada, ciúmes bobo do filho que começou a encrenca...só por Deus, haja oração da serenidade...haja saco...haja espiritualidade...mandei embora...foi...mas não parou por ai...ligou a 1:00hs, as 3:00hs, as 4:00hs...desliguei o celular.
Acordou ao meio dia ligou achando ruim que eu não tinha ligado pra saber como ele estava (coisa de maluco)...não adianta dizer, não vem aqui hoje, deu 14:00hs a campainha toca, era ele...sorte que a sogra chegou no mesmo instante e ele foi embora não ficou...ai a sogra foi embora umas 16:00hs, as 17:00hs ele estava lá denovo...unf...
Entrou e continuou com a dramatização, começou falar cada merda pro nosso filho,eu estava deitada na cama, assistindo desenho com meus dois pequenos, nessa hora eu segurava um carrinho de hotwhels na mão, juro tive vontade de tacar a cabeça dele pra ver se calava a boca...uma hora fui tampar o ouvido do meu filho pra não ouvir aquelas asneiras...me surpreendi...meu filho virou pra mim e disse...deixa mãe, não to ouvindo nada que ele ta falando, to fingindo que ele não existe...(caraca ele já aprendeu a usar a estratégia do doido...rs..aquele que você ouve mais não escuta...kkk) e enquanto o pai dele....choramingava....eu e meus filhos assistíamos desenho e conversávamos sobre o desenho como se ele não estivesse lá.
Na hora que o ser resolveu calar a boca, meu filho foi lá e deu um abraço nele...kkkk...ai o pai ficou lá sentado no chão com cara de choro e um bico...é cada uma viu....

Enfim...ele ficou lá sentado e nós assistindo a televisão...ai parece que ele começou a cair em si...e ver a merda que estava fazendo....começou a mudar o comportamento...pediu desculpas ao filho...e depois me disse que não aguentava mais...a vida dele...etc..etc...etc...

Ai ficou tudo calmo de novo...foi assim meu feriadão...

Vamos meditar um pouco??

Um ótimo dia a vocês e curtam o som




2 comentários:

  1. Bom dia! Haja forças nega!
    Visitei eu marido na clínica... gostei demais do que vi, fizeram uma lavagem cerebral nela, rsrsrs...
    Estava muito diferente, concentrado, sem gírias, sem palavrões, me disse que aprendeu uma coisa muito importante, que sua família sou eu e o filho. Amém, acho que viu que se esconder na barra da saia da mãe e do pai... fizemos planos, na verdade alguns sonhos os quais a gente sabe que se constroem dia a dia, mas longe das drogas, que com ela junto não vamos nem ter convívio, quem dirá colocar planos e projetos em prática. Mas gostei muito, matei a saudade, estou bem contente.
    bjss

    ResponderExcluir
  2. Nega...fique feliz sim..mais olha pés no chão...desconfie de mudanças bruscas....ele demorou a vida toda pra ser quem é não será do dia pra noite que ele será alguém diferente...bjus no coração e continue a se cuidar :)

    ResponderExcluir