terça-feira, 29 de julho de 2014

...


Ligue o som, e boa leitura :)

Como escrever o que estou sentindo, é impossível se trocar qualquer palavra com ele, sem que ele leve como uma acusação, como uma ofensa e eu já não sei mais ignorar o que sinto, eu sinto muito por ele, sei o quanto ele sofre, ele diz que eu faço isso com ele, mais sei que não sou eu, eu só digo de forma honesta e sem acusar sobre os meus sentimentos, os meus medos, minhas tristezas e que eu não consigo mais viver fugindo ou no autoengano, eu não sei ficar esperando o milagre, eu sei que milagres acontecem, mais eles não batem na porta de casa se eu ficar sentada esperando, eu sei que eu preciso correr atrás, pois o milagre acontece ai, quando eu não puder fazer, Deus fará o que for melhor.

Não carrego mais culpas que não são minhas, não me permito mais omitir e sufocar uma tristeza, aprendi a não vomitar meus sentimentos, aprendi a lidar com eles e hoje eu estou com o coração tranquilo, uma calma estranha a qual eu nunca senti, as vezes parece até uma calma egoísta, engraçado como nosso comportamento ainda tenta nos sabotar, porém me questiono: qual a real natureza dos meus atos e de verdade lá no fundo como resposta tenho o Amor, por mim e por ele.

Peço orações por ele, por nós.

Obrigada e fiquem com Deus

Nenhum comentário:

Postar um comentário