sexta-feira, 17 de agosto de 2012

então foi assim...



Buenas Galerinha!!!

Mais um novo dia, mais uma oportunidade de viver melhor....

Então fui no AE, e como sempre me fez muito bem...

Hoje estou desanimada, vamos dizer, voltei a não gostar tanto do final de semana (uma das coisas que eu temia que acontecesse denovo)

Ontem quando cheguei em casa foi mais um "faz parte do meu show" adivinha, não queria me deixar sair de casa pra ir no AE..ahaaaaa..denovo, outra vez, mais uma vez...rs..
Dessa vez ignorei, peguei meus filhos, suas coisinhas e nem olhei pra trás, fui pro AE.

Lá me disseram o que eu já sei, o que eu mesma já aconselhei várias e várias vezes, SOU IMPOTENTE E NÃO POSSO E NEM DEVO TENTAR FAZER NADA.

Fiquei pensativa, caramba como a minha mente me manipula, eu sei que sou impotente, sei que não devo fazer nada, e derrepente to eu fazendo tudo denovo...rs..."coisas de codependente"

Esse negócio de aproximar o fundo do poço da pessoa é uma faca de dois gumes, é o único jeito de se fazer algo porém como não existe garantia e infelizmente as estátisticas são desanimadoras, só façam quando estiverem MUITO preparadas, pq é FROIDS...dói pra caramba é decepcionante quando caimos na maioria da estatistica (ELE  NÃO ACORDOU)

Vou citar aqui 4 exemplos de esposas que forçaram o fundo do poço do marido e os resultados:

Polly - Graças ao meu bom Deus ela conseguiu um milagre e seu esposo acordou

Emily
Kel
Vivendo alé da codependencia

Nós infelizmente até hoje pelo menos posso dizer que, ainda não vimos o tal milagre...

Essa é uma verdade, muito triste e massacrante...

Vale a pena esperar o "tal despertar" pra só assim podermos viver nossas vidas....

A Giu não esperou, tem sua familia ela se permitiu ser novamente feliz
Já pensou se ela tivesse esperando....seriam 8 anos...ESPERANDO...
 Não é não acreditar no despertar, eu acredito sim, em todos os casos aqui citados e outros anônimos...
Mais será que vale a pena esperar??
Deixar de viver minha vida pra isso?
Digo minha pq eu não enxergo possibilidade de se viver uma vida ao lado de alguém da ativa, pelo menos não como marido...
Marido e mulher tem vidas indenpendentes, porém constroem sonhos juntos, as conquistas são deles ( a casa propria, uma viajem de lua de mel, um carro novo, filhos, educar os filhos, passeios aos fins de semana) e  não minha ou dele.

Como viver essas conquistas sozinha?

Se infelizmente um adicto na ativa só consegue pensar em uma coisa (NELA)

São mundos que não se encaixam, são mundos que não funcionam.

SPH minha mente não está me manipulando
SPH estou serena, apesar de um pouco triste
SPH vou rezar pro despertar de todos dependentes quimicos que estão cegos
SPH vou pedir que Deus me de forças pra que eu alcançe meu objetivo

Meu objetivo é ser feliz

2 comentários:

  1. Oi Kel..
    Não tinha entrado esses dias e vim ver como vc estava!
    Caracas.. que turbilhão de coisas!

    Realmente, ele ainsa esta na mesma.. E como vc mesma disse, acho pouco provavel que ele mantenha o estado de recuperaçao.
    Vc esta confusa.. ele te fere, te manipula.
    Na minha humilde opiniao, ele ja ta deixando rastros de desculpa pra sua futura recaida.
    E com certeza amiga, se ele voltar a usar, vai dizer que a culpa eh sua por ficar infernizando a vida dele..

    Queria que essas coisas viessem com manual de instruçoes..rsrs

    Seria tão bom se no nosso coraçao tivesse um botãozinho de 'desligar', e todo esse amor, preocupaçao e esperança, sumissem qndo este botão fosse acionado.
    Mas não..

    Bom.. to aqui orando por vc.
    Qndo precisar, grita lá!

    ResponderExcluir
  2. Amiga, quando decidi me separa de meu ex marido, tive os mesmo pensamentos, pensava que queria ser feliz, ter uma casa, um carro, viajar, marcar um de sair pra jantar e ter a certeza que no fim do dia ele passaria para me buscar e não me preocupar se seria esquecida como ja fui muitas vezes, sei que não devemos nos comparar as outras pessoas, mas via minha amigas, comprando apartamento, viajando pra fora, passeando todo fim de semana, e eu coitada tinha que bancar tudo sozinha, casa, comida, filha, porque meu marido era um irresponsavelmente que se quisesse usar droga usava todo nosso dinheiro e nem se preocupava se íamos ter o que comer no dia seguinte, dai quando decidi pensei;

    Se ele quiser usar droga o problema é so dele, se ele quisesse se tratar dai o problema seria nosso, mas como ele queria continuar a usar, eu decido ser feliz, e amiga foi muito difícil doeo até dizer chega, mas a dor da saudade era menor que a dor de ver minha vida de cabeça pra baixo, hoje posso dizer que ja estou encontrando meu ponto de equilibrio, ja to mais calma, ja to mais feliz, não to falando pra vc se separar longe de mim, to falando pra vc que existe felicidade (agente esquece quando vive ao lado de um DQ na ativa) que existe qualidade de vida que vc merece ser feliz,

    Amiga so posso te desejar serenidade para decidir o que fazer da sua vida,calma amanha é um outro dia..estou aqui se precisar.

    Maria Albuquerque

    ResponderExcluir