quinta-feira, 27 de março de 2014

recuperação



Por um bom tempo, entendia como recuperação ter uma vida "normal", trabalhar, pagar as contas, cuidar de mim, sair nos fins de semana com família e filhos, ter sucesso profissional, etc etc

Tudo que se refere a cumprir obrigações

Tudo que começa de fora

Tudo que os outros esperam que eu faça

Ok, existe momentos na vida que tudo ta um caos, as finanças, nossa aparência, nossa rotina, então precisamos começar a organizar e limpar a casa.

Entretanto, descobri que a recuperação vai muito além do que ter uma vida "digna" e "feliz" pra se apresentar a sociedade e todos baterem palmas: olha como ela conseguiu, é uma guerreira..

Ilusão...enquanto eu estive somente olhando pra fora, ainda eu evitava olhar pra mim e realmente começar a em modificar, pra não ter que me esconder atrás de um esteriótipo, da "mulher guerreira"

A recuperação começou a me ensinar que eu não vou mostrar o caminho da felicidade a ninguém, mas que posso apenas descobrir por onde devo ir

A recuperação me ensinou o quanto eu fui tola, em me sacrificar para poder exercer milhões de funções, para provar pra mim mesma e para os outros que eu era capaz.

Hoje a recuperação me mostra que eu sou apenas um ser humano, que quer aprender como viver a única vida que cabe a mim viver: MINHA PRÓPRIA VIDA

Sem ter que provar nada a mim e nem a ninguém, minha única obrigação é de aprender a me permitir e a recomeçar.

Um grande abraço, beijos e fiquem com Deus

Nenhum comentário:

Postar um comentário