segunda-feira, 9 de setembro de 2013

o fio Desencapado


Bom dia Galera

Tudo tranquilo por aqui, ontem saiu uma discussão entre eu e meu excelentíssimo marido nada a ver com dependencia quimica mais sobre responsabilidade, tudo por causa de 4 pacotes de fralda..kkk...eu continuo pedindo que o PS me de paciência pq realmente eu não entendo ainda como uma pessoa tem dinheiro pra comprar um perfume "caro" e quando se fala que os filhos estão precisando de algo começa da uma de doido enrola, fala, canta mais não faz e nem é direto em seu posicionamento, isso ainda me tira do sério.

E domingo fui a minha palestra espiritual, muito interessante os tópicos abordados, um deles foi sobre o titulo do post "o fio desencapado"

Nós somos como fios desencapados, se encostar em determinado ponto damos choque, quer dizer que todos nós em algum momento de nossas vidas vamos passar por situações as quais uma outra pessoa irá nos afetar, seja com uma atitude, com uma palavra ou até mesmo com seu silêncio.

Eu super me identifiquei e pensei que há uns tempos atrás eu vivia em curto..kkkk..não sabia compreender e perdoar de imediato, quando alguém encostasse nessa parte desencapada levava logo uma carga de  1000 volts...e quem era prejudicado com isso, eu e a pessoa que ousou enconstar nessa parte.
Levei e dei tanto choque que estava a ponto de explodir...rs...aos poucos fui aprendendo a colocar uma fita isolante nessas áreas desencapadas, e hoje são bem menores, porém ainda existem várias que vira e meche alguém vem e coloca o dedo...rs

O palestrante nos ensinou que fita isolante usar para  nos proteger de nós mesmos: a compreensão e o perdão.

Compreenda que a pessoa que te feriu pode estar em um dia ruim, a perdoe, e se essa pessoa for assim mesmo, não queira muda-la, entenda que ela lhe da apenas o que tem dentro de si ore por ela

Conseguindo colocar isso em prática, com o tempo os choque serão menores, e você aprenderá a se proteger mesmo antes de acontecer o choque, na teoria é fácil né...rs...então perguntei ao palestrante, qual seria o limite entre perdoar e compreender e ser passiva, dei um exemplo, se alguém me da um tapa na cara, ok eu compreendo e perdoo essa pessoa, mais se ela insiste em querer me agredir, o que fazer compreender e perdoar sempre e aceitar esse tapa na cara dela?

Ele me respondeu o seguinte: existem pessoas que você conhece e sabe as atitudes que ela é capaz de ter, então não se exponha, não se coloque em risco, evite as situações as quais ela poderá lhe ferir, mas nunca deixe de orar por ela.

Nessas horas pensei, é fácil quando se trata de um conhecido, um colega e quando está pessoa é um familiar...JESUIZI JUDA EU..kkk

Não é fácil galera, mais olha que legal, tudo isso se encaixa com os princípios do Amor Exigente, os passos do NARANON e NA.

Me lembrei do EVITE e PROCURE do NA
Me lembrei dos LIMITES que aprendi do AE
Me lembrei do lema "Que comece por mim", " Só posso mudar a mim mesma"

Não importa o caminho, o legal é você tentar colocar em prática, você vai errar muito no inicio, mais volte e tente diferente.

Recuperação é isso NUNCA DESISTIR DE SI MESMO

Bjus e fiquem com Deus

Nenhum comentário:

Postar um comentário