sexta-feira, 17 de maio de 2013

familia na luta contra as DROGAS




Bom dia Galeraaa

Nossa parece que finalmente estão começando olhar além da dependência quimica, finalmente estão se falando nos familiares.
Nos últimos dias tenho visto bastante reportagem dizendo sobre, ainda sinto muita desinformação por parte da imprensa, muito sensacionalismo, mais ao menos os olhos das pessoas estão nos enxergando, e aproveitando gostaria de falar sobre alguns comentários que vi em algumas reportagens e comenta-los.

" O familiar que quiser ver o paciente longe das drogas, teraá que se preparar para ve-lo sofrer" - Dr. Jorge Jaber em entrevista ao programa Mais Você

Essa frase resume exatamente a luta do familiar, nossa luta é se preparar para ver o dependente quimico sofrer, não desabar junto com ele e ter força pra estender a mão, pra quem está de fora parece simples, mais não imaginam a dor de ver alguém se matando, não sabem a dor de ter que dizer um NÃO quando se quer dizer SIM, tudo pra agir assertivamente, pra não virar o facilitador do dependente quimico.
Sofremos por ver quem amamos sofrendo e ainda somos acusados por estes de sermos causadores de seus problemas quando na verdade sabemos que o grande vilão é a DROGA e nós familiares e dependentes quimicos, somos as vitimas desse mau.

"Por trás de cada dependente quimico que vimos aqui, existe uma familai destruída" - O reporter do SBT hoje de manhã, disse essa frase em sua reportagem.

Realmente atrás de cada dependente que viamos na cracolandia naquela reportagem, existe uma familia destruida, e se eu lhe disser que aqueles dependentes da cracolândia representam um número muito pequeno de dependentes quimicos perto do que realmente existe em nosso pais, aquelas pessoas aglomeradas, não representam nem 1/3 dos dependentes quimicos do pais, existem muitos "Chorão" vocalista do Charlie Brow Jr, em várias familias, que convivem com a dependência quimica e pelo que vivenciei nos grupos de ajuda, posso afirmar que de cada aproximadamente 20 familias, apenas 1 tem o dependente quimico desaparecido vivendo nas ruas nas cracolândias do Brasil, o restante dessas familias convivem com o problema da adicção diariamente se debatendo pra não afogar junto com o dependente no mar da adicção, esse era o MEU CASO, e o caso de todas as meninas dos blogs que conheço.
O problema DROGAS vai muito além da cracolândia e do crack, se esquecem da cocaína, do alcool, e estes familiares quem olha por eles??

" Após 3 anos de desencontro a mãe reencontra a filha, e está resolve voltar pra casa, assim s da um ponto final da sua vida em compania do crack" O  mesmo reporter do SBT hoje de manhã, disse essa frase em sua reportagem.

Seria ótimo se fosse simples assim, o familiar resgata o dependente e o leva pra casa, e ele com a boa vontade e a vigilância de seus familiares estaria a salvo das ruas, ILUSÃO...é como defino essa frase, tanto que o reporter retornou a casa da familia e a mãe em prantos disse: ela ficou dois dias em casa e fugiu novamente, o reporter finaliza a mátéria com: a mãe torna a busca da filha pelas ruas da cracolândia.
Até quando essa mãe sozinha, vai buscar a filha e levar pra casa?
Até quando essa mãe vai abandonar a sua familia, ou fazer com que a estrutura dessa familia se baseie em "SALVAR ALGUÉM QUE NÃO ESCOLHEU SER SALVO"

Quem conhece sobre dependência quimica sabe, que o dependente quimico só  para quando verdadeiramente quer,  com muita ajuda e força de vontade.

Precisa saber ajudar.
Precisa saber que não existe cura
Precisa saber que não depende do familiar.
Precisa saber que não se deve facilitar
Precisa saber que não se deve agir com violência.

Agora me respondam?

Como uma familia destruída e abalada emocionalmente, financeiramente, fisicamente vai conseguir fazer isso sozinha?

NUNCA

Querem ajudar um dependente quimico, PRIMEIRO AJUDEM A SUA FAMILIA A SE REESTRUTURAR.

ANTES DISSO QUALQUER AJUDA QUE TENTE SE DAR AO DEPENDENTE PODERÁ SER MUITO DESASTROSA, CAUSANDO AINDA MAIS DESGASTES, EMOCIONAIS, FISICOS E FINANCEIROS.

GOVERNO OLHEM PRA NÓS FAMILIARES...E NOS AJUDEM A AJUDA-LOS.

NÓS PRECISAMOS DE AJUDA SOZINHO NÃO CONSEGUIMOS.

Grupos de ajuda para familiares de dependentes quimicos

www.naranon.org.br
www.amorexigente.org.br

Busquem ajuda e aprendam a substituir o desespero por esperança, aprendam a lutar, existe uma forma correta, que nesse combate contra DROGAS, se quiser ter resultados positivos é FUNDAMENTAL

Um comentário:

  1. Acredito que a cada dia a mídia vem trazendo mais à tona sobre a codepedência. Não acho que a mídia será a solução dos nossos problemas, ou melhor, os problemas de quem ainda não conhece sobre a "codependência", mas com certeza, fará muita gente enxergar tudo o que acontece por trás de um dependente químico. O problema é que a mídia continua focando no CRACK. Tudo bem, realmente é uma droga devassaladora, mas não é a única. Existem dependentes de álcool, maconha, cocaína, crack, heroína e até mesmo medicamentos. E quem disse que os usuários dessas outras drogas merecem menos "atenção"? E, todos esses usuários tem famílias, e garanto que a dor dessas famílias são iguais ou maiores que as nossas. E concordo contigo quando tu fala que devem dar suporte para família, pra depois disso, conseguirem ajudar os dependentes químicos. Acredito que famíliares totalmente abalados com os anos de ativa não irão colaborar muito com o processo de recuperação do dependente químico.
    Beijoss

    ResponderExcluir