quinta-feira, 29 de agosto de 2013

exercitando



Bom dia Galera

Pois é quem pensa que recuperação é tocar arpa no céu, está muito enganado, recuperação é raspar a ferida pra cicatrizar, no inicio doi pra caramba, mais depois da força que ganhamos pra não nos permitir machucar da mesma forma é uma sensação de liberdade, de dar valor ao que realmente importa e saber que você pode tudo, pq tudo está na sua mente a forma com que vivencia e encara os fatos, a forma com que escolhe viver, somos o que nos permitirmos ser.

Ontem o clima entre eu e o Dú estava tenso, complicado, ele passando por uma crise não sabendo lidar com sua vida, seus sentimentos acaba descarregando toda essa energia na pessoa mais próxima a ele que sou eu, e no fim eu ainda abro algumas brechas e acabo sendo atingida de raspão por esses sentimentos destrutivos, culpa dele? Não, responsabilidade minha, as pessoas são o que devem ser eu que devo saber viver com elas, impor meus limites.

Uma frase muito sábia do Chico Xavier nos ensina um pouco sobre isso:

Aos outros permito que sejam como quiser e a mim como devo ser"

Pois é e eu como um ser humano cheio de imperfeições caminhando em busca de aprendizados, tenho tido dificuldades em alguns exercicios que a vida tem me dado de lição.

Mais vejo progressos, antes eu passaria dias, remoendo os sentimentos por causa dos outros, hoje eu ainda sinto a carga negativa de certos sentimentos, mais hoje eu sei que posso e devo escolher como lidar com eles.

Sozinha eu nunca iria conseguir, só consigo com a ajuda de Deus e de meus iguais, madrinhas, amigos, grupos, vocês leitores do blog que deixam mensagens nos posts.

O Dú até ontem ainda estava batendo cabeça pq teima que sozinho da conta, não, não dá.

Ele vai conseguir superar se superar quando ele entender isso que sozinho ele não da conta, quando ele pedir ajuda.

Mais pra isso ele precisa reconhecer que está errado na forma de pensar, só existe uma verdadeira mudança quando admitimos a nós mesmos que estamos errados, enquanto achamos que estamos cheio de razão, não há necessidade de mudar.

Enquanto isso eu faço a única coisa que posso por ele, pedir a Deus que o proteja dele mesmo.

Ontem ele me pediu desculpa e disse chorando: Eu to tentando, to lutando mais não seis e vou conseguir...olha a insanidade prefere ceder a doença do q ir a um grupo

Bom dia pra vcs e fiquem com Deus

3 comentários:

  1. Só mudamos quando a dor de permanecer igual for maior que a dor da mudança... pra ele ainda dói mais admitir que tem uma doença do que sofrer sozinho... vai entender...

    ResponderExcluir
  2. Isso eh f... preferem a dor do que avida o amor... eh triste!

    ResponderExcluir
  3. Passando exatamente por esse momento....tenso. graças ao grupo, eu estou me saindo muito bem. Bjs, amo o blog.

    ResponderExcluir