quarta-feira, 17 de outubro de 2012

consulta Psiquiatra



Buenas Galera...

Hoje eu to felizzzz..eeeeeeeee..
Acordei assim..rs..graças a Deus

Ontem foi a consulta dele com a psiquiatra...ela pediu que eu fosse junto

Ameeeeeiii....rs...foi ÓTEMA...

Ela perguntou como ele havia passado a semana, ele disse que bem que não tinha usado nada (não usou mesmo)...falou que brigamos...e começou as chorumelas dele...
Ele: Não to culpando ninguém, mais a adicção não é o meu maior problema, o que mais me afeta é meu emocional, sabe eu pedi pra minha mulher não me mandar embora, pedi tanto, se ela não tivesse feito isso eu não teria recaido, pq quando ela faz isso meu emocional vai la em baixo ai eu não aguento e vou buscar o "alivio" e esse sempre foi o meu problema, no meu antigo relacionamento tb, uma hora era agora vc serve, agora vc não serve isso acaba comigo, e agora que eu recai sei que tem a parte fisica da abstinência coisa que quando eu tava limpo já não tinha mais...agora é mais dificil.
Eu quieta...e ela só ouvindo.
A psiquiatra respodeu: Olha Dú, a adicção é um problema de comportamento, e esse comportamento vem desde quando vc era criança e pelo que pude percever, vc nunca soube e não sabe lidar com frustrações, a vida não é do jeito que a gente quer, e  isso não é só com vc a vida não é do jeito que vc quer, não é do jeito que eu quero, seria ótimo se fosse né..e sorriu mais é assim pra todo mundo não só pra vc e pra mim.
E vc precisa aprender a lidar com isso, é isso que o tratamento oferece, uma nova forma de vida, na nossa primeira conversa vc me disse a quanto tempo e a quantidade de cocaina que vc usa, desde os 17 anos e nos ultimos 13 anos uma média de 10 pinos e muito alcool junto...É MUITA DROGA...seu cérebro, acostumou a viver assim, vc acostumou a viver assim, isso se tornou um hábito...e agora vc precisa aprender a viver diferente do que vc vive a 36 anos.
Isso não é fácil e nem rápido, por isso é um tratamento longo e que só depende de vc, a gente vai te direcionar, mais se vc não quiser, vamos perder tempo eu e vc, vc fingindo que se trata e eu fingindo que te ajudo, e existe uma fila enorme de pessoas que querem se tratar.
A minha pergunta é vc quer se tratar, ou vc acha que da conta sozinho?
Ele: Entrou no assunto do emprego, que er auma oportundiade, depois falou da parte financeira, (nessa hora eu interrommpi e disse, ele recebendo a  recisão e pagando os 3 meses de aluguel adiantado, que é q contribuição dele normalmente pra mim não tem problema ele ficar sem trabalhar) ai ele continuou que ja estava um tempão parado que queria se sentir útil, ela interrompeu e disse:
- vc não respondeu minah pergunta,  vou repetir, vc quer se tratar ou acha que da conta sozinho?
Ele: Eu quero me tratar mais não queria deixar de trabalhar.
Ela: Então vou propor pra vc o tratamento ambulatorial, vc vem aqui uma vez por semana, continua com a medicação e a gente vai acompanhando o seu desempenho, eu te indicaria a semi internação, vc viria aqui passaria o dia com terapias em grupo, atividades e depois retornaria pra casa,  mais como eu te disse vc tem que querer fazer isso senão é tempo perdido.
Agora se der certo com o ambulatorial ótimo, se caso vc não consiga a gente pode tentar o Hospital dia se vc quiser, e se mesmo assim vc ainda não se sentir seguro e não conseguir ficar limpo a gente faz a internação.
Repito, seu consumo de droga é MUITO ALTO E MUITO LONGO...é muito neurotransmissor no seu cérebro que ta habituado a esse consumo...e quando eles "acionarem" que precisam da cocaina é dificil de se segurar, então toma todos medicamentos direitinho que é muito importante ajuda bastante, mais não deixa de se tratar psicológicamente, pra vc se descobrir e descobrir uma nova fonte de prazer pra sua vida, onde vc consiga enfrentar as situações assim como as outras pessoas fazem sem ter a necessidade de buscar a droga.

Depois que saímos ele tava confuso demais, ele ta com medo..na verdade...ele ta com medo de não conseguir...de ser cobrado por mim caso de errado.
Ele me fez prometer que se desse errado que eu não jogaria na cara dele.
Eu disse: Dú, uma das coisas que ensinan no NA é, ter sinceridade com vc mesmo, vc não precisa se justificar pra mim e nem pra ninguém, entenda é SUA VIDA...vc tem que fazer o que acha que consegue, vc precisa acreditar, não adianta fazer por fazer, na minha opinião vc ficaria como a psiquiatra indicou no hospital dia, mais se não é isso que vc quer, faz como vc acha que será melhor pra vc...só te dou 2 conselhos, não abandona o tratamento e nunca se esqueça SOZINHO vc NÃO CONSEGUE...Abra sua mente e tenha boa vontade e tente, se cair levanta, mais ai faz diferente..pq se fizer igual o resultado será igual.

Eu vejo uma evolução nele...ele ainda não se rendeu totalmente...mais ta confuso pq tá com medo de não dar conta...isso significa que ele entende que a adicção é mais forte, embora ele ainda tente justificar, mais ele sabe...olhando no espelho que não é bem assim.

Ai olha como Deus agiu pra que ele enxergasse isso e não tivesse mais como negar...
Antes de eu saber quando de fato se iniciou o uso da droga, ele mentia pra ele, e pra todos dizendo que foi por causa de uma decepção amorosa, e quando ele contava isso as pessoas se sensibilizavam, prato cheio pra ele continuar na "vida boa"...agora toda vez que ele tenta se enganar, alguém o lembra que não é bem assim não...ele pode cegar mais tem sempre alguém que tira a venda dele...mesmo que por um instante e isso o tem ajudado a enxergar com um pouco de mais clareza as coisas...

Enquanto isso eu cuido de mim e me mantenho firme, sem "relacionamento" enquanto eu não estiver pronta...e deixo claro que tanto eu como ele mesmo...temos o direito de não querermos mais ficar juntos ou o contrario...

É isso gente..fiquem com Deus..
Obs: Fenix kd vc??

bjus

3 comentários:

  1. Muito boa a abordagem da Psiquiatra! E estou amando o seu crescimento, Kel! Tá linda! Siga feliz, e fico na torcida pelo maridão e pela família de vocês... Bjokas!

    ResponderExcluir
  2. Se Deus quiser, vai dar certo!

    Bjus

    J

    ResponderExcluir
  3. Kel!!! Uhuhu que notícia boa, ele té tentando minha amiga, parabéns pela a conquista que também é sua!!! Olha, vamos ser francas, vamos rezar para que não aconteça, mas se ele vir a recair, não brigue, agora não é o momento, uma coisa é ele não tentar, outra é tentar e pode não dar certa na primeira, mas tá tentando, então já sabe, agora não é hora de cobranças, enquanto ele estiver seguindo direitinho, seja paciente!!!
    Beijossss

    ResponderExcluir