terça-feira, 3 de dezembro de 2013

o Rei Bebe



Bom dia Galera!!

Tudo em paz por aqui (pelo menos comigo)..rs

Ontem o rei bebe aflorou no moço, fiquei a reparar suas atitudes e vi meu filho de  6 anos quando digo NÃO a ele...rs...

Na minha visão o que acontece é que o cérebro dele está gritando por drogas, os neurotransmissores devem estar lá de prontidão esperando aquele bando de hormônio de bem estar que a droga proporciona.

Quando isso acontece, o Dú deixa de achar graça ou ver prazer na sua vida, ele começa a ficar triste, mas continua conformado, não trabalha a sua tristeza pra transforma-la em aceitação e poder modificar a sua própria vida, fica esperando que algo mágico ou que alguma surpresa como ganhar na loteria aconteça pra que ele possa resolver tudo que não lhe agrada, os dias passam ele não ganha na loteria (e pior nem joga né) e vem a frustração de olhar pra sua própria vida e ver que ta tudo uma mer$#, nada do jeito que ele gostaria e pior não tem como mudar, não do dia pra noite e o cérebro lá gritando: QUERO DROGA.

O "homi" explode, e vai afetar quem estiver perto, ontem os responsáveis pela vida dele ser uma merda era eu e meu pai..rs..então ele me ligou com essa frase ensaiada: Você ta querendo se vingar de mim, tá conseguindo, vc ter ido morar com seus pais ta me afundando...

Na hora juro que tive vontade de rir...pensei gente que maluquice é essa agora...

Mais respirei e respondi: Você conheceu as drogas a quase 20 anos, conhece eu e meu pai há 7 anos e a gente quer te afundar? Antes era sua ex e o pai dela...sinceramente

Ai ele veio com as acusações de sempre, quis me provocar, falou mau do meu pai, deu uma de coitadinho eu ouvi tudo e quando ele ficou quieto, respondi: Escolhas, são suas escolhas que te levaram a estar desse jeito, não adianta querer culpar ou querer me provocar, eu já te perdoei e nada do que vc me diz me afeta, quer mudar sua vida escolha agir diferente, pq ficar berrando não vai adiantar nada.
Ai que o homi gritava, ficou nervosinho porque não conseguia me tirar do sério, ficou caçoando dos grupos, tentando me ironizar, até que ele soltou, porque acha que eu devo sofrer, mais você não gosta de sofrer tanto que foi embora, se você acha que eu tenho que gostar de viver sofrendo, você devia então aceitar sofrer também.
Eu calmamente respondi: Eu aceito sofrer, desde que esse sofrimento tenha sido provocado por um erro meu,ai fazer o que vou colher o que plantei, agora se você ta me propondo que eu viva ao seu lado sofrendo porque VOCÊ USA DROGAS, a nego na boa, não mais, você quer escolher o caminho do mau, da destruição vai lá boa sorte, porque eu já sofri muito ao andar nesse caminho do seu lado, POR MINHA ESCOLHA, sofri e resolvi mudar, superei e não é por isso que fico te culpando de nada, afinal eu fiz tudo porque eu quis, agora sofrer as consequências dos seus atos, não da mais não já foi, já deu.
O que posso lhe dizer ou sobe, ou desce mais, só que uma hora vai ter que subir de volta, não adianta fugir e lhe digo quando mais fundo mais sofrimento.

Ficou quieto e parece que rebobinou a fita na mente dele e voltou com o discurso, interrompi e lhe disse: Não adianta reclamar, você só está colhendo.

Ele continuou a gritar, espernear, bater o pé, eu lhe disse educadamente: Vou desligar preciso cuidar das crianças, não adianta ligar que não vou atender, tchau e boa noite.

Celular e telefone no silencioso...rs...

Antes de dormir ele me ligou, atendi, estava manso, no inicio até que ouvi ele pegando ar pra desembestar a falar, interrompi: para nem começa, me respeita eu to indo dormir amanhã eu acordo cedo.

Ele emburrado disse tchau e desligou e não ligou mais.

Olha se fosse há um tempo atrás eu tinha socado ele pelo telefone, mais dessa vez me surpreendi, ele não me afetou, e isso foi devido ao que aprendi:

- Aceitar as pessoas como elas são
- Perdoar meu próximo
- Respeitar meus limites
- Humildade pra pedir ajuda
- Estreitar meu contado com o Poder Superior

Fui dormir leve e acordei leve, pois não me ofendi, não ofendi a ele, já o perdoei sem ele nem pedir e respeitei meus limites, não passei em cima das minhas prioridades pra brigar com ele.

Quanto a ele não sei, só estou orando ou rezando pra que ele encontre a luz nesse labirinto dentro de sua mente.

Bom dia e fiquem com Deus

Nenhum comentário:

Postar um comentário