quarta-feira, 11 de julho de 2012

caminhando...SPH estou bem...



Bom dia galera

Hoje estou bem graças a Deus, ontem foi dia de ligar pra falar com o psicólogo, esse é o último mês de internação da minha "prenda"..rs..e a última visita, confesso que não to com um pingo de vontade de ir, deveria ser agendada pra esse final de semana, já que a visita é a cada 30 dias, mais antes de agendar preferi falar com o psicólogo pra ver o que ele me aconselhava pq na verdade eu gostaria de agendar lá pro dia 28/07, faltando uma semana pra ele sair, como a familia dele vai querer ir dessa vez, eu sei que ele vai dar o "faz parte do meu show" e se ele perceber dozinha no semblante de algun deles, gueennttaaa..rs...e eu sinceramente não to com muito saco não...rs.
Então o psicólogo adorou minha idéia, disse que seria ótimo ele ter esse gelo, pq ele acompanhou a última ligação que eu comentei no post:  http://dependenciaecodependencia.blogspot.com.br/2012/07/tamu-junto.html  e viu como ele foi "amável e educado"...rs...
Falei com a  familia dele e decidido, visita agendada somente pro dia 28...rs..quero ve quando chega esse dia...rs...Deus é pai e há de me dar muita serenidade...kkkkk...Bom e quem sabe até lá um milagre aconteça na cabeça do serzinho...rs..

No Amor exigente a gente ouve muito que devemos nos preocupar com 1º EU - 2º EU - 3º EU, pq como a Giu disse no comentario do post anterior devemos nos preocupar sempre com a gente...e é verdade, aprendi q todas as vezes que preciso tomar uma decisão devo pensar no que EU vou sentir e de que forma EU serei afetada, e quando eu tomo a decisão e me sinto bem , ainda de quebra vejo as pessoas que eu amo felizes, é tudo de bom.
Minha dificuldade sempre foi em delimitar o pensar em mim e ser egoísta, no começo eu me sentia tremendamente egoísta quando tomava alguma decisão que não agradaria aos outros, ai acabava tomando a decisão pela opinião alheia.
Mais essa fase passou...rs..aprendi a ter AMOR PROPRIO, entenderam a diferença?
É amor próprio e  não EGOÍSMO
Minha familia tem sido maravilhosa, meus pais não me gabando...rs.. são os melhores pais do mundo, nunca me pressionaram, ou me julgaram pelas minhas escolhas, muito pelo contrario sempre estiveram dispostos a me ajudar no que eu precisasse sem cobrar nada em troca, hoje por exemplo que meu marido está internado quem faz a despesa do mercado são meus pais, e até agora eles não me cobraram nenhuma decisão e nem vão cobrar, minha mãe fala: quero que vc pense em vc e nos seus filhos somente.
Eles ficam tristes em acompanhar comigo que o meu marido por enquanto ainda não teve seu "despertar"..

Mais isso tem servido de lição pra todos, esses dias meu pai que tem o costume de tomar suas 2 latinhas de cerveja no domingo comendo pipoca e assistindo jogo, me falou: sabe que até perdi o tesão de beber cerveja, depois de ver tanta tragédia (tenho mais pessoas próximas com esse problema da adicção) por causa da droga e que muitas vezes começa com uma latinha de cerveja, perdi a vontade de beber...

No final né gente...Deus escreve certo por linhas tortas...rs..a gente só entende depois o pq das coisas.

Desejo o melhor pra vcs no dia de hoje, confiem sempre em Deus, mesmo quando parecer que um caminhão atropelou a gente, junte forças, eleve seus pensamentos e confie..peça.."Deus me Guia e me ajuda a enfrentar"...

Buenos Dias pra todos vcs...fuiii

8 comentários:

  1. Oi amiga, nossa! fico feliz por vc.. acho que esse tempo longe de seu amado esta te fazendo muito bem..
    Sabe, Deus que me perdoe mas aqueles dias que meu marido ficou internado por causa dos acidente na oficina foram os melhores dias da minha vida.. fiquei me casa com meu filho, fiz compras paguei minhas continhas no shopping a noite (coisa que eu não faço é sair a noite por medo de ele não voltar pra casa..) fui tomar um chocolate quente com bolo na padaria com minha mãe.. coisinhas simples, sabe? mas que as vezes deixo de fazer para acompanhar meu marido.. quando ele estava lá no hospital pelo menos eu sabia onde ele estava, e que estava recebendo cuidados.. as vezes é bom ficarmos longe deles.. parece que a paz volta a reinar.. sei lá, as vezes até penso que já acabou o amor..
    Mas voltando ao seu caso, ter a família nos ajudando é muito bom, graças a Deus vc esta com eles ao seu lado.
    Forte abraço querida, obrigada por tudo!!
    Deixei meu msn no comentário de meu blog, me adiciona para podermos conversar mais!!
    beijão, bom dia pra vc também!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente me fez bem demais...sair do olho do furacão me fez parar olhar pra minha vida, juntar os cacos e me refazer, é isso que tenho feito.
      No primeiro mês, eu fiquei meio "flutuando"..sei saber o que eu sentia..aos poucos e com ajuda da minha madrinha "j"...com as leituras (livro codependencia nunca mais) eu fui conseguindo colocar os pés no chão, ai comecei a frequentar o Amor Exigente e ai comecei a aprender, a caminhar.
      Onde meu marido ta são 5 meses, com 1 visita só por mês e como a primeira visita é depois de 30 dias, dão 4 visitas no total, lembro que na segunda visita ele me perguntou como eu estava me sentindo, minha resposta saiu automática: melhor impossível...imagina a cara dele...rs..ele nossa como assim?
      Eu respondi Dú, vc sabe que nossa casamento tinah acabado e que estavamos vivendo um inferno, a decisão de vc se internar, foi uma luzinah no fim do tunel pra ver se conseguimos recomeçar, pq ja tinha acabado respeito, convivencia, tudov c sabe disso, ele concordou com a cabeça...então é por isso que me sinto feliz, não pq não estou ao seu lado, mais pq estou em paz, espero poder reconstruir nosso casamento em paz, senão vou ser bem sincera se for pra voltara viver o que eu tava vivendo, sem chances, mais não volto a viver mesmo me da desespero só de pensar em viver aquilo denovo...ai ele disse que queria me fazer feliz...vamos ver né...em dizer e fazer as coisas são bem diferentes...rss...querer me fazer feliz ele sempre disse querer...agora pergunto em atitudes ele fez?...rs...acho que não

      Excluir
    2. é o que eu digo, queremos 'paz' somente isso.. viver uma vida normal sem esse fantasma da dependência química..nossa, nem gosto de lembrar tudo que já passei nessa vida.. é muito triste.. o pior é que sinto pena dele, acredita? sinto pena pela ignorância dele, pena por ele estar acorrentado a uma droga.. pena por ele ter perdido tanto dinheiro e tempo com besteiras.. e o incrível é que ele não esta nem ai.. acha que tá tudo bem, tudo normal.. me dá uma revolta as vezes sabe?? vontade de sacudir ele e dizer, se toca, cara!! já quebrou a cara tantas vezes, quanto tempo mais ainda vai demorar pra cair a ficha?? mas ele as vezes nem me escuta mais..
      por isso que eu não falo mais nada.. ainda bem que ele é que sustenta a casa pois se não fosse assim acho que já teria sumido.. porque pedir pra ele ir embora já não adianta mais..
      escrevo mais outra hora, bjuss amiga!!!

      Excluir
    3. o seu tb não quer ir embora...kk..o meu tb...sabe que fiz..falei ok vc não vai embora então vamos viver como irmãos...ta certo...e me mantive firme, eu tratava ele super bem pq tb não consigo ficar com climão dentro de casa, tratava ele como irmão...rs..só que ele não aceitou ai viu que eu tava falando sério...e pediu pra se internar...rs..bju

      Excluir
  2. Entrega nas mãos de Deus, e tudo dará certo no dia da visita... Não deixe de acreditar nunca... quem sabe
    até semana, seu esposo aceite melhor a doença dele?!
    Pra Deus nada é impossivel...

    Tudo ficara bem amiga...
    tamo juntas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. jamais deixarei de acreditar Maria, eu acredito que um milagre possa acontecer, amis esse milagre ta no tempo de Deus e não no nosso, quando irá acontecer não sei...sempre que ligo pra ele, sempre que chego an visita chego esperando ver ele melhor, chega até dar um friuzinho na barrida...rs...ultimamente não tenho boas novidades dele, ele continua da mesma forma..cabeção...rs..só vou me preparando conforme as coisas vão acontecendo...é sempre bom se preparar pro "ruim" e esperar que venha o bom, assim a gente não se machuca tanto quando as coisas não ocorrem do jeito que esperamos...mais eu tenho fé se sempre terei...desistir de acreditar na recuperação dele é admitir uma derrota pras drogas e isso jamais...enquanto a vida a esperança...a escolha que eu tenho a fazer não é acreditar an recuperação dele ou não, é viver com ele ou não na ativa....só isso...se por algum acaso eu tiver de escolher a mim...não será desistir de acreditar que é possivel...
      Obrigada pelo carinho...bjuuu

      Excluir
  3. É isso aí flor !
    Pense em vc, ame-se !
    Estou na torcida pra que seu marido fique bem !!!!


    juntasempre !

    ResponderExcluir
  4. Eita mulher forte,quando eu crescer quero ser igual a vc kkkkkk.
    Beijos.

    ResponderExcluir