sexta-feira, 31 de agosto de 2012

sobre Internação Involuntária!!!!



Mais coisas que lembrei

Foi questionado o que ele achava sobre internação involuntária.

Resposta: Extremamente necessária dependendo do caso, quando o dependente chega no estágio de uso compulsivo ele não tem mais controle sobre a mente dele, ele provavelmente não irá pedir ajuda...e nesses caso alguém precisa intervir pra quebrar esse ciclo de compulsão.
Não significa que de primeira vai dar certo, mais é preciso tentar, não tentar é se omitir.

Claro não saiam internando em qualquer lugar, pesquisem, visite, veja se está tudo legalizado...enfim

4 comentários:

  1. Concordo plenamente...a primeira internação, a involuntária, foi o inicio do tratamento pq meu dependente foi desintoxicado e pôde aí sim optar por se tratar. Antes disso ele não tinha condições de fazer essa escolha.
    J

    ResponderExcluir
  2. MINHA HISTORIA INFELIZMENTE É UM POUCO MAIS LONGA QUE A SUA E EM UM DESTES MOMENTOS DE FRUSTAÇÃO E VAZIO TERRIVEL POR MAIS UMA RECAIDA ,ACHEI SEU BLOG E VI COMO SUA HISTORIA É TÃO PARECIDA COM A MINHA.TENHO 34 ANOS E SOU CASADA A 18 ANOS ,MAS APENAS QUATRO DESTES DEZOITO ANOS FORAM UMA VIDA NORMAL EU PUDE SER MÂE ,ESPOSA,DONA DE CASA,TRABALHAVA ,ENFIM ,TINHA ''MINHA VIDA'' QUANDO FECHO MEUS OLHOS CONSIGO ME LEMBRAR QUE A 14 ANOS ATRAS MEU MARIDO ME CONFESSOU QUE INFELIZMENTE TINHA CONHECIDO O SEU PIOR PESADELO O ''CRACK" NÃO SABIA NADA SOBRE AQUELA MALDITA DROGA MAS NUNCA ,NEM EM MEUS PIORES PESADELOS IMAGINEI O QUE ESTARIA POR VIR EM MINHA VIDA...NO COMEÇO MORAVA COM MINHA SOGRA E CUNHADA E MUITAS VEZES ELAS ME AJUDARAM NOS MOMENTOS DIFICEIS,NOS QUAIS ELE VENDIA TUDO ,TV,VIDEO CASSETE (NA EPÓCA)BUTIJAO DE GAZ ,INCLUSIVE A GELADEIRA DE NOSSA CASA(PASME)HOJE EM DIA MINHA SOGRA JA FALECEU,MAS NÃO TEVE A FELICIDADE DE VER SEU FILHO TÃO AMADO CURADO,VOCE BEM DEVE SABER O PRECONCEITO QUE AS PESSOAS TEM PELOS VICIADOS EM DROGAS ,POR ISSO NÃO TENHO MAIS FAMILIA POIS TODOS VIRARAM AS COSTAS ,NÃO OS CULPO AFINAL SÃO 14 ANOS DE SOFRIMENTO ,MENTIRAS ,FALSAS PROMESSAS ,PERIODOS DE SANIDADE( ESTES QUE NOS FAZEM TER ESPERANÇA E NÃO DESISTIR)MAS ONDE QUERO CHEGAR É QUE DE TANTO SOFRER E PASSAR DESGOSTOS ,MEDOS,DISILUSÕES E PRINCIPALMENTE DIFICULDADES FINANCEIRAS,DECIDI NÃO TER MAIS VIDA E SER UMA SOMBRA DELE 24 HORAS POR DIA ,NA MINHA CABEÇA ERA SÓ DESTA MANEIRA E INFELIZMENTE É VERDADE ,QUE MINHA FILHA E MEU PAI QUE É IDOSO, NÃO ANDA É PORTADOR DE ALZHELMER,NÃO PASSARIAM FOME .COMO TRABALHAMOS COM NOSSO PRÓPRIO NEGÓCIO TODA VEZ QUE ELE RECAI,MINHA VIDA VIRA UM CAOS,POIS INFELIZMENTE DEPENDO DELE PARA TRABALHAR,ALGUNS DIAS QUANDO FICO DOENTE OU QUANDO MEU PAI OU MINHA FILHA QUE TEM APENAS 15 ANOS E JA TENTOU DUAS VEZES O SUICIDIO POR SER DEPRESSIVA EU FICO EM CASA , E NESTAS VEZES QUE ELE SOME .EU JA PROCUREI RELATOS NA INTERNET ,CONVERSEI COM FAMILIARES DE DEPENDENTES E NUNCA VI UM CASO PARECIDO COM O MEU,NÃO HOUVE UM UNICO DIA NESTE TEMPO QUE ELE LUTA PELA RECUPERAÇÃO QUE ELE SAIU SOZINHO E NÃO TEVE UMA RECAIDA ,PARECE MENTIRA MAS NÃO É. TEVE VEZES DELE SE MANTER SOBRIO 6 MESES MAS EU DO SEU LADO 24 HORAS ,QUANDO PENSEI AGORA ACHO QUE ELE PODE SAIR PELO MENOS UM DIA SOZINHO,NUNCA ME ESQUEÇO,ELE SAIU E SÓ VOLTOU 5 DIAS DEPOIS ,TODO SUJO,FEDENDO,LOGO ELE TÃO VAIDOSO TÃO PREOCUPADO COM SUA REPUTAÇÃO,VENDEU ATE A ROUPA E O TENIS!!!!NESTA LONGA TRAGETORIA DE MINHA TRISTE HISTORIA ELE PASSOU POR 8 INTERNAÇÕES,SEMPRE COM PROMESSAS DE VIDA NOVA,MELHORA,VC JA DEVE SABER.ESTOU DESABAFANDO COM VC PORQUE APÓS 14 ANOS DE LUTA E NUNCA PENSEI QUE IRIA DIZER ISSO ESTOU ENTREGANDO OS PONTOS ,NÃO POR DESISTIR,MAS POR NÃO AGUENTAR MAIS SOFRER,POIS HOJE NÃO É SÓ ELE QUE PRECISA DE MIM MAS MEU PAI QUE JA ESTA EM FASE TERMINAL DA DOENÇAE NEM SABE MAIS QUE SOU SUA FILHA ,E TAMBEM TEM MINHA QUERIDA FILHA QUE DESDE QUE APRENDEU A ANDAR E FALAR NÃO CONHECEU O PAI VERDADEIRAMENTE COMO ELE ERA,SÓ TEM ESTA TRISTE IMAGEM DELE ,DA PARTE DOENTE ,EU NÃO SEI COMO VOU FAZER PARA COMEÇAR MINHA VIDA SEM A PESSOA QUEM EU TANTO AMO,MAS SINTO A CADA DIA QUE PASSA QUE ESTOU MORRENDO AOS POUCOS E NÃO POSSO DAR MAIS NADA DE MIM ELE SUGOU TODA MINHA VIDA!
    desculpe o desabafo !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luciana, desculpa a demora da resposta é que não tenho computador em casa só acesso no trabalho...me emocionei lendo tudo que vc escreveu...mais como a "J" disse a qual considero minha madrinha e ela faz parte da minha recuperação...tem horas que precisamos realmente cortar essa corda..que quer dizer viver nossa vida e fazer de tudo dentro la lei pra que ele não interfira na sua...e de sua familia...como uma putra amiga disse em seu blog a Fenix...não sei se tb ja leu..não é que o amor acabou mais cansamos de sofrer...
      Uma coisa que lhe digo eu sei que não é fácil..eu em minha vida sei como é dificil largar essa corda...e viver a minha vida...
      Mais vc consegue...consegue sim..todos conseguem...tente se fortalecer, o que em ajudou muito foi o blog, o grupo de ajuda amor exigente, as leituras, comecei lendo o codependencia nunca mais...e Deus...seja qual for sua religião...tente estreitar sua ligação com Deus...eu sei que se estamos afastados parece até meio esquisito...pedir, ou agradecer..mais va tentando..que aos pouquinhos vc consegue...e olha tenha paciência com vc pq é aos pouquinhos...que vc vai mudando, é aos pouquinhos que vc vai retomando sua vida...por isso é importante is buscar ajuda e conhecimento tanto sobre dependencia como codependencia...vc não vai dormir um dia uma luciana e acordar no outro dia uma mulher completamente diferente..mais eu posso dizer por experiência propria e vendo outras amigas do blog na mesma situação que VC CONSEGUE...vc consegue ser feliz e ter sua vida independente de qualquer pessoa...

      ACREDITE..VC CONSEGUE COM DEUS..E COMPARTILHANDO VC CONSEGUEEE...

      UM GRANDE ABRAÇO (....--.....)

      Excluir
  3. Luciana...infelizmente essa é a nossa doença, a co-dependência. Você é capaz sim de viver sem ele, até porque, se parar para pensar, nunca teve. A partir do momento que você "soltar a corda", ou seja, deixar ele seguir por conta própria, estará começando a sua recuperação e se Deus quiser, a dele também. Porque é isso o que acontece...um mantém a doença do outro. Quando cortamos a corda, temos mais chances. Já vi uma familia que ficou por 24 anos nessa situação, achando que se ajudava mas estavam todos se afundando cada vez mais. Você é forte a vai conseguir!
    J

    ResponderExcluir