terça-feira, 7 de outubro de 2014

Incertezas

Estou vivendo momentos de muitas incertezas, parece que sempre há algo a acontecer, a se esperar, já pelo clima de eleição, novo governo ou mesmo governo, crise, estabilidade, instabilidade.
Tá assim, no Brasil, aonde trabalho e algumas decisões da minha vida particular, tudo com uma grande na frente.

Estou tentando segurar meus pés no aqui, agora, zerar as expectativas, respirar, mas não sei, mesmo ficando em alerta ou relaxando isso está me incomodando me colocando pra baixo.

Vou continuar focando no hoje e tentando manter minha sintonia o melhor possível, sem mergulhar de cabeça em sentimentos destrutivos ou de euforia.

Fase: prova de fogo para manter o equilíbrio.

Quanto ao "homi", continua a tomar os remédios, indo na igreja, se mantendo de pé.

Que papai do céu nos abençoe

Namastê


5 comentários:

  1. Deus te abençoe. relaxa.

    Janete

    ResponderExcluir
  2. Infelizmente nós codependentes vivemos sempre nessa euforia ou ansiedade do que pode acontecer... Tbm estou nesse barco e hoje eu tbm estou p baixo! Como vc diz o "homi" daqui de casa segue na sua recuperação mas sempre irei sentir a angustia de achar que as coisas vão piorar!!!


    Fiquem os na paz!

    ResponderExcluir
  3. Deus no controle e nós lutando para manter os pés no chão e cabeça com pensamentos positivos, focando no melhor!
    Hoje o meu "homi" foi trabalhar, cansado, desgostoso, ontem mil promessas, a mesma ladainha de sempre... mas só posso aconselhar e pedir a Deus que ele acorde, que está mergulhado em um mundo de ilusão... e eu decepcionada, mas de pé e cheia de esperanças! Dia lindo, estou com vida, meu marido vivo, tenho trabalho, saúde... Problemas vem e vão, precisamos e manter o pensamento positivo. TMJ bjs

    ResponderExcluir
  4. O meu depois de 1 1/2 ano voltou hj ao trabalho e nao voltou. Passei o dia me sentindo mal, pensando nele, pressentindo isso, lutando contra minha codepencia. Estou tao mal, preciso de ajuda , minha bebe dorme no lugar do pai. Q vida triste! Q amor e esse? Coracao devastado de dor!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando vivemos a vida de outra pessoa, seja adicto ou não é normal sentimos quase que os mesmos sentimentos dela, sim é triste demais, já ouviu falar em simbiose emocional? Deixo aqui um link pra ti http://www.novoequilibrio.com.br/ver_topico.php?Tipo=25&Cod=136 , busque no google e pesquise sobre, acredite nesse mundo somos mais do que adictos e codependentes, somos pessoas "normais" que tem dificuldades como qualquer outra, nosso maior inimigo somos nós mesmos...fique com Deus

      Excluir