segunda-feira, 29 de julho de 2013

ouvir qualquer um ouve, mais será que você sabe ESCUTAR?

 

 

 

Significado de Ouvir

v.t. Entender, perceber os sons pelo sentido do ouvido, da audição.
Atender, escutar.

Significado de Escutar

v. t.
Dar atenção a.
Tornar-se atento para ouvir.
Andar indagando.
Perceber.


Bom dia Galera, tudo em paz por aqui...

Repassando um palestra que assisti nesse domingo no "templo religioso" de minha identificação:

Todos ouvimos, mas quantos de nós escutamos?

Escutar vai além de simplesmente ouvir o desabafo de alguém, as pessoas que nos procuram para desabafar, normalmente estão passando por dificuldades e nem sempre o que sair da boca dela será agradavel aos nossos ouvidos.
Escutar é uma das mais belas caridades
Para ouvir, usamos o ouvido, mas para escutar devemos usar o coração.
Usar nosso coração com todo amor e caridade que temos dentro de nós, sem julgamentos.
Devemos esperar a hora certa de falar, e devemos sim dar uma opinião.
Devemos dar uma opinião com amor e humildade, e não como dono da verdade.
Não devemos usar frases de efeito, pois isso mostra que na verdade só ouvimos o que essa pessoa disse.
Devemos dar atenção e quando encontrarmos afinidade com a experiência relatada, podemos e devemos ajudar.
Se imaginem no lugar de uma pessoa que está no olho de um furacão, esta lhe procura para desabafar desesperadamente, e ao final do seu desabafo você lhe diz uma frase, que pra você hoje faz todo sentido "tudo passa", mais pra quem está vivendo a turbulência será muito superficial e dificilmente tocará o coração desta pessoa.
Ouça e escute com tranquilidade, não interrompa quem estiver desabafando, espere a hora certa de falar, sempre com amor e humildade.
Tenha paciência, muita paciência, nem sempre será em um único desabafo que a doença sairá totalmente pela boca e a cura entrará pelo ouvido, muitas vezes se precisam de muitas doses até se obter a cura da alma.
Lembre-se sempre de se colocar no lugar do próximo quando for escutar, para evitar julgamentos.
Se queres  fazer uma grande caridade neste mundo, escute com o coração, não se preocupe em fazer obras grandiosas, comece em casa, escute seu familiar...mas se lembre ESCUTE e não somente ouça.

Lindo né...me emocionei, e me lembrei de quantas vezes eu apenas ouvi as pessoas e não as escutei verdadeiramente, me lembro também de quantas vezes desabafei e fui apenas ouvida e não me escutaram.
Pensei como o mundo seria diferente se as pessoas escutassem umas as outras.
E tentei colocar em prática no final de semana...kkkk...vamos aos causos:

Sábado fui pintar o cabelo, estou loiraçaaa de novo..rs...o Dú me encontrou no salão e fomos no shopping, eu estava procurando um celular, foi um passeio rápido tinha q voltar logo por causa das crianças, e apenas sentamos pra tomar chocolate quente, e foi engraçado pq tanto eu quanto ele, antigamente só saiamos pra tomar cerveja...rs...então tem sido pra nós dois uma descoberta, uma nova maneira de viver, e eu não decidi parar por conta dele não...rs..foi depois q enfiei o pé na jaca no meu aniversário que perdi a vontade...rs....ele estava tranquilo, o sábado terminou em paz.
Domingo acordei fui a palestra como de costume de manhãzinha, quando cheguei em casa, ele me liga extremamente irritado, perguntei o que tinha acontecido, ele disse que não queria falar, então deixei quieto.
Ele chegou em casa perto das 13:00hs, totalmente "embarulhado", perguntei o que aconteceu ontem vc estava tão tranquilo? Ele não quis entrar em detalhes, mais pelo que percebi brigou com a mãe.
O dia passou, ele com cara de merd%$#...e eu curtindo o frio dentro de casa, embaixo das cobertas com as crianças, quase não nos falamos, quando era umas 18:00hs, uma amiga me liga, me chamando pra viajar semana que vem, eu falei que não sabia, que hoje dava uma resposta,
Como uma codependente com aquela eterna necessidade de aceitação, na hora me questionei, e seu eu for o que o DÚ vai pensar e se eu não for o que ELA vai pensar?
Lógico que o bunitinhu do Dú veio com crise de ciúme pro meu lado, eu respondi que se eu quisesse ir eu ia e pronto não seria pelo ciúme dele que eu deixaria de ir, enfim, fiquei em paz porque sinceramente eu não sei se quero ir, sei lá to numa pegada diferente, e eu to ligada como são essas viagens, antes eu adorava, muita cerveja, muita pegação, mais eu vou com as crianças, no sitio tem piscina, não sei se vou ficar tranquila, pra olhar os 2 pequenos sozinha, pq o restante do pessoal vai encher a cara...rs....então não to muito afim de ir não...curioso como codependente antes de aceitar um convite pensa primeiro no que os outros vão pensar se ela for ou não for...rs...ainda bem que percebi isso e antes de embarulhar me perguntei eai Rachel VC quer ir?...rs..
Voltando, a crise de ciúmes do Dú, resultou em um longo desabafo dele, e eu tentei aplicar o que tinha aprendido de manhã, passei a escuta-lo.
Ele desabafou que a mãe dele, disse a ele que era melhor ele procurar outro lugar pra morar, enfim ta se sentido rejeitado e com muita magoa da mãe, diz ele: Eu só vou pra casa pra dormir, almoço fora pra não dar despesa, vejo ela uma vez na semana e ainda assim eu incomodo? Eu só to lá porque não tenho escolha, se tivesse dinheiro alugaria uma casa e sairia de lá, ai começou os blablabla...graças a Deus não me colocou no meio, mais ficou choramingando o quanto é sozinho, que ele quer viver como já viveu com pessoas que gostavam dele de verdade e mais blablabla.
Depois de ouvi-lo eu lhe disse: escuta você já pediu desculpas ou perdão pra sua mãe?
- Não
- Então! Que comece por mim lembra
Começou com a autopiedade de que ninguém se importa comigo e a vida ta dificil, esperei ele terminar e disse a ele:
- Olha eu te entendo, sim seria muito mais fácil se seus familiares agissem diferente, com menos julgamento, porém vc conhece sua mãe e julgar as pessoas é o que ela mas faz, tanto que ela hoje vive sozinha porque não aceita as pessoas como elas são, pra viver ao lado dela, ela exige que seja do jeito dela
- É você ta vendo, só pq eu não sou do jeito que ela quer eu não sirvo.
- Tá mais espera ai, sua mãe é assim e ponto, porém independente disso, ela te ama, e tenho certeza de que tudo que ela fez foi o melhor dela pra ver os filhos felizes,  e hoje olhar pra vocês três e ver que nenhum é exatamente como ela idealizou a faz sofrer, ela está colhendo o que plantou, a solidão dela hoje vem em não aceitar as pessoas, maaaaas ela é sua mãe e ela sempre fez tudo por vocês o melhor que ela podia, ela não teve uma vida fácil, foi emocionalmente sozinha desde sempre, e então o amor dela foi dedicado aos filhos ao extremo, tanto que até hoje ela trabalha de domingo a domingo pra ajudar os filhos dela, que já são bem grandinhos sua irmão 40, você 36 e a mais nova 22, e tudo que ela queria era que vocês olhassem pra ela como uma mãe que agora precisa do carinho de vcs, ela já não é novinha e vocês já não são mais bebezinhos.
Você aprendeu que devemos ter compaixão, perdão e amor incondicional com as pessoas, e você não consegue ter isso com a sua MÃE...já parou pra pensar em tudo que ela já fez e faz por vocês? Porque só ela tem que estender a mão, pq você não estende?
- Eu não quero mais falar sobre isso, justamente eu quero que ela seja feliz, e infelizmente eu não tenho dinheiro pra sumir e parar de atrapalhar a vida dela, eu queria poder ter minha vida de volta e viver como antes, quando eu trabalhava na empresa X as pessoas me chamavam pra sair gostavam da minha compania.
- Eita orgulho em Dú,  prefere se afastar da sua familia, SUA MÃE e ir viver no meio de estranhos?
- Mais esses estranhos não me julgam
- Pois é e quantos deles sabem que você existe hoje? Quantos deles você poderia contar em um momento dificil? Já parou pra pensar o que é pra sua mãe ter um filho dependente quimico? Ela não sabe separar a doença da pessoa, ela ainda confunde com defeito de carater, por isso ela te trata assim, eu mesma só consigo te enxergar de outra forma hoje graças aos grupos e olha que foram mais de 1 ano de Naranon e Amor Exigente e só agora eu consigo entender, e sua mãe que nunca foi, pq você acha que deve começar por ela? Que comece por mim lembra! Estenda a mão você pra sua mãe, indenpendente de qualquer coisa sua mãe só quer e sempre quiz te ver feliz, te ver um homem responsável, com bom emprego, sendo um bom marido e bom pai, e o que você se tornou? Não se esqueça que você está nessa situação devido as suas escolhas. O que você deseja aos seus filhos? Se lembre como seus filhos olham pra você hoje e reaprenda a olhar pra sua mãe...Ela e seu pai são as unicas pessoas que aconteça o que acontecer nunca te abandonarão, e não seus colegas da empresa X que tomavam cerveja com vc.

Sai do quarto e deixei ele pensando, ele é muito orgulhoso, mais pelo menos a cara carrancuda passou, acredito que alguma coisa tocou o coração dele.
Antes de sair do quarto eu disse a ele, esse seu orgulho te levou aonde vc se encotra hoje, eu já fui na "sua igreja" e ouvi Deus falar contigo, onde ele lhe disse: Meu filho se humilhe perante mim que você terá sua vida de volta, ou seja faz o que o PS nos ensina e vc vencerá, perdoe, ame incondicionalmente e seja humilde pra saber que vc tem muito a melhorar.

E foi assim gente...desejo a vcs uma ótima semana e fiquem com Deus

Nenhum comentário:

Postar um comentário