terça-feira, 4 de setembro de 2012

de quem é a Culpa?




Muito se ouve falar em recuperação da dependencia quimida e da codependencia, mesmo os dados estatisticos sendo desfavoráveis a recuperação, se fala muito sobre a Recuperação e sobre a atuação da familia.
Ai vejo por ai: graças ao meu Amor ele se recuperou, graças a minha esperança ele se recuperou, graças a minha luta ao seu lado ele se recuperou.
Pergunto, e quando a pessoa ama, luta, vive de esperanças e mesmo assim ele não se recuperou??
De quem é a culpa?
Ao afirmarmos que graças a qualquer atitude minha ele se recuperou, estamos automaticamente dizendo que quem tem a atitude contraria não colaborou para a recuperação do seu adicto.
Sempre que pensarmos que graças a qualquer coisa vindo da gente ele se recuperou, estamos de uma forma sendo codependentes nessa afirmação.
Pq se ele se recuperou, se recuperou pq ele quiz se recuperar e pronto.
A unica coisa que posso fazer é não me afundar junto ..só isso...entendem
Vamos parar de achar que somos Deus e que fizemos alguma coisa pra que aquela pessoa tenha se recuperado, podemos ajudar ou atrapalhar, maaaaaaasssss o ponto fundamental da recuperação é a ESCOLHA DELES.
Quantas mães, esposas, filhos fizeram o que a cartilha manda e mesmo assim infelizmente o dependente não se recuperou.
Vcs acham justo dizer que:
Há mais vc não teve esperanças o suficiente
Há mais vc não amou o suficiente...
Há mais...Há mais...
Não!!!
Tirem de vez esse fardo do ombro de vcs...se ele não se recuperou foi pq não teve forças o suficiente pra lutar contra.
Exemplo: Quem ajudou um adicto que viveu durante 8 anos na rua a se recuperar, sendo que a familia nem noticias dele tinha mais?
Foi ELE E DEUS

4 comentários:

  1. Kel, concordo plenamente com você....
    Só o desejo sincero de parar de usar, que vai fazer com que o adicto para de usar... SÓ ISSO!!!
    Acho que se ele tem o amor por perto, tanto da família, da esposa, namorada e amigos... Pode fazer com que a recuperação seja mais leve...
    Mas muitos só encontram o fundo da FOÇA e percebem que não dá mais pra usar drogas após perder tudo, inclusive a família...

    Beijo grande!!!

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde Kel bem assim mesmo vc esqueceu de escrever foi minha FÉ que o fez parar.... se recupera quem quer quem tem muita força de vontade... meu pai adicto em recuperação limpo há 8 anos é a prova disso saiu sozinho... e ele mesmo diz fiz por mim... não foram as lagrimas de vcs ou o pedido desesperado... eu precisava parar por mim ... " não quero mais brincar de me matar..." e graças a Deus e a ele SPh tem dado certo...tamujunto bjus

    ResponderExcluir
  3. OI KEL,CONCORDO PLENAMENTE COM ESTE POST ,POIS POR MAIS QUE EU LUTEI,FIQUEI AO LADO,TIVE FÉ ,DE NADA ADIANTOU MEU MARIDO CONTINUA NESTA VIDA...POR FALAR NISSO HOJE ELE SAIU PRA TRABALHAR DE NOVO E NÃO VOLTOU, TO REALMENTE CANSADA,MAS ESTOU BUSCANDO FORÇAS PARA PASSAR POR ESTA TEMPESTADE QUE PARECE NÃO TER FIM...
    BEIJOS E FICA COM DEUS.

    ResponderExcluir
  4. Excelente colocação!
    Nada mais a acrescentar, vc disse tudo amiga.

    ResponderExcluir