segunda-feira, 25 de junho de 2012

Olhar pra verdade dói...



Bom dia a todos...

Sabe, partilhando sobre as nossas experiências, percebi o quanto é dificil olharmos pras nossas vidas e reconhecermos a verdade que ela se tornou.

E quando reconhecemos a verdade, como é dificil muda-la, pq de certa forma nós acabamos construindo em nossa mente um mundo em que ja sabemos como será, e ja nos acostumamos a ele.
Ja acostumamos a ter que reservar dinheiro para ter que arcar com despesas extras causadas pelos nossos adictos, já nos acostumamos a não esperar mais quando da o horario dele chegar e ele não aparece, ja nos acostumamos a perder a noite montando um discurso em nossas cabeças pra quando ele chegar de manhã ter que ouvir o nosso sofrimento engasgado por espera-los e sabemos que nada vai adiantar, já nos acostumamos a olhar pra eles no dia seguinte quando eles se mostram acoados, com medo, com remorso e sentirmos pena de que ele está sofrendo e ai ficamos estáticas não mudamos e voltamos ao nosso ciclo doentio.
A gente se acostuma e se molda a essa nova vida, a vida da dependência e codependência.

A gente só desiste mesmo quando não se é mais possivel fazer nada....quando "a dor de não estar vivendo mais for maior que o medo da mudança"...
Vcs que estão entrando agora nessa vida que estão perdidos, acreditem tentar mudar eles, será em vão...vai exigir muito esforço, muitas vezes sobrehumano de nossa parte em vão.

Falo de experiência propria...então a primeira coisa a fazer é buscar conhecimento sobre as doenças: "dependência e codependência"...leiam livros e frequentem grupos de apoio...se não tiver como de um jeito...vc consegue..vc ja fez coisas muito mais dificeis pelo se ente querido...pq por vc não conseguiria?
Vc ja perdeu dia de faculdade, trabalho por causa do seu ente querido, arrume 2 horas na semana para ir a um grupo de apoio por vc
Vc ja pagou divida de traficante, ou mesmo assumiu dividas em casa (agua, luz) sozinha pq seu ente querido gastou o dinheiro com droga, então compre livros sobre esses assuntos e leia....
Faça o mesmo esforço que vc fez pra  salvar seu ente querido das drogas, mais faça pra salvar a VC....

Só por hoje...

Fiquem com Deus

2 comentários:

  1. Boa tarde estou a ler seu blog pois sou mais uma esposa de toxicodependente ha 20 anos que vivo nisto um sofrimento enorme estou a ficar sem forcas aqui em portugal nao ha muitas ajudas as familias sera que dara para me emprestar i livro eu pago os portes que tiver obrigado

    ResponderExcluir
  2. Suzana, eu não tenho mais esses livros, se quiser me encaminha um email (netrak_r@hotmail.com), existem grupos no Facebook, no Whatzap, assim posso te adicionar e você encontrará pessoas que vivem a mesma situação e pode trocar experiência com essa turma e aprender a cuidar de si e como lidar com seu ente querido.

    ResponderExcluir