quinta-feira, 9 de maio de 2013

assertividade 1º - 2º - 3º Passo AÇÃO





Bom Dia Galera

Vou tentar falar sobre assertividade na aplicação dos 12 passos na nossa vida, pois percebo que as pessoas confundem bastante assim como um dia eu confundi, e ainda de vez enquando me confundo, porém aprendi, bateu confusão da mente, hora de pedir ajuda...rs...são apenas algumas dicas pra usarmos esses passos como ajuda e não como fuga, o que muitas vezes acontece.

Os 3 primeiros passos são:

1º. Admitimos que éramos impotentes perante a nossa adicção/ ou adicção do eente querido, que nossas vidas tinham se tornado incontroláveis.

EU ACEITO

2º. Viemos a acreditar que um Poder maior do que nós poderia devolver-nos à sanidade.

EU CONFIO

3º. Decidimos entregar nossa vontade e nossas vidas aos cuidados de Deus, da maneira como nós o compreendíamos.
EU ENTREGO

Agora vem alguns exemplos de certo e errado.

Meu ex marido, tinha a mania de pegar nosso carro e passar a noite na rua, um dia vendemos o carro e eu comprei o MEU carro, meu pq além de eu dividir as despesas o carro era pago somente por mim, então era acordado entre a gente o carro é MEU e a moto é DELE..., eu não emprestava meu carro pra ele nem ferrando pra sair sozinho, raras vezes quando era um bate e volta e ainda dizia, se não voltar com o carro NUNCA MAIS vc pega, ele quebrava o pau comigo, queria que eu me sentisse culpada, por humilhar ele, e blablabla, mais eu não emprestava e pronto.

Depois de um tempo convivendo com isso, eu passei a praticar esses 3 passos mesmo sem conhecer os 12 passos engraçado né...mais enfim eu praticava assim:

Aceito que ele era doente, Confio e Entrego ELE e não meu carro a Deus,  afinal ele não iria morrer aquela noite se não fosse a sua hora,  ele ja tinha passado umas trocentas noites fora e eu acordada, no dia seguinte ele dormia o dia todo e eu tinha que ir trabalhar.

Essa é uma forma assertiva de se agir, agora vai uma forma errada.

Ele quer sair com meu carro, grita, briga e eu pra evitar confusão, e cansada pra enfrentar essa crise coloco os 3 passos dessa forma:
Aceito a pressão dele e a doença.
Confio e entrego meu carro e ele a Deus

Deus vai cuidar dele e de mim, não do meu carro...rs...ai corro o risco do prejuizo e depois se esse prejuizo acontecer eu não posso culpar a Deus pq ele não olhou pelo meu carro, seria muita folga minha né.

Isso serve pra outros vários exemplos, por isso precisamos nos fortalecer e fazer a nossa parte, e permitir que Deus faça a dele.

E lembrem-se a nossa parte é tudo o que está ao nosso alcance, que seria nos preservar, nos modificar.

A parte de Deus é o IMPOSSIVEL pra gente, modificar o OUTRO, controlar o OUTRO.

Deu pra ter uma noção??

Apliquem esses passos com consciencia, com conhecimento e não como FUGA pra não enfrentar crises.

Se preparem pra enfrentar as crises, não é fácil, por isso que só com ajuda mutua dos grupos, com conhecimento sobre NOSSA doença e a doença DELES, que consiguimos usar as armas certas de maneira mais efetiva, mais ASSERTIVA.

Bjsu e Fiquem com Deus

2 comentários:

  1. Uia... to chocada com seu despertar espiritual, cada dia surpreende mais! Parabéns Nega... "para o alto e avante!" rs

    ResponderExcluir
  2. a cabeça racho no meio de tanta pazada da vida e da minha madrinha "capitão nascimento"...kkkkkk

    bjuuu ti amu nega

    ResponderExcluir