sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Desânimo



Bom dia a todos!!

Não sou eu que estou desanimada não, mas o "homi", então, ele começou um tratamento ontem com o psiquiatra em um hospital público, onde o tratamento é focado em saúde mental, tem bons médicos, uma equipe preparada.

Dessa vez ele foi por opção dele, eu não impus nada, pelo contrário ele foi atrás, e ontem após a triagem foi sua primeira consulta.

As coisas estão ficando complicadas pra ele, há quem imagine que ele tem a vida que quer, porque ainda estou com ele mas não moro com ele.

Já ouvi de pessoas que assim pra ele fica fácil, tem tudo o que quer, a família, uma mulher fixa e a liberdade de poder fazer o que quiser que eu não ficaria sabendo.

Mas se engana quem pensa assim, ele no caso, não gosta de ficar sozinho, embora more com a mãe e com a irmã,eles mal se veem e se falam, a mãe chega a me ligar pra dar um recado a ele, então nesse tempo, quando ele não está com a gente convive com a solidão.

Ele não é de frequentar balada, de ficar na rua, não tem amigos vive de casa pro trabalho e quando usa droga, vai pra casa usar, nesse ano a solidão tem invadido os seus dias.

Já conversei com ele, pra que procure atividades extras, sei lá acadêmia, futebol, igreja, grupo, estudos, mas ele não quer, continua sem saber a viver a própria vida, uma coisa que ele me diz e que é muito triste, que ele só se sente vivo quando está com a gente.

É ruim demais ser tão dependente emocionalmente dos outros, não ter vida própria, porém ele precisa aprender isso, senão será impossível ter uma convivência em família, morando juntos debaixo do mesmo teto.

E mesmo após ter iniciado o tratamento, ele está bem desanimado.

Espero que ele não desista, continuo orando por ele e apoiando a ele, como disse pra ele ontem, que poderia contar comigo, que ajudaria no que eu pudesse não no que ele quisesse.

Peço orações e vibrações positivas pra ele

Fiquem com Deus

7 comentários:

  1. Bom dia Kel... eles tem uma dependência das pessoas, sem amanho.
    Meu marido parece uma criança, vive perguntando tu me ama? muito ou pouco... várias vezes sabe...
    É uma necessidade de aceitação de insegurança sem tamanho.
    Não sei hajo certo ou errado, mas dou com os dois pés, ninguém e criança pra ficar brincando de casinha, se estou com ele é porque amo.
    Esses homens e seus problemas!! Dependência em todos os sentidos!!

    ResponderExcluir
  2. Mesmo assim...só tá indo pra te mostrar que fez alguma coisa....enquanto ele não buscar uma ajuda como quem busca o ar pra respirar.....não funciona. Por isso o desânimo.

    Janete

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Será madrinha...eu não acho não...eu parei de olhar pra ele apenas como um adicto...acredito q ainda...não é o caso da vida dele girar somente em torno da droga...eu não afirmo e nem duvido...apenas observo...e pelo que tenho observado...ta desanimado pq a luta é brava...e muitos perdem não pq amam usar...mais pq não encontram forças pra lutar

      Excluir
  3. Oi mulher, como é difícil ver as pessoas que amamos tristes, solitárias, perdidas... porque apenas desejamos que elas sejam felizes, né? Independente, de ser genuíno ou não (apenas ele sabe) um bom apóio psiquiátrico poderá ajudar e muito, e como você mesmo colocou, quem foi buscar foi ele, vamos ver sempre o copo meio cheio ao invés de meio vazio! Beijos TMJs

    ResponderExcluir
  4. rsrsrsrs como sempre, sou pessimista.....é da minha natureza, vc tá certa, vamos aguardar.

    Janete

    ResponderExcluir
  5. rs..amo vcs..faz parte madrinha...gato escaldado.....é froids...sim vamos aguardar...por enquanto tento vibrar positivamente sem criar expectativas demais...bjus

    ResponderExcluir
  6. Creio eu pelo que você fala que ele deve ter transtorno bipolar não é? Este transtorno alterna com depressão e bipolaridade, e a bipolaridade leva a pessoa a ter vícios.Procure artigos científicos na internet. Ele vai conseguir em Nome de Jesus.
    LindaInez

    ResponderExcluir