segunda-feira, 29 de outubro de 2012

cai e levanta.....anda tropeça...cai..Levanta!!




Buenas Galera...

Espero que as coisas estejam em paz com vcs...meu final de semana teve de tudo um pouco..hahaha...vamos aos causos.

Bom como já de esperado...sexta ele não voltou pra casa...me ligou as 10:00hs da manhã dizendo que havia caido de moto, que tinha deixado a moto na mãe dele e que ele tava indo em casa buscar suas roupas pra  ir embora...Eu só perguntei se ele havia se machucado ele disse que não...e começou as chorumelas..eu cortei o assunto dizendo que quando ele chegasse conversariamos.

Ele chegou, eu não falei nada, e nem queria mesmo falar...ele com aquela cara de cachorro que caiu da mudança sentou no sofá, abaixou a cabeça...e começou o discurso..que eu não mereço viver isso..e blablabla..e que ele tava indo embora.
Eu não respondi e pensei "Tá só acredito vendo"...
Como eu fiquei quieta ele me pediu a mala e começou a guardar as roupas, ai ele parava e vinha me perguntar se a gente tinha alguma chance...eu respondia a mesma coisa de sempre que com adicção no meio eu nem ia tentar...que se ele entrasse de verdade em recuperação poderia ser que TALVEZ UM DIA, QUEM SABE...se ainda nos amassemos e eu me sentisse segura em relação a estabilidade dele...que TALVEZ...eu tentasse.

Ele continuou arrumando as coisas dele, eu olhava aquela cena, ai começaram os "Se" na minha cabeça...Se não existisse adicção, Se...e Se...ai falei pra mim mesma.."Se não existe pq Se minha mãe fosse homem eu tinha dois pai..." Aceita a real....ele é adicto..e ainda ta longe de se manter firme em recuperação...tem que quebrar muito o topete ainda...
Ai ele foi dormir, e eu fiquei la largada na cama...brigando com mente, coração pra aceitar a real...e deixar rolar...pedi pra Deus me dar muita paz...o choro não saia...o peito doia...queria chorar...mais não saia...

Eu briguei com meu filho uma hora que ele tava fazendo bagunça...e meu marido acordou...ficou sentado me olhando eu tava nervosa...e nem olhei pra ele...e nem disse nada

Ele levantou ligou pra pai dele, pedindo pra ver se o tio dele tava precisando de gente pra trabalhar no RJ que ele iria pra la, eu ouvi e fiquei quieta....mais confesso que meu coração apertou...mais não disse nada....

Ele terminou de arrumar as coisas...e eu deitada com as crianças...ai quando ele acabou, levou a mala pra sala e ficou la sentado...e eu nem levantei aonde eu estava eu fiquei...eu estava exausta...de tudo...ele foi ao quarto passou a mão na minha cabeça...pegou na minha mão e me levantou, me levou até a sala, ele me segurrou pelo ombro, me deu um beijo na testa e falou, se cuida, eu não quero mais te fazer sofrer...nessa hora eu não contive o choro...não consegui...tava engasgado...eu só chorei e ele me abraçou...
No que eu chorei né...ele logo sacou que ainda conseguiria me dobrar...rs..
Ai  a conversa foi assim:
- Rá vc promete que se um dia a gente tiver chance vc me liga
Eu: Lógico
Ele: Rá eu quero te fazer feliz, me deixa te fazer feliz
Eu: Vc quer ter sua vida de volta e não me fazer feliz é diferente
Ele: Pq vc não acredita em mim
Eu: Pq vai ser eu voltar ao normal e vai ser vc voltar a viver como antes e eu não quero mais...só isso
Ele: Não é verdade, eu quero fazer vc feliz...eu faria qualquer coisa
Eu: Faria nada, se fizesse teria me dado o tempo que eu ´pedi, e não vc fez que fez pra continuar aqui
Ele: Eu tento te abraçar e vc não deixa
Eu: eu passei 5 anos implorando um abraço e agora que eu não quero vc quer dar, chega a ser engraçado
Ele: FIcou quieto e se lembrou das papagaiadas que ele ja fez
Eu: Vc quer me fazer feliz, como? Se vc não sabe nada sobre mim, do que eu gosto, do que eu quero...te dou essa chance se vc acertar qual a cor de roupa que eu mais gosto, anda responde!! Se vc souber qual minha cor preferida te dou essa chance
Ele abaixou a cabeça...
Eu ta vendo como vc quer me fazer feliz? Vc nem sabe o que me faz feliz...admite pra vc que vc me quer na sua vida, pra que eu volte a ser seu óculos escuro...assim vc continua com sua vida do seu jeito mais sem se sentir "mal" pq afinal vc usa droga mais tem uma mulher, tem filhos, trabalha...ai vc consegue continuar cego...pq a droga não te trouxe prejuizo nenhum...mais eu não quero mais ser seu óculos escuro...chega.
Ele: É dificil pra mim ver quanto mau eu te fiz, ai fico tentando reparar as coisas te tratando da melhor forma que eu posso e pra vc não ta bom
Eu: É lógico que não ta bom...vc acha que me faz feliz trazendo pão pra mim comer da padaria e que só isso é o suficiente, vc quer me dar o que vc tem pra me dar, só que vc não tem nada nem amor próprio  vc sabe disso...olha me desculpa...eu quero algupem do meu lado que se importe comigo, que divida a vida comigo...e não que me use como muleta.
Ai deie xemplos de quando eu mais precisei dele, mesmo ele estando em casa sem usar droga como ele não se importava.
Nessas horas vejo como Deus age...tinha um CD de um filme lindo chamado "uma prova de amor" jogado em cima da cama, ele viu o CD pegou na mão e falou, esse filme é dahora, lindo, uma lição de vida, assisti na Clinica...
Eu: Háááá achou o filme lindo...vc lembra quando eu te chamei pra assistir esse filme comigo? As crianças dormindo eu falei, vem ca vamos assistir esse filme é muito lindo, e vc respondeu: - Há ta me ttirando quer que eu assista essas m*rdas...eu queria ficar com vc abraçada assistindo o filme e como tudo que eu faço pra vc é m*rda...vc não quiz...agora o filme é da hora...hahaha...ta vendo pq eu cansei...pq eu não quero mais...

Ai ele parou, me olhou abaixou a cabeça e disse eu preciso te fazer se sentir segura, eu preciso que vc acredite em mim eu não sei como... mais eu não quero te perder

Continuo no próximo post...rs..

Nenhum comentário:

Postar um comentário