segunda-feira, 2 de setembro de 2013

até que ponto é Codependência?



Bom dia Galera

Final de semana em paz graças a Deus
Sábado foi formatura da minha cunhada, e correu tudo tranquilo, sem brigas do Dú com o cunhado dele e sem bebida alcoólica, nos divertimos, dançamos esticamos a noite, foi show.

Conversando com o Dú sábado, nossa ele era outra pessoa, chegou em casa amável, educado com meus pais, paciente, prestativo e eu como adoro uma piada, disse a ele:
- Calmou foi? andou meditando, viu passarinho verde você tão tão diferente hoje, não ta chato, ta legal
ele riu e me respondeu:
- Não vai me da parabéns?
- Eu pq?
- Completei 8 meses limpo hoje
- Muito bem, parabéns não pq já é demais né...rs..ai contei uma piada que vi no face onde o filho fala pra mãe "mamãe hoje completo 3 anos limpo vc não vai dar os parabéns? Ela responde: Meu filho eu estou limpa há 50 anos e nem por isso estou soltando fogos, meu amor...rs..kkk

Ele deu risada e desabafou:
- Não sei o que acontece, mais sempre quando estou perto de completar mais um mês limpo  eu fico mau pra caramba, ontem foi um dia que eu tava ruim, faltou pouco pra eu não ir tomar uma cerveja, é estranho, parece que eu não to mais no controle, é como se eu tivesse dirigindo umcarro e soltasse a direção e deixasse que alguém guiasse.
Eu ouvi ele desabafar e disse, é por isso que vc fica em crise,  analisando todos os anos que vivi com vc e esses dois meses repara, sempre antes de te dar isso você fica insuportável, era assim quando vc estava na ativa, antes de usar nem vc se aguentava de tão chato insuportável ficava, queria brigar por tudo, vc viu essa semana o motivo? É uma espécie de TPM...rs...no seu caso TPA (Tensão Pré Abstinência), já vou marcar na agenda o dia que começa que é pra mim ficar bem longe..kkk
Pq meu haja paciência, haja saco...eu ainda não tenho o suficiente pra saber tolerar certas coisas...rs
Ele deu risada e passamos o dia bem.

Hoje me peguei pensando, até que ponto minhas reações tem haver com codependência?
Acredito que se eu estivesse parando minha vida, deixando meus sentimentos e principios de lado, tentando controlar ai sim eu estaria tendo um comportamento Codependente.

Mais semana passada não foi o caso, eu fiquei mau, pq uma pessoa me magoou, me ofendeu, foi grosso.

Qualquer pessoa no meu lugar se sentiria da mesma forma, codependente ou não.

Ai na convivência com um adicto em recuperação no caso o de minha convivência, ele é uma pessoa totalmente instável, uma coisa fora do normal, pessoas tem suas instabilidades, mais não na mesma intensidade e frequência que ele, não isso não é normal, pra mim isso é consequencia do uso abusivo de drogas ou bipolaridade...mais dizer que é normal do ser humano, há não é meeeesssmooo.

Mais enfim, a ele eu não posso mudar, somente a mim, então me pego pensando o que fazer e como fazer?
Eu saberei lidar com essas situações? Não sei, tenho buscado me tornar uma pessoa melhor, mais viver certas coisas não sei...mesmo amando, mesmo perdoando...sinceramente não sei.
E só por hoje eu me dou esse direito de ter essa questão sem resposta, pq a resposta está dentro de mim.
Só acharei quando voltar a me estudar, acredito que o passo 2 me ajudará bastante com isso.

Enquanto isso entendam que além de codependentes vcs também são pessoas que tem sentimentos e se sentir triste ou magoada com as atitudes que alguém tenha com vc é normal.


AFINAL SOMOS HUMANOS

Fiquem com Deus


2 comentários:

  1. A instabilidade realmente faz parte do adicto, vejo meu o meu marido, melhorou muitas coisas mas ainda é uma pessoa instavel, nem todos os dias mas as vezes ele tem as 4 estaçoes do ano num dia só, é o que v c disse amiga, tem coisas que muitas vezes não mudam pelo uso abusivo de drogas, e isso não podemos mudar, só ele mesmos podem controlar isso, nós vamos trabalhando nossa cabeça, mudando a nós mesmas, e isso funciona !!!! Que bom querida q vc teve uma conversa bacana com o Du, e parabens pra ele por enfrentar e vencer os leões de cada dia!! beijooo

    ResponderExcluir
  2. A instabilidade diminui com o tempo... afinal ele ainda passa por crises fisicas de abstinencia... isso passa...

    ResponderExcluir