terça-feira, 14 de outubro de 2014

Recaiu

Telefone desligado, fora do ar até agora de manhã....sim ele recaiu, indo a igreja e tomando medicamentos, (ta certo que ele não toma exatamente como o receitado)

Deu sinais de crises de abstinência durante a semana passada, mas nada que me afetasse, um pouco ansioso e disperso apenas.

Liguei pra ele de manhã, ele atende e diz que chegou em casa e foi dormir, respondi pra que mentir, toda vez que vc some é por um motivo que vc sabe e eu tb sei, ele é sério fui dormir, para de mentir, ta bom recaí ontem...

Já tive esse diálogo com ele outras vezes...

Ele tem consulta hoje, espero que vá, não briguei, não fiquei brava, apenas disse a ele pra ir ao médico e contar o que aconteceu e ver o que ele aconselha a ser feito a respeito.

Domingo ele me disse: Nossa a gente está se dando tão bem, tá muito legal o clima entre a gente.

É ele tem razão, talvez porque paramos de buscar a nossa metade um no outro, estamos aprendendo a nos encontrar e buscar ser feliz independente do outro....enfim...assim o uso de drogas dele não me afeta e eu não reajo, melhor assim...

Que papai do céu o guie


4 comentários:

  1. Fico triste por ele, e mto feliz por ver sua serenidade! Que o Papai do céu o guie, e que te fortaleça na serenidade e na paz!
    Tamo junto!
    bjs
    Cris

    ResponderExcluir
  2. Uma pena ele ter perdido o foco... que Deus ilumine ele para que não aconteça novamente!
    E parabéns por sua força.
    bjss

    ResponderExcluir
  3. O uso de drogas dele não te afeta mesmo? Pergunto porque estando com ele e tendo filhos com ele parece impossível não afetar, mesmo que seja indiretamente. Além disso, esse blog todo gira em torno dele e do uso de drogas dele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, já me afetou bastante, já perdi noites de sono, já tive sindrome do pânico, crise de ansiedade, de choro, de desespero, vontade de me matar de matar ele...fui afetada diretamente durante muito tempo, pq convivendo diariamente as brigas eram muitas, financeiramente também, fiz muitas dividas, mas hoje falo com toda sinceridade do mundo, não me afeta em nada, hoje consegui traçar um limite o qual ele não me prejudica mais e quanto ao medo da perda, não sinto esse medo, eu nesse ponto sou assim...deixo pra me apavorar a hora que o negócio acontece de fato...sobre o blog girar em torno disso...é que falar sobre codependencia sem falar de dependencia quimica pode ficar meio vago...mas se reparar de uns tempos pra cá falo bem menos dele...mas ainda falo...afinal ele faz parte da minha vida....tenho outro blog se quiser visitar deixo o endereço: http://iniciandoaviagemastral.blogspot.com.br/

      E fique a vontade para questionar sempre que quiser :)

      Excluir