sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Isso faz muito sentido pra mim!!!

Querida Família, e os chamamos assim porque ao se encaminharem para sua ascensão estão cada vez mais próximos de nós. Apenas uma vez estivemos assim tão próximos de vocês, e foi quando trabalhamos juntos no Egito. Nessa altura, como agora, os nosso ensinamentos eram sobre beleza, amor e poder. Nós somos os cantores e dançarinos do Cosmos, e viemos para ensinar a vocês os métodos de abrir e usar as suas energias sexuais que são bonitas e criativas e mais próprias para vocês nesta altura da sua evolução.
Queremos que cheguem à conclusão que são seres poderosos e criativos, e que sua energia sexual é uma parte fundamental da sua energia criativa. O recente trânsito de Vênus trouxe á baila questões sobre a sexualidade em suas vidas. É tempo de se libertar velhos padrões que estão contidos no Consciente Coletivo e substituí-los com novos padrões que estão mais de acordo com o que são agora. E é disto que precisamos falar hoje.

Os Desequilíbrios na História

Por muitos milhares de anos, a sua energia sexual, como cultura, tem estado em desequilíbrio. Ao princípio, viveram numa sociedade dominada pelas mulheres, denominada Sociedade Matriarcal. Depois, mais recentemente, mudaram para uma sociedade dominada pelo homem, chamada Sociedade Patriarcal. Ambos os modelos de comportamento cultural são baseados no poder – o poder de um grupo sobre o outro, definidos pelo gênero. E então, em sua memória genética e nos registros Akáshicos, existem muitas histórias de domínio e controle, e padrões doentios e desequilibrados de abuso e opressão.
Na sua fase mais recente, a Patriarcal, o poder foi dado aos homens, para dominar sobre mulheres e crianças. Atualmente, isto originou culturas onde o homem tem o controle absoluto sobre mulheres e crianças, como no Médio Oriente; culturas no mundo desenvolvido (Primeiro Mundo) onde o controle é mais sutil e menos evidente. Mas mesmo nestas sociedades existem problemas como a pornografia e abuso de mulheres e crianças. Em alguns casos, bebés são violados e crianças torturadas num jogo distorcido de sexo e poder.
No mundo Ocidental, este padrão de dominação e os arquétipos de ofensor/vítima permanecem profundamente na Mente Coletiva, e estão, infelizmente, ligados ao amor e espiritualidade. Mas como pode ser isto? Pode você perguntar – o que tem o abuso sexual a ver com espiritualidade, ou mesmo com o amor?
Bem, se forem várias centenas de anos atrás no tempo, chegarão a uma altura, no mundo Cristão, quando os sacerdotes masculinos e clérigos perseguiram e torturaram “bruxas” que eram frequentemente curandeiras e mestras das então chamadas religiões Pagãs ou Wiccas. Estas perseguições aconteciam em nome do Cristianismo, e recebiam validez espiritual. A tortura e o assassinato eram tidos por “salvarem e purificarem” as almas daquelas supostas bruxas, ao serem purificadas pelo fogo.
Mas, sustentando isto havia níveis de sadismo sexual, pois os padres celibatários atuavam com os seus impulsos sexuais reprimidos e distorcidos nas mulheres que eram as suas ”vítimas”. Muitos anos mais tarde, temas tais como pornografia e abuso sexual, tão abundante em nossa sociedade, encontraram raízes na nossa era. Muitos de vocês tem memórias de Vidas Passadas das intensas sensações de dor sexual e de prazer distorcido que acompanhou estas experiências e ainda existem, de forma ativa, nos Bancos Coletivos da Memória. Então, no presente, vocês como cultura, continuam representando estes dramas de forma a resolver os seus vícios de alma a estes níveis intensos de cargas de energia sexual distorcidas.
Na África, Arábia e muitas culturas orientais, frequentemente nas áreas dominadas pelo Islamismo, este sadismo e abuso sexual também estão presentes na prática cruel de mutilação genital feminina, também conhecida como “circuncisão feminina”. Neste costume, a habilidade de desfrutar do prazer sexual físico normal é tirado à mulher, normalmente muito jovens, com cerca de 12 anos. Esta forma de dominação e abuso é também praticada em nome da virtude e da espiritualidade. Que lugar triste se tornou o seu planeta e tão pronto para mudanças! Tão pronto para começar o processo de remodelar a sua sexualidade para formas mais saudáveis e amorosas!
Por favor, entendam que não procuramos aqui julgar ou criticar ninguém. Pois, como sabem, não existem “vítimas” nestes dramas auto-criados, e TODOS envolvidos devem ser responsabilizados pelas energias e por trazê-las de volta ao equilíbrio. E isto quer dizer TODOS VOCÊS.
Não é apenas a sexualidade que foi afetada, mas também o amor. É tão difícil para muitos casais expressarem seu amor através da sexualidade de forma equilibrada. Há tantas imagens e histórias na sua cultura que insistem que um deve dominar o outro, e que o sexo é um “direito” que um pode exigir do outro em um relacionamento. Mesmo com amor, é frequentemente difícil para vocês lidarem com estes assuntos nas suas relações e serem amorosos e equilibrados. Vemos tantos de vocês lutando com estes assuntos e com os resíduos de seus condicionamentos de Vidas Passadas.

O primeiro passo para a Cura e Remodelação: Equilibrando as Energias Masculinas e Femininas Interiores

Numa cultura Patriarcal, não são apenas os homens que se desequilibram. Todos se desequilibram. Atualmente, muitas mulheres possuem energia dominante masculina e precisam de se reconectar com a energia Feminina interior. Isto é o resultado do Feminismo na sua cultura que “liberou” a mulher permitindo a elas desenvolver seus potenciais nunca antes experimentados. Mas também levou algumas delas a se tornarem muito masculinas. E também, como resultado do “Feminismo”, alguns homens na cultura Ocidental tentaram se reconectar com as energias Interiores Femininas tornando-se, ironicamente, muito femininos e passivos. Então temos uma nova situação “fora de equilíbrio”, onde as mulheres são, com freqüência, muito masculinas e os homens muito femininos.
Portanto – a chave para encontrar o equilíbrio para cada indivíduo é equilibrar as energias Masculinas e Femininas Interiores, de forma a criar um novo modelo para o Consciente Coletivo, um que irá substituir o velho.
Cada um de vocês necessita estar conectado com a energia Masculina interior. É a energia do Guerreiro Espiritual e do Líder dentro de vocês. Esta é a energia Solar. É radiante, forte, confiante, calorosa e assertiva. É a energia do “fazer”. Ela lhe diz quando precisa de ser firme, lhe dá confiança e ajuda a realizar coisas no mundo material. Flui para fora e é ativa.
A energia Feminina é a energia Lunar. É suave, receptiva, gentil, amorosa e incondicional, mas também muito poderosa. É a energia do SER. Flui para dentro e é passiva (pacífica). Permite que estejam com si mesmos e com os outros sem se julgarem uns aos outros. É o lugar onde as idéias criativas são concebidas e trazidas a luz e então passadas ao masculino para que possam tornar-se reais no mundo.
Num indivíduo equilibrado, há um fluxo equilibrado entre o ser e o fazer, ativo e passivo, masculino e feminino. E este equilíbrio interno é refletido no mundo exterior na criação de relações entre seres que são igualmente equilibrados e podem então criar e manter relacionamentos que serão equilibrados e amorosos.
Uma relação equilibrada será aquela aonde nenhum dos parceiros domina o outro espiritualmente, mentalmente, emocionalmente e sexualmente.

Relações na Nova Terra

As relações na Nova Terra serão muito diferentes das relações que possuem agora. Serão mais gentis e mais divertidas e ao mesmo tempo sérias. Haverá menos intensidade e drama, e mais carinho, atenção e companheirismo. Chegarão à conclusão que o propósito das relações, todas as relações, é para “se relacionar” – compartilhar, apoiar e nutrir com o seu próprio sentido de abundância e plenitude.
Vão procurar por relações que sejam espirituais e baseadas no coração, em vez de serem baseadas no físico e emocional. No paradigma de relações da Velha Terra, as relações eram baseadas na atração física e elos emocionais. Na Nova Terra as relações serão baseados no coração, nos sentimentos, compaixão, conexão, respeito e suporte mútuo. Nós antevemos muitas relações crescendo entre pessoas de diferentes grupos etários e de diferentes culturas, relacionamentos que serão profundos e significativos, e no entanto não teriam sido considerados possíveis antes por causa das limitações “curtas de vista” do que consideravam ser uma relação no sistema energético da Velha Terra.
Estas relações serão leves e alegres e, portanto capazes de verdadeira profundidade e intimidade porque as pessoas envolvidas estarão mais interessadas nas conexões da alma do que nas conexões dos reinos externos e físicos.
Haverá partilha e dedicação, e mesmo assim ambos os parceiros serão independentes e autoconfiantes. Não poderá haver co-dependência na Nova Terra. O equilíbrio é tão importante. Estes relacionamentos serão equilibrados e amorosos, entre duas pessoas igualmente fortes e dedicadas. Não haverá domínio, nem vítimas, nem dramas e abusos.

Haverá compromisso – compromisso com a relação e com o crescimento mútuo de cada um dos parceiros dentro da relação. E isto será verdadeiro para todas as relações, não apenas as amorosas e românticas. Amizades se tornarão experiências mais profundas e significativas, ao compreenderem que possuem famílias de alma, e que os seus amigos frequentemente são relações da alma intímas que aqui estão para amá-lo(a) e apoiá-lo(a) no seu trabalho no planeta. E quando as suas relações existirem neste novo estado de amor e equilíbrio, então sua sexualidade também será amorosa e equilibrada. E, mais uma vez os humanos aprenderão a celebrar e usufruir de suas energias sexuais e criativas de maneira vivificante e empolgante. E nós estamos aqui para trabalhar com vocês, amá-los e apoiá-los à medida que se mudam para este espaço afetuoso e cheio de amor.

Fonte: http://www.starchildglobal.com/portuguesa/articles/sexuality-pt.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário