segunda-feira, 22 de abril de 2013

visão de Túnel



Buenas Galera

Sobre esse titulo Visão de Túnel, ouvi a primeira vez em uma palestra que foi dada por um adicto em recuperação há 8 anos, e inspirada do post da nossa amiga Emily http://amandoeajudando.blogspot.com.br/2013/04/tregua.html?showComment=1366626596966

Resolvi falar sobre isso.

Nossa vida é dividida em várias "áreas": profissional, intelectual, familiar, emocional, fisica, espiritual, financeira, etc esses foram os que me vieram a cabeça.
É muito dificil encontrarmos alguém que esteja 100% em todas as "áreas" da vida.
Alguns se encontram em dificuldades financeiras, mas tem uma familia unida e saúde em  ótimo estado, outros tem muito dinheiro, mais a familia vive em brigas, alguns tem uma vida espiritual muito intensa, mais profissionalmente não são muito privigeliados, enfim passaria o resto do dia dando vários exemplos.
Agora o que acontece com nós CODEPENDENTES, quando estamos convivendo com a dependência quimica.
Nossa vida deixa de ser esse leque de "áreas" e passa a ser um túnel.
Nós só enxergamos esse túnel, e muitas vezes até vemos uma luz no final dele..a de um trem vindo nos atropelar...kkkk
Nossa vida deixa de ter sentido, tudo porque temos um ente querido envolvido e se afundando nesse mundo triste da dependencia quimica.
Nos esquecemos que temos vida, nos esquecemos das coisas boas que temos ao nosso redor, passamos a focar nossa atenção e energia toda no dependente quimico.
E com o passar do tempo, deixamos de nos dedicar a essas áreas:

profissional: ficams cada vez mais distantes, por vezes omissos e já não desempenhamos nosso papel tão bem, correndo o risco de perdermos um emprego

intelectual: não encontramos tempo ou muitas vezes não temos vontade de aprimorar nossos conhecimentos, elr um bom livro, fazer novas descobertas

familiar: vivemos tristes e cansados demais pra se dedicar com amor a outros familiares, quantos irmãos, filhos, maridos, esposas, pais, passam a ficar em segundo plano pq dedicamos tempo integral a cuidar e se preocupar com a vida do adicto

emocional: Vivemos desesperados tentandoe vitar a próxima dose, o que é impossivel, nos frustramos, nos irritamos, nos desesperamos, entristecemos...sorrir? o que é isso? viramos simplesmente a pessoa encarregada de cuidar, vigiar e proteger o bebe Adicto

fisica: com tanto tempo e energia empenhado em vão pra evitar a próxima dose ou amenizar as consequencias das insanidades do adicto ficamos exaustos, insanos como ele e muitas vezes adoecemos

espiritual: fé o que é isso? passamos noites e noites, implorando, chorando, pedindo a Deus que nunca mais precisassemos viver aquilo, esquecemos de que cabe a nós sair desse buraco que cavamos, passamos até a não acreditar mais em Deus, nos perguntamos a onde está Deus o qual  permite que coisas horriveis, inimaginaveis aconteçam, quanto sofrimento.

financeira: na busca insana em tentar evitar a próxima dose do adicto, fazemos de tudo, chantageamos eles com "presentes", pagamos divida deles, evitamos que a vida dele piore, piorando a nossa tudo em vão.

Essa visão de túnel faz com que abandonemos todas as outras áreas de nossas vidas, passamos a cuidar somente do adicto esquecendo de cuidar de nós mesmos.

Resultado: Dois insandos sentadinhos no fundo do poço de mãos dadas.

Ele perde o emprego por ser relapso por viver atrás da droga, eu perco o emrpego por ser relapsa e viver atrás dele

Ele deixa de se interessar pelos estudos, livros por viver atrás da droga, eu deiso de me interessar pelos estudos, livros por viver atrás dele

Ele se afasta de todos da familia por viver atrás das drogas, eu em afasto de todos da familai por viver atrás dele

Ele arrasa o proprio emocional por viver o ciclo - USO- ABSTINENCIA - RECAIDA, eu arraso meu emocional por correr atrás dele tentando evitar esse ciclo

Ele deteriora a saúde dele pela vida insana em busca das drogas, eu deterioro minha saúde por viver insanamente tentando evitar a sua proxima dose

Ele  perde a fé em Deus por não conseguir parar de usar, eu perco a fé em Deus por não conseguir evitar que ele use

Ele se ferra financeiramente devido ao uso da droga eu me ferro financeiramente tapando os buracos que ele deixou.

Entendem que não da pra focar nossa vida na deles?

Precisamos cuidar das outras áreas da nossa vida.

Precisamos deixar que eles sofram as consequencias de se uso.

Só assim eles podem perceber o quanto estão se dando mau e talvez pedir ajuda

E só assim estatemos de pé pra estender a mão quando for necessário.

Fiquem com Deus...e bora cuidar da nossa vida??


Bjuuuuuuuuuu 

2 comentários:

  1. Pois é, minha querida, pra mim, recuperação é isso, voltar o nosso foco para nós mesmas... Obrigada por seu post! E tenha um ótimo dia! Bjos. TMJ!

    ResponderExcluir
  2. É isso aí Kel ! bóra cuidar de nós mesmas !!!!! bjssss

    ResponderExcluir