quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

o que verdadeiramente Importa?



O que verdadeiramente importa?

Eu não sei há quanto tempo ele está limpo e se está conseguindo se manter limpo, mais o que importa? Até aonde vai meu limite em relação a sua adicção?

Meu limite é: desde que seus comportamentos não me afetem o problema é seu, se passar uma linhazinha chamada LIMITE...ai sim já era.

As coisas estão assim, e quando o descontrole emocional aparece acaba ascendendo as minhas luzinhas de emergência..

Devido as minhas mudanças por mais que eu de umas derrapadas, quando acontece algum "piti" do rei bebê, eles já não tomam as grandes proporções que antigamente tomavam, não mais é apenas uma criança mal criada que bate o pé e fica falando sozinha, então logo cansa e logo para..rs..

E quando as coisas estão bem, a gente aproveita..rs..vive...ama, abraça e curte a familia.

É isso que importa, estar em paz.

Acho que nunca soube o que era verdadeiramente estar em paz, esse natal foi diferente, em PAZ...pq ele tava bem? Claro q isso ajudou mais não foi o fator principal...pq ele já esteve bem em outros natais mais o medo me dominavam e quando na ativa, a raiva tomava conta.

Nesse natal não...eu estava feliz em paz....mesmo não tendo certeza de nada.

Pra mim é isso que importa...me amar e me respeitar pra ser feliz :) 

Um comentário:

  1. Olá, conheci o blog hj e já vi que vou vim aqui todosssss os dias!!
    Muito me identifico com vc...tb tenho um relacionamento com adicto. Queria tb partilhar um pouco com vc. Se tiver um e-mail manda p mim. O meu é: lubas_bt@hotmail.com
    Bjossss

    ResponderExcluir