quarta-feira, 26 de março de 2014

triângulo



Já ouviram falar no triângulo da auto obsessão?

Ressentimento, raiva e medo formam o triângulo da auto‐obsessão. Todos os nossos defeitos 
de caráter são derivados destas três reações. A auto‐obsessão é a essência da nossa insanidade.  
O ressentimento  é  a forma  como  a  maioria  de  nós reage  ao  nosso  passado.  É  o reviver 
contínuo de experiências passadas. A raiva é a forma como a maioria de nós lida com o presente. 
É a nossa reação e negação da realidade. Medo é o que sentimos quando pensamos no futuro. É a 
nossa resposta ao desconhecido, o avesso de uma fantasia. Estes três sentimentos são expressões 
da nossa auto‐obsessão. É a maneira como reagimos quando pessoas, lugares e coisas (quando 
passado, presente e futuro) não estão à altura das nossas exigências.
(fonte: http://www.csa-saopaulo.org/folhetos-livros-livretos.php)

Eu vivi entrando nesse triângulo, só substituir a droga pelo adicto o qual convivo, é exatamente isso que acontece:

Não quero mais viver o que vivi no passado (ressentimento)
Revivo o que eu não quero viver mais constantemente (raiva)
Confusão quanto a incerteza do futuro (medo)

Quando entro nesse triângulo, minha vida emocional paralisa, é como se qualquer movimento fosse causar um terremoto na minha vida, eu paraliso e vejo a vida passar...mesmo continuando com meus afazeres que eu faço muito bem no automático.

Preciso aprender a agir diferente, isso cansa.

Um bom dia a todos, fiquem com Deus

2 comentários:

  1. Bom dia mulher! Como quebrar o triângulo da auto obsessão? Reverter o negativo em positivo, transformar o ressentimento em aceitação, raiva em amor e medo em fé. O passado, o presente e o futuro sempre vão existir, então é aceitar o passado, amar o presente e ter fé no futuro! Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. transmissão de pensamento..vc digitava e por telepatia eu postava...kkk obrigada nega..bju

      Excluir