segunda-feira, 22 de outubro de 2012

inspirado no meu amigo Junior ..."e no mais lhe será revelado"



Sempre li essa frase "e no mais lhe será revelado"...e confesso que eu lia...mais não entendia..alias não a sentia...

Analisando ela friamente fácil de entender que quer dizer que algo lhe será revelado...um caminho, uma descoberta, enfim...

Mais hoje Deus permitiu que eu a sentisse..de fato

Sim me encontro em uma situação dificil, penso e penso e penso, e articulo comigo mesma e não encontro saídas a não ser que INSANAS..rs..
Depois de ler seu comentário amigo Junior...pude perceber que preciso continuar caminhando e aguardando o tempo de Deus pra mim agir...continuar caminhando sem parar mesmo que a pequenos passos.
Confiando em Deus, buscando conhecimento, me calando, ouvindo meu coração balanceando com a minha razão, pra quando a hora de agir chegar...eu não jogar ela fora...pra mim agir da maneira correta..pra que eu gerencie essa crise e consiga virar o jogo...da minha vida...pra que eu não me desespere...mesmo quando meu peito tiver gritando pedindo eu não aguento mais isso...

Sim eu aguento...tenho forças dentro de mim que se renovam através de "anjos" assim como vcs...eu só preciso continuar buscando meu equilibrio...sempre...

Que Deus me perdoe pelo domingo jogado fora, onde eu poderia estar brincando com meus filhos...me divertindo...fiquei chorando e me arrastando...que Deus me conceda muitos outros momentos que eu peço que ele renove minhas forças pra que eu não disperdisse nem mais um minuto de vida...
Que Deus faça com que as minhas palavras sejam poucas e sabias, que Deus me mostre a maneira correta de me amar e de me respeitar sem que pra isso eu precise "agredir" alguém...

Que Deus me Perdoe, que Deus me de coragem, Que Deus me de Serenindade, que Deus me de discernimento...

Que Deus guie a minha vida...
Amém

5 comentários:

  1. Você precisa descobrir, o que você quer para sua vida, quais seus projetos futuros, seus sonhos, seus planos, tens que ser a autora da sua vida, e não expectadora.
    Pois, se você não for a autora, qualquer um vem e escreve o seu papel, e como você não sabe o que quer e aonde quer chegar, representa o papel que lhe dão, mesmo não querendo.
    Descubra-se e lute para tornar realidade, tudo o que almeja.
    Infelizmente ou felizmente, só depende de você!
    Tamo junto viu?

    ResponderExcluir
  2. É isso aí, companheira!
    Que bom saber que estás ciente de que a fuga geográfica é apenas um ato insano!
    Continues acreditando NO PODER SUPERIOR. Continues agindo com coerência. Continues trabalhando o sugerido programa de recuperação. Faça um minucioso e destemido inventário moral, sugerido lá no Passo Quatro. Trabalhe exaustivamente ele seu padrinho/madrinha. Mas antes de tudo, faça-o como se fosse um segredo para si mesma, como se não o fosse compartilhá-lo com ninguém, só assim, poderás trabalhar aqueles pequenos "obstáculos" que sempre ficam sutilmente escondidos em nosso subconsciente, acreditando nós, que poderemos viver bem com ele.
    Descobrimos que somos donos de nossos sentimentos e que podemos ter o controle deles e que nos magoar, nos ressentir por algo ou por alguém, é mesmo que entregar aos outros o domínio de nossos sentimentos.
    Descobriremos que, mesmo que alguém nos faça mal, ainda assim, não temos o direito de ficarmos magoado, pois devemos entender que estamos lidando com outro ser humano que, como nós, é falho, é imperfeito e que, em situação inversa, gostaríamos que nos compreendesse, que nos perdoasse, etc...
    Assim sendo, companheira...continue acreditando que o programa funciona. Continue firme na sua Fé. Acredite que o mais lhe será revelado.
    E acredite que MILAGRES existe, pois eu sou um.
    Abração e bons momentos.
    TAMUJUNTU.

    ResponderExcluir
  3. Nossa isso aqui ta melhor que terapia..rs..ó Deus agindo através de vcs

    Pois é Gaby...sabe pensando a 6 anos atrás...o que eu mais queria era o Eduardo...tanto que fiz de tudo pra te-lo ao meu lado...atpe construir uma familia com ele...a verdade a verdade...eu sempre soube que filho não segura marido...e nem engravidei com essa intenção..mais engravidei com a intenção de realizar um sonho dele que era ser pai..não que eu não quizesse ser mãe, eu sempre dizia que seria mãe antes dos 30 engravidei com 26, porém não medi as consequencias, não planejei..me joguei..joguei meus sentimentos em algo instável, não planejado...e os resultados foram se fazendo..pelo caminho...e agora que aprendi o que é adicção e codependencia de verdade..vejo que realmente não podia dar em outro lugar...
    Há 6 anos atrás eu quis estar com ele mais que tudo na minha vida...eu era completamente APAIXONADA..por ele...e hoje é engraçado quando penso em felicidade, em uma vida leve, imagino somente eu e meus filhos em um apartamento tudo branquinho, móveis simples, nóvos de cor clara...rs..essa é a visão que vem na minha cabeça quando penso em um futuro tranquilo...
    Ai entendo eu que devido a minha codependência, o meu desejo no passado intenso de ter o Dú ao meu lado..fico escrava de sentimentos que se resumem em codependencia..e acabo me paralisando....sim só depende de mim lutar por mim mesma...espero vencer essa luta interna comigo mesma...obrigada...a todos..bjus

    ResponderExcluir
  4. imagina Gaby..obrigada...e perfeito mesmo pra mim..rs ;)

    ResponderExcluir
  5. Kel,

    Eu sei que é muito fácil falar...fazer é que é difícil...rsrs...Recuperação na teoria é uma coisa, agora praticar, respirar e viver recuperação é outra coisa. Mas, um dia a gente chega lá...rsrs...
    Que Deus possa te dar a sabedoria necessária para traçar novamente os seus limites, não estica muito amiga, porque esticar também faz parte da doença; portanto, evite ameaçar ele, em coisas que você não pode cumprir no momento. Você tem todo o direito do mundo, de querer se preparar para tomar uma decisão definitiva, afinal você também tem duas vidinhas que dependem de você. Mas, continue buscando o seu equilíbrio e o "mais lhe será revelado". Tenho a certeza de que tudo dará certo para vocÊs.
    Beijo amiga, fique em paz.

    ResponderExcluir