sexta-feira, 28 de setembro de 2012

mentiras!!




Buenas Galera...

Gostaria de agradecer a oração de todas, acreditem meu coração está mais calmo...e com certeza vcs me deram grande ajuda com as orações.

Como dizem depois que damos o primeiro passo, Deus age a nosso favor, a advogada está acionada pra ligar pra ele, acredito que ela ligue hoje, vai propor a separação de corpos e não divórcio de cara, então não é algo definitivo, mais extremamente necessário no momento, dói muito meu coração ter que fazer isso mais eu ja tentei todas as outras saídas e não deu, essa é minha última cartada e tenho muita fé de que irá funcionar, no tempo de Deus não no meu, mais pra mim o que mais importa é poder viver em paz, e ajudar meu marido a encontrar a sua paz.
Acho que já comentei, mais torno a repetir, até ontem a história que eu sabia sobre o uso de drogas do meu marido era que: ele até os 23 anos nunca havia colocado uma gota de alcool na boca, e depois da separação do primeiro casamento ele não suportou a dor e se afundou, a propria familia dele confirmava isso, inclusive chamavam a ex mulher dele a qual não teve filhos com ele de  "Diabo de olho azul", minha sogra diz que ela acabou com a vida do filho dela, pois bem.
Depois de autorizar a advogada a ligar ontem, uma voz soprou no meu ouvido: será que é verdade a história do passado do Du?, comecei juntar alguns fatos, umA conversa que eu tive com a ex dele que quando descobriu que eu tava grávida do meu primeiro filho e foi atrás dele, enfim, resolvi ligar pra ela e perguntar sobre o relacionamento deles, sobre o uso de drogas, sobre como as coisas acabaram, segue abaixo a resposta:

o       Ele já usava drogras quando ainda estávamos juntos, quando ele trabalhava de motoboy em uma empresa .
o        No começo eu não ligava pq ele disse que era só de vez em quando, mas depois que eu fui embora de casa - e voltamos a "namorar" - eu percebi que sumiu um relógio e uma jaqueta que eu tinha dado para ele. Depois percebi que o dinheiro de uma moto que ele havia vendido - e estava no banco - tb estava sumindo. Foi quando eu o confrontei e ele negou...mas eu o fucei nas roupas dele e achei as drogas...
o  Eu cheguei até a falar com o traficante dele, pedindo para o cara não vender mais pra ele, falei também com uns amigos dele pedindo para não o convidarem mais para sair para beber pq isso dava vontade dele se drogar...mas nada resolveu...
o      Quanto às agressões, na verdade ele nunca chegou a me bater, mas fazia muito terror psicológico comigo - ia na casa dos meus pais fazer escândalo quando eu terminava com ele, ia no meu trabalho para brigar comigo por bobeira, gostava de dar murro nas portas e paredes...
o       Minha mãe sempre dizia que um dia ele iria me matar, como esses doidos ciumentos, sabe? E confesso que eu tinha medo dele, sim, pq ele sempre dizia que se eu não fosse dele eu não seria de mais ninguém...
o       Sobre os calmantes é verdade...eu queria terminar com ele mas ele não aceitava de jeito nenhum, daí um dia eu fiquei tão doida que tomei um vidro inteiro de calmantes...
o       Daí fui para a casa dos meus pais, mas ele apareceu lá pedindo desculpas e jurando que ia mudar - e nós quando estamos apaixonadas acreditamos em tudo, né? E eu acabei voltando...

Pois é gente nem se parece com a vida que levo né?..hahahah..identico....

Mais uma vez tranquei meu coração na caixinha joguei no precipicio e bora confrontar o Dú

Sentei ao lado dele, segurei a mão dele e falei, preciso falar contigo.
Ele: Denovo
Eu: To em missão de paz, mas precisamos esclarecer algumas coisas
Ele: bufou
Eu: Du, vc não começou a usar drogas depois que sua ex te deixou, vc faz uso de drogas desde a sua adolescencia
Ele: caramba que disposição, vc procurou ela, só ela pode ter te contado isso, pronto mais uma pessoa querendo tirar o da reta e jogar nas minhas costas
Eu: Não to aqui pra julgar o pq seu relacionamento acabou, e de quem foi a culpam to aqui pra te mostrar o quanto as drogas ja fizeram vc perder,e vc ainda culpa os acontecimentos.
Ele: começou a falar mais alto, acusando ela, me acusando, dizendo que quem mais trouxe sofrimento pra ele foram os relacionamentos dele e não a adicção, que quando ele viveu sozinho ele era feliz, mesmo com a adicção (Percebem como ele ainda não acordou e não admitiu que é doente)
Eu: Há mesmo quando vc estava sozinho e feliz, a adicção te derrubou, pq foi quando vc perdeu empregos bons, foi quando vc se internou pela primeira vez e ficou só 15 dias, não faz 13 anos que vc é adicto, deve fazer uns 20 anos e vc sabe que essa doença é progressiva e fatal, quanto mais tempo mais fundo vc vai e 8 anos é tempo pra caramba
Ele: continuou jogando a culpa da infelicidade nos relacionamentos dele e que a adicção não era o que mais o prejudicava, ele ficou naquele blablabla...minha cabeça até roda, fiquei quieta ele foi tomar banho, quando minha cabeça voltou pro lugar, abri a porta do banheiro e disse:
Eu: A Adicção é o maior problema da sua vida SIM, pq um homem "normal" não adicto, quando leva um pé na bunda de uma mulher, ele chora, se levanta sai pra rua e arruma outra quando não outras, mais como vc já havia conhecido a droga, já havia conhecido o pozinho mágico que te da "alivio" quando vc levou o pé na bunda, não soube lidar com seus sentimentos e recorreu a droga pra se aliviar, ai vc se afundou e só continua se afundando.
A droga não é ruim, ela te da uma sensação maravilhosa, mais cobra um preço alto como vc mesmo diz, te deixa sem moral, te coloca la em baixo, e se vc junta um sofrimento "trauma" não resolvido com o efeito da droga, pronto virou esse ciclo doentio e enquanto vc não enxergar isso nunca vai se libertar.
Ele: ficou quieto mais continuou jogando a culpa na gente, ele insiste que se viver como uma pessoa normal conseguirá nunca mais usar
Eu: VC pode acreditar nisso mais eu sei que não é assim, isso é uma doença, enfim não vou repetir o que vc ouviu durante 5 meses na clinica, só posso te dizer uma coisa eu não vou te tratar como uma pessoa normal, enquanto vc estiver do meu lado vc vai ouvir sobre recuperação e sobre adicção, agora vc não é obrigado a viver ouvindo isso então vc escolhe, ou vive a recuperação de verdade ou não vive comigo pq vc não vai aguentar, pq eu não vou me calar...A ESCOLHA É SUA, EU QUERO VIVER A RECUPERAÇÃO VC QUER VIVER O QUE?

Acabou ai a conversa, depois que o coração volta pro peito dói né, pensar que ele mentiu pra mim todos esse anos, acordei a 1:00hs da manhã e deixei um bilhete na carteira dele:

Dú quanta mentira? Quem é vc?
O inicio do uso de drogas, quando vc perdeu sua moto e chorou que ninguém te ajudou, vc não me contou que eram tantas dividas da moto que seu pai perdeu a carta dele, no apartamento da Lapa vc grita que nunca teve a oportundiade de morar la, vc morou sim com sua ex, mais nessa época vc estava sem controle, chegou a pular da janela do apartamento (fica no primeiro andar) pra ir comprar drogas dizendo que ia comprar pão?
Quanta mentira meu Deus quem é VC?

14 comentários:

  1. É...o adicto vive de mentiras e manipulação, são "doutores" nisso. Eu já li que os adictos param o amadurecimento emocional exatamente na idade em que começaram o uso, então veja bem: você está lidando com um rapazinho de 15 anos, mentiroso, birrento, manipulador. Ele não vai perceber isso tudo até que admita a própria impotência, entre em recuperação e retome o amadurecimento. Mesmo assim, ele vai levar anos até se tornar um Homem. E lembre-se: a familia é toda doente também, entraram de cabeça nas mentiras, acreditam e querem fazer vc acreditar....quanta loucura!!!!!

    J

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PROJETO MENSAGEM LIVRE
      TRATAMENTOS EM DEPENDENCIA QUIMICA

      Se você busca o que ha de melhor em tratamento em dependência química, onde a reabilitação é completa em todos os sentidos, basta ligar em um dos nossos telefones ou pelo site www.mensagemlivre.com e preencha o formulário, e aguarde nosso contato.
      Dispomos de uma equipe especializada e treinada para atender você e sua família, de forma discreta e altamente profissional.
      Temos um local apropriado e preparado para receber pacientes se necessitar de uma internação, voluntária e involuntária, equipe re resgate e um acolhimento diferenciado.
      Nosso trabalho é dirigido pelo renomado Sr. Altair Pesse, terapeuta em dependência química, que lhe dará pessoalmente toda atenção que merece e lhe esclarecerá qual a melhor direção no que diz respeito a tratamento que melhor lhe atenderá.
      Então procure-nos e receberá o que merece: respeito, seriedade e competência.

      Estamos 24 horas a sua disposição.

      Nossos telefones:

      Vivo 15 9 9772.0821
      Tim 15 9 8179.3999
      Claro 15 9 9107.2691
      Oi 15 9 8806.9672

      Excluir
  2. Sei exatamente como vc esta se sentindo Kel...qdo conheci meu marido, durante o namoro, ele eta o "bom moço", nao bebia, nao fumava e ainda batia no peito dizendo "Nunca me droguei na vida", nossa era o homem perfeito rsrs, qdo descobri tudo me senti traída por ele, entao eu entendo extamente o que vc esta sentindo, tbm perguntei varias vezes pra ele"Quem é vc? nao esse homem", meu marido demorou mas um dia respondeu, ele disse que qdo me conheceu e se apaixonou por medo de me perder ele nao me contou, achou que ao meu lado iria conseguir ficar sem usar, ok..ok.. mas foi muito sinismo bater no peito varias e varias vezes dizendo que nunca na vida experimentou drogas....Amiga, dsesejo-te sorte nesse momento, que tudo se conclua na paz e que sirva pra ele acordar, afinal esse casamento deixou 2 filhos pra ele né, tomara que ele caia na real...beijossss

    ResponderExcluir
  3. E QUE LOUCURA...MINHA CABEÇA AS VEZES AINDA RODA QUANDO LEMBRO DE TUDO...jesuisss...só imaginava histórias assim em filmes e novelas...é dificil de acreditar..as mentiras do tipo "to no trânsito, o ônibus quebrou, perdi o celular" pra fazer o uso das drogas chegam algumas vezes serem engraçadas como a do estepe da amiag Lu...agora meuuu...uma pessoa mentir, uma pessoa só não uma familia inteira viver essa mentirada toda durante anos...essa loucura durante anos...e ainda acharem que estão certos..ta fugindo da minha capacidade de compreensão...não to dizendo que a ex dele era santa...mais gente..o que é isso...até aonde vai i fanatismo religioso das pessoas, a mãe dele é uam fanatica religiosa que só acredita na "igreja" a qual frequenta e acredita cegamente que pq ela serve nessa igreja os filhos dela são santos e não tem pecados, que os pecados dele são induzidos ou provocados pelos outros, que eles "pecam" pra se defender...DEUS DO CÉU...ABRE OS OLHOS DESSA MULHER...

    ResponderExcluir
  4. KEL INFELIZMENTE MINHA SOGRA ERA IDENDICA A SUA OU ATÉ PIOR,TAMBÉM ERA FANÁTICA RELIGIOSA E DIZIA QUE O FILHO DELA ERA DEUS QUE TINHA PROMETIDO E JAMAIS FARIA NADA QUE DESAGRADASSE A DEUS ,CHAMAVA ELE DE ''SANTINHO'' E CHEGOU AO PONTO DE DIZER QUE A DROGADA ERA EU, EU É QUE USAVA DROGAS E VENDIA AS COISAS DE CASA ,MAS NÃO ELE ,O ''SANTINHO'' DELA,KKKKKKK, E O PIOR DE TUDO É QUE MINHA CUNHADA ACEITAVA TUDO O QUE A MÃE FAZIA E NO FINAL ERAM TODOS CONTRA MIM...ELA SÓ CHEGOU ACREDITAR QUANDO VIU QUE O FILHO FICOU TÃO DOENTE QUE PRECISOU SER INTERNADO...INFELIZMENTE EU ACREDITO QUE A FAMÍLIA TODA ADOECE JUNTO E ACABA "FINGINDO'' ACREDITAR NAS LOUCURAS DOS FILHOS COMO UMA FUGA,UMA FORMA DE SOFRER MENOS,A REALIDADE É QUE ELES SABEM E NÃO QUEREM ACEITAR...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pois é, exatamente isso que acontece...só que não da pra aceitar e viver tudo isso...tenho 2 filhos pequenos, tenho a obrigação de salva-los e me salvar...pelo meu marido só posso fazer oq ue devo fazer...deixar ele crescer...Deus do céu...to pedindo que todos acordem desse pesadelo..e sejam fortes pra enfrentara realidade e pra lutarem da maneira que se deve lutar...que Deus abra os olhos desse povo..e gente pelo amor faço um apelo quem vive esse mau, não se entregue ao Fanatismo religioso, Deus deu a inteligencia ao homem pra que? pra que existem médicos? pra que existem remédios? pra que existem tratamentos? pra que existem grupos?...são todos elos pra lutarem contra essa doença..Deus age através do próximo...Deus não se materializa e vem falar com vc cara a cara...Deus age através de seus filhos...ACORDEM ENQUANTO HA TEMPO

      Excluir
  5. Kelzinha, nao te escrevi antes mas to acompanhando a historia toda. Nesse momento mulher, olha mais pra vc, nao adianta vc querer saber dele e do passado dele, isso já foi. Tenha certeza de que saber disso so vai lhe chatear mais e desestabilizar mais ele ainda, e se vc cavar de verdade, vem mais. Isso já foi, vc não precisa de mais motivos para querer se afastar dele, vc ja viu todos eles e ja sabe o que sera melhor pra ti, ficar buscando essas coisas não te fara nenhum bem e menos a ele. Já foi e vc construiu uma vida pra si junto a ele e isso ficou para tras, vc nao deve se basear no passado dele para tomar decisoes, e sim na sua vida junto a ele. Estou aqui esperando o melhor pra vc, e qnt mais eu leio, vejo que muitas coisas nao tem muito haver com a adicção, os problemas tb vem de personalidades e posturas, e acho q mesmo ele sem droga, nao tem os mesmos objetivos e compatibilidades com vc, e cabe a vc analisar, se ele sem drogas ou em tratamento seria o homem ideal pra vc. Qnd eu conheci o Ni, na primeira semana ele disse q dava uns "tiros" de vez em qnd, eu so discordei e disse q nao usava e detestava drogas. No primeiro mes ele despejou todo o passado dele com detenções, brigas com namoradas e tudo oq vc ja leu no blog. Depois da adicção ele me contou coisas horriveis tb, feias, q qnd eles saem para usar drogas se sujeitam. Ele me dizer toda a verdade foi otimo, e o Ni pode ser considerado muito pior que o Du em todos os aspectos, usuario de crack, ele morou quase dois meses na rua com noias, usuarias que se prostituem, traficantes e nem imagino mais oq aquelas pessoas escondem, depois ele morou por dois meses numa casa com uma usuaria q é mais loka q o batman e outro usuario, depois voltou as ruas por mais 15 dias e esta preso ha quase dois anos com homicidas, pedofilos, estrupadores e toda sorte de delinquentes. Eu saber do passado dele não alterou em nada nossa historia, nao me fez ama-lo menos ou desistir, pois pra mim foi de extrema valia viver tudo oq vivi com ele. Ele nao mentiu, me contou o passado, foi honesto em muitos casos, e esta nao foi a nossa salvação. Agora qnd o Ni esta sem a droga, parece que vivemos em uma lua de mel, pois nos damos bem, gostamos das mesmas coisas, ele nao me maltrata ou desrespeita com ou sem a droga, mas ele tem um vicio q e inadmissivel pra mim e esse vicio gerou comportamentos EM MIM que ficou impossivel nos dois vivermos juntos. Agora o Du, mesmo sem usar, q tipo de relacionamento vc's tem, desde as melhores epocas? É isso q vc deve analisar, pois contra as drogas, a batalha deve ser eterna e enqto vc quiser apoiar. Agora ser desrespeitada, deixar o desequilibrio tomar conta do teu lar com os pequenos, nao tem nada haver com a adicção em si, mas sim com codependencia e medo de deixar, e isso vc deve resolver ja. Eu sei q vc o ama, e soltar a corda e dificil, eu direto tenho vontade de ajudar o Ni a sair e trazer ele pra perto de mim, mas será q é bom? Não e melhor deixar ele viver longe de mim q foi pra onde as atitudes dele o levaram? To morrendo de vontade de ir naquela cadeia, mas sera que e ali que nos vamos nos acertar e definir nossas vidas? To morrendo de vontade de mandar uma carta, mas eu devo ignorar que ele nao respondeu como ele esta em relação ao uso qnd prometeu parar e mudou de assunto? Pra concluir, eu as vezes vejo que a distancia e a melhor solução neste momento, para nos aprendermos a trilhar outros caminhos, eu mudei muito depois de todo esse tempo separado, e qnd eu fui ve-lo, vi que nosso amor de ambas as partes esta ali intocado. Se é definitiva, nao sei... mas as veze dar um tempo é bom, faça isso por vc, se estiver escrito, ele vai mudar e tentar resgatar a familia, entregue nas maos do unico que sabe conduzir essa situação DEUS. Se foque em vc, nos pimpolhos e deixa o Du por um tempo, nao sinta a dor de ser pra sempre, mas sim de ser o necessario no momento, o resto, Deus sabe, so muitas esquinas que temos que contornar para ver os propositos dle. Grande abraço, lhe desejo toda paz, e se precisar estamos juntas. =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sol..mais eu não estou me separando por causa das mentiras e nem to caçando motivos pra isso, foi muito importante eu descobrir a verdade por um unico motivo, FAZER ELE OLHAR NO ESPELHO que a adicção dele destrói a vida dele e o motivo pelo qual ele entrou nessa não foi uma desilusão amorosa e sim na adolescencia..pq ele QUIS..lógico que as mentiras magoam, mais eu ja entendi que ele é uma pessoa DOENTE e a adicção tudo tem a ver com PERSONALIDADE, pq essa doença é uma doença do COMPORTAMENTO, ou seja de como a pessoa vive em sociedade, por isso e não por conhecidencia os adictos apresentam na sua grande maioria as mesmas caracteristicas: manipuladores, mentirosos, inseguros, se vitimizam, são os perseguidos, os mimados, enfim...como a "J" disse é exatamente isso...é uma DOENÇA as pessoas nascem adictos, uns se usarem não da nada outros se afudam....é isso...

      Excluir
    2. Mas ai q entra a Co menina, qm e vc pra fazer ele olhar no espelho?? ter atitudes para mudar ele sem interesse nenhum pra vc?? q isso? Entrega nas mãos de Deus, deixa as teorias, motivos e erros pra la, foca na Kel, se desse pra te mandar uma foto de foca te mandava...rs Assim como vc como CO tem seus erros e defeitos vc deve olhar somente a eles e fazer o melhor por vc, deixa os defeitos dele pra lá. Nao adianta amore, ele sabe dessas coisas, ele se defende atacando, e qm acredita no q ele diz da mais combustivel pra ele. Uma coisa que o pai do Ni me disse: "Dessa vez ele fez tudo diferente, ele tentou, ele nao brigou, nao me desrespeitou, ele simplesmente virou as costas e disse que ia embora pois nao agentava mais ficar sem as drogas" O Ni mudou, e foi sozinho, com os sofrimentos dele e erros dele, o pai dele dizia q qnd ele era mais jovem nos primeiros problemas com droga ele brigava, discutia, roubava da familia, e mesmo na adicção muitas coisas mudaram nele. E eu vi essa mudança em algumas partes, comigo ele poucas vezes foi aquele cara que ele me apresentou no inicio do namoro, mas nao foi o suficiente pra manter ele limpo, e espero que um dia ele consiga.Comportamento Kel, ate dependente muda, pois senao nao teriamos irmandades gigantescas como NA e amor exigente com milhares se mantendo limpo so por hoje. E nao e so defeito de caracter q leva a droga nao, o pior caso q eu vi foi de um menininho de 4 anos na internet q fumava crack, nasceu ali no meio da boca, depressao tb, varios tipos de drogas, logo o mundo e um amontado de casos, ninguem e igual a ninguem e cada um sabe de suas proprias razoes para ser como é e esta longe de alguem definir todos os porques. Cuida d ti e segue em frente, grande abraço!

      Excluir
    3. Sol...se eu fiquei sabendo disso era pq eu precisava saber, e era uma sementinha que eu devia jogar...eu joguei a semente, ai está a dificuldade em ajudar um adicto sem se tornar codependente, é fazer sem esperar retorno, é ter esperança que a recuperação aconteça...e simplesmente "fugir" da crise sem resolve-la significa que estou deixando pra trás, o que eu podia fazer por mim atpe agor ja fiz, que foi falar com a advogada e esperar ela falar com ele, por enquanto a unica coisa que posso fazer é esperar a tempestade passar sempre tendo fé de que vou conseguir...ta doendo pra caramba...sim pq eu to lutando com a minha emoção..ta uam briga feia razão X emoção...e isso acaba com meu psicológico, mais to aki pedindo pra Deus me guiar e confiando nas minhas intuições...to seguindo elas sem me abandonar...não sei se me entende...ainda não é a hora de cruzar os braços, ainda essa hora não chegou...acredito sim que Deus tem me guiado a agir..antes de eu procurar a ex dele Sol aconteceram muitas coisas..pra eu chegar nessa conclusão, muitas conhecidencias...e essa infirmação de que ele é usuario a 20 anos e não a 13 foi de muita importância...acredite...não to me importando com as coisas erradas ou feias que ele fez, to dando importância pra uma informação que tirou outra venda dos meus olhos e estou tentando usar isso da melhor forma

      Excluir
  6. kkkkkkkkkkk...
    Desculpa rir em uma hora dessas, mas amiga, eu ainda me surpreendo, em como nesse mundo de adicção, só se mudam os nomes, e os personagens, porque as histórias são as mesmas.
    Meu ex também me "engambelou" dizendo que entrou nessa por causa de uma separação, frustada, de um relacionamento que não tinha dado certo. Toda a culpa era jogada nessa "diaba" que destruiu a vida dele, e fugiu com o filho que eles tiveram, que eu, em dois anos de namoro, nunca vi a cor do moleque, só sabia que meu sogro depositava a pensão e ponto.
    Em muitos momentos tive raiva dessa mulher, pq ele e a família dele a pintavam como um mostro. Hoje percebo, que muitas coisas com certeza não eram verdade, e que provavelmente ela, assim como eu, não aguentou o repuxo. E quem sabe eu não seja a próxima diaba a ser pintada, para próxima vítima? (rs)
    Amém, que estou curada!

    Um beijo , seja forte....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. imagina tem coisas q só rindo mesmo..só Deus graças a Deus estou tranquila na medida do possivel

      Excluir
  7. Ola minha amiga.
    O que dizer né?
    Um dos lados tem ceder. E pelo jeito ele não quer aceitar a recuperação. Enquanto o adicto joga a culpa no outro pela sua doença significa que ainda está longe de querer sair dessa. A vida é feita de escolhas não é?
    Força mulher. Bola para frente. Se precisar é só chamar.
    Tamujuntas.
    BJs

    ResponderExcluir
  8. Estou lendo nos comentários a minha vida. Obrigada pelo blog, mas eu tb perdi as forças. Só separação mesmo. Até pq tenho um bebê para cuidar e preservar. Só depende dele buscar ajuda. Bjos e força, amiga!

    ResponderExcluir