quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

fundo de Poço



Caramba, que merda, não acredito que estou aqui de novo, que coisa horrivel, será que se eu dormir e só acordar amanhã melhora??
Acorda Kel, você precisa ir trabalhar, tem as crianças, anda levanta...Me arrastando vou eu, olho ao redor, vamos lá Kel, faz uma prece: Deus...é Deus...bom acho que vou cantar "Senhor fazei-me instrumento de vossa fé, onde houver ódio que eu leve o amor"...Aiii meu pé cachorra, sai daqui!!
Tô cansada, eu não quero mais ficar aqui em baixo, lágrimas rolam, eu preciso fazer alguma coisa, não adianta ficar assim, olhe pros seus filhos, deixa de ser mau agradecida, você tem saúde, um bom emprego, puta que pariu ele nunca vai parar, que droga, porque não some da minha vida.
Já sei, preciso fazer algo pra afasta-lo de mim, não sei conviver com ele, não sei  conviver com isso e quem sabe também ele acorde.
Derrepente, algumas lembranças, meu Deus como é cego, e não adianta fazer nada eu já sei disso, como eu saio daqui? Preciso de ajuda, eu grito: "Ei alguém ai em cima, to aqui me ajudem como faço pra sair?
Então ouço as respostas: Amiga, nega, Kel, Amore e as cordas vão sendo jogadas eu olho pra cada uma e vejo aonde elas vão me levar, me sinto insegura...respondo Gente...não consigo, to sem força assim eu não vou conseguir...Em seguida ouço, nega vc não está sozinha, tamu junto, acalma seu coração, respira, se fortalece.
Eu choro, meu Deus não aguento ficar aqui eu preciso sair...
O dia passa eu tento em vão, estou sem forças, não consigo me mover, é muita coisa, tudo dificil, tudo dói, só dor e mais dor, como eu fui voltar pra cá?? Como me permiti a isso...
Então eu ouço: Sou Humano, não consigo sozinho, sou pequeno me de sua mão e me ajude meu Deus...
Choro, coloco pra fora toda aquela agonia, o coração se acalma, fraco, ele adormece.
Antes de adormecer consigo pedir: Deus me ajuda.
Nasce mais um dia, ao acordar coração calmo, sereno, leio algumas palavras que me fortalecem, me trazem pra realidade: "Calma você não precisa decidir sua vida em um dia, a recuperação é a conta gotas", "Não se esqueça você não pode fazer nada, apenas cuide de você e de seu filho, é impossível evitar que as atitudes dele respinguem em você, mais você pode se cuidar"
Em silêncio e com os olhos cheio de lágrimas agradeço: Obrigada Deus, ele me responde: Minha filha, confia, se acalma você não está sozinha, vai lá e passa pela porta que mandei abrir pra você, acredita.!!

E assim começa meu dia, ontem o que vivi foi fundo do poço de um codependente, ao ver meu familiar usar drogas e ter que lidar com um turbilhão de sentimentos, me perdi de mim mesma e cai de novo nesse buraco, mesmo com toda ajuda que tenho, me perdi, tudo bem é dificil mesmo lidar com isso, se fosse fácil não diríamos que : SOZINHO EU NÃO CONSIGO.

Eu preciso muito de vocês, e digo a todos familiares que vivem isso, você não está sozinho, não se envergonhe, pode vir estamos de braços abertos te esperando.

Eu seguro minha mão na sua e uno meu coração ao seu para que juntos possamos fazer aquilo que sozinho eu não consigo.

FIQUEM COM DEUS

5 comentários:

  1. Querida kel, tambem estou vivendo esta confusao em minha vida e tem muitos momentos em que não sei o que fazer. Estou tentando seguir o lema um dia de cada vez, mas é muito dificil!! Tem horas que me sinto sozinha no mundo . Confie em Deus , só ele pode nos tirar deste desespero. Estamos juntas. Um grande beijo e muita força !!!

    ResponderExcluir
  2. OI KEL, VOU ORAR POR VC, ACREDITO MUITO NO PODER DA ORAÇÃO E SAIBA QUE MESMO SEM TE CONHECER A NOSSA LUTA NOS UNE ! QUE O SENHOR TE RENOVE E TE DE MAIS FORÇAS.

    ESCUTE ESSE LOUVOR, ACHO QUE VAI TE FAZER Bhttps://www.youtube.com/watch?v=NhTFVQOqDNEEM:

    ResponderExcluir
  3. Querida, as pedras aparecem pelo caminho, com o tempo apreendemos a desvia-las... tudo bem, você tropeçou, levantou e continuo caminhando. Serenidade! Mega beijos e sinta-se abraçada.

    ResponderExcluir
  4. vlw galera...bjus e muito obrigada a todos...hoje estou beeeemmm melhor...

    ResponderExcluir
  5. sabe olhando pra esses dias atrás...e fazendo o tal inventário...percebo que começo a me desestabilizar por coisas tão idiotas q não tem nada haver com adicção...mais que me levam a abrir uma brecha na mente para que minhas fraquezas venham a tona...mais sincerametne...na hora q acontece parece o fim do mundo...depois que passa....vejo que é só a vida querendo em ensinar a ser mais forte

    ResponderExcluir