segunda-feira, 25 de novembro de 2013

limites, autoconhecimento, espiritualidade...MINHA SALVAÇÃO




Bom dia galera...

Final de semana tranquilo, o Dú..ta bem aparentemente, não to dando uma de detetive da vida dele, pra saber se ele usou ou não, até desconfio de algo semana passada, porém desconfio não tenho plena certeza e até o momento ele tem respeitado meus limites, me tratando melhor impossível,eu a aos filhos, colaborando mais financeiramente, é até de se estranhar..kkkk..mais enfim, não sou detetive mais também não sou idiota e se nego quiser continuar na vida "loka" como digo uma hora a casa cai, e passando o final de ano, niver de minha filha e o fórum voltando do recesso ele ta avisado..perdeu playboy..ou a sua família ou as drogas.
Esse final de ano não vou mudar meus planos mais nem ferrando por causa da sua adicção, aniversário da minha pequena marcado, (não fiz ainda festinha pra ela) ela faz 3 anos dia 23/12 e o ano todo me pede: "vamo faze meu nivesário?"...rs...Vamos minha muleka, esse ano vamos e de princesa...rs
Programando uma viajem, nada muito caro, essas promocionais mesmo, uns 3 ou 4 dias em uma pousada, litoral ou interior tanto faz to pesquisando ainda as melhores ofertas.

Esse ano me dou o direito de viver momentos felizes, independente do OUTRO...seja lá quem for esse outro.

Ontem na palestra espiritual, foram dito coisas sobre como auxiliar uma criança ou a outra pessoa:

" Se seu filho não estuda, você o incentiva mais ainda assim ele não estuda, não faça POR ELE, deixe que ele repita o ano, isso será uma consequência de uma escolha feita por ele e um ótimo aprendizado"

"Por vezes amamos tanto que protegemos demais, e tiramos a oportunidade da pessoa aprender na maior escola que vivenciamos, a escola da vida"

"Devemos ajudar quem está caído a se levantar, mais a partir do momento que a pessoa se encontra de pé, cabe a ela caminhar com suas próprias pernas"

" Quando tomamos a frente da vida de outras pessoas mesmo que em nome do amor, tiramos dela o livre arbítrio, e suas oportunidades de aprendizado"

Os limites no caso de quem convive com um dependente químico, deve sempre ser imposto não pra eles mais sim pra NÓS.

Como ter limites bem definidos?

Precisamos saber quem somos e o que queremos pra nossa vida, a partir desse ponto saberemos o que realmente é de nossa vontade e o que por vezes fazemos apenas por culpa, por necessidade de aceitação, por medo e tantas outras coisas que nos fazem reagir e não agir.
Outro ponto importante é traçarmos objetivos viáveis analisando a nossa vida.

Um exemplo: Como impor limites

Gente o que mais tem me ajudado nessa luta contra mim mesma e também contra a dependência quimica é o CONHECIMENTO.

Eu leio muito, mais de 5 livros por ano, leio temas relacionado a dependência química, temas relacionados a codependência, temas relacionados a espiritualidade, sobre a mente humana.

Leio, assisto palestras nos grupos, no you tube, no templo religioso de minha preferência, nos blogs, nos grupos virtuais.

Acreditem, tem muita coisa muito, mais infinitamente mais interessante e compensador do que a "cena" do século das novelas brasileiras.

Tu acha que não tem tempo? Eu era uma noveleira de carteirinha, comecei trocando um dia da novela por um livro e sinceramente hoje nem assisto mais novela...kkk embora eu ainda ache legal, mais vejo o quanto essa mudança me acrescentou e o quanto hoje consigo viver de forma mais equilibrada, graças a minha vontade de mudar.

Bora arregaçar as mangas e fazer algo novo e diferente?

AFINAL É INSANIDADE QUERER RESULTADOS DIFERENTES FAZENDO SEMPRE AS MESMAS COISAS

QUE COMECE POR MIM

Um ótimo dia e fiquem com Deus

Nenhum comentário:

Postar um comentário