sexta-feira, 28 de setembro de 2012

mentiras!!




Buenas Galera...

Gostaria de agradecer a oração de todas, acreditem meu coração está mais calmo...e com certeza vcs me deram grande ajuda com as orações.

Como dizem depois que damos o primeiro passo, Deus age a nosso favor, a advogada está acionada pra ligar pra ele, acredito que ela ligue hoje, vai propor a separação de corpos e não divórcio de cara, então não é algo definitivo, mais extremamente necessário no momento, dói muito meu coração ter que fazer isso mais eu ja tentei todas as outras saídas e não deu, essa é minha última cartada e tenho muita fé de que irá funcionar, no tempo de Deus não no meu, mais pra mim o que mais importa é poder viver em paz, e ajudar meu marido a encontrar a sua paz.
Acho que já comentei, mais torno a repetir, até ontem a história que eu sabia sobre o uso de drogas do meu marido era que: ele até os 23 anos nunca havia colocado uma gota de alcool na boca, e depois da separação do primeiro casamento ele não suportou a dor e se afundou, a propria familia dele confirmava isso, inclusive chamavam a ex mulher dele a qual não teve filhos com ele de  "Diabo de olho azul", minha sogra diz que ela acabou com a vida do filho dela, pois bem.
Depois de autorizar a advogada a ligar ontem, uma voz soprou no meu ouvido: será que é verdade a história do passado do Du?, comecei juntar alguns fatos, umA conversa que eu tive com a ex dele que quando descobriu que eu tava grávida do meu primeiro filho e foi atrás dele, enfim, resolvi ligar pra ela e perguntar sobre o relacionamento deles, sobre o uso de drogas, sobre como as coisas acabaram, segue abaixo a resposta:

o       Ele já usava drogras quando ainda estávamos juntos, quando ele trabalhava de motoboy em uma empresa .
o        No começo eu não ligava pq ele disse que era só de vez em quando, mas depois que eu fui embora de casa - e voltamos a "namorar" - eu percebi que sumiu um relógio e uma jaqueta que eu tinha dado para ele. Depois percebi que o dinheiro de uma moto que ele havia vendido - e estava no banco - tb estava sumindo. Foi quando eu o confrontei e ele negou...mas eu o fucei nas roupas dele e achei as drogas...
o  Eu cheguei até a falar com o traficante dele, pedindo para o cara não vender mais pra ele, falei também com uns amigos dele pedindo para não o convidarem mais para sair para beber pq isso dava vontade dele se drogar...mas nada resolveu...
o      Quanto às agressões, na verdade ele nunca chegou a me bater, mas fazia muito terror psicológico comigo - ia na casa dos meus pais fazer escândalo quando eu terminava com ele, ia no meu trabalho para brigar comigo por bobeira, gostava de dar murro nas portas e paredes...
o       Minha mãe sempre dizia que um dia ele iria me matar, como esses doidos ciumentos, sabe? E confesso que eu tinha medo dele, sim, pq ele sempre dizia que se eu não fosse dele eu não seria de mais ninguém...
o       Sobre os calmantes é verdade...eu queria terminar com ele mas ele não aceitava de jeito nenhum, daí um dia eu fiquei tão doida que tomei um vidro inteiro de calmantes...
o       Daí fui para a casa dos meus pais, mas ele apareceu lá pedindo desculpas e jurando que ia mudar - e nós quando estamos apaixonadas acreditamos em tudo, né? E eu acabei voltando...

Pois é gente nem se parece com a vida que levo né?..hahahah..identico....

Mais uma vez tranquei meu coração na caixinha joguei no precipicio e bora confrontar o Dú

Sentei ao lado dele, segurei a mão dele e falei, preciso falar contigo.
Ele: Denovo
Eu: To em missão de paz, mas precisamos esclarecer algumas coisas
Ele: bufou
Eu: Du, vc não começou a usar drogas depois que sua ex te deixou, vc faz uso de drogas desde a sua adolescencia
Ele: caramba que disposição, vc procurou ela, só ela pode ter te contado isso, pronto mais uma pessoa querendo tirar o da reta e jogar nas minhas costas
Eu: Não to aqui pra julgar o pq seu relacionamento acabou, e de quem foi a culpam to aqui pra te mostrar o quanto as drogas ja fizeram vc perder,e vc ainda culpa os acontecimentos.
Ele: começou a falar mais alto, acusando ela, me acusando, dizendo que quem mais trouxe sofrimento pra ele foram os relacionamentos dele e não a adicção, que quando ele viveu sozinho ele era feliz, mesmo com a adicção (Percebem como ele ainda não acordou e não admitiu que é doente)
Eu: Há mesmo quando vc estava sozinho e feliz, a adicção te derrubou, pq foi quando vc perdeu empregos bons, foi quando vc se internou pela primeira vez e ficou só 15 dias, não faz 13 anos que vc é adicto, deve fazer uns 20 anos e vc sabe que essa doença é progressiva e fatal, quanto mais tempo mais fundo vc vai e 8 anos é tempo pra caramba
Ele: continuou jogando a culpa da infelicidade nos relacionamentos dele e que a adicção não era o que mais o prejudicava, ele ficou naquele blablabla...minha cabeça até roda, fiquei quieta ele foi tomar banho, quando minha cabeça voltou pro lugar, abri a porta do banheiro e disse:
Eu: A Adicção é o maior problema da sua vida SIM, pq um homem "normal" não adicto, quando leva um pé na bunda de uma mulher, ele chora, se levanta sai pra rua e arruma outra quando não outras, mais como vc já havia conhecido a droga, já havia conhecido o pozinho mágico que te da "alivio" quando vc levou o pé na bunda, não soube lidar com seus sentimentos e recorreu a droga pra se aliviar, ai vc se afundou e só continua se afundando.
A droga não é ruim, ela te da uma sensação maravilhosa, mais cobra um preço alto como vc mesmo diz, te deixa sem moral, te coloca la em baixo, e se vc junta um sofrimento "trauma" não resolvido com o efeito da droga, pronto virou esse ciclo doentio e enquanto vc não enxergar isso nunca vai se libertar.
Ele: ficou quieto mais continuou jogando a culpa na gente, ele insiste que se viver como uma pessoa normal conseguirá nunca mais usar
Eu: VC pode acreditar nisso mais eu sei que não é assim, isso é uma doença, enfim não vou repetir o que vc ouviu durante 5 meses na clinica, só posso te dizer uma coisa eu não vou te tratar como uma pessoa normal, enquanto vc estiver do meu lado vc vai ouvir sobre recuperação e sobre adicção, agora vc não é obrigado a viver ouvindo isso então vc escolhe, ou vive a recuperação de verdade ou não vive comigo pq vc não vai aguentar, pq eu não vou me calar...A ESCOLHA É SUA, EU QUERO VIVER A RECUPERAÇÃO VC QUER VIVER O QUE?

Acabou ai a conversa, depois que o coração volta pro peito dói né, pensar que ele mentiu pra mim todos esse anos, acordei a 1:00hs da manhã e deixei um bilhete na carteira dele:

Dú quanta mentira? Quem é vc?
O inicio do uso de drogas, quando vc perdeu sua moto e chorou que ninguém te ajudou, vc não me contou que eram tantas dividas da moto que seu pai perdeu a carta dele, no apartamento da Lapa vc grita que nunca teve a oportundiade de morar la, vc morou sim com sua ex, mais nessa época vc estava sem controle, chegou a pular da janela do apartamento (fica no primeiro andar) pra ir comprar drogas dizendo que ia comprar pão?
Quanta mentira meu Deus quem é VC?

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

indecisão..medos..Incertezas



Buenas galera..

Hoje cheguei mais tarde no trabalho, resolvi dar um descanso pro meu corpo a noite passada não dormi, não to conseguindo comer direito resultado o ouvido da doendo...rs...resolvi dormir 2 horinahs a mais, liguei pra minah chefe e disse que iria em atrazar, graças a Deus ela é muito compreensiva (desde que não abusem) e eu não abuso de verdade, e hoje saio as 17:00hs pra compensar.

As coisas em casa estão calmas, ontem ele foi a igreja, ta todo bonzinho me fez até café da manhã, disse que não quer me ver assim.
Eu só respondi que queria ficar quieta e não queria mais brigar, ele disse que não iriamos mais brigar, eu respondi até vc ouvir o próximo não, ele ja demonstrou certa irritação e se virou falando só por Deus mesmo.

Gente sabe quantas vezes eu ja vivi isso?
Essa situação da briga, das ofensas e do café da manhã, vou fazer uma conta bem por cima, são 6 anos juntos, 72 meses, tirando uma média da frequencia do uso que variava entre 1 semana, 1 mes, 3 meses e tirando os 6 meses limpos de agora e os 7 meses quando eue stava grávida do meu filho, fiz a média que essas "crises" aconteciam a cada 30 dias, mesmo ele limpo que ai que o bicho pegava ele ficava insuportável pq até então não tinha motivo pra se sentir culpado já que ele não tava errando.

Foram 72 brigas com direito a gritaria, ofensas e café da manhã no dia seguinte.

Será que devo acreditar pela 73º vez que será diferente?

Como meu coração gostaria muito de acreditar nisso, e como gostaria só de pensar ja choro...mais minha razão e as circunstâncias mostram a diferença, eu como de constume sempre entro em um site onde tem mensagens diárias sobre espiritualidade, e antes de abrir o site pedi: Deus me mostra se estou no caminho certo?
 Segue a mensagem:

Abismo ou Ponte?
Não vamos dramatizar a dor! A prova, seja ela qual for, não vem para esmagar, mas para induzir a crescer. A pedra de tropeço pode ser transformada em degrau. Está no próprio homem escolher ser abismo ou ponte!
Chico Xavier

Ninguém gosta de sofrer, não achamos que a dor seja absolutamente necessária em nossa vida, mas não podemos deixar de reconhecer que o sofrimento muitas vezes é a única maneira que a sabedoria divina dispõe par nos dar um ‘choque de crescimento’. Quando o homem se recusa a crescer em seu aspecto intelectual, emocional e espiritual, costumo compará-lo a um carro atolado na lama. Fica atolado porque se opõe à lei de evolução à qual todos os seres no planeta estão submetidos. O espírito carece de se expandir, assim como um carro que foi concebido para rodar e não para ficar parado na garagem. Carro que fica muito tempo sem uso geralmente costuma apresentar problemas.


O espírito, quando se recusa a crescer, costuma também enfrentar uma série de obstáculos em sua vida. Quanto maior a resistência, maior o sofrimento.


Fiquem com Deus

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

É melhor atirar-se à luta em busca de dias melhores, mesmo correndo o risco de perder tudo, do que permanecer estático, como os pobres de espírito, que não lutam, mas também não vencem, que não conhecem a dor da derrota, nem a glória de ressurgir dos escombros. Esses pobres de espírito, ao final de sua jornada na Terra não agradecem a Deus por terem vivido, mas desculpam-se perante Ele, por terem apenas passado pela vida

Bob Marley

....e o que da pra Dizer?



Buenas...

Ontem dormi na minha cunhada, meu marido deu show...quando soube que eu ia dormir lá, chegando na minha cunhada fiquei sabendo através dela que a mãe dele acha ele um coitadinho, que o filho dela não é isso que eu falo, minha cunhada diz que ela não quer acreditar no que ele se transformou e fica se enganando, ai juntei que quando havia ligado pro meu marido ele me disse: é eu já sei que vc ligou pra minha mãe falando mau de mim....eu ri né..pq é cada uma

Então minha sogra ta fazendo o jogo da boa vizinhança, quando fala comogi concorda comigo quando fala com ele concorda com ele....e não toma nenhuma atitude, diz que o filho dela ta tomado por um espirito ruim e que um dia quando Deus quizer, ele tira esse espirito....vcs imaginam a minha cara ouvindo isso da minha cunhada...juro que queria sair correndo pra longe

Meu sogro chegou, conversei com ele e falei vamos nós dois hoje falar com ele, ai meu sogro mais eu ja tentei falar com ele e ele começa a falar que vc humilha ele, que vc manda ele embora, que vc maltrata ele, que vc não respeita ele, que eu me finjo de santa mais eu sou uma falsa, que faz questão de difamar ele.

Eu ouvi aquilo respirei fundo e disse ao meu sogro, eu posso ser tudo isso que ele ta dizendo, eu não to aqui pra me defender to aqui pra aproveitar a oportunidade que ele ta frágil emocionalmente e tentar enfiar mais alguma coisa na cabeça desse ser, mais precisamos falar a mesma lingua, quando ele disser isso ao senhor responda a ele: Dú eu não to aqui pra falar sobre o relacionamento de vcs, eu to aqui pra te dizer que tudo bem, a Rachel é tudo isso, mais por causa disso vc vai acabar com a SUA vida? Ela te joga no buraco e vc vai? Pq vc não sai do buraco e vai buscar Deus, busque o caminho certo, se ela fala que vc não presta, vc não precisa ir se drogar se destruir, va pra igreja.

Ele entendeu qual era o meu objetivo, eu mais uma vez coloquei meu coração na caixinha, passei o cadeado e joguei no precipicio e vamos la falar com o Eduardo.

O pai dele, Rachel ele vai ficar doido com vc
Eu: Mais? ele ja ta, pelo menos ele vai ouvir o que ele precisa ouvir e quem sabe essa sementinha pode gerar frutos no futuro.

Chegamos la, toquei a campainha ele abriu a porta, e soltou um grito: Parabéns vc ta conseguindo armar o circo, agora quer colocar a minha familia contra mim tb?
Veio fazer seu teatro, se da uma de vitima, pai essa mulher não presta, ela não vale nada, ela não me respeita, ela me humilha, bate e cospe na minha cara, ela sabia que na clinica eles espancavam os outros e mesmo assim me obrigou a ficar la, ela quer é isso acabar comigo, quer me difamar, ela e aquela familia dela, eu quero que ela se dane, só não fui embora por causa das 2 crianças, pq vai ser euir embora, ela colocar um macho dentro de casa e depois vou ter que pedir permissão pra ele deixar eu ver meus filhos, vc não conhece a Rachel, ela se faz de santinha...essa cara de sonsa...vc conseguiu vc colocou a corda no meu pescoço e me jogou no precipicio, vc ta afundando ta acabando com a minha vida.

O pai dele Du, eu não vim aqui pra falar da Rachel, vim pra falar de vc, olha o que vc ta fazendo com a sua vida

Ele: Culpa dela, dessa falsa, dissimulada, culpa sua que eu recai, e repetiu tudo denovo o que escrevi ai em cima.

Eu: Vc acha tudo isso mesmo de mim?
Ele: Ja vai fazer seu teatro
Eu: Ta bom então eu sou tudo isso, e te falo mais se eu quizer arrumar outro macho e enfiar dentro de casa pra ser pai das crianças eu vou fazer e sabe o que vc vai poder fazer? NADAAAA..se eu quizer eu faço e acabou
E ai por isso vc acaba com a sua vida? nossa como sou importante pra vc, tenho o poder de fazer uma pessoa se matar?
Olha para de arrumar motivo, todas as vezes que brigamos mandei vc ir pra igreja e vc quiz ir pra onde usar droga, sabe pq vc foi usar droga pq vc gosta.
Só que vc nunca vai admitir isso, ai vc inventa esse monte de absurdos que vc sabe muito bem que nem um terço do que vc disse é verdade, pra vc ter um motivo, EU SOU O SEU MOTIVO, mais te digo vc não tem motivo nenhum, vai pq GOSTA...ele repetiu tudo denovo...hahaha

Nessa hora sai de perto fui no meu quarto pegar umas roupas e o pai dele, repetiu: EU vim aqui pq me preocupo com vc meu filho, e vc ja pensou que o Kauan ta crescendo que logo logo ele vai entender o pq as coisas acontencem e vc quer que ele te veja como um pai drogado? Vc quer que ele tenha esse exemplo seu, meu pai é um drogado. Pense em vc, pense nos seus filhos, esquece a Rachel para de se destruir.

Ele continuou me culpando e fomos embora.

O pai dele: Rachel, ele não vai te deixar em paz, vc teria que fugir, trocar de emprego, de cidade pra dar um gelo nele.

Fácil assim né gente...hahaha

Respondi: Vou ter que mudar minha vida pq ele ta doido? Não...posso mudar de casa mais de emprego, não tem como.
Ele: Mais eé a unica saída que eu vejo, vc teria que viver escondida um tempo, rpa fazer ele pensar no que ele ta perdendo e quem sabe ele acorda, ou acorda ou afunda de vez.

Essa hora eu queria entrar em um foguete e ir pra lua.

Demorei a dormir, o meu coração voltou pro peito e eu lembrei de cada palavra que ele falou, não consegui chorar, mais não dormia sensação de mau estar, vontade de vomitar, acordei as 4:30hs, arrumei as coisas e sai pra ir levar as crianças na escola, no carro me bateu o desespero eu pedia: Senhor me da uma saída, gente não é possivel isso não ta acontecendo, comecei a chorar, peguei o celular liguei pra ele.
Eu: o que aconteceu com vc? cade seu coração virou pedra? vc tem noção das coisas que vc me disse ontem?
Ele: me deixa dormir não enche, desligou
Eu: liguei denovo, meu eu não dormi pensando naqueles absurdos que vc me disse, olha o que vc ta fazendo comingo
Ele: Eu fiz o que
Eu: NADAAAAAAA....lembra das suas palavras de ontem, não da pra acreditar que vc pensa assim...meu vc nunca mais vai me ver, chegaaaa...chegaaaaa...o que é isso? Pq vc acha que tem o direito de fazer isso com as pessoas...chega vc nunca mais faz isso comigo, vc NUNCA MAIS VAI ME VER...NUNCA MAAAAAAAAAIIISSSSS,desliguei
Ele depois me ligou com a voz mansa: e as crianças?
Eu: apesar de vc me achar um bicho, um monstro...eu vou deixar vc ver as crianças sempre que quizer, vc sabe eu sempre te disse isso, mais eu nunca mais vou deixar vc fazer o que vc fez comigo não...
Ele: o que eu te fiz?
Eu: Nada...lembra das suas palavras de ontem, então nada

Gente pra fazer a separação eu preciso de uns documentos dele, se eu pedir sai escânda-lo, escondido não da pra pegar, vou pedir pra advogada ligar pra ele e falar, olha preciso que vc me de esses documentos.

Agora aquele ser ta me ligando todo manso falando: Rá não fica assim, eu falei chega, não fala mais comigo, esquece.

Que Deus abra os caminhos e me ajude a percorre-los

Fiquem com Deus

terça-feira, 25 de setembro de 2012

os Extremos



Gente to escrevendo denovo pra ver se me acalmo...

Eu to indo aos extremos da tristeza e da euforia. tava chorando de rir com a história da Lu..kkkk

Ai meu marido me liga, denovo pela milesima vez e pede liga pro hugo pede o Diazepam...eu respondo ja liguei ja pedi ele disse que não vai dar q não é bom

Ele: SUA FDPPPP...quer me ferrar, pq vc concorda com ele, vc tem que concordar comigo, casa com  ele já que ele é um Deus pra vc

Eu: vc ainda acha q ta certo...ele ta limpo há 14 anos e vc não conseguiu 1 mês aqui fora.

Ele: Sua FDPPP...liga pra ele e pede a P*rra do remédio, ou vc quer que eu gaste o dinheiro do aluguel com uma consulta só pra pegar essa receita.

EU: gasta ué se não pagar o Aluguel vamos ser despejados, eu nã aguentei e comecei a ri..nossa tantos elogios q recebi dele...

To indo aos extremos das minhas emoções...tristeza, euforia...resultado coração agitado e agitação...
Não consigo me concentrar...em um minito choro e no seguinte do risada...quem é que consegue permanecer na praia dessa forma?
Conviver com um adicto na ativa, mesmo sem ir atrás dele nas biqueiras, mesmo sem perder uma noite de sono, mesmo sem bancar ele
Eu to sentada na praia mais o Tsunami ta invadindo ela, mesmo eu aki paradinha sem nem olhar pra ele...

Agora me entendem...então é muito lindo e romântico bater no peito e gritar vou lutar pelo meu amor, ajuda-lo

De que jeito...se alguém tem a receita manda ai...

Obs: Sem ofensas ou indiretas a ninguém viu gente...só mostrando a minha realidade..

caraca Sem Palavras!!

Vai vendo...o marido me liga chorando dizendo que ta com medo, e pediu minha ajuda, pediu que eu ligasse pro dono da Clinica e pedisse uma receita de Diazepam, mais que eu não contasse que ele recaiu, eu falei o remédio não vai te curar, ele mais liga, ta eu ligo.
O dono da clinica ja sabia q ele tinha recaído, conversamos durante uns 20 minutos, que essa oportunidade era boa pra ver se entra na cabeça dele que ele precisa seguir o que aprendeu la dentro, mais aqui fora, grupo, religião, viver de forma saudável...eu disse que não adianta eu falar que ele explode e bla bla bla...por causa de orgulho, e a unica forma dele quebrar o orgulho é quebrando a cara, que ele não aconselha internação, não agora, que internação só nos últimos casos, senão a internação acaba virando o "remédio milagroso"...enfim...
Liguei pro meu marido e fui honesta com ele, disse que não teve como falei da  recaída...pronto surtou

Me ligou e durante uns 10 minutos berrava no telefone que eu não respeito ele, que eu tenho o prazer de espalhar pros outros que ele recaiu pra envergonha-lo que eu to afundando ele, que durante 6 anos eu só faço o que eu quero (hahahaha é prá rir) que eu passo em cima dele, que graças a mim ele ta desse jeito
Eu calmamente respondi, eut e conheci adicto então vc se afundou muito antes de me conhecer PQ VC QUIZ...e eu só fiz os seus gostos até hoje e vc sabe disso não se faça de doido.
Ai ele., vc acredita em tudo o que os outros dizem menos em mim, é a minha vida aquele bandod e imbecil não sabe de nada.
Eu respondi e vc sabe? Sabe tão bem que ta nessa vida a 6 anos sem conseguir sair, pelo menos eles sairam, vc acha que devo acreditar em vc pq?
Ele CALA A BOCAAAAAAA..não fala vc me irrita me tira do sério,  CALA A BOCA
Ai respondi séria.. CALA A BOCA?? NÃO ME LIGA MAIS, JA DISSE DESRESPEITO EU NÃO ACEITO e desliguei, ele ligou eud esliguei denovo, tirei o telefone do gancho liguei pra mãe dele e contei o "causo"

Que Deus me ajude a caminhar nessa tempestade...e me de Serenidade pra tomar atitudes..

tristeza...quantas chances terei que te Dar?



Buenas pessoas....

Depois da revolta a tristeza bateu...o coração apertou...e aceitar q a adicção consegue cegar as pessoas de uma maneira que elas precisam bater la no fundo do poço pra depois TALVEZ acordar, me entristece demais, que sensação de impotência que coisa horrivel...e o pior saber que se é possivel que só depende da propria pessoa querer se reconhecer impotente e vc ver essa pessoa batendo no peito que não..não é assim...dói mais ainda, ver a pessoa CEGA e se afundando dia a dia...

Ontem como sempre o de costume, vieram as lamentações, as promessas, as manipulações, eu ja to tão calejada disso que ja não caio mais...porém esse falatório me confunde, e graças as palavras da minha madrinha e do Wal Adicto, me fez enxergar denovo que se eu realmente quero ajudar tenho que acelerar o fundo de poço dele, que permanecer estática só estarei adiando a sua recuperação.

Ontem ele me pediu: Me da mais uma chance?
Eu nada respondi, mais em meus pensamentos a resposta era, posso te dar quantas chances vc me pedir e nada vai mudar.

Ele falando e eu observando como a adicção cega eles, meu Deus que coisa horrivel e eu nada posso fazer, me bateu uma tristeza eu abracei ele e chorei, chorei, chorei, no meu coração senti como se fosse uma despedida onde em meus pensamentos uma voz dizia: Tchau Dù, espero te encontrar denovo em algum lugar la no futuro, espero que vc vença esse mau, essa doença, eu não queria mais preciso seguir.
E chorei mais ainda abraçada a ele deitada na cama...meus filhos entraram no quarto e pularam em cima de mim com ciúmes do pai, e aos poucos ele foi se afastando, se levantou da cama ficou parado olhando como se ele não fizesse parte daquela familia e disse assim: Vcs vão ser felizes nem que pra isso eu suma, meu Deus não é possivel que eu não consiga, senhor não é possivel...o que é isso que mau tão grande no mundo é esse...ai ele se virou e saiu...

Eu não sai de casa ainda, mais estou tomando as providências, isso não da pra se resolver de um dia pro outro..tem que separar papelada, enfim, nesse meio tempo sei que as crises de abstinência vão acontecer, as provocações também, até uma nova recaída.

Enquanto isso eu vou caminhando, confesso que ta dificil concretizar essa decisão, eu paro muitas vezes no meio do caminho, paro por varios motivos: medo, amor codependência, expectativas, egoismo, mais EU PRECISO DAR ESSA OPORTUNIDADE PRA GENTE.

Ontem tive a certeza de como eu AMO ele, de como eu queria que fosse diferente, mais não está nas minhas mãos, como é dificil deixa-lo sozinho rumo ao fundo do poço, e como é dificil dar a maior prova de amor pra ele.
Que é deixa-lo, dar essa prova de amor sem esperar nada em troca, sem esperar que ele me entenda, sem esperar que ele me odeie e deixe de em amar...como é dificil entregar ans mãos de Deus e confiar no tempo DELE...e não querer criar expectativas em cima do MEU TEMPO...como é dificil ESPERAR...como DÓI fazer isso...

Hoje meu coração da apertado, da encolhido, dolorido, hoje eu estou triste e seria impossivel não estar, sei que essa tristeza vai passar..mais ta DOENDO PRA CARACA...SENHOR DEUS..

Que deus de um bom dia a todas vcs

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

adicção, codependência e Amor




Olá pessoas, resolvi escrever esse post, pra tentar dar uma resumida no que esses 3 nomes representam na minha vida.

Como criei o blog a acho que 4 meses, e faço dele um diario esses meus ultimos 4 meses tem sido o LIMITE entre as 3 palavrinhas que resumiram a minha vida nos últimos 6 anos...rs

O limite de viver um amor onde a adicção e a codependência estão presentes...é viver de Fé,  Esperança e de Revolta

Quando as coisas não estão bem, tentamos viver com fé e esperança de que elas melhorem, e quando elas de fato melhoram as amigas que vivem a recuperação de seus companheiros é natural que a vida fique mais colorida, afinal vcs estão presenciando um milagre, então existem uns momentos de insegurança, mais o que predomina é o milagre da recuperação...assim fica fácil falar de amor...
Assim como quando meu marido saiu da clinica, que ele me surpreendeu com várias palavras e atitudes eu tb, respirava esperança, vivia um milagre...e estava radiante podem confirmar isso nos posts (a 5 minutos do milagre e milagre os primeiros passos)
Porém quando a tempestade se instala na nossa vida e demora a passar a fé e esperança muda de foco...rs..pois é quando então tinhamos fé e esperança em uma vida feliz em meio a recuperação passamos a ter fé e esperança em uma vida melhor pra nós mesmas, logo, tudo que não faz parte dessa vida melhor se torna ruim e quando esse ruim não passa Eu devido aos meus traumas crio uma REVOLTA...
É nos últimos meses a recuperação do meu marido..tava dificil de acontecer, até deu um sinalzinho...maaaaaasss....então do céu desci pra baixo...rs...como falar de amor, com felicidade onde infelizmnte a adicção voltou a predominar...e eu luto com a minha codependência pra não matar meu amor pela VIDA.

Eu tenho esperança na recuperação do meu marido..sim mais é dificil aceitar que isso, pode acontecer hoje, se não hoje daqui 10 anso ou nunca acontecer.
Sabe pq é dificil de aceitar isso sem revolta...PQ EU AMO ELE, e como nossa amiga Fenix muito sabiamente disse em um post..A GENTE NÃO DEIXA DE AMAR CANSA DE SOFRER...

E onde a adicção ativa há sofrimento..e dor..e tristeza...pq adicção ativsa representa um suicidio diario, um suicidio inconsciente...de uma pessoa que se AMA e nada se pode FAZER...como ser feliz com alguém se matando e te matando?

Ai a Revolta bate nas horas em que a adicção vence a luta...a luta, não a batalha, pq enquanto a vida a esperança.

Não é pessimismo não gente...o bicho é feio e a luta é brava...se eu tivesse falando algo que não é verdade as estatisticas não estariam contra a recuperação.
Sim devemos olhar pros que venceram pq só assim conseguimos manter nossa fé e esperanças acesas...
Por isso que me alegra demais ver as pessoas que conseguem...se manter limpos e ter uma nova vida...

Isso mantém minha fé acesa, só que eu preciso aceitar que isso não é no MEU TEMPO..é no TEMPO DE DEUS...e se a pessoa SE PERMITIR...

E isso me revolta a pessoa não se permitir...PERDER MEU AMOR POR CANSAR DE SOFRER...ISSO NÃO É PRA SE REVOLTAR?

EU ME REVOLTO E DEPOIS VEM A  ACEITAÇÃO

E ESCREVENDO ESSE POST A MUSICA QUE TAVA ROLANDO DE FUNDO, PERFEITA

Todo dia ela chega em casa
E se pergunta: O que é que eu to fazendo aqui ?
Todo dia chega do trabalho
Olha pro lado sem saber pra onde ir

E a vida que leva não é a mesma
Que planejou quando era feliz
Todo dia isso se repete
Ela procura um motivo pra sorrir

Uô uô ôô, uô uô ôô
Com o tempo a vida faz crescer e aceitar
Que de repente tudo muda e troca de lugar
Não se entregue e não deixe a maré te levar
Só não deixe a maré te levar
Com o tempo a vida faz crescer e aceitar
Uôuôoô

Todo dia ele toma um gole
Pra esquecer tudo o que deixou pra trás
Todo dia ele se arrepende de não ter
Feito o que era capaz

Por que a vida que leva não é a mesma
E essa rotina já não satisfaz
Todo dia isso se repete e ele procura
Encontrar a sua paz

Com o tempo a vida faz crescer e aceitar
Que de repente tudo muda e troca de lugar
Não se entregue e não deixa a maré te levar
Só não deixe a maré te levar
Com o tempo a vida faz crescer e aceitar

(Maré - NX0)


RECAIU




Buenas pessoal..

Pois é ele recaiu...do sábado pro domingo, passou a noite fora me ligou as 9:30hs da manhã.

Como me senti com isso?

Estranha, confusa, não fiquei triste pq eu ja estava aceitando q ele iria recair, quando ele deixou de buscar ajuda espiritual e depois resolveu beber.

Sim brigamos antes da recaída dele, extendendo a briga de terça -feira a qual ele faltou com o respeito por não querer que eu frequentasse o amor exigente, o resto da semana passamos sem nos falar, ai sábado os dois juntos na mesma casa...o rojão estourou...não consigo aceitar desrespeito  e injustiça, não adianta isso me deixa revoltada...mesmo pq eu ja fingi não ligar pras ofensas dele e de nada adiantou, muito pelo contrario minha auto estima na época estava la em baixo  e eu não vivia me arrastava...afinal eu quero viver com alguém que no minimo tenha respeito por mim...ja fui desrespeitada demais na minha vida nesse relacionamento e em outros relacionamentos...e eu aceitava sabe la Deus o pq...agora não consigo digerir mais essas coisas...

Depois da briga que foi feia com direito a euzinha aqui querer morrer...pegar uma faca e falar pra ele me mata logo, para de fazer isso comigo...ele disse que ia sair de casa, nisso as coisas se acalmaram e ele disse que os filhos dele não mereciam viver isso e que se a gente não dava mais certo junto que ele estava saindo de casa, pediu que eu o deixasse sozinho e levasse as crianças pra minha mãe que ele ia da um jeito falar com o pai dele, e aproveitava no domingo que o pai dele viria pro aniversário do nosso filho e ja levava o restante das coisas...e a tonta acreditoooouuu.
Fui pra minha mãe, voltei umas 19:00hs ele não estava, as coisas dele estavam todas la, ele só tinha saído tentei ligar 1 vez, chamou até cair na segunda caixa postal...na hora pensei ja era recaiu.
Minah filha ja estava dormindo, eu estava tão exausta e cansada e no dia seguinte era a festa do meu filho, tinha coisa pra caramba pra fazer resolvi deitar e dormir nem banho tomei, meu filho dormiu comigo, acordei a 3:00hs, liguei, chamou e ninguém atendeu, liguei denovo, caixa postal...voltei a dormir., acordei as 7:00hs fui tomar banho, comecei a fazer as gelatinas pro aniversário, arrumar as coisas, resolvi ligar pra minha cunhada, pedi que ela ligasse na casa da mãe dela e do pai pra saber se ele estava em algum desses lugares, ela ligou e me deu a noticia que NÃO...não estava...RECAÍDA CONFIRMADA...falei pra ela..jaja ele aparece, fica tranquila...
9:30hs meu celular toca era ele:
Ele: Isso não podia ter acontecido
Eu: Mais aconteceu e não foi falta de aviso
Ele: Eu pedi pra vc não me desestabilizar
Eu: Agora a culpa é minha...a NÃO nem vem, recaiu pq quiz recair, vc estava ja formando a sua recaída inconscientemente desde que resolveu não ir no NA, depois parar de ir na igreja e voltar a beber, ai começou a caçar motivo me provocando e faltando com o respeito comigo..vc queria um motivo eu te dei o motivo pra vc não admitir que recaiu pq gosta de usar, alias mesmo que eu não desse o motivo vc iria arrumar um em qualquer coisa...isso é caracteristica da SUA DOENÇA ADICÇÃO.
Ele: Eu sei Rá, mais se vc não tivesse me desestabilizado..e justo hoje no aniversário do meu filho pq vc fez isso...
Contei até mil e fiz a oração da serenidade umas 500 vezes em 1 segundo antes de responder isso..e respondi: Hoje é aniversário do seu filho e vc vai vir se vira pq vc não vai fazer isso com ele.
Ele: Eu não tenho condições de ir até ai, como eu vou desse jeito
Eu: Tem sim, do mesmo jeito que vc sentou a bunda na sua moto e foi fazer o que queria, vc pega sua moto e volta pra festa, afinal vc não ta aleijado e seu filho nada tem haver com as suas coisas. vc não vai fazer isso com ele...e sobre a gente hoje eu não quero falar, eu não to legal e hoje o assunto será aniversário do menino a gente vai ficar pra outro dia, pq se eu for falar hoje com vc vai sair outra briga, então chega.
Ele: Tá e desligou
EU fiquei arrumando as coisas pra festa, minha mãe veio pra me ajudar e comecei a incorporar o ´SÒ POR HOJE..e a felicidade tomou conta de mim, apesar de tudo eu consegui me sentir bem, mesmo que talves mascarando a raiva e a tristeza que estava, la no fundinho do meu peito resolvi sorrir e viver aquela festa e foi o que fiz.
Ele: chegou com aquela cara de piedade, eu não disse nada..(lembrei do olhar de decepção que a Fenix comentou em seu blog)..realmente acho que foi isso mais foi inevitavel...ele foi tomar banho eu me acalmei e fui la falar com ele
Eu: Dú..até quando vc vai continuar acabando com a sua vida? Pq vc não foi pra igreja, vc tava nervoso eu falei vai pra igreja?Vou te dar um conselho não é uma imposição, se interna mais 3 meses pra desintoxicar
Ele: Eu pensei nisso
Eu: liga pro Hugo e fala com ele.
Ele: Eu não tenho o telefone dele
Eu: Tem sim, pq vc não ligou pro Hugo ontem...poxa..vc tem o cartão e tem o papelzinho q eu achei em cima do sofa e te dei, pq vc não ligou?
Ele: Deu de ombro
Eu: Sabe pq vc não ligou..ORGULHO...acha que da conta sozinho, para ninguém da conta sozinho...vc ta acabando com a sua vida por orgulho
Ele: Eu pedi pra vc não me desestabilizar
Eu: ha não..deixa esquece...denovo minha culpa? para...chega não falo mais nada...faz o q acha fazer...só te falo uma coisa..eu não sou monstro, eu não quero te destruir, eu quero seu bem..e vc não me ouve, eu não quero mandar na sua vida quero SEU BEM...e vc acha que do seu jeito ta certo..blza vai achando e vai agindo assim..deixa eu parar por aqui...
Nisso ele ficava espiando na porta pra ver se aparecia alguém e falando sozinho e chorando no chuveiro.
Saiu do chuveiro se trocou e veio me perguntar se eu achava que ele devia comprar cerveja...?
É gente isso que vcs ouviram..eu dei risada e respondi vc quem sabe eu só não tenho dinheiro..ele saiu e foi comprar cerveja...hahaha
A festa aconteceu e eu adorei..conheci minha madrinha, "J" vc não sabe como foi bom te abraçar...te conhecer de perto...vc seu marido...amei vcs terem ido, obrigada.
As crianças se divertiram, acabou que não foi todos que convidei, sobrou coisa pra caramba, meu marido não bebeu, pelo menos isso...rs..
Ele tentava se aproximar e vinah falando, vamos viver bem não briga mais comigo, ai eu consigo...eu olhava e respondia é pra rir ou pra chorar?..Ja falei deixa esse assunto pra depois.
Hoje estou denovo estranha e confusa, minha razão BERRA:  CAI FORA
Meu coração e minha codependência sussuram: Da mais essa chance quem sabe agora ele não muda de atitude.
Chega a ser ridiculo...mudar não não vai mudar, vão se passar alguns dias, mesmo que eu vire a madre Tereza de Calcuta, ele vai recair pq o dia ta frio..ai ele vai voltar nessa recaída e me culpar que ele recaiu a segunda vez, pq a primeira recaida eu desestabilizei ele e agora ele ta na abstinência...

É dificil né...que Deus me de muita SERENIDADE, pra fazer o que eu DEVO fazer e não o que eu QUERO...o coração aperta...mais é isso gente ..rezem orem..por mim...

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

até aonde isso me Afeta?





Oi Genteeee...

Eu como uma boa codependente em recuperação, me peguei fazendo essa pergunta pra saber o quanto emocinalmente desligada do meu marido eu me  encontro, então fiz uma relação do que a adicção dele consegue me afetar ao ponto de dominar a minha vida, me fazer REAGIR e não AGIR.

Essas coisas abaixo já me afetaram demais, hoje já não graças a Deus

- Sintomas de recaída
- Passar a noite fora
- Ver ele parecendo um zumbi
- Não chegar pro jantar
- Mentiras do tipo: to no trânsito e estar indo comprar droga

Isso eu aprendi  a não me afetar antes mesmo dele se internar, sabem pq?
Pq eu sabia que nada que eu fizesse mudaria o curso das coisas, eu sentia compaixão pq poxa vida uma pessoa viver dessa forma não é vida, mais fazer o que se ele não fazia nada pra mudar

Coisas que me afetam:

Acho que da pra mim resumir isso em uma frase

FALTA DE RESPEITO.

O problema  maior de se conviver com a adicção ativa, não é que a pessoa vai usar, vai contar mentiras, vai sumir por alguns dias, vender as roupas dela, não vir jantar...
Gente se a pessoa ainda não acordou, que ela  viver dessa forma é prejudicial a ela e que ela pode morrer e só tem a perder o que EU posso fazer a não ser rezar por ela? NADA

Agora se essa pessoa, passa a me ofender, a me prejudicar, a me desrespeitar...ai já é diferente...opa perai...

Vc querer se ferrar é uma coisa agora querer me levar junto é outra

E infelizmente o traço da adicção ativa que grita na maioria dos que convivem com ela, é isso...o DESRESPEITO...

Se não fosse isso tantas familias não desistiriam de seus dqs, abandonariam, as pessoas abandonam pq além de ver alguém se afundando elas vão sendo levadas junto, instinto de sobrevivencia, só acho errado a pessoa não tentar jogar a rede pra resgatar fora isso, como condenar quem se afasta de uma pessoa que além de destruir a propria vida arrasta vc junto?

É triste demais tudo isso...pra mim a DROGA..é o maior mau do século...da humanidade...

PQ não envolve somente a saúde fisica e psicológica de uma unica pessoa, diferente de qualquer outra doença...ela envolve a saúde espiritual, fisica e mental de um grupo de uma familia...

To sendo pessimista?  NÃO
Realista....

Eu acredito em milagres, porém milagres acontecem quando devem acontecer e não quando eu gostaria que acontecesse...isso se chama expectativa...

Eu aceito dar sem receber nada em troca, eu aceito dar ajuda ao meu marido sem que ele me compreenda sem que ele me entenda,  mais pra que eu faça isso eu não devo permitir que ele me atinja e pra ele não me atingir eu não devo permitir que ele falte com o respeito a mim.
Pra isso infelizmente só estando longe..se um dia ele irá retribuir compreendendo as minhas atitudes, como nosso amigo Junior diz, isso será uma dádiva.

Equanto isso se eu tiver que sofrer, sair da minha zona de conforto e aceitar que o que devo fazer é o que eu preciso fazer, e não o que eu gostaria fazer. FAREI me afastarei dele

Que Deus me de forças pra vencer a minha codependencia e fazer o que deva ser feito.

...1 minuto pra Respirar!!




Buenas Galera!!

Graças a Deus a paz reina em minha vida, o marido não ta bonzinho não...só não estamos nos falando e eu fico tão feliz de não ter ninguém me atormentando....kkkk
É uma folguinha pra da uma respirada. Hoje gostaria de abordar 2 assuntos:

1º Grupo

Ajuda em grupo é extremamente necessária, seja ele qual for, ou como for, desde que vc se identifique com ele TA VALENDO..., alguns exemplos:

- Uma vareta de pipa sozinha é fácilmente quebrada, agora se vc juntar muitas varetas e tentar quebra-las, não irá conseguir

- Ninguém enfia a mão em um vespeiro pra tentar matar uma vespa, mais se a vespa estiver sozinha ela será facilmente esmagada

Não permaneçam sozinhas nessa luta, busquem ajuda em algum lugar.

2º Senso comum e Senso critico

Mas o que é o senso comum?
Senso Comum é todo e qualquer conhecimento que possuímos e que nunca refletimos sobre eles, são subjetivos, isto é, expressam sentimentos e opiniões; são simplificadores, reduzimos um tema complexo em algo simples; não precisam de comprovação, as coisas são porque são; são generalizadores, reúnem vários conceitos em uma só idéia; é auto suficiente,não necessita de comprovação ou experimentação. O conhecimento do senso comum é adquirido espontaneamente, sem muita preocupação com o método, a crítica ou com sistematização.
Já o Senso Crítico, é uma atitude de dúvida, antes de mais nada, a ciência desconfia da veracidade de nossas certezas, de nossa adesão imediata às coisas, da ausência de crítica e da falta de curiosidade. Por isso ali onde vemos coisas, fatos e acontecimentos, a atitude científica vê problemas e obstáculos, aparências precisam ser explicadas, e em certos casos afastadas.
Sob quase todos os aspectos, podemos dizer que o senso crítico opõe-se ponto por ponto às características do senso comum.Para desenvolver o pensamento científico é preciso saber solucionar problemas. Enxergar além dele, ter em vista um objetivo bem definido a ser alcançado. Também é preciso ter imaginação para levantar hipóteses porque quem mantém os dois pés sempre no chão não sai do lugar.
Então o primeiro passo que devemos dar em direção ao senso crítico é DUVIDAR da realidade, mas não basta duvidar, temos que BUSCAR A RESPOSTA

Com esse texto gostaria que cada uma de vcs parassem e refletissem se estão agindo com senso comun ou critico sobre a vida de vcs?
Recebemos informações de psicólogos, estudiosos, médicos, em partilhas, em grupos isso é muito importante e fundamental.
Mas antes de trazer pra sua vida essas respostas, esses exemplos como verdade absoluta e unica saída.
Questione se aquela situação cabe na sua vida?

Afinal nossas histórias parecem identicas, mais somos unicas, sentimos diferentes, a fase com que a dependencia e a codependencia de cada uma se encontra é diferente.
A quem conviva  com um dependente em recuperação a quem esteja em recuperação e a os casos contrarios a isso.

Aprendam nos grupos, aprendam nos Blogs mais pensem na vida de VCS pra decidir o caminho a seguir.

Que Deus de a cada uma de vcs o necessário para o dia de hoje..

bjuuu

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

a minha interpretação de uma mensagem enviada POR DEUS!!





Minha interpertação está em (....)



Renasce Agora


"Aquele que não nascer de novo não pode ver o Reino de Deus." Jesus (JOÃO, 3:3)

A própria Natureza apresenta preciosas lições, nesse particular.
Sucedem-se os anos com matemática precisão, mas os dias são sempre novos. Dispondo, assim, de trezentas e sessenta e cinco ocasiões de aprendizado e recomeço, anualmente, quantas oportunidades de renovação moral encontrará a criatura, no abençoado período de uma existência?

(A cada novo dia eu tenho a oportunidade de mudar a minha vida de renascer de aprender)

Conserva do passado o que for bom e justo, belo e nobre, mas não guardes do pretérito os detritos e as sombras, ainda mesmo quando mascarados de encantador revestimento.

(Guardar da história de vida que tenho com meu casamento o que for bom, esquecer as magoas e medos de mudança, mesmo quando esse medo vier disfarçado de desculpa pra não sair da minha zona de conforto)

Faze por ti mesmo, nos domínios da tua iniciativa pela aplicação da fraternidade real, o trabalho que a tua negligência atirará fatalmente sobre os ombros de teus benfeitores e amigos espirituais.

(Preciso agir e mudar por mim, por minah iniciativa e deixar de esperar que meu marido se modifique e mude, até hoje tenho adiado a minha decisão que eu sei que é a única capaz de me libertar desse sofrimento e no momento essa decisão seria prosseguir no caminho da recuperação e deixar meu marido encontrar o dele e quem sabe a gente não se encontra denovo la na frente, ele precisa aprender e eu ao seu lado só o impeço de alcança-lo e eu permaneço estatica por medo, por egoismo meu em não querer sofrer e aparentemente ser julgada pelo sofrimento dele, tenho medo de ouvir que sou culpada mesmo sem ser culpada e tendo consciencia disso)

Cada hora que surge pode ser portadora de reajustamento.
Se é possível, não deixes para depois os laços de amor e paz que podes criar agora, em substituição às pesadas algemas do desafeto.

(Ja adiei demais o meu renascimento e a verdadeira e corajosa prova de amor que eu posso dar a ele, que é deixa-lo crescer, eu preciso dar esse direito a ele sem esperar nada em troca, sem esperar o reconhecimento dele e a compreensão dele, eu simplesmente preciso virar essa página pra que nós eu e ele possamos crescer)

Não é fácil quebrar antigos preceitos do mundo ou desenovelar o coração, a favor daqueles que nos ferem. Entretanto, o melhor antídoto contra os tóxicos da aversão é a nossa boa-vontade, a benefício daqueles que nos odeiam ou que ainda não nos compreendem.

(Não é nada fácil pra mim, admitir que tem horas que é NECESSÁRIO partir, abandonar meus sonhos, deixar meu coração sofrer para que meu marido que hoje me fere possa ter a chance de se recuperar
Eu sei que essa atitude dever ser tomada e eu não estou fazendo isso por ódio dele não, e sim pra que a gente possa encontrar nossa felicidade em beneficio dele que ainda não compreende essa minha atitude)

Enquanto nos demoramos na fortaleza defensiva, o adversário cogita de enriquecer as munições, mas se descemos à praça, desassombrados e serenos, mostrando novas disposições na luta, a idéia de acordo substitui, dentro de nós e em torno de nossos passos, a escura fermentação da guerra..

(Enquanto eu me fecho no meu mundo de sonhos e construo o meu castelo de areia, a adicção se torna mais forte pq ela ainda tem o dominio dele, eu preciso sair da minah fortaleza e descer ao caminho da minha recuperação sem medo e confiante, mostrando que estou disposta a enfrentar as pedras desse caminho pra depois colher as flores
)
Alguém te magoa? Reinicia o esforço da boa compreensão.
Alguém te não entende? Persevera em demonstrar os intentos mais nobres.
Deixa-te reviver, cada dia, na corrente cristalina e incessante do bem.
Não olvides a assertiva do Mestre: - "Aquele que não nascer de novo não pode ver o Reino de Deus.
Renasce agora em teus propósitos, deliberações e atitudes, trabalhando para superar os obstáculos que te cercam e alcançando a antecipação da vitória sobre ti mesmo, no tempo...
Mais vale auxiliar, ainda hoje, que ser auxiliado amanhã

(Mais uma vez, não esperar a compreensão de quem ainda não pode me compreender, e não revidar, mostrar compreensão mais ainda assim trilhar o meu caminho da recuperação, se eu não renascer não poderei entender o motivo pra qual Deus nos colocou na terra...pra auxiliar o próximo e pra isso muitas vezes o caminho a ser escolhido é a porta estreita, o cheio de pedras.
E por incrivel que pareça é mais comodo viver no sonho não enfrentar os medos, mais assim só adiarei a minha a nossa felicidade...)

Nossa to parecendo uma loak chorando aki

a droga transforma o carater SIM




Ola pessoas, gostaria de levantar esse ponto, eu leio em alguns blogs que a droga não torna uma pessoa má se a maldade não estiver dentro dela,  que ele não vai se tornar violenta se a violência ja não estiver dentro dela, que isso é afirmado por psicólogos, estudiosos,
EU MESMA JA DEFENDI ISSO...
Mais como na vida a gente aprende, então volto atrás na minha opinião...
A droga afeta o carater sim, cheguei nessa conclusão ouvindo essas frases:

.." O adicto na ativa ou em fase de recaida não tem sentimentos. A droga ou o desejo da droga é tão forte que nada mais tem importancia"..

.." O anjo se desligou do mundo, ele foi aos poucos se desligando até que apagou e pra ele nada mais importa somente a droga"..

.."meu marido foi uma pessoa por 4 anos, hoje olho pra ele e não o reconheço mais"..

..."A adicção é a doença do SE, se não roubou vai roubar, se não morou na rua vai morar, se não comeu lixo vai comer, se não matou vai matar"...

Acho que com essas afirmações acima da pra perceber que a droga modifica o carater da pessoa sim...e se isso não aconteceu ainda é questão de tempo...lembrem-se..a adicção é a doença do SE

sentimentos de uma Codependente...




Buenas Galera...

Hoje estou melhor mais calma, ontem minha sogra foi lá em casa, chamou ele pra ir a igreja ele não quiz ir disse que queria ir no mercado com ela, eles sairam eu fiquei em casa com a minha pequena foram momentos de paz e tranquilidade que eu estava precisando pra me recarregar.
De manhã quando vou trabalhar ele sempre desce comigo pra ajudar a colocar as crianças no carro, quando ele ta fazendo birra pra me atingir, ele desce coloca meu filho na cadeirinha, vira as costas sem nem olhar pra trás e dar um  tchau...DESPREZO...puro...é isso ele me despreza de uma maneira que até hoje isso ainda da uma pontadinha no coração...
E depois dessa ultima palhaçada eu consegui a voltar com os pés no chão, e estou me sentindo como antes dele se internar, quando eu estava decidida a acabar tudo, estou brigando comigo mesma pra não fechar os olhos.
E hoje de manhã eu ja nem esperei ele virar as costas com aquele gesto de desprezo, eu simplesmente entrei no carro, só que ele ficou parado olhando pra mim, e depois me ligou:
Ele: -Aé quer ficar agindo assim agora?
Eu: - Assim como só estou quieta, até ontem vc simplesmente virava as costas me desprezando, pq eu tenho que ficar esperando vc fazer isso?
Ele desligou o telefone
Acho que to vivendo o momento do LUTO, onde brigo com meus sentimentos, onde tento entender meus sentimentos e trazer pra minha nova vida o que somente vale a pena, alguns desses sentimentos são:
Medo de sair da zona de conforto, medo do novo, medo da reação dele, são medos que eu sei que são inúteis e não vão me levar a lugar algum, vão apenas me paralisar e fazer com que eu em afunde mais.
Briga interna: é isso gente eu to em uma briga comigo mesma, hoje mesmo eu acordei parece que nada de mais tinha acontecido, estava me sentindo super bem, ele acordou e ficou brincando com a filha, eu olhando aquela cena primeiro comecei a sentir culpa por me separar e evitar que momentos como esse aconteçam, depois entrei na negação onde parecia que aquele HOMEM, pai, meu marido, brincando com a nossa filha, sempre foi dessa forma, carinhoso, atencioso, bom e por um instante tudo que a droga, a adicção causou nesses 6 anos pareciam ter sumido, e que daquele instante em diante tudo seria diferente, mais logo em seguida me olhei novamente construindo um castelo de areia, prestes a ser derrubado por uma onda, meu coração apertou os olhos encheram de lágrimas e precisei voltar a realidade, aquele não era mais meu marido e sim o que restou dele...e que alguns instantes, horas ou dias depois mesmo sem estar fazendo o uso, o comportamento dele voltaria a ser de uma pessoa maldosa, egoísta, ignorante, ruim sem sentimentos pelo próximo tudo pra satisfazer seu ego, seja por uma lata de farinha lactea, uma cerveja, uma viagem a praia, me controlar e até finalmente a droga.
Ele passaria por cima de qualquer um pra conseguir não só a droga, mais o que ele quizesse naquele instante
E mais uma vez meu castelinho se desmoronaria...MAIS UMA VEZ DENOVO  E OUTRA VEZ...
Ai eu disse em pensamento, Kel planeta terra chamando, a vida de sonhos é linda, mais olha pra realidade e para de se enganar, vc precisa enfrentar seus medos e tomar uma atidude, parar de brincar de construir castelos de areia, pra vir uma criança birrenta e destruir tudo, até quando vc vai viver assim?

Coloquei meu coração em uma caixinha, passei correntes, cadeados e joguei bem longe no precipicio, só assim conseguirei nadar de volta a superficie...depois eu resgato meu coração denovo...: )

fiquem com Deus

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

sensação

Nossa..a sensação que tenho é tão horrivel, que ja não sai mais palavras pra descrever....a reação do meu organismo foi vomitar...vc acreditam nisso...

cansada...muito Cansada



Buenas Galera...

Ta dificil, ta complicado...

Ontem eu não surtei Graças a Deus...mantive a serenidade dentro do possivel, mais dizer que não me magoei é dificil, não estou remoendo o que aconteceu ontem estou apenas relatando, só de estar longe daquela situação meu coração ja se acalma, e eu consigo me equilibrar novamente.
Eu não guardo magoas, não mesmo, se nossa vida fosse realmente diferente os dois em recuperação...pra mim o que passou passou, o duro é quando o negócio não passa e fica se repetindo que é o que tem acontecido.
Eu esqueço as magoas mais 2 dias depois acontece denovo a mesma coisa...me diz como esquecer algo que se vive no presente? Dificil...
Pois é ontem o assunto foi AMOR EXIGENTE...
Depois da conversa que tivemos domingo sobre respeito, achei que ele tinha entendido algo, então perguntei se ele ia ficar com as crianças ou eu deixava na minha mãe, a resposta se estendeu por quase 2 horas de ofensas, e desrespeito por parte dele....
Vc é uma louca, neurótica vai la com aquele bando de doido, e o pior larga seus filhos não respeita ninguém, quer que eles se danem, que mãe é vc, vai la e fica dando uma de coitadinha, nossa vc deve adorar né quano alguém diz coitadinha de vc, mau sabem quem vc é, como vc destrói a minha vida, sua louca, neurótica, não adianta eu não concordo que vc vá la, pra mim vc quer é ficar na rua, vc ja fica das 6:00hs as  18:00hs na rua fazendo o que bem quer e entende, vc larga seus filhos com os outros pra ficar por ai o dia todo livre do jeito que vc quer ficar, tem que ser (disse meu sobrenome)...vcs são iguais, farinha do mesmo saco, um bando de falso que adora se fazer de coitado e culpar os outros por isso, vai se junta com aqueles lá..aquele povinho...vc não ve que vc ta louca sua neurótica...?
Eu ouvi isso tudo quieta, eu estava dobrando roupa e guardando que tinha uma pilha enorme, e ele ia na porta e perguntava: Heim sua louca, vc não ta vendo que vc ta neurótica?
Uma hora olhei e respondi: Sou tudo isso que cv disse e mesmo assim vou no Amor Exigente quer vc goste ou não...só te peço uma coisa ME RESPEITA..pq eu não tenho sangue de barata e vc está me xingando.
Ele repetiu tudo denovo...
Gente EU NÂO SOU OBRIGADA A ATURAR isso, e como eu sei que se eu tentasse ir embora ia ter barraco, fuia té a sala..ai dei um grito CHEGAAAAAAAAAAAAAA...ele me olhou com cara de assustado...ai eu disse baixinho...não fala comigo...ME RESPEITA...não me xinga de louca, vc ta me desrespeitando e eu não sou obrigadaaa, eu tenho sangue correndo aqui...depois vc reclama que eu estouro...se vc continaur vai ter escanda-lo é isso que vc quer?
Ele: eu não to te desrespeitando...
Eu NÃOOOOO...há ta me elogiando me xingando de louca, neurótica irresponsável ..dispenso seus elogios...
Ele resmungou e ficou quieto falou umas merda  pegou as crianças e foi pro meu quarto assistir desenho com eles...
Eu estava com aquela sensação de querer que o chão se abrisse pra mim sumir...disse a ele ja com lagrimas nos olhos, tudo que eu queria agora era poder desaparecer...olha  no meu olho...olha o que vc ta fazendo...vc ta me fazendo chegar no meu limite...e a hora que eu desistir...mais não vai ter cristo que una a gente denovo...vc sabe como eu sou em relação a isso...então continua, continua valorizando dessa forma a unica pessoa que fez de tudo, inclusive ferrou com a propria vida pra poder te fazer feliz...tudo tem limite...
Ele ficou me olhando quieto e eu sai, fui pro quarto dos meus filhos sentei no chão, no meio dos brinquendos espalhados, encostei na parede, abracei minhas pernas enconstei a cabeça nos joelhos e chorei...mais chorei...pedi, implorei que Deus não me deixasse permitir que mais ninguém fizesse isso comigo, que eu não deuixasse mais as pessoas me magoarem dessa forma, pedi me da força senhor pra não aceitar isso pq eu sei que eu não mereço viver dessa forma.
Meu filho de  5 anos parou na porta e me perguntou:
- Mãe! o que vc ta fazendo ai?
Eu: to de pensamento
Ele: Não, quem tem que ficar de pensamento é meu pai.
Ele sentou do meu lado e disse: vou ficar aqui com vc não vou te deixar sozinha.
Pegou uma lanterninha vermelha e me deu dizendo: quando vc tiver sozinha ascende isso pra não ficar com medo.
Eu peguei sorri de volta e disse: Desculpa a mamãe, eu fico nervosa mais não pe com vc não viu.
Ele: mãe vc não tem que pedir desculpa, quem tem que pedir desculpa é meu pai, ele que grita e fica brigando.
Ele: Mãe, vc vai sumir?
Eu: não
Ele: vc vai embora e eu e a Laís
Eu: se eu for embora vcs vão comigo, eu nunca vou deixar vcs
Ele: então vamos embora mãe?
Eu: Vc quer ir embora?
Ele: eu quero
Eu: Mais vc não vai sentir falta da sua casa, aqui
Ele: Nãooo...meus brinquedos vão ter que ficar aqui?
Eu: Não
Ele: mais como a gente vai levar tudo isso, não cabe na minha mochila
Eu: A gente chama um caminhão
Ele: Então chama mãe, vamo?
Eu: VC que rir agora?
Ele: é, só que ai meu aniversário vai ser em outro lugar né?
Eu: Não da pra ir agora, e a gente iria pra onde?
Ele: pra sua mãe ué?
Eu...sorri...pra vovó não da pra gente ir
Ele: Ja sei pro apartamento do vovo, la tem praia, piscina, é vamos pra la
Eu:...dei risada e falei la também é muito longe, mais se vc querir embora a gente vai não vai ser hoje, primeiro a gente vai procurar uma casa
Ele: parou...me olhou..pensou, disse eu vo achar um jeito..perai..ja sei mamãe, vamos voltar a morar na casa pequena (a casa que eu morava antes de ir pro apartamento)
Eu: Vc quer voltar pra la?
Ele: eu quero, só eu vc e a minha irmãzinha
Eu: e sei pai
Ele: eu vou da um jeito nele, vou deixar ele de pensamento, ele mora em outra casa

Uma criança de 5 anos achando soluções pra minha vida...é mole..

Sabe gente a questão não é ser adicto ou não nesse caso, a questão é que mesmo que ele não fosse eu deveria aceitar ser tratada dessa forma pq?

Eu ja havia conversado com a advogada semana passada, ela ja me orientou...

Um dos meus medos era que meus filhos sofressem  por ter que deixar a casa deles, não morar mais com o pai, eu tinha medo de faze-los sofrer por uma decisão minha...e muito pelo contrario, to fazendo eles sofrer aceitando viver dessa forma, tanto que meu filho me pediu pra irmos embora...uma criança de 5 anos....

Não quero bater o martelo aqui...mesmo pq codependente é uma mer...
Mais tudo que aconteceu me deixa mais segura pra seguir em frente sozinha.

Quanto ao meu marido a recaída é questão de dias, ele ficava assim quando estava uns 3 meses limpo, ficava caçando motivo, coisa de doid mesmo, discussões sem nexo,  falava coisas se sentido...

Ele ja bebeu e disse que vai beber que eu não mando na vida dele...SE UM MILAGRE não acontecer nesse meio tempo...ele vai cair..E ELE QUER CAIR...parece ridiculo...o que eu afirmo mais é verdade e enquanto ele não reconhecer isso e não quebrar o orgulho proprio, ele não vai se recuperar...

Fiquem com Deus...bjuu

terça-feira, 18 de setembro de 2012

espero que ajude Alguém!!




Olha...acho que consegui finalmente colocar as coisas de uma forma clara...por isso que a partilha a troca é importantissima, nós juntamos ferramentas (informãções) e assim aprendemos, gostaria que dessem uma lida no post da Poly http://amandoumdependentequimico.blogspot.com.br/2012/09/sou-feliz-do-meu-jeito.html

E abaixo segue o meu comentário, que não sei se ela irá autorizar, mais me sinto a vontade de colcoar aqui no meu cantinho, vai ai pra vcs.

Polly, espero que publique esse comentário, não é te julgando ou desacreditando muito pelo contrario torno a repetir que vc e seu marido me da esperanças de que a recuperação é possivel, mais preciso corrigir algumas coisas no seu post se me permite.
1º Vc o deixou sim no meio do caminho, vc caminhava ao lado dele rumo ao fundo do poço, vc desistiu no meio do caminho e foi seguir o seu em busca da sua recuperação quem escolheu caminhar com vc foi seu marido, ele viu que estava indo pra um lugar onde só existia sofrimento que inclusive estava fazendo ele perder o que ele tinha de mais importante a familia dele, e hoje vcs caminham lado a lado, em um caminho primeiro escolhido por vc e depois por ele. Leitoras a Polly precisou abrir mão da maior felicidade dela o casamento a familia enquanto o marido dela não aceitava se tratar, lembro vagamente de algumas palavras deste post onde ela cita " ja vi alguns apartamentos pra alugar, coloquei as coisas no carro e só agora percebi como não temos mais nada ele vendeu tudo, é acabou"
Foi ai que ela deixou ele sozinho no caminho do fundo do poço, e graças a essa atitude dela ele conseguiu enxergar e voltar atrás, e foi pedir me ajuda quero conseguir caminhar com vc, e eles tem conseguido graças ao meu bom Deus.
Eu tb precisei escolher deixar meu marido em determinado momento, ele tb escolheu caminhar ao meu lado...ta andando em meio a pedras e flores...ta tropeçando bastante...quase caindo...se ele cair eu vou ter que permanecer no meu caminho da recuperação...é muito doloroso isso, é...a Polly sofreu demais, eu sofri demais com esse "remédio amargo" que precisamos dar a eles, mais a unica forma de um dependente quimico alcançar a recuperação é ser responsável por suas escolhas e consequencias e a gente só pode jogar a bóia quando ELES pedirem ou a REDE quando for necessário e MAIS NADA, qualquer coisa que façamos fora disso se chama codependencia...não to dizendo pra vcs se separem, joguem eles na rua não, mais olhem pra vida de vcs e busquem a recuperação de vcs...a deles só eles podem conseguir..
Fiquem com Deus

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

mundo de Sonhos!!



Meninas, companheiras, amigas....

Eu Kelzinha, como a Sol, me chama a lokinha aqui...rs...sou mesmo e assumida..hahah

Relato no blog a minha experiência convivendo com a dependência quimica e com a codependência...

As vezes posso até transparecer que eu defendo  A SEPARAÇÃO...
Gente eu não to casada até hoje?...rs....kkkk

O que eu tento passar dizendo a realidade exatamente como ela acontece comigo NUA E CRUA...é que..precisamos aprender a encontrar o EQUILIBRIO...e não é fácil não MEEESSSMOOO

Esse equilibrio se consiste em ajudar nossos amados sem nos prejudicarmos e buscarmos nossa felicidade sem prejudicar ninguém!!!
Parece fácil...mais digo: né não...rs

Então se questionem SEMPRE, é normal nos sentirmos em paz quando tudo está bem, mais quando não estiver se questionem, se olhem no espelho e perguntem estou ME AMANDO???

Estou ajudando sem ser prejudicada?

Estou buscando a minha felicidade?

Se questionem isso dia a dia, decisão a decisão...

Não se iludam só isso...tenham esperanças sempre mais não expectativas;

Sonhar é maravilhoso, sonhar é tudo...mais não vivemos de sonhos...

Por isso quando as vezes vejos relatos de pessoas que vivem no olho do furacão dizendo que são felizes, não que eu não acredite, sim aquela pessoa pode estar feliz naquele momento...mais será que está mesmo?...será que esse grito de eu estou feliz não é pra  provar pra si mesmo que se é feliz?

Eu fiz isso durante anos...eu dizia eu amo ele, eu sou feliz, ele usa droga ta, mais ele nunca vendeu nada, ele sempre trabalhou, ele nunca me traiu, ele nunca me bateu..mais eu estava me enganando

Oq ele nunca vendeu nada dentro de casa, mais eu precisava me matar pra segurar as pontas,
Ele nunca me bateu, mais diversas palavras e atitudes me feriram mais que um tapa
Ele nunca me traiu, mais cada noite que ele passou fora de casa pq foi usar a droga me feria como uma faca atravessando meu coração.

Quando eu me olhei no espelho e perguntei se realmente eu era feliz...a minha mascará caiu.

Não eu não era feliz...e como doeu admitir que durante 6 anos eu me enganei, como eu me sentio burra, traida, por mim mesma..eu cheguei a pensar que não teria esse direito de ser feliz.

Sejam sinceras com vcs...
Eu olhava pra minha vida sem a dependencia quimica e codependencia..e sabe parecia um sonho lindo...que se eu quisesse atravessaria a ponte e chegaria la.

Só que pra atravessar essa ponte eu precisaria me modificar e fazer escolhas, e infelizmente eu sei que pra atravessa-la a adicção ativa do meu marido não conseguiria ultrapassa-la.

Não existe felicidade no mundo da adicção, existe tristeza, sofrimento, perdas, ilusão caramba e como entender que ainda assim uma pessoa preferia viver isso?

É uma doença, só podia ser uma doença, agora eu preciso viver nesse mundo, junto dele?

EU não vejo como...a porta do meu MUNDO, eu vou deixar aberta pra quando ele quizer vir...

Mais meu mundo não cabe nesse que ele quer viver...

Eu espero realmente que essa lambança que ele aprontou o faça enxergar

Senão terei de tomar a atitude mais triste de minha vida
partir pro meu "mundo de sonhos" sozinha e espera-lo por lá...


..recaída...contagem regressiva...espero que o relógio Pare!!




Buenas galera!!

Graças ao meu bom Deus as coisas se acalmaram em casa, confesso que eu estava receosa de ter que passar o final de semana com ele, bom...foi assim:

Sexta não nos falamos, dormi cedo com as crianças e ele tb, acordamos sábado a casa tava uma bagunça, mais como eu ia deixar a faxina pro domingo, pq deixaria as crianças na minha mãe, resolvi sair de manhã ir em um parque e a noite tinha o aniversário do filho da minha melhor amiga que nasceu uma semana antes do meu pimpolho.
Pois bem sabado o meu amado marido estava "insuportável" brigando querendo escolher a roupa da minah filha pra ir pro parque, eu não ligo, mais querer colocar calça na menina com um calro de 30 graus, ou então um vestido com tênis (nada a ver), olha o dialogo:
Ele: Menina não usa shorts, coloca o vestido com o tênis
Eu: não vou colocar vestido e tênis nela...fica horrivel
Ele:Coloca calça então
Eu: vc ta brincando? com esse calor vc quer que eu coloque uma calça na sua filha? Não...vou fazer isso
Ele: ta vendo, vc não me respeita, mulher independente não ta nem ai pro homem só quer usar o homem e bla bla bla...vc faz questão de me contrariar quer mandar em mim
Eu: quieta
Ele: meu menina não usa azul (ela estava com um shorts azul e uma blusa de florzinha branca e azul). põe rosa nela
Eu: Bom agora vc me pediu uma coisa sensata, ai eu até troco
Ele ficou quieto e eo troquei ela
Descendo pro carro, ele resmungando e eu descendo atrás com lagrimas nos olhos pedindo paciência pra aguentar aquele serzinho pelo amor de Deus  pq tava dificil, (ele em diz coisas que me ofende) e eu não queria brigar...ele continuou com os elogios dele...até que eu falei: ó da um tempo eu to di boa a gente ta indo pro parque então tira as ferradura senão assim fica dificil.
Fomos ao parque e o dia foi bem agradavel, bati varias fotos das criançasm elas brincaram bastante, foi legal, a noite fui no aniversário do filho da minha amiga, ele não quis ir ( a tonta pensou que era pq ele não queria beber)...tb foi bem divertido eu não bebi sór efrigerante, embora as amigas todas no meu pé toma uma cerveja Rachel.....rs...mais não fiz questão não, voltei pra casa tudo em paz.
Domingo: acordamos e fomos levar meus filhos na minha mãe pra que pudessemos fazer faxina em casa, antes de voltarrmos pra casa ele quiz ir dar uam volta, a casa da minha mãe é pertinho do mercadão de SP, e como nunca fomos pensei vamos la comer o tal pastel de bacalhau..ou o famoso sanduiche de mortadela...pensei eu passeio Light, almoçar no mercadão...
Chegamos la, ele vira pra mim, vamos tomar cerveja, eu respondi que não, ele começou a resmungar que eu tava proibindo ele que isso não tinha nada a ver...nessa hora parei e pensei, tenho duas opções...bater o pé e brigar com ele, ou saborear o meu sanduiche...ai me veio aquela pergunta, de quem é a bola?
A decisão dele tomar cerveja é minha ou dele?
Dele, então respondi, EU não vou tomar cerveja agora se vc quiser sabendo dos riscos que vc está correndo e um deles é desencadear uma recaída e com isso eprder seu casamento e mesmo assim vc quer tomar, o que eu posso fazer? Nada
Sentamos eu comi meu lanche com meu refri e ele tomou 9 copos de choop...
Nesse tempo conversamos bastante deu pra jogar umas sementinhas...rs...inclusive ele falou é eu não devia estar fazendo isso (bebendo)
Não vou escrever toda a conversa pq vai virar um livro esse post, mais vou dar uma resumida.
Ele ta confuso demais, ora ele diz que sabe quanto é dificil e que ele precisa de ajuda  e ora ele joga a responsabilidade do uso, por sentimentos causados por outras pessoas...inclusive eu...hahaha
Ele soltou que viver brigando faz muito mau a ele, e sempre quando eu digo que não quero mais isso faz tão mau, que é muito mais perigoso do que uma cerveja...
Minha resposta foi, vc não quer brigar ok, então me respeite eu não sou obrigada a fazer o que vc quer, se eu disser não é NÃO...não tente entender o pq só respeite exemplo:
Pra mim vc estar bebendo é um absurdo, no meu ponto de vista vc está jogando esses 6 meses limpo no lixo, mais enfim VC ESCOLHEU BEBER, por mais que eu não entenda e não apoie eu te respeito, até agora não peguei no seu pé e nem disse nada, mesmo pq vc passou 5 meses ouvindo sobre isso e eu não vou estragar a minah tarde querendo dar uma de mãe, quer beber bebe, só depois não chora se as consequencias não te agradarem...
Ta vendo, exijo esse mesmo respeito comigo...então se brigamos a culpa não É só minha, portanto a recaída é escolha SUA.
E na hora de pagar a conta minha gente...mais o bicho é cara de pau...ele gastou 3X a mais do que eu e queria rachar...
eu falei: não senhor eu pago o meu e vc o seu...
ai ele:  não mais ta errado, tudo isso eu tenho que pagar sozinho
eu: monstrei o papel e falei soma ai, vc sabe fazer conta?
ele: é...(sem reação) ta bom eu vo pagar mais depois se eu não licenciar a minha moto e ela for aprendida a gente (euzinha ele quis dizer) vai ter que dar um jeito
eu: meu filho se sua moto for apreendida problema seu, não mandei vc gastar o dinheiro do licenciamento com pinga e roupa, não conte comigo.
Fomos pra casa, chegando la depois de um tempo ele começou a reclamar da ressaca....essa hora eu não aguentei e disse:
Bem feito, ta vendo cabeção, eu to di boa, me divertio tanto quanto vc, e gastei 3 vezes menos e sem ressaca..bebe mais...vai...
Diz ele que não vai mais beber, so igual São Tomé, tenho que ver pra crer...
Aproveitei e alertei...olah volta pra igreja, vc está brincando com fogo, se afastou da unica coisa que te da forças que é Deus...depois não reclama da vida...

Bom ele ja teve recaída no comportamento, deixou de ir na igreja e bebeu...ta faltando quase nada pra ele ir "cheirar"...póis é minha gente quem disse que é fácil...

Eu to bem, graças ao meu bom Deus, como eu bato na tecla tem situações que da pra permanecer na praia e outras não, nessas situações eu fico tranquilamente sentatinha da praia, mesmo pq não me afeta.
Agora quando ele quer em arrastar junto com ele, eu grito, me debato mais não vou...não mesmo...o certo na verdade seria eu sair da praia, pq as vezes mesmo gritando e me debatendo não consigo me proteger direito e as vezes posso perder a força e ser arrastada junto.
Mais como vivemos o só por hoje...então só por hoje eu estou bem e ele apesar dos pesares..limpo da droga...

bjus a vcs..e fiquem com Deus

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Deus agindo e eu aprendendo!!

A gente repete de ano até aprender né..pois é...certas situações vivemos repetidamente até aprendermos o que precisamos e enquanto não aprendemos ela se repete e se repete...

Pois bem...hoje acho que enxerguei algo que eu deveria aprender, fui almoçar com uma amiga que partilha do mesmo problema de adicção só que do irmão e dos mesmos principios religosos...e conversando sobre os acontecidos eu disse a ela...sabe quando eu perco a serenidade, quando ele me desafia...

Eu até aguento ouvir certas besteiras e da uma de retardada....mais quando ele me desafia..o sangue sobe e quando eu vejo ja fiz tudo que eu não devia fazer...

Eu trago marmita, hoje eu não trouxe marmita, essa amiga almoça da empresa, hoje ela em chamou pra ir almoçar com ela e por conhecidência uma amiga que sempre anda junto, mais não partilha dos mesmos problemas e religiões não pode ir...enfim tivemos a oportunidade e partilhar o assunto abertamente...e foi falando de mim que aprendi a identificar uma das causas que me faz perder a serenidade...

SER DESAFIADA...pois bem encontrado o problema vou trabalhar pra melhorar em cima disso,...

E pessoas, me desculpa se eu jogo aberto..aberto até demais..eu sou assim...não to aqui pra agradar ninguém, pelo contrario to aqui pra chacoalhar mesmo...me chacoalhar pq se não for assim eu durmo...
E quem se sentir prejudicada com isso me desculpa a intenção não é essa...mais se vc ta tão segura assim da sua felicidade, não teras motivo pra se ofender!!!

bjus e obrigada pela participação afavor ou contra de todos e se quiserem opinar opinem fiquem a vontade...

bjuuuuuuu

e fiquem com Deus

como as coisas Estão!!!




Oi galera eu aki travez...rs..não contei como as coisas andam por aki...rs..bom bora-lá

Só por agora estou em paz...amém..rs..trabalhando no meu cantinho...tudo certinho...a advogada acabou de ligar mais eu não estava na mesa, deve me ligar na sequencia e assim tiro todas minhas duvidas...e me terei mais clareza pra decidir algo.

Bom meu marido continua...um serzinho...dificiiiiilllll

Ontem fui no AE, a reunião acaba as 22:00hs, quando eram 22:10hs ele tava me ligando nervosinho perguntando aonde eu estava, respondi indo embora e desliguei...

Bem cheguei, minha sogra dormiu em casa de ontem pra hoje, mais meus filhos ainda estavam acordados...
A primeira coisa que ouvi foi:
- Vc larga seus filhos, vc não está nem ai pra ninguém...vc prejudica os outros pra fazer as suas vontades...eu olhei ignorei...meu filho dormiu, e eu estava fazendo minha filah dormir...e ele resmungando na minha orelha...

Vc pq vc, só quer saber de ficar na rua, não cuida dos seus filhos, culpa sua que eles estão acordados até agora...só por Deus...quero ve se vc vai continuar indo nessa porcaria...

Olhei pra cara dele, ia responder, fiquei quieta mais não me contive e mostrei o dedo do meio...(putz é froids eu sei que não tenho que fazer isso...mais pelo menis fiquei quieta...espero conseguir não retribuir de nenhuma forma)
A resposta dele foi:
-Vc faz isso pq até hoje ninguém deu um murro na sua boca e arrancou todos seus dentes...a hora que eu fizer isso vc aprende...foi Deus que calou minha boca...pq eu ia mandar em letras garrafais ir praquele lugar...

Bom finalmente dormi...e vim trabalhar, conversei bastante com a minha sogra...e...é isso to aki...pedindo pra Deus me dar paciência...só em 2 dias ele ja disse duas vezes em dar um murro na minha cara...

Ta dificil de ficar quieta...mais eu espero conseguir...pelo menos até o dia 23 eu tenho q conseguir...senão estrago a festa de aniversário do meu filho...

bjuuuusss a vcs

respostas!!!




Buenas Galeraaaa...

Gente amei os comentários a participação de todas, eu estou me sentindo bem hoje é o que importa, agora vamos as respostas

1º Em nenhum lugar do meu blog, eu tiro a esperança de alguém, eu digo que a recuperação não existe, eu apenas conto a minha vida como ela acontece E partilho E aprendo E ensino, isso se chama troca

2º Não existem lados opostos, apenas praias (vidas) e mares (adicção) de cada uma de nós, existem histórias diferentes, superações diferentes,finais de relacionamentos tristes ou felizes diferentes, isso é individual como sempre fiz questão de deixar bem claro aqui no Blog

3º NÃO, não é possível permanecer na praia sem ser atingida EM ALGUMAS SITUAÇÕES, não em TODAS...nunca disse ser certo se jogar no mar junto com seu adicto pra ir salva-lo, disse apenas que quando um TSUNAMI, estiver se formando e vindo em direção a SUA praia, corra, de barco, nadando, como puder, senão o TSUNAMI te carrega pra junto do mar e vc pode morrer afogada, como por exemplo Polly, teve um dia em que vc estava na praia e o Tsunami veio em direção a vc, vc pegou seu barquinho e foi embora rumo a outra praia isso aconteceu quando vc se separou do seu marido e ele dormiu no expurgo do Hospital, ai ele se viu sozinho e GRAÇAS A DEUS e a BOA VONTADE dele mesmo, ele te pediu a bóia, como vc estava salva do Tsunami, vc teve condições de jogar essa boia e ajuda-lo da maneira correta, e GRAÇAS DEUS até hoje seu marido reconhece que precisa de bóias pra navegar nesse mar que é a adicção se fosse posspivel viver na praia sem ser atingida vc nãoa firmaria que caso seu marido estivesse na ativa vcs não estariam mais juntos apesar do seu enorme amor por ele

4º Eu não quero que vc escreva ou deixe de escrever nada em seu blog, eu sou uma leitora assidua dele...só apenas aproveito o espaço pra partilhar minha história tb, assim como vc conta a sua eu conto a minha, são experiências de vida que trocamos, e como um grupo de ajuda ninguém tem todas ferramentas, então é fundamental dividirmos as ferramentas...relata uma história de sucesso de conquistas e superações eu relato minha realidade  hoje, a qual estou buscando MINHAS CONQUISTAS E MINHAS SUPERAÇÕES

5º Nunca culpei a adicção do meu marido pelo meu sofrimento, alias culpei sim antes de descobrir que era uma codependente, hoje tenho a plena consciência de que a responsável pela minah vida sou eu, tanto que eu sito no post que eu estou travando uma luta comigo mesma e não com meu marido

6º Eu reconheço minhas fraquezas e uma delas é manter a SERENIDADE, eu to em uma luta lascada pra alcançar isso...ainda mais quando se mora com alguém que te provoca a cada 5 minutos

7º Eu consultei a advogada, ela irá me ligar, quero tirar dúvidas, me previnir, buscar alternativas, e depois decidir, mesmo pq eu nã vou fazer isso antes do aniversário do meu filho que sera dia 23/09.

8º Quanto ao meu marido está nas mãos de Deus e não nas minhas, se percebem eu to lutando pra ME SALVAR e não a ele, não luto por ele pq sou ruim, não luto por ele pq só ele pode fazer isso por si mesmo.

O Post, anterior foi uma forma de mostrar que  precisamos olhar pra nós mesmas, SE QUESTIONE, DÚVIDE, FALE, ESCUTE NÃO ABOSRVA COMO VERDADE UMA SITUAÇÃO PRA VC QUE MUITAS VEZES NÃO CABE NA SUA VIDA...OLHE PRA SI E DECIDA QUE CAMINHO SEGUIR

Mais aprenda a identificar os TSUNAMIS que poderão ocorrer na vida de vcs pra conseguirem se salvar a tempo.

A e respondendo agora somente a VC POLLY que infelizmente removeu seus comentários:

As dividas foram feitas antes da internação do meu marido a apenas 6 meses eu frequento grupos, sim quando fiz essas dividas eu estava codependentassaaaa e hoje to lutando pra não cair mais nas armadilhas da codependencia
Quais destas coisas vc acha que eu devo deixar rolar:
Não Pago o Aluguel e sou despejada
Não compro comida e passo fome
Sujo o nome da minha mãe

Queria agradecer o carinho de todas vcs: Minha madrinha J, Luciana, Emily, Giu, Polly, Lado a lado, Maria...

Fiquem com Deus Galera...

Ei dor eu não te escuto mais, vc não me leva a nada
Ei medo eu não te escuto mais, vc não me leva a nada

E quer saber pra onde vou..pra onde tenha SOL é pra la que eu vou!!!!