quinta-feira, 16 de agosto de 2012

fogo se combate com Água!!!



ufaaaaaaaa...acalmei..
Obrigada Madrinha, Obrigada Fenix amei o texto bom demais, obrigada amiga...rs

Busquei, me revirei, não aceitei, eu precisava de uma resposta, uma saída de como sair disso tudo com Serenidade...sem me machucar mais...pedi Deus me alumieeee..

Ele alumiou, escrevi no blog, ouvi conselhos, me aconselhei com a minha madrinha que me aconselhou a me aconselhar com o dono da clinica...e assim a luz se ascendeu...

O conselho foi Rachel, combata fogo com água e não fogo com fogo...(eu so uma tocha) e o marido tb...ja viu o negócio incendiou mesmo...

Sim nós dois somos doentes (dependente e codependente)...e ficando juntos ou não temos dois filhos e esses incendios precisam cessar pelo bem das crianças....e pelo MEU BEM

Me esforcarei muito pra ser a água sem perder o meu brilho da minha tocha da minha vida......

Não me sujeitarei mais, procurarei agir com Serenidade e ser a pagua quando eu precisar ser....mais apagra minha LUZ, pro fogo dele incendiar sozinho JAMAIS....

Obrigada anjoss

4 comentários:

  1. Calma amiguinha, vc esta tao confusa quanto ele, respira fundo, se acalma e confia neste Papai que sua vitoria esta a caminho! Fique em paz e tranquilidade e serenidade a voces dois! =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. to sol confusa..agora me acalmei...quando ele estava internado estavamos longe, era mais fácil eu voltar o foco em mim, ou a não me confundir tanto, com ele em casa, convivendo diariamente, 24 horas..é mais dificil, temos q responder em atitudes ou em palavras na hora da emoção..na hora q o coração ta disparado e o medo começa a querer rondar, escrever cartas como eu escrevia era muito mais fácil, eu escrevia, relia, mudava, pedia opiniões...mais assim na lata, no faz ao vivo..é um pouco mais dificil, as coisas saem no improviso...e nem sempre conseguimos nossa melhor performance...rs

      Excluir
  2. Oi amiga, que confusão hein?! :( Espero que você já esteja melhor.
    Kel, só posso te falar uma coisa, por mais que a gente queira fazer de tudo para que eles se recuperem, esse é um dever somente deles.Muitas vezes, os amamos tão incondicionalmente, que até esquecemos de nós mesmas, da nossa recuperação! Acompanhei toda a sua aflição durante o dia e consigo perfeitamente me colocar em seu lugar, meu Deus, quantas vezes já passei por isso! Até dói o peito em pensar nas coisas que encarei.
    Já te falei também que a primeira internação de meu marido, ele foi por causa de mim, porque eu coloquei isso como forma continuar o nosso casamento, fui bem categórica: Ou você se interna ou você me esquece! Conclusão: Ele foi e assim como o seu marido ele me culpava todos os dias. Dizia que tinha sido uma humilhação para ele aquela internação, não fazia terapia e nunca frequentou uma sala de N.A e todas as vezes que eu tentava falar nesse assunto, a tempestade se armava.
    Querida, pense em você e foque na sua recuperação, não se preocupe com ele (sei que é difícil), apenas o entregue nas mãos do Senhor para que Ele possa tocar em seu coração, uma hora ele vai acordar e terá o seu despertar também.

    Força e serenidade aí amiga! Sinta se abraçada e saiba que você não está sozinha nessa!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Obrigada amiga...pior..chega até ser engraçado...eu sei de tudo isso...e até vivo aconselhando dessa forma..hahaha..mais cabeça de codependente tb tem suas manipulações consigo mesma...afff...coisa de maluko

    Obrigada pelo carinho viu..bjuu

    ResponderExcluir