terça-feira, 25 de setembro de 2012

tristeza...quantas chances terei que te Dar?



Buenas pessoas....

Depois da revolta a tristeza bateu...o coração apertou...e aceitar q a adicção consegue cegar as pessoas de uma maneira que elas precisam bater la no fundo do poço pra depois TALVEZ acordar, me entristece demais, que sensação de impotência que coisa horrivel...e o pior saber que se é possivel que só depende da propria pessoa querer se reconhecer impotente e vc ver essa pessoa batendo no peito que não..não é assim...dói mais ainda, ver a pessoa CEGA e se afundando dia a dia...

Ontem como sempre o de costume, vieram as lamentações, as promessas, as manipulações, eu ja to tão calejada disso que ja não caio mais...porém esse falatório me confunde, e graças as palavras da minha madrinha e do Wal Adicto, me fez enxergar denovo que se eu realmente quero ajudar tenho que acelerar o fundo de poço dele, que permanecer estática só estarei adiando a sua recuperação.

Ontem ele me pediu: Me da mais uma chance?
Eu nada respondi, mais em meus pensamentos a resposta era, posso te dar quantas chances vc me pedir e nada vai mudar.

Ele falando e eu observando como a adicção cega eles, meu Deus que coisa horrivel e eu nada posso fazer, me bateu uma tristeza eu abracei ele e chorei, chorei, chorei, no meu coração senti como se fosse uma despedida onde em meus pensamentos uma voz dizia: Tchau Dù, espero te encontrar denovo em algum lugar la no futuro, espero que vc vença esse mau, essa doença, eu não queria mais preciso seguir.
E chorei mais ainda abraçada a ele deitada na cama...meus filhos entraram no quarto e pularam em cima de mim com ciúmes do pai, e aos poucos ele foi se afastando, se levantou da cama ficou parado olhando como se ele não fizesse parte daquela familia e disse assim: Vcs vão ser felizes nem que pra isso eu suma, meu Deus não é possivel que eu não consiga, senhor não é possivel...o que é isso que mau tão grande no mundo é esse...ai ele se virou e saiu...

Eu não sai de casa ainda, mais estou tomando as providências, isso não da pra se resolver de um dia pro outro..tem que separar papelada, enfim, nesse meio tempo sei que as crises de abstinência vão acontecer, as provocações também, até uma nova recaída.

Enquanto isso eu vou caminhando, confesso que ta dificil concretizar essa decisão, eu paro muitas vezes no meio do caminho, paro por varios motivos: medo, amor codependência, expectativas, egoismo, mais EU PRECISO DAR ESSA OPORTUNIDADE PRA GENTE.

Ontem tive a certeza de como eu AMO ele, de como eu queria que fosse diferente, mais não está nas minhas mãos, como é dificil deixa-lo sozinho rumo ao fundo do poço, e como é dificil dar a maior prova de amor pra ele.
Que é deixa-lo, dar essa prova de amor sem esperar nada em troca, sem esperar que ele me entenda, sem esperar que ele me odeie e deixe de em amar...como é dificil entregar ans mãos de Deus e confiar no tempo DELE...e não querer criar expectativas em cima do MEU TEMPO...como é dificil ESPERAR...como DÓI fazer isso...

Hoje meu coração da apertado, da encolhido, dolorido, hoje eu estou triste e seria impossivel não estar, sei que essa tristeza vai passar..mais ta DOENDO PRA CARACA...SENHOR DEUS..

Que deus de um bom dia a todas vcs

4 comentários:

  1. Bom dia Kel.
    Não gostei de te ver tristinha deste jeito.
    Não sei direito que te falar, quanto as tuas decisões, cada um sabe qual caminho melhor a seguir.
    O que posso te dizer é que Deus te dê forças e sabedoria para enfrentar esta situação da melhor maneira possível, que tudo se resolva da melhor forma pra vcs.
    Tamujuntas, qualquer coisa é só chamar.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Fenix...sabe as palavras dele são, eu quero esquecer que sou um DQ, eu quero viver uma vida normal, pra mim só assim eu consigo sair dessa, sei la mais eu não conheço ninguém que venceu essa doença se esquecendo dela, eu entendo que os dqs tenham esse desejo, de se esquecer de tudo que aconteceu, pq isso deve trazer muitas magoas, mais que eu saiba é a unica forma.

      Excluir
  2. Escrevi no seu email e repito aqui, assim as pessoas que lêem também analisam: Kel ele não vai mais recair....ele já está recaído desde o dia em que tomou alcool. Agora é só uma questão de frequencia de uso, ele está tentando controlar porém sabemos que essa compulsão em breve vai dominar e ele perderá esse controle. A adicção é uma doença progressiva (essas coisas todas ele aprendeu lá na clinica), o que significa que ela nunca estaciona, nunca pára de aumentar. Quando eles ficam limpos a doença continua lá dentro guardadinha e aumentando. Quando eles recaem, não voltam ao início e nem mesmo ao mesmo ponto em que pararam de usar....eles voltam em um ponto mais à frente, porque a doença nunca parou de crescer. Hoje a quantidade de drogas que ele usava ha 6 meses atrás já não é mais suficiente, ele precisa de mais, como se nunca tivesse parado.
    Amiga, eu sei que dói, mas por você e especialmente por ele: SOLTA A CORDA. O processo já está em andamento (a recaída) não tem como frear. Mas se você segura a corda, aumenta e muito o tempo que ele pode demorar a tentar a recuperação e pior: leva você e seus filhos ao fundo do poço junto com ele. Solta, acelera o processo e se protege e a seus filhinhos. Existe a possibilidade de recuperação mas depende demais disso: ele bater o pé no fundo e subir sozinho.
    Kel estamos aqui de mãos dadas com vocês, mas tenha força, te peço! Um dia vc vai ver que valeu à pena.

    Bjussss com carinho

    J

    ResponderExcluir
  3. Bom dia, Kel! Meus sentimentos por estar se sentindo tão triste. Juro, juro que se pudesse eu pegava um pouquinho da sua dor, pra poder te aliviar um pouco. Eu imagino o quanto deve estar sendo difícil esse momento e sei também que nesse momento palavra alguma trará conforto, mas quero que saiba que estou sentida e que se pudesse fazer algo para confortá-la, companheira, com certeza o farei.
    Deus sabe de todas as coisas, Kel!! Ele não daria uma dor se soubesse que você não conseguiria suportar!!
    Entregue nas mãos Dele certa de que em mãos melhores não estaria. Mesmo que você não entenda, Ele sabe o que é melhor para cada um de nós!
    Vou orar por você e seu adicto. Força, por mais difícil que seja, seus filhos precisam de você, você precisa de você!!
    Um beijo grande, sinta-se abraçada!!
    Serenas 24 horas!!

    ResponderExcluir