quinta-feira, 18 de julho de 2013

o amor Incondicional




Bom Dia galera....

Sabe eu sempre defendi a ideia de que o amor incondicional só existia de mãe pra filho ou entre amigos, que entre marido e mulher era impossível amar incondicionalmente.

Como tudo tem seu tempo e o PS sabe das coisas, acho que antes dele me ensinar o que era o amor incondicional em um relacionamento marido e mulher, ele queria que eu aprendesse a me amar primeiro.

Esse final de semana assisti ao filme a "prova de fogo", linda lição de como amar incondicionalmente seu parceiro (a), me emocionei e aprendi coisas que me tornam uma pessoa melhor.
Agora confesso que se eu tivesse assistido esse filme há um ano e meio atrás, quando ainda eu não tinha me dado conta que primeiro devo me amar para somente assim aprender a amar ao próximo, com certeza eu teria entendido o recado do filme errado, e estaria ainda bajulando meu ex marido, esperando um monte de coisas em troca e ainda aceitando ser desrespeitada.

E assistindo o filme, lhes digo, o comportamento do Du e o meu, eram exatamente igual a o do casal do filme, sem tirar nem por uma vírgula....rs

O Du mesmo nas cenas em que o marido brigava com a mulher, olhava pra mim e dizia: Ta reconhecendo alguém ai...kkk

Deus escreve certo por linhas tortas minha gente...rs..realmente tudo tem seu tempo

E hoje é como se eu tivesse feito uma descoberta, sobre o amor, sobre o que é o amor.

Em um blog de uma amiga uma psicóloga deixou um comentário muito oportuno, colei uma frasesinha vai ai pra vocês.

Isso não é amor! Amor é quando me amo primeiro e me amando posso amar o outro. Você quer controlá-lo e moldá-lo ao seu jeito. - Claudia Lopes - Psicóloga da Fundação Casa

Hoje compreendo melhor esse universo, antes de qualquer relacionamento, seja eles quais forem devo ME AMAR, para poder amar ao outro.

E amor não tem nada haver com se humilhar ao outro ou pelo outro.

Isso serve pra relacionamentos do tipo que vivemos, onde no meio tem o bicho dependência química e seu parente codependente, e serve pra todo e qualquer tipo de relacionamento que venha a ter com qualquer pessoa.

Não se culpe por ter sentimentos ruins, apenas aprenda a modifica-los.
Você não é e nem precisa ser perfeito.
Momentos tristes e alegres fazem parte da vida, e a melhor escolha a fazer quando estamos passando por uma tempestade, é silenciar e procurar dentro de você qual o aprendizado a se tirar deste problema.

De resto galera....bora sorrir :)

Fiquem com Deus


5 comentários:

  1. muito bom! Bora sorrir... Deus nos abençoe!

    ResponderExcluir
  2. Que lindo, Kel! Amei o post... É isso aí, amor incondicional existe, mas o primeiro amor incondicional deve ser dado a nós mesmos... Beijão!

    ResponderExcluir
  3. verdade..afinal ninguém pode dar o que não tem...hoje entendo que não sou e ninguém é fonte inesgotável de bondade, amor e carinho...somos apenas "iguais" ou "normais" ou humanos...rs...em busca da evolução...e se queremos dar temos a obrigação de aprender a RECEBER...rs...amu vcs INCONDICIONALMENTE :)

    ResponderExcluir
  4. O filme é lindo mesmo Kel, eu já tive a oportunidade de assisti-lo. Tudo muda quanto a gente muda neh!?

    Beijos TMJ

    ResponderExcluir
  5. Assisti esse filme em uma outra época da minha vida. Aliás, assisti também com o meu DQ e ainda nem sabia da existência da doença entre nós, mesmo assim, chorei horrores...rsrs...Agora acho que não é uma época boa para assisti-lo novamente, pois, me conhecendo tenho certeza de que vou ficar deprê...rsrs...mas, bola pra frente né.
    Fico muito feliz, de verdade, com a sua caminhada. Vc tem progredido a cada dia mais. E é isso aí! um passo de cada vez...bjs

    ResponderExcluir