segunda-feira, 22 de outubro de 2012

..preciso encontrar a Chave



Olá Galerinha...

Desde quinta que não acesso a internet, tive em curso e só hoje pude passar pelos blogs...quero que saibam...que torço demais por todos...amo vcs...que Deus pegue na mão de todos nós...

Falando agora das coisas...bem...como sempre falo o maior problema não é o ato de consumir a droga, e sim o COMPORTAMENTO..deles enquanto estão na ativa...pois é....passei a detestar os finais de semana...meleca..rs..né

Meu marido ta limpo...a não sei ao certo acho que 15 dias...beleza..ele fica di boa até mais de um mês fácil..mais o COMPORTAMENTO...AAAAAFFFF..MARIA...RS

Como o marido da Polly..ta confusinho...doidinho..acha que o problema é o mundo...sim agora o problema sou eu...q virei amiga dele ao invés de mulher...ai tem hora que me bajula e tem hora que se irrita...eu só olho..e choro..ele me pergunta pq to chorando..eu choro mais ainda..hahaha

Bom eu...to quase virando muda...ja não saem mais palavras da minha boca....pq nem sei o que ou quando dizer...rs

Aproveitando a história da águia que abre as asas pra passar a tempestade, postado no blog da Polly...é exatamente assim que me sinto..como uma águia que precisa abrir as asas e voar..o meu POBREMA..é pra onde que eu voo?..hahaha

Olho pro céu e vejo duas tempestades:

Tempestade 1...ficar ou
Tempestade 2...partir?..hahaha

Sei que depois delas mesmo que machucada eu irei sobreviver..a questão é eu preciso voar..e me sinto presa em uma bola chamada codependencia...

Me senti como um grãozinho de areia frente a adicção..e na realidade é o que somos....cara...isso pra mim é surreal...é como se fosse uma mentira..mais não não é...é uma porcaria de doença...que deixa a gente em parafuso...doido...eu me sinto assim...tantan da cabeça

Eu sinceramente não sei o que fazer ou como fazer, mesmo pq já tentei ir embora já tentei ficar...e nada mudou...e não consegui ir embora ou ficar de vez...nossa...coisa maluca..nada facilita...

Eu vivo, lógico não deixo de viver, trabalho fiz meu curso....cuido dos meus filhos..mas tenho percebido..que cada dia que passa mais aumenta a minha vontade de dormir...e esse final de semana eu estava igual uma morta viva.. me arrastando..da cama pro sofá..do sofá rpa cama..pro chão..sem ânimo nenhum pra nada..e o pior é que nada parece ajudar...se quero sair com as crianças..elas choram, brigam dão um trabalho que a gente pensa é melhor ficar em casa...tem sido dificil no meu trabalho eu recupero um pouco da paz...
Semana passada minha mãe não pode ficar com meus filhos pra mim ir ao A.E., essa semana quero ir no Naranom, vamos ver se consigo...quero ser feliz gente...quero me sentir bem independente dele...

Falei uma coisa pro meu marido esse final de semana:
- Dú, eu to cansada muito cansada, de condicionar a minha vida a sua...foram 6 anos esperando...
Esperando vc trocar de emprego
Esperando vc comprar sua moto
Esperando vc mudar de casa
Ai vc conquistou tudo isso...e precisei continuar Esperando
Esperando tudo denovo acima e esperando vc entender que precisava de ajuda
Esperando vc se internar e quando vc se internou, esperando vc sair
Esperando vc ir no N.A.
Esperando vc entrar de verdade em recuperação....
Ai cansei de esperar e quiz viver a minha vida...parei de te cobrar qualquer coisa...mais ai vc me atrapalhou, quando eu quiz viver minha vida vc não facilitou não..gritou, fez escânda-los, jogou as coisas no chão, chorou...
A minha vida é independente da sua..se ficarmos juntos..eu quero ter vida..mais pra isso vc precisa parar de querer me manipular e de dificultar as coisas (o que um adicto na ativa só sabe fazer)...eu sou um ser humano...eu canso...eu sofro...e não é fácil...viver lutando, e brigando todos os dias pra mim poder viver a MINHA VIDA...
Gente quando eu digo que esperei todos esses anos...e querendo ou não ainda espero sei la o que...não quero dizer que deixei de viver...eu vivi...tive filhos, cresci profissionalmente...adquiri bens materiais...
Mais sempre carregando uma bola de ferro presa aos meus pés...essa bola de ferro é adicção do meu marido...com uma chavinha chamada codependencia
Pra viver de forma leve...seguir o meu proprio caminho..eu precisava deixar que ele carregue essa bola sozinho...mais PQP..como né?

Não sei...eu ainda não achei essa saída...cade a chavinha que abre esse cadeado?

Bjus e fiquem com Deus

4 comentários:

  1. Kel, a chavinha está exatamente....na sua mão! A questão é ter a coragem de abrir o cadeado, né? Cada dia que passa é um dia a mais nessa conta de tempo esperando, esperando....até quando? Kel, solta a corda, abre o cadeado.
    J

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O problema "j" é como abrir esse cadeado...essa ta sendo a minha dificuldade...em COMO...eu não to encontrando jeito de fazer isso...parece que ta emperrado..eu repito a parte prática ..é complicada de se resolver..não é medo de passar necessidade não...é de como...nada ajuda..o pai dele parece que ta mesmo morando com a mulher...eu to sozinha nessa é a verdade...se a familia se ajudasse seria muito mais fácil...dividiriamos o peso..mais eu jogo a bola e eles devolvem...hoje só teria um jeito..eu fugir..simplesmente fugir..abandonar emprego...abandonar casa...e fugir..não tem outro jeito...fugir deixar todo mundo se ferrar....e fugir sumir...é o unico jeito

      Excluir
  2. Amiga, amiga!
    Pensa bem! Pensa direitinho!
    Fugir, fugir, fugir,fugir....isso não é a saída, companheira!
    Não podes fazer uma coisa desta, amiga. Estarias, entre outras colocações, evitando assumir responsabilidades, mesmo que essa responsabilidade implique em uma separação legal.
    Fugir significa, dentre outros significados, evitar alguma coisa ou pessoa, por aversão ou temor. Mas você tem UM PODER SUPERIOR, que te diz: "Mas agora, assim diz o SENHOR que te criou, ó Jacó, e que te formou, ó Israel: Não temas, porque eu te remi; chamei-te pelo teu nome, tu és meu.
    Quando passares pelas águas estarei contigo, e quando pelos rios, eles não te submergirão; quando passares pelo fogo, não te queimarás, nem a chama arderá em ti."
    (Isaías 43:1-2)
    Fugir, fugir, fugir...certamente não seria a melhor escolha sua...isso diz que não estás agindo com coerência, apesar de toda coisa que passa em sua cabecinha.
    Fugir, fugir, fugir...
    Sabe como é o nome que se dá a isso???
    Isso chama-se "INSANIDADE!"
    Isso mesmo, amiga.....I-N-S-A-N-I-D-A-D-E.
    Procure buscar auxilio para que possas "abrir" esse cadeado de maneira que de deixe verdadeiramente livre, pois a fuga será apenas geográfica e continuarás presa à todas as coisas que te levariam a tomar essa atitude.
    Pense nisso e me desculpa se te falei alguma coisa demais.
    Abração e TAMUJUNTU.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Imagina amigo não falou demais não...eu ja pensei em fugir, hoje falo isso apenas metaforicamente...querendo dizer que (no momento estou "paralisada") realmente essa não é a saída...pois como vc mesmo disse a fuga geografica de nada vai adiantar...se eu não souber abrir esse cadeado...ele vai permanecer em mim já que não é fisicamente que falamos né...

      Obrigada pela mensagem...pretendo ir hoje no Naranon...pra começar a tentar desvendar meus sentimentos...e me acalmar...e assim descobrir a chavinha que destrava esse cadeado..que se encontra dentro de mim..

      Excluir