sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Voltando SÓ ASSIM funciona!!



Buenaaaaaassssss.....

Galera aprendi tanta coisa ontem , nossa que palestra...

Ontem um adicto em recuperação conhecido como Chaves, deu uma palestra no AE, eu não anotei todos os dados dele, mais depois eu pego com o pessoal do grupo e passo pra vcs.

Falando dele, um adicto em recuperação, que um dia pegou sua mochila saiu de manhã pra ir pra faculdade e só voltou pra casa 8 anos depois, viveu durante 8 anos na rua, passou por 12 internações,sendo 8 em clinicas psiquiatricas e 5 em clinicas terapeuticas, seu pai faleceu e não viu o filho  limpo, hoje ele trabalha com casas de passagem, conselheiro terapeutico, ajudando pessoas e familias com o mesmo tipo de problema.
Sabem quando ele conseguiu virar o jogo, quando ele se rendeu e pediu ajuda, quando ele entendeu que sozinho ele não conseguia, e até hoje ele passa com psiquiatras e psicologos, fora o trabalho que ele faz, é uma forma de continuar VOLTANDO.

Agora vou falar sobre coisas que eu aprendi.

Não somente eles devem continuar voltando, nós codependentes também, pq quando menos percebemos nos descuidamos e esquecemos que somos codependentes voltamos a tentar "segurar o controle" em relação ao nosso adicto.

Mais uma vez ouvi, que nós não somos "Deus"
e por mais nobre que seja a nossa intenção NÃO TEMOS O PODER DE MUDAR NINGUÉM, de fazer com que o adicto tenha a vontade de parar de usar, SÓ ELE PODE QUERER SE MODIFICAR E SE RECONHECER.

O que podemos e devemos fazer NADA,  ABSOLUTAMENTE NADA,  se quisermos ser assertivos temos que fazer algo sim, mais POR NÓS.

Exemplos: Traçar nossos limites, viver nossas vidas, respeitar a decisão alheia por mais absurda que pareça tudo isso significa NÃO FACILITAR A VIDA DELES.

Uma mãe perguntou a ele: então eu devo ser ruim?
Ele respondeu: Não vc deve se respeitar!! Se seu filho rouba dentro de casa, se seu marido não colabora com as despesas, se eles maltratam vcs, o que vcs devem fazer? Não aceitar, se respeitar, isso não é ser ruim É SE RESPEITAR, SE AMAR, pra isso é preciso SE CONHECER, SABER SEUS LIMITES.
O Adicto tem o livre arbitrio de escolher parar ou não parar, mais ele não tem o direito de prejudicar a vida dos outros, e quem vai dizer a ele..opa perai comigo isso vc não vai fazer, são vocês, se deixar por conta dele ele vai continuar pq pra ele é comodo é fácil, ele tem todas as vontades dele satisfeita.

Escolhas: Tanto para os codependentes, como para os dependentes, esse é um ponto crucial pra quando se está passando por uma crise, quando temos que fazer escolhas temos que ter em mente que a cada escolha significa uma renuncia, não se tem tudo que se quer.
Se um adicto escolhe largar as drogas, ele terá que renunciar coisas as quais lhe agradam amigos por exemplo.
Se um codependente escolhe "entregar nas mãos de Deus e seguir sua vida" pode ter que conviver com a tristeza de ter perdido um casamento, ou ver seu filho se perdendo.

Não existe dialogo entre dependente e codependente, a não ser quando ambos entram em recuperação.
Nós codependentes temos reações as atitudes dos adictos que nos atingem, essas reações podem ser chamadas de sentimento.
Quando meu marido age com egoísmo eu reajo com tristeza no coração e vou tentar dizer que o comportamento dele não é o correto, ai vira discussão.
E nõs não devemos guardar esses sentimentos, devemos por pra fora de uma maneira saudavel, conversando com a pessoa que nos feriu com serenidade.
Perguntei mais como se não existe dialogo?
Ele respondeu, se ele teve uma atitude que te entristeceu, não diga a ele: vc teve essa atitude, diga a ele estou triste, fale do seu sentimento e não do comportamento dele, diga estou triste e quando ele perguntar pq, vc responde, pq essa atitude em não querer que eu va ao amor exigente me entristeceu pq pra mim é importante, se pra vc não é tudo bem, mais gostaria que ao menos vc me respeitasse.

Entenderam a diferença?

Quando falamos no nosso sentimento eles param pra pensar qual foi a atitude que tiveram, se ja apontamos o comportamento deles errado, eles já entram na defesa e não param pra pensar como agiram, pq a gente já disse a eles.

Aprendi a não usarmos Deus como escudo e nem como fuga, explico.

Fuga:
Quando estamos em uma situação em que precisamos fazer uma escolha, temos a mania de falar que Deus agirá da melhor maneira...isso é uma forma de fugir da situação da crise...precisamos fazer essas escolhas, o que acontece é que na hroa de escolher temos certos medos...que se tornam resistências contra as nossas decisões que devemos tomar, e isso é normal, só conseguiremos fazer a escolha quando nossa resistência ao medo for quebrada, como faço isso, voltando sempre, voltando a questionar a aprender, a se respeitar a se amar..uma hora quebramos essa resistência em mudar.
Escudo:
Quando uma crise está instalada e não pedimos ajuda, entramos em negação e falamos...nem vou falar sobre isso pq não adianta, está nas mãos de Deus e um dia ele resolve....estamos usando Deus como escudo para não sermos atingidos pela crise.

Porém só conseguiremos sair dessa crise quando pararmos de  fugir dela e quando pararmos de nos esconder para não sofrermos.

Ai vem os 3 passos que ele chegou a conclusãos er fundamental para se superar uma crise:

1º Ser humilde: se vc ja pensa mais eu sou humilde, isso já significa que não é...rs..
Ser humilde é se reconhecer ser humano, é se reconhecer frágil, é pedir ajuda, é admitir que hoje eu não to bem, isso é ser humilde

2º Se colocar no lugar do outro: Antes de julgarmos, precisamos confiar no SER HUMANO e rever nossos conceitos, não criar esteriótipos, é se colocar no lugar do outro na hora de avaliar uma situação, mais nunca se esquecer que o lugar dele é o dele e o nosso é o nosso

3º Se equilibrar espiritualmente, somente  quando conseguirmos ser humildes e confiar no próximo, conseguiremos de fato entregar nas mãos de Deus.

Ai gente acho que é isso, depois se eu lembrar de mais coisas escrevo mais...

A minha conclusão é que, não adianta eu querer me formar na faculdade sem passar pelo primario, ginasio e depois colegial, e se eu não aprender a lição devo repetir de ano até aprender...
A gente sabe de muita coisa na teoria mais na prática é outra coisa, e colocar em pratica exige sacrificio, humildade, força e determinação.

Por isso que é SÓ VOLTANDO QUE FUNCIONA.

Fiquem com Deus...e desejo a todos que continuem sempre VOLTANDO...rs...




Um comentário: