quinta-feira, 14 de novembro de 2013

como ajudar um dependente quimico a Querer parar de usar drogas?





Bom dia galera!!

Acredito que a resposta pra essa questão é o que todos nós familiares que convivem com um dependente químico, gostaríamos de ter, o que ou como fazer.

Ouvimos muito que o dependente químico só para de usar drogas se quiser o que é uma verdade, isso de certa forma contribui para que nossa esperança diminua, muitas vezes nos fazendo desistir de acreditar, nos levando a pensar "ele não tem mais jeito".

Não desistam, tem jeito sim, como ouvi em uma palestra do Augusto Cury " A mente humana é como um cofre, não existe cofre inviolável, precisamos achar a chave certa, não tentem arrombar cofres tentem encontrar a chave que pode ser a correta e poder ajudar a libertar uma pessoa de sua prisão mental"

Refleti muito sobre isso, e com minha vivência nesse mundo dependencia quimica e codependência, encontrei uma forma (no meu modo de pensar) de lhes dar um direcionamento para a questão acima, ou a forma mais rápida de se ajuda-los a encontrar a chave de sua mente.

Imaginem que a droga seja a namorada(o) do seu filho(a).

Você sabe que essa namorada(o), não é uma boa pessoa, não por julgamento, mais porque todas as pessoas que se envolveram com ela tiveram grandes perdas em sua vida, muitas vezes chegando até a morte.
Mas seu filho (a) está completamente apaixonado, ele(a) não percebe os prejuizos, o prazer de estar ao lado da namorada(o) é maior do que qualquer outro sentimento, e estar longe dela(e) é o maior de todos sofrimentos.
Como faze-lo despertar?
Se você adotar uma postura agressiva, com ameaças, com ofensas a ele(a) e a sua namorada(o), a única coisa que conseguirá é uni-los mais ainda, pois quando ele(a) está longe dela, se sente sozinho e muito triste, se você insistir em somente acusa-lo ou agredi-lo ele ainda irá preferir a compania dela(e), ela até pode lhe fazer sofrer, mais ainda lhe da muito prazer.
Se você adotar uma postura facilitadora, mãezona, amigável, do tipo:" filho traz sua namorada pra dentro de casa" com a intenção de poder vigia-lo e protege-lo dela, estará o deixando em uma situação muito confortável para nunca querer larga-la, poque agora ele(a) tem tudo, o prazer que a namorada (o) proporciona e a mãezona para aliviar a dor imediatamente quando a namorada(o) não estiver por perto.
Não tente comprar o querer do seu filho(a) querendo mostrar que você pode oferecer mais conforto e prazer do que a namorada(o), não adianta você oferecer o mundo a ele(a), pra que nunca mais ele(a) procure sua namorada(o), porque seu filho(a) vai usar tudo o que você lhe dá pra viver mais intensamente ainda ao lado de seu "amor"

O que você pode e deve fazer?

Conhecer a namorada(o) de seu filho(a), conhecer quais sentimentos, quais sensações essa namorada(o) lhe proporciona, não digo para sair com ela(e) também, nunca faça isso você poderá também se apaixonar se tornando mais um prisioneiro, entretanto existem lugares que podem lhe dar essa informação, os grupos de apoio, onde temos palestras, temáticas, leituras sobre o assunto, troca de experiência com pessoas que passam pela mesma situação do que você, médicos, psicólogos.

Ao mesmo tempo que você vai descobrindo os detalhes desse romance, você passa a enxergar uma forma diferente de agir, colhendo melhores resultados, porém muitas vezes a ação que precisa ser tomada lhe deixará inseguro, por isso outra coisa muito importante é que você aprenda a se conhecer, seu intimo, seus sentimentos, seus pensamentos, pra que você tenha um controle sobre si mesmo e possa ajudar com eficácia a seu filho(a)
Quando você passa por esses dois processos, então você percebe que começa a ser mais assertiva, tudo o que seu filho(a) precisa para entender que deve se afastar dessa namorada(o)  é que a vida dele NUNCA será boa ao lado dela(e).

Pra isso não devemos machuca-lo mais do que ele próprio se machuca e nem evitar que ele sinta as dores deste relacionamento, precisamos estar ao seu lado, precisamos estarmos bem e seguros de si mesmos, lhe mostrando com atitudes que vale a pena viver de outra forma com um amor saudável e em paz.

Essa é a única forma de ajudar um dependente químico.

Ninguém que eu conheça conseguiu alcançar a esse equilíbrio sozinho, todos de alguma forma buscam ajuda, e quanto mais ajuda mais rápido e mais claro se torna o caminho.

Digo a vocês familiares: querem ajudar a seu filho(a) se recuperar e ter esse real QUERER de largar as drogas?

BUSQUEM AJUDA E INFORMAÇÃO

Fiquem com Deus e ótimo feriado

5 comentários:

  1. PERFEITOOOOO...AMEI SEU PONTO DE VISTAAAAA.....ME PASSA SEU FACE .....EU GOSTARIA MUITO DE PARTICIPAR DE GRUPOS MAS NAO TENHO COM QUEM DEIXAR AS CRIANÇAS UM GRANDE ABRAÇO E OTIMO FIM DE SEMANA...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. aninha me manda um email netrak_r@hotmail.com...ai te add...bjus

      Excluir
  2. É isso aí Kel, só podemos ajudar os outros se primeiramente buscar ajuda pra nós mesmos, se a nossa doença da codependencia estiver gritante fica dificil mesmo. otimo post nega!! bjuuuuu

    ResponderExcluir
  3. Exatamente isso! Estou doidinha pra ver o vídeo do Cury, mas cadê o tempo? rsrs... Informação de qualidade é uma arma poderosa, e é também uma chave capaz de abrir muitas portas... Bjão! TMJ!

    ResponderExcluir
  4. Olá Kel, boa tarde.

    Meu nome é Tony e sou um ex dependente químico e já se foi 23 anos limpo. Parabéns pelo trabalho e pela forma como vc coloca suas observações. Alias o que sempre falo aos pais ou qualquer outro membro de uma família que vive esse problema é de jamais desistir e sempre investir mais e mais na família como um todo. Gostaria de fazer uma observação quanto a "mente humana como um cofre", as vezes nem precisamos de chave para entrar dentro dessa propriedade e sem arrombamento também, basta as vezes um pequeno grampo de cabelo e esta tudo aberto. No meu ponto de vista tudo procede do coração ali sim mora o problema e quando falo de coração não é esse coração apaixonado e sim esse coração carente de todos os sentidos mais relevantes do verdadeiro amor. Quando falo de AMOR quero colocar aqui nossa primeira e maior paixão que é o DEUS que nos criou e nos fez antes da fundação do mundo, Infelizmente temos substituído o DEUS verdadeiro pelos deuses apenas dos milagres e da prosperidade e esquecendo as verdadeiras raízes de como conhecer a DEUS e acima de tudo, buscar N'ele as respostas para nossas ansiedades e angustias que muitas vezes são o maior combustível para buscar as drogas.
    A dependência química pode não ter cura mais tem controle, então busquemos abrir nosso coração a DEUS para que ELE venha fazer morada em nós. Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo. Apocalipse 3:20, Ele não entra quando não é convidado, ELE entra e cura aqueles que o querem em sua vida.
    Parabéns e que Nosso DEUS lhe ilumine a cada dia.

    ResponderExcluir